Dicas sobre Koh Lipe, ilha paradisíaca localizada no sul da Tailândia

Conheça a ilha paradisíaca de Koh Lipe, localizada no sul da Tailândia, ela é considerada por vários viajantes internacionais como as Maldivas Tailandesas.

Fala meu povo! Dia bom é aquele em que o assunto são as praias da Tailândia, né não? Ainda mais quando o foco está apontando para as praias de uma ilhota paradisíaca localizada bem ao sul deste país asiático, já próxima da fronteira com a Malásia. Hoje venho até aqui para compartilhar as dicas mais preciosas que adquiri na pratica e que vão facilitar imensamente o planejamento da sua viagem para Koh Lipe.

Quando fecho os olhos e começo a recordar das paisagens que registrei em minha memória nessa oportunidade, imediatamente dou um jeito de procurar novas passagens aéreas para a Tailândia. O lugar é lindíssimo mesmo, um verdadeiro espetáculo. E pensar que relutei para conhecer essa preciosidade na primeira vez que viajei pra esse país, eu só tinha olhos pra Phi Phi, Phuket e Ko Pha Ngan, marinheiro de primeira viagem na Tailândia né...

Maldivas Tailandesas

Por incrível que pareça, esse é o apelido oficial de Koh Lipe, as Maldivas Tailandesas. Não é muito difícil de entender os motivos dessa denominação, afinal de contas a foto a seguir pode testemunhar em favor de Lipe, o lugar é realmente muito lindo!

Pattaya Beach - Koh LipePattaya Beach - Koh Lipe

Lindo e um pouco complicadinho para chegar. Visitei Koh Lipe no começo desse ano de 2017, fiquei por ali durante uma semana, aprendi tanto sobre a ilha e sobre seus principais atrativos naturais que acredito termos bastante assunto relacionado a esse tema ainda pela frente, entretanto, que tal começar do começo?

Chegando e Partindo

Como é que faz pra chegar em Koh Lipe, esse pedacinho de paraíso perdido nos cafundós da Tailândia?! Vai lendo que eu te explico...

Mochilando nas ilhas da Tailândia
Mochilando nas ilhas da Tailândia

Não é muito complicado não viu! Basta planejar com calma que tudo acontece com muita tranquilidade. Acredito que a melhor forma é voar desde Bangkok para a cidade mais ao sul do país, chamada Hat Yai. Pesquisando previamente, consegui encontrar passagens aéreas promocionais partindo do aeroporto Don Muang, localizado ao norte da capital tailandesa. Pagamos cerca de 70 reais por pessoa para o voo direto, sem retorno.

Compramos passagens de volta para Bangkok partindo de Krabi, cidade que fica próxima das ilhas Phi Phi, assim poderíamos fazer um Island Hopping até chegar ao destino de onde partia nosso voo de volta. As ilhas do sul da Tailândia são muito bem conectadas por transporte náutico, é possível comprar um ticket de speed-boat, ou até mesmo vaga em um slow ferry boat de praticamente qualquer lugar que você esteja.

O custo do transporte terrestre combinado com o aéreo costuma ser bem mais econômico do que o transporte marítimo, contudo quando é que teremos novamente a chance de pingar de ilha em ilha na Tailândia, concorda?! Então o segredo do sucesso é ir pra uma das cidades grandes voando e de lá comprar os trechos nas embarcações e ser feliz nas praias mais lindas da Ásia.

As principais praias

Sunrise Beach em Koh Lipe
Dia de céu azul em Sunrise Beach

Por falar em praia, Koh Lipe consegue surpreender as expectativas até dos mais experimentados nos destinos paradisíacos do nosso planeta. Eu já conheço praias em vários lugares do mundo, mas as de Koh Lipe conseguiram roubar meu coração, é amor à primeira vista! Torça para que seus dias sejam ensolarados e evite viajar a todo custo nas épocas das monções no sul da Tailândia, o sol a pino e céu azul são pré-requisitos para uma viagem de sucesso por essas ilhas.

Koh Lipe possui basicamente 3 praias principais, são elas: Pattaya Beach (porto oficial de chegada e saída), Sunset Beach (Praia do Pôr do Sol) e Sunrise Beach (Praia do nascer do sol), realmente muito espetaculares. Na foto anterior você confere a paisagem com destaque para as águas cristalinas da Sunrise Beach.

Dá pra fazer quase tudo caminhando, não existem carros na ilha, apenas motos e tuk tuk's adaptados para rodar nas ruas apertadinhas, então prepare-se para caminhar bastante, praticar exercícios físicos e se dedicar à terapia ocupacional de escolher uma praia para passar o dia todo relaxando. Por ser uma ilha tão pequenina e o calor na região ser extremamente infernal, quase todo mundo passa o dia inteiro vasculhando sombras nas praias, reforçando o bronzeado, nadando, mergulhando, comendo e dormindo.

Mergulho livre com snorkel em Koh Lipe

Diversão com snorkel nas praias de Koh Lipe
Diversão com snorkel nas praias de Koh Lipe

A outra atividade mais divertida para se realizar nas praias de águas cristalinas da ilha de Koh Lipe é mergulhar com snorkel. Quando a maré está baixa, as praias ficam praticamente secas, é possível flutuar na superfície do oceano contemplando de pertinho os corais e os cardumes de peixes coloridos. Eu gostei muito de praticar snorkeling na Sunrise Beach, tem uns corais muito bonitos próximos da praia, eu poderia ficar por ali para sempre!

Na Pattaya Beach existem uns cercados no oceano onde é possível mergulhar com calma sem medo de ser atropelado por um long tail boat, contudo o mergulho não é tão espetacular quanto o que você pode obter na Sunrise Beach. Outra alternativa é acordar cedinho e ir pra Sunrise e mergulhar próximo às pedras que margeiam a praia, também é sinônimo de sucesso no mergulho livre, porém se quer mesmo se aventurar nas águas do Mar de Andaman, vai acabar precisando de um colete, regulador e cilindro com ar comprimido.

Mergulho com cilindro em Koh Lipe

Mergulho com cilindro em ilhas próximas a Koh Lipe
Mergulho com cilindro em ilhas próximas a Koh Lipe

Acredito que depois das praias de mar estonteante, esse foi o ponto alto da viagem. Mergulhar em Koh Lipe e nas ilhas inabitadas que existem nos arredores do Parque Nacional de Tarutao é uma das atividades mais memoráveis que você poderá realizar nessa região do planeta. Embarquei em dois mergulhos realizados nas imediações da ilha de Ko Adang, que foram realmente espetaculares e que em breve estarão registrados aqui nas páginas do Boa Viagem.

Além de tudo ter sido muito bom no mergulho (visibilidade ótima, variedade de vida marinha, temperatura da água), a parte mais interessante foi poder visitar ilhas remotas que não conseguiria conhecer sem estar no grupo de mergulhadores. E quer saber qual foi realmente o ponto alto? Este é um dos lugares mais baratos do mundo pra praticar mergulho com cilindro. Vale a pena ou não vale?!

Pôr do sol e paisagens memoráveis

Final de dia espetacular em praia no sul da Tailândia
Final de dia espetacular em praia no sul da Tailândia

Se você não é muito fã de fazer borbulhas em baixo da água, não se preocupe, Koh Lipe ainda pode ser o seu destino perfeito de férias na Tailândia. Uma ilha que não é tão badalada ainda, tanto quanto suas irmãs mais famosinhas (Phi Phi ou Koh Tao), esse pequenino pedaço de terra cravado no Mar de Andaman tem um charme tão encantador que de fato não chega ser preciso ficar molhado para desfrutar com intensidade de uma viagem até esse lugar.

Além das praias espetaculares, do custo de vida econômico e do bucolismo que a ilha parece expressar em todas as suas paisagens e nuâncias, o momento mais aguardado do dia por todos é a hora do pôr do sol. Não pense que é sempre na Sunset Beach que ele vai acontecer, pelo contrário, de praticamente qualquer lugar na ilha é possível apreciar as variações de cores nos céus e o sentimento de paz que vem junto com o princípio da noite.

Eu particularmente gostei muito dos meus finais de dia na Sunrise Beach, mas a arquibancada oficial da ilha para o pôr do sol é com certeza a Sunset Beach.

Hospedagem em Koh Lipe

Visual na praia em um resort de Koh Lipe
Visual na praia em um resort de Koh Lipe

Pode parecer interessante um lugar como esse ser um destino econômico no Sudeste Asiático, não é mesmo? Mas vá com calma aí, agora vamos falar um pouco da maior despesa da viagem até Koh Lipe depois da passagem de avião, a hospedagem. Qualquer muquifo em Koh Lipe leva o nome de resort! O custo é de amargar quando comparado com outros destinos da Tailândia, porém é o preço que se paga para estar em um lugar tão exclusivo. Se em Bangkok é possível encontrar facilmente quartos compartilhados com diárias que variam entre os 7 e os 10 dólares, então se esqueça dessa possibilidade em Lipe, ela é inexistente. E pode piorar se você for na alta temporada.

Pagamos cerca de 100 reais por cada diária em um quarto com banheiro e ventilador de teto. Foi a hospedagem mais cara da viagem, contudo estávamos na Walking Street, a ruazinha do turismo de Lipe. Os resorts oferecem refeições a custos irrisórios com pé na areia, porém o preço da diária pode salgar a viagem. A minha recomendação neste tópico é de total cautela e planejamento! Não é bom chegar na ilha sem hospedagem reservada previamente, já que as alternativas são bem escassas. Não gastaria tanto ficando em um "resort" muito caro, visto que o barato dessa ilha é ficar de fora da caixa.

O que comer em uma ilha no sul da Tailândia

Almoçando em uma praia em ilha do sul da Tailândia
Almoçando em uma praia em ilha do sul da Tailândia

Se por um lado a hospedagem pode ser um pouco mais cara, por outro você vai rolar de rir ao ver os preços das refeições. Pra nós que estamos acostumados a pagar caríssimo por qualquer quitute que seja vendida nas praias do nosso país, pode soar bem estranho chegar numa ilha dessa na Tailândia e pagar 10 reais por uma porção de camarões gigantes. Ou ainda mais estranho seria pagar cerca de 7 reais por um Pad Thai (porção farta de noodles tailandeses), 6 reais por uma cerveja de garrafa nacional, ou preços irrisórios por snacks tradicionalmente tailandeses (frutos do mar, arroz frito, entre outros)

Vários restaurantes servem refeições ao longo dos dias e das noites na ilha de Koh Lipe a preços realmente muito interessantes. Em alguns estabelecimentos é possível inclusive escolher o peixe pescado no dia exposto em frente a churrasqueiras previamente acendidas, você escolhe o que vai comer, pesa em uma balança e paga pelo preço do pescado. Também é possível fazer lanches rápidos nas lojas de conveniência espalhadas pela ilha (existem algumas lojas do tipo Seven/Eleven).

Poluição e descaso com o meio ambiente

Motos e sujeira em esgoto ao céu aberto na ilha de Koh Lipe
Motos e sujeira em esgoto ao céu aberto na ilha de Koh Lipe

O que me deixou mais triste em Koh Lipe foi ver a poluição desenfreada que os próprios nativos parecem fazer questão de espalhar. Poxa vida, você vê uma praia linda igual a Sunrise Beach, ou a Pattaya e logo alguns passos além da faixa de areia começa a encontrar a poluição e o descaso com o meio ambiente. Em vários lugares é possível ver esgoto correndo ao ar livre, quase sempre com muito lixo nas canaletas construídas nos cantos das ruas.

Eu não fiquei tirando foto de tudo que vi com relação à sujeira, até mesmo pois não queria deixar registrado essa parte da viagem (mesmo meu cérebro cadastrando tudo sem parar), contudo a sujeira está lá, sempre aos montes, longe da praia de certo modo, evitando escoar tudo pro mar, entretanto nas áreas mais comuns aos habitantes locais a coisa fica realmente muito feia.

Não preciso nem comentar sobre as motos né? Elas estão por todos os lugares, quase sempre tomando conta das passagens nas ruas, algumas com suportes para carregar pessoas e mercadorias, um vai e vem frenético em um ilha que não possui carros mas tem motos de sobra.

Vida noturna em Koh Lipe

Barzinho decorado para a noite em Pattaya Beach
Barzinho decorado para a noite em Pattaya Beach

Se você espera noites badaladas, muita agitação, malabares de fogo, drogas, sexo e festas até o dia amanhecer, não vá pra Koh Lipe, você vai ficar muito frustrado(a). Esta é uma ilha para viver um pouco mais vagarosamente, não tem festa todo dia como em Phi Phi, não tem gente caminhando até de madrugada na Walking Street, as praias ficam desertas durante a noite, é uma ilha para descansar, para curtir a natureza e desfrutar de bons momentos na Tailândia.

Outras dicas adicionais e furadas para serem evitadas

Pôr do sol em Koh Lipe
Pôr do sol em Koh Lipe

Tome café da manhã nas lojinhas da Walking Street, existem vários lugares oferecendo drinks de frutas naturais e omeletes realmente deliciosos. Use e abuse dos crepes doces (especialmente com nutela) e do sorvete de coco natural, eu sinto falta deles até hoje!

Tem uma senhorinha que fica parada no final da Walking Street (antes de chegar no Seven Eleven), ela monta um estande com comidas tradicionais da Tailândia todo final de dia que é um verdadeiro espetáculo, é o tipo de refeição que você vai querer fazer depois de voltar da praia todo santo dia. Vai repetir de novo quando descobrir que é o lugar com a comida mais barata da ilha!

Tire o tempo necessário para ir na Sunrise Beach durante a noite. Na época que fui era possível ver vários pontinhos brilhantes na praia, que nada mais eram do que a bioluminescência de plânctons marinhos, algo pra explodir a sua mente de tão espetacular! Ah, não esqueça de dar um mergulhinho durante a noite, a água fica muito refrescante. Por ali mesmo tem um resortão fino, com umas cadeiras na areia, onde pode até ser um pouco caro para ficar hospedado, contudo tem um ótimo restaurante com preços muito acessíveis pra quem está passando o dia na praia.

Visite esse lugar com consciência e atitude para propagar a preservação do meio ambiente que conhecerá, não leve sujeira para a praia, se não tiver jeito, não deixe a sujeira pra traz. Espero que essa ilha permaneça do jeito que está até que eu possa conseguir voltar a visitá-la. Este é de fato um dos destinos mais espetaculares do Sudeste Asiático!

Já visitou Koh Lipe? Conhece alguma dica especial que eu esqueci de relatar por aqui?! Ficou faltando alguma coisa para a matéria estar completa? Pois então eu fico aguardando o seu complemento especial, em forma de comentários, expressos na caixa que vem logo a seguir! E se você ainda não foi, fico aguardando os seus elogios, afinal de contas esse é um dos lugares mais lindos que já visitei nos últimos tempos.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias