No dia em que chegamos a Mendoza, aproveitamos que estavamos no terminal de ônibus e compramos nossa ida para a cidade de Viña del Mar. A viagem dura cerca de 7 horas, dependendo é claro do tráfego na fronteira, e é uma viagem surreal. Subir a Cordilheira dos Andes, sair da Argentina, cruzar Los Libertadores rumo ao Chile, descer pelos caracóis sempre com uma tremenda vista.

A fronteira fica a uma altitude de cerca de 3.900 metros. O frio da Cordilheira e os ventos são realmente gelados. É interessante sair de Mendoza com roupas para o calor e quando você sai do ônibus é inevitavel não sentir a pressão da altitude e o frio das montanhas.

Entrando no Chile

Entrando no Chile

Quando chegamos próximos a fronteira havia uma fila de cerca de 10 kilômetros entre carros de passeio e motos. Formou-se uma outra fila para os ônibus e o tratamento é claro foi mais rápido, mas mesmo assim os tramites na fronteira duraram cerca de 4 horas.

Fronteira Argentina-Chile Los Libertadores

Fronteira Argentina-Chile Los Libertadores

O Chile não aceita de forma alguma que você entre em seu território com alimentos, tais como frutas, ou alimentos de origem animal. As multas são altas e já estão sendo aplicadas há mais de 2 anos. A revista na fronteira é forte e estruturada. Mala por mala passa por um scanner e existem cachorros que farejam os visitantes e suas bagagens em busca de drogas, frutas e todo e qualquer alimento de origem animal. As medidas foram tomadas pelo Ministério da Agricultura chilena que pretende com isso inibir a entrada de doenças ou qualquer tipo de praga não nativa. Para maiores informações sobre a aduana chilena você deve visitar a página do serviço nacional de Aduanas Chilenas.

As paisagens mais belas em uma viagem

As paisagens mais belas em uma viagem

A viagem que liga Mendoza a Santiago é realmente surreal. Vê-se a Puente del Inca, o monte Aconcágua(6.952m de altura), as lagunas, a rodovia que sobe e desce os Andes, com os famosos caracóis e túneis escavados na Cordilheira. Se visita o Chile, lembre-se sempre de trazer documento de identidade válido com foto, carteira de vacinação com todas as vacinas básicas para viagens em dia, a declaração de aduana que lhe é fornecida dentro do meio de transporte (não a perca de forma alguma) e é claro nada de origem animal ou vegetal (frutas, verduras, legumes), drogas ou ítens não declarados pois você com certeza terá dores de cabeça.

Los Caracoles - Estradas na Cordilheira dos Andes

Los Caracoles – Estradas na Cordilheira dos Andes

Autor
Luiz Jr. Fernandes
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
9 comentários publicados
  1. Olá! Estou adorando seu blog e me identificando com vários roteiros seus.

    Fiz esse mesmo roteiro (inverso) no final de 2011 e começo de 2012. Fui de Santiago à Mendoza e concordo que essa rota tem o mais belo visual que já conheci. É simplismente sensacional cruzar as cordilheiras e estar na divisa entre esses dois países.

    Parabéns pelo seu diário de bordo! Inspirador!

  2. Gostaria de saber se é muito complicado atravesar de carro alugado de santiago para mendonza e voltar? Gostaria de ir de carro pois posso parar quantas vezes quizer para admirar a paissagem.

    1. Olá André Luiz! Obrigado pela sua visita e seu comentário! 

      Pois bem, acho que a sua resposta vai depender do seus dias e do momento em que fará o cruzamento. Isso pois na época que visitei Viña del Mar, era fim de ano! Estava lotado, a fila para os carros era gigantesca, e a fiscalização lá é muito rigorosa, então avalie o seu tempo e caso seja não seja interessante considere fazer a viagem de ônibus! O visual da cordilheira é fantástico! 

      AAH!! Volte aqui depois pra contar como foi ok?!

  3. realmente as cordilheiras sao realmente belas …viajei pra la um ano e meiopois meu marido e camioneiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.