Segundo dia da certificação PADI de mergulhador open water

Nesse dia realizamos um mergulho saltando de uma embarcação em um lugar realmente muito paradísiaco. Foram dois mergulhos, um no Turtle Canyon, onde avistamos belas tartarugas marinhas e um segundo mergulho em um lugar chamado The Tube. Alegria foi geral quando meu grupo conseguiu realizar todas as tarefas! Adquirimos as habilidades básicas e hoje documento o segundo dia da experiência que me transformou em um mergulhador devidamente certificado!

Hoje venho terminar o relato dos meus dias mergulhando na Ilha de Oahu, no Havaí para certificar-me como mergulhador PADI Open Water. Essa matéria narra os acontecimentos do meu segundo dia de mergulho, desde que o primeiro dia já foi devidamente documentado, na publicação entitulada por Tirando o certificado PADI de mergulhador Open Water em Honolulu. O primeiro dia foi bem tranquilo, basicamente fizemos a provinha teórica, pegamos uma intimidade maior com o equipamento, realizamos testes na piscina e depois fomos pra um cais, no qual tivemos a oportunidade de sentir como é mergulhar na água salgada pela primeira vez. Esse primeiro dia foi realmente muito sossegado, desde que já havia realizado ótimas experiências na viagem até o Sudeste Asiático/Rio Quente Resorts, e consequentemente a minha intimidade com mergulhos de cilindro era maior!

Fato é que com as habilidades que já havia adquirido nas experiências anteriores com scuba, já me sentia pressionado a ter a certificação - não suportava mais a idéia de conhecer um destino famoso para mergulhos com cilindro e não poder realizá-los por uma burocracia que me obrigava a ter um documento para isso - e atualmente concordo que é uma burocracia necessária, desde que é importantíssimo conhecer a teoria e ter todas as noções básicas sobre mergulho antes de seguir adiante e conseguir fazer um mergulho em águas abertas sem o instrutor estar exclusivamente guiando você, assim como são nos batismos. Eu já havia me batizado o suficiente e precisava ir além - essas foram algumas das principais motivações para decidir tirar o certificado e ficar dentro dos padrões necessários para cair na água sem "culpa no cartório" nos próximos destinos a serem visitados.

O dia estava fantástico para mergulhar! Céuzão azulíssimo, muito calor, água do mar a uma temperatura bem agradável e uma galera super ALTO ASTRAL! Chegamos ainda bem cedinho no cais de Honolulu, que fica realmente muito próximo a Waikiki e aguardamos o momento de embarcar e sair para o primeiro mergulho. Carregamos a embarcação com o equipamento, cada um ficou responsável por checar seu colete/regulador/wet-suit e aguardamos por alguns minutos a outra equipe de mergulhadores que também iria nos acompanhar.

Porto de Honolulu, próximo a Waikiki
Mergulho embarcado - porto de Honolulu, próximo a Waikiki

O meu grupo foi realmente muito especial desde o primeiro momento que fui apresentado a todos! Começando pela Mary, uma das divemasters mais figuronas que já conheci! Super gente fina, totalmente alto astral, uma viciada assumida em mergulhos! Éramos apenas 4 pessoas no grupo de certificandos, um grupo pequeno e todos compartilhando dos mesmos desejos/ansiedade por pular logo na água e submergir até o fundo do oceano. O casal da montagem acima é o casal novaiorquino Chris e Stacy! A garota que está na foto acima deles é a Nas, uma australina suuuuper gente boa também, que foi minha dive-buddy na realização das tarefas necessárias para comprovar a certificação - um grupo que não deu problema algum pra Mary, todos foram nota 10 do princípio ao final! O difícil vai ser juntar esse mesmo grupo novamente para podermos mergulhar juntos - oportunidades únicas e marcantes que ficarão eternizadas por aqui!

Navegando em frente a Waikiki, momentos antes de mergulhar
Navegando em frente a Waikiki, momentos antes de mergulhar

A Mary mergulhou na apnéia (sem ajuda de qualquer tipo de equipamento, apenas segurando o ar nos pulmões) e ancorou o barco no fundo do oceano (mais ou menos a uns 15 metros de profundidade). Verificamos todo o equipamento mais uma vez, liberamos o ar comprimido dos tanques para os reguladores e estávamos prontos para vestir as roupas e pular na água (finalmente!!!), mas não sem antes apreciar a bela vista da costa de Waikiki com o vulcão Diamond Head super imponente preenchendo o fundo da paisagem!

Visual belíssimo do meu segundo dia de mergulho em Honolulu
Visual belíssimo do meu segundo dia de mergulho em Honolulu

Tudo conferido, todo mundo preparado, com seus coletes (também chamados de BCDs) a postos, nadadeira nos pés, pesos amarrados na cintura (senão ninguém afundaria haha) e lá fomos nós! Um grande passo rumo ao fundo do oceano e em alguns minutinhos já estávamos afundando!

Tudo pronto, conferido, gear up é hora de mergulhar!
Tudo pronto, conferido, gear up é hora de mergulhar!

Antes do grande pulo a Mary fez questão de explicar todos os detalhes da expedição que estávamos prestes a realizar. O primeiro lugar que exploraríamos seria o Turtle Canyon, uma verdadeira loca existente no fundo do oceano que é casa de dezenas de tartarugas marinhas - e definitivamente não preciso mencionar que amo esses bichos, né?! Eu queria topar com várias tartarugas e a Mary orientou que elas apareceriam naturalmente, sem muito esforço! E lá fomos nós oceano adentro...

Segundo dia de mergulhos em Honolulu, primeiro mergulho do dia
Segundo dia da certificação em Honolulu, primeiro mergulho do dia

Quando chegamos no fundo do oceano, nos organizamos para começar um tour nos arredores e encontrar com as tartarugas. Quando menos esperei encontrá-las, apareceu uma, depois outra e quando vi estava praticamente nadando do lado de uma delas, gigantesca, lotada de peixinhos que acompanhavam-na, alimentando-se dos resquícios de planctons que existiam em seus cascos.

Tartarugas no Turtle Canyon em Honolulu - Havaí
Tartarugas no Turtle Canyon em Honolulu - Havaí

O oceano estava com uma visibilidade realmente muito boa, bem diferente do primeiro dia e esse era o contato oficial desse grupo com o fundo do mar! O grande destaque a ser mencionado são as tartarugas, como eram belas, tranquilas, nadavam em nossa direção e não se mostravam assustadas com a nossa presença em seu habitat natural. O primeiro mergulho durou cerca de 40 minutos e logo voltamos a superfície para fazer a pausa de segurança entre os mergulhos e em um par de horas voltamos para o fundo do mar, só que em outro local, no chamado The Tube, ou em português claro - o Duto.

Um pouco mais das tartarugas antes de mergulhar no DUTO
Um pouco mais das tartarugas antes de mergulhar no DUTO

Essa pausa fora da água é fundamental para nosso organismo eliminar a concentração de nitrogênio formada no organismo devido a troca de gases/pressão acumulados na primeira imersão. Mais uma vez nossa divemaster deu uma explicação básica sobre o que realizaríamos e sobre o lugar que mergulharíamos. Esse gigantesco DUTO está no fundo do oceano, em uma profundidade média de 8 a 10 metros, ficaríamos em baixo d'água por mais uns 25 a 30 minutos e realizarimos algumas tarefas básicas apenas para confirmar a nossa aptidão e o aprendizado das habilidades básicas. Já éramos praticamente mergulhadores certificados!

Mergulho no
Mergulho no "Duto" em Oahu, no Havaí

Todos do grupo estavam completamente a vontade, apresentando uma intimidade fantástica com o equipamento, o mergulho havia se transformado em uma grande diversão e o desejo por explorar estava aguçadíssimo em todos nós. Expostos ás mesmas condições dos astronautas, sentindo os efeitos da gravidade zero, flutuamos de um lado para o outro do Duto observando a beleza dos corais, interagindo com cardumes de peixes e analisando cada um dos detalhes que íamos encontrando em nosso trajeto.

A Mary é super atenciosa, fazia questão de nos apontar para cada detalhe que ela conseguia observar. Ela fez questão de nos presentear com uma conchinha para cada um, como uma recordação do dia em que nos certificamos como mergulhadores open water - um amor de pessoa! Encontramos também uma gigantesca estrela do mar havaíana de coloração azul e fizemos fotos muito legais com ela. Alguns minutos depois começamos o nosso retorno até a superfície e enfim estávamos devidamente certificados - a alegria era geral e os sorrisos estampados nos rostos de todos comprovavam o sucesso que foi essa experiência!

Conchinha de recordação, estrela havaiana e assim me certifiquei como mergulhador
Conchinha de recordação, estrela havaiana e assim me certifiquei como mergulhador

Serviço

Ocean Legends - Agência de mergulhos no Havaí
Site: oceanlegends.com | Email: info@oceanlegends.com | Telefone: 1.808.852.8881
Endereço: 111 Sand Island Access Rd. #R-10 Honolulu, HI 96819

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias