Rio Quente e Caldas Novas: dicas para planejar a sua viagem

Confira algumas dicas para que você possa planejar a sua viagem de férias para os atrativos turísticos reservados aos visitantes do Rio Quente e Caldas Novas.

Sou suspeito para comentar sobre as cidades de Caldas Novas e Rio Quente. Essas cidades e suas atrações me trazem recordações das temporadas de férias da infância, quando reuníamos toda a família e viajávamos de carro em comboio rumo à terra das águas quentes :) Bons tempos que atualmente são recordados da melhor maneira possível: viajando pra Caldas e Rio Quente sempre que for possível!

Não somente quem é goiano tem o prazer de tirar férias no Hot Park e no Rio Quente Resorts. Com voos rápidos partindo desde Campinas, o Sudeste passou a estar mais conectado à realidade de passar todas as estações do ano curtindo as piscinas com águas hidrotermais que só podem ser encontradas nos destinos desta região do nosso país. Afinal de contas quem é que não gosta de curtir uma piscina com uma boa bebida tendo como diferencial o fato de que a temperatura da água quase sempre está por perto dos 40 graus?! Eu amo Caldas Novas, sou apaixonado pelo Rio Quente e faço questão de sempre voltar para conhecer as novidades que a rede hoteleira regional proporciona para os aficionados por piscinas (ainda mais quando com águas quentes).

Hoje compilamos uma série de dicas rápidas e práticas para que você possa desfrutar do Rio Quente e de Caldas Novas a preço justo, com qualidade de sobra e descobrindo os segredos que só quem visita essa cidade com frequência acaba conhecendo. A seguir compartilho algumas dicas básicas para que você possa planejar as suas próximas férias para o Rio Quente e a cidade de Caldas Novas. Vamos lá!

Saiba a diferença entre Caldas Novas e Rio Quente e entenda a região!

Water Parke e Clube Privé em Caldas Novas
Zona Hoteleira de Caldas Novas e seus dois principais clubes

Para quem mora aqui em Goiás até que entender a diferença não é tão problemático, mas para quem é de fora pode ser um pouco confuso. Caldas Novas é um município distinto de Rio Quente, distante pouco mais de 20 quilômetros. Caldas Novas é uma cidade maior, mais desenvolvida e muito bem estruturada para receber os turistas. É ali que está o aeroporto da região, é onde a grande maioria do setor hoteleiro se encontra e pode ser o seu principal ponto de apoio para conhecer a região.

Rio Quente é uma cidadezinha mais pacata, com sua economia girando basicamente da subsistência turística, porém é nesta cidade que está toda estrutura do Rio Quente Resorts, incluindo o Hot Park, sem dúvidas um dos maiores parques temáticos do mundo! O custo da hospedagem dentro do Resort pode ser um pouco caro, porém é possível conhecer o Hot Park pagando ingresso para ficar o dia inteiro. Então a diferença básica é esta: Caldas Novas e Rio Quente são duas cidades diferentes, distantes uma da outra e que possuem atrações variadas para quem deseja passar uma semana. Dá pra dividir tranquilamente uma viagem entre as atrações turísticas que podem ser encontradas nesta região do meu estado ;)

Não perca a oportunidade de conhecer Caldas Novas em um final de semana

Prive Riviera Caldas Novas
Prive Riviera, um dos maiores hotéis do Brasil, localizado em Caldas Novas

Uma boa chance de conhecer o clima de férias instaurado em Caldas é conhecê-la de sexta a domingo em um final de semana. Com esse tempo dá para explorar bem a cidade, visitar as principais atrações turísticas, conhecer alguns clubes (tal como o Clube Privé ou o Water Park), visitar o Lago Corumbá e conhecer o Clube Náutico, é possível combinar atrações dentro de clubes fechados com atividades externas. Há muito o que fazer em Caldas, por isso é bom investir logo uns 3 dias para conseguir realizar as atividades secas e molhadas sem muita pressa! As minhas recomendações de hospedagem em Caldas Novas são o belíssimo e único resort all-inclusive de Goiás, o Ecologic Ville Resort by Vivence, ou então se hospedar em um dos maiores hotéis de nosso país, no Privé Riviera Park Hotel.

Atrativos urbanos de Caldas Novas e como rodar pela cidade

Water Park Caldas Novas
Water Park, na região hoteleira de Caldas Novas

Para 3 dias em Caldas Novas eu poderia lhe recomendar atividades bem diversificadas: é bom mesclar as programações oferecidas pelos parques aquáticos com o turismo urbano/ecológico de Caldas. Por exemplo, dá pra fazer um passeio ao Parque Estadual da Serra de Caldas e conhecer um pouco mais dos motivos pelos quais existe tanta água quente minando por essa região do Brasil. Aos adeptos do turismo religioso, é possível visitar o Santuário Católico de Nossa Senhora da Salette, lugar para adquirir boas vibrações, conhecer mais sobre a história das águas quentes e também para ter uma vista panorâmica privilegiada da cidade.

Outros vários passeios podem ser realizados em Caldas no decorrer de um dia de passeio: pode-se visitar o jardim japonês, a cachaçaria Vale das Águas Quentes, as várias docerias e lojas de souvenirs, ou ainda sair para conhecer a feirinha gastronômica que acontece todo sábado à noite. Atrativos urbanos, clubes de lazer com piscinas de águas termais, festas, shows, eventos de pequeno e grande porte, Caldas Novas é uma cidade que borbulha entretenimento com o grande diferencial de ser considerada a maior estância hidrotermal do mundo.

Esticando a viagem até Rio Quente

Rio de águas quentes - Rio Quente/GO
Rio de águas quentes - Rio Quente/GO

Depois de passear muito em Caldas e explorar seus clubes e opções de lazer, a melhor momento para conhecer o Rio Quente e suas alternativas turísticas é durante o decorrer dos dias úteis da semana. Calma que eu explico! Acontece que nos finais de semana essa pequenina cidade fica abarrotada de visitantes, é possível que a qualidade da sua experiência fique comprometida por conta disso. Ao visitar o Rio Quente durante a semana você terá que enfrentar menos filas, não terá tanta concorrência por metro quadrado nas piscinas, poderá desfrutar com calma e satisfação da excelente gastronomia regional e também poderá ter mais liberdade para ir e vir sem sofrer empurra empurra (acredite em mim, na alta temporada ou nos feriados, até mesmo nos finais de semana, essa cidade fica abarrotada de gente).

O que fazer na cidade de Rio Quente?! Os programas estão diretamente relacionados às atividades externas de lazer e diversão nas piscinas termais dos hotéis e parques aquáticos. Existe um rio de água quente que mina da Serra de Caldas que pode ser visitado. Na realidade boa parte dos hotéis utilizam a água do rio para recarregar suas piscinas diariamente, tratam a água e devolvem para a natureza, tudo orquestrado com as devidas concessões ambientais. Este rio é facilmente visto nos hotéis do entorno do centrinho hoteleiro da cidade do Rio Quente, e também na única alternativa de camping da região, a Esplanada do Rio Quente.

Existem alternativas para todos os gostos (e bolsos), porém a grande atração turística da região é o Hot Park, o parque aquático do Rio Quente Resorts.

Sobre o Rio Quente Resorts

Parque das Fontes - Rio Quente Resorts
Parque das Fontes - Rio Quente Resorts

Ter a oportunidade de se hospedar no Rio Quente Resorts é equivalente a viver um sonho em meio à natureza exuberante deste complexo hidrotermal. Com vários hotéis de altíssimo nível, a cereja do bolo no município de Rio Quente é sem dúvidas estar hospedado em algumas das soluções que o Grupo Rio Quente Resorts oferece. Qualidade premium e atrativos de lazer praticamente ilimitados. Eles possuem sete diferentes opções de hotéis em quatro categorias distintas, que podem se encaixar perfeitamente com aquilo que você e sua família procuram; quem se hospeda em um dos hotéis do grupo tem livre acesso a seus parques temáticos e pode desfrutar de vários benefícios/amenidades. Os hotéis são os seguintes: Rio Quente Cristal Resort, Hotel Pousada, Hotel Turismo, Giardino Suítes, Rio Quente Suíte & Flat I, Rio Quente Suíte & Flat III e Eco Chalés.

Hot Park, Eko Aventura Park e Parque das Fontes

Lazy River no Hot Park, Rio Quente, Goiás
Lazy River no Hot Park, Rio Quente, Goiás

Estes são os parques aquáticos/temáticos do Rio Quente Resorts. Todos que se hospedam em alguns dos hotéis citados no parágrafo anterior possuem acesso grátis garantido aos principais parques temáticos do Rio Quente Resorts. Quem não se hospeda pode comprar o ingresso para visitar durante o dia o Hot Park e o mais novo parque do Rio Quente Resorts, o Eko Aventura Park. As atrações são realmente muito boas, eu visitei apenas o Hot Park até então e posso afirmar com certeza que não me canso de voltar a esse paraíso no meu estado! Piscinas, toboáguas, a Praia do Cerrado, várias piscinas com águas termais e isso é claro sem contar a intensa programação com a Equipe Boto de lazer nas piscinas durante todo o dia. Vale a pena voltar ao Hot Park sempre que possível.

Algo a mais no Rio Quente?!

Praia do Cerrado, Rio Quente Resorts
Praia do Cerrado, Rio Quente Resorts

Rio Quente como disse no princípio dessa seleção de dicas cheira à viagem de infância. Para mim não há lugar para encontrar paz e relaxar do que desfrutando das águas termais e de toda atividade de diversão que pode ser encontrada nessa cidade. Eu ainda faria uma parada nas lojinhas do centro da cidade para comprar umas recordações, tem muita lojinha legal de artesanato na rua principal. A grande atração é realmente o Rio Quente Resorts, existem outros hotéis e alternativas de hospedagem na região porém o grande barato é se hospedar com qualidade em uma época sem muito tumulto e curtir as piscinas, a altíssima qualidade gastronômica e relaxar, renovar as energias, encontrar a paz de espírito que às vezes perdemos diante da rotina diária.

Concluindo, bora pras águas quentes de Goiás?!

Caso você já esteja animado a visitar essa região do país, não deixe então de visitar a nossa página exclusiva sobre Caldas Novas, sobre o Rio Quente e nossa página principal sobre o estado de Goiás. Caso vá para Caldas Novas e o Rio Quente, opte pela baixa temporada, evite viajar nos feriados para maximizar as possibilidades de sua viagem ser realmente gostosa e divertida. Você terá os toboáguas sem filas, as piscinas mais vazias e sem dúvidas com o preço das diárias um pouco mais camarada. Eu também faria questão de tentar viajar nesse climinha de inverno do mês de julho/agosto, é muito bom ver a fumaça saindo das piscinas recém reabastecidas, só tem que ter cuidado para não se queimar! Gostou da sugestão de hoje?! Já conhece Caldas e o Rio Quente!? Deixa seu relato aí logo abaixo nos comentários! Abraço e até a próxima!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias