Pensei inúmeras vezes sobre como conseguir descrever o que foi mergulhar no famoso JellyFish Lake no Palau. Cheguei à conclusão de que a melhor forma de compartilhar esta experiência aqui no blog seria compilando uma série de vídeos que resumiriam tudo que aconteceu em breves e intensos momentos.

Posteriormente eu vou compartilhar uma nova matéria que explicará em detalhes tudo que foi necessário para conseguir chegar até ao lago das águas vivas no Palau, quais são as formas mais acessíveis, como é feito o acesso e todos os detalhes adicionais para que você também possa visitar este “outro planeta”.


Chegando no JellyFish Lake – Palau

A chegada ao Jellyfish é sensacional. A cor da água não tem explicação. Conseguir ver todos os corais no fundo do oceano para mim é algo que não tem explicação com palavras. O melhor mesmo acontece depois que ancoramos no deck e escalamos a pequena escada as pedras que nos levaram até ao lago onde estão represadas essas bilhares de águas vivas.


Pela primeira vez no JellyFish Lake

Ao se aproximar do momento do mergulho por um instante o lago parece muito pacífico, mas logo depois das primeiras braçadas já é possível avistar centenas de milhares de águas vivas nadando por todos os lados, em todas as direções, em um lugar com a profundidade maior do que os meus pulmões conseguiram alcançar. Um verdadeiro espetáculo que me parecia muito fora da realidade deste planeta em que vivemos.


Alguns minutos depois, milhares, quem sabe bilhares de Águas Vivas

A parada começa a ficar mais séria quando alcançamos o meio do lago. Com um suspiro apenas em fechei meus olhos e tentei mergulhar o mais profundo que consegui. Ao voltar para a superfície o filme que ficou registrado na minha memória me levou a entender o quão certo foi a decisão de conhecer esta micro nação do outro lado do planeta.


JellyFish Lake – Palau – Micronésia – CHECK!

Consegue perceber o quão espetaculares foram esses minutos?!


Mergulhando com águas vivas no Palau!

No próximo post eu ensino o caminho das pedras para conseguir visitar o Jellyfish Lake da forma mais interessante possível, não vá perder hein!


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *