Passeando pelos arredores de Lahaina, na ilha de Maui

Não basta conhecer um determinado destino. É preciso deixar com que cada lugar deixe uma marca registrada em sua personalidade. Maui, Lahaina e todo o Havaí fizeram com que ficasse impregnado em mim, esse tal de aloha-spirit, que tanto me motiva a voltar novamente a essas ilhas fantásticas.

E como você se sentiria depois de voltar de uma viagem de 15 dias entre Oahu, Maui e Big Island?! Bem eu me sinto com o aloha spirit completamente impregnado à minha própria personalidade. Sinceramente nunca senti tanta intimidade com um determinado destino, às vezes foi o mesmo que senti em Noronha, Barbados ou em Aparados da Serra enquanto mergulhava nas piscinas naturais da Trilha do Rio do Boi. Sei que o Hawaii consegue mecher com a sua personalidade. É o tipo de lugar que você tira um tempo para pensar na forma que está escrevendo seu caminho, meio que tenta voltar pra vida real levando um pouco de tudo que sentiu ou pensou enquanto contemplava as várias paisagens que encontrava por praticamente todos os lados que decidisse ir.

Se fosse para escolher um lugar no mundo para criar meus filhos, esse lugar seria Lahaina. E é claro que me deixo ao direito de flexibilizar essa minha decisão até o dia que tiver meus próprios filhos e esposa (ainda permaneço invicto ok?) O lance é que essa cidade faz esse tal de aloha spirit se justificar de formas diferentes para cada viajante que por ali está passando. Eu vivi Lahaina, como o melhor lugar que uma pessoa poderia viver na face da terra por alguns dias. Sempre que buscava o mar encontrava aquela bela vista de Lanai, outra ilha do Havai, e acredito que deve ser por isso que ficou esse desejo louco de voltar para conhecê-la. Bem, Maui e Lahaina provocam esse sentimentos nas pessoas que decidem se aventurar por lá. Afinal de contas, qual lugar do mundo você conseguiria ir até um mirante de baleias-jubarte e ficar por ali algumas horas apenas vendo os bafos gigantescos desses fantásticos animais?

Mirante para observação das Baleias-Jubarte
Mirante para observação das Baleias-Jubarte

Cada experiência faz com que complementemos um pouco mais a nossa própria personalidade. Enquanto estive perambulando de um lado para o outro da ilha de Maui, confesso que me peguei várias vezes cogitando na hipótese de um dia poder viver em um lugar tão abençoado, com casas sem cercas, sem muros, sem tanta violência e em que podemos sim sentar na praia e apreciar um belo visual sem ser refém de qualquer tipo de medo.

Uma das praias próximas a Lahaina
Uma das praias próximas a Lahaina

E por ali ficar até cair a noite. E mesmo com ela lá em todo seu explêndor, acreditar que você não precisa de muito para ser feliz, e que essa tal de felicidade é definitivamente algo que devemos construir no dia a dia de nossas vidas. Um dos mais lindos moonrises que já pude contemplar na vida foram nas praias próximas a Lahaina, sempre com a bela Lanai preenchendo o plano de fundo das pinturas que o Havaí me ofertava sempre sem precisar fazer muito esforço.

Belo nascer da lua em praia próxima a Lahaina, em Maui
Belo nascer da lua em praia próxima a Lahaina, em Maui

E quando o sol se for e a noite tomar conta de tudo, então chega a hora mesmo é de ir caminhar pelo centrinho de Lahaina, apreciar os belos quadros (pena que tão caros!!!) encontrar um bom e típico lugar para comer e tomar o tempo que for necessário para se divertir apreciando o estilo meio que ainda provinciano das fachadas das lojas.

Por ser a cidade mais desenvolvida da costa oeste de Maui, Lahaina concentra os principais restaurantes da região, supermercados, food-courts e várias lojas muito interessantes, dentre elas algumas lojas exclusivas de marcas famosas de surfwear, comercializando produtos que você só encontraria por lá. Pensem na paz que é viver em uma cidade de não mais do que 12.000 habitantes, com a estrutura dos Estados Unidos, estar constantemente em um lugar paradisíaco, WANNA MOVE MYSELF RIGHT NOW!

Caminhada noturna pelas ruas de Lahaina - Maui - Havaí
Caminhada noturna pelas ruas de Lahaina - Maui - Havaí

A minha caminhada noturna em Lahaina terminou na Courthouse Square, contemplando uma das maiores figueiras que já toquei em toda vida! Pensei mesmo foi em voltar qualquer dia depois do almoço para encontrar o melhor lugar nesses galhos para dar uma descansada, bem isso não tive tempo para fazer, até pois descanso era uma palavra cortada do dicionário nessa viagem pelas ilhas do Havaí.

Árvore centenária no centro de Lahaina
Árvore centenária no centro de Lahaina

O belo nome Lahaina provém na realidade na linguagem havaiana da palavra "Lā hainā" que significa "sol cruel", fazendo referência ao clima sempre ensolarado e bastante seco, são apenas 300mm de chuva por ano, mais frequentes de dezembro a fevereiro. É ou não um paraíso perfeito para criar os filhos? Sol, calor, praias paradisíacas, uma vizinhança amigável, só por hoje meu sonho ainda é morar em Maui por alguns meses da minha humilde vida.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias