Passeio em São Francisco com bicicletas elétricas

Durante a Bosch World Experience tive a grande satisfação de experimentar percorrer as ladeiras inclinadas de São Francisco em uma bicicleta movida com o poder de um motor elétrico de tecnologia Bosch.

Duas grandes experiências nos levaram até São Francisco pela Bosch World Experience, que aconteceu em julho/agosto do ano passado. Uma delas foi sem dúvidas a mais divertida experiência de toda volta ao mundo: um tour pelas ladeiras de São Francisco utilizando bicicletas movidas a motores elétricos com tecnologia Bosch.

Acordamos bem cedo em uma manhã dominical de céu azul e clima agradabilíssimo e fomos direto para uma loja que vende e aluga e-Bikes chamada The New Wheel. Ao descobrir em nosso itinerário que teríamos um passeio em bicicletas elétricas pelas ruas de SF, confesso que pensei que iriam nos colocar em bicicletas turísticas com motores que na realidade de nada auxiliariam a subir aquelas ladeiras tão características da Bay Area. Sorte a minha que estava redondamente enganado. Quando chegamos à loja, haviam umas mountain-bikes zeradíssimas estacionadas bem na entrada, de fato fiquei surpreso mas acreditei em um primeiro momento que elas estariam ali apenas expostas para venda. Eu estava errado novamente, elas eram as bicicletas que nós estávamos prestes a experimentar passeando pelas ruas de SF e cruzando a Golden Gate Bridge.

The New Wheel e as bikes elétricas com motores Bosch
The New Wheel e as bikes elétricas com motores Bosch

Depois que socializamos com o pessoal da New Wheel, cada integrante da nossa equipe recebeu uma das bicicletas movidas a motores elétricos de 250w que estavam expostas em frente à loja. A bike propriamente dita é realmente top de linha, desde os pneus e rodas, câmbio com marchas que contrala a tração do motor elétrico e suspensões dianteira e traseira. A ciência por trás desses motores é realmente bem básica, cada pedalada recebe um leve impulso do motor que traciona a roda conforme a velocidade estabelecida pelo câmbio. Na marcha mais pesada, ou com o motor elétrico desligado, a bicicleta torna-se realmente muito pesada, entretanto com a regulagem de marchas inicial você já consegue sentir o retorno do motor provendo como resposta a tração definida pelo câmbio.

Pelas ruas e parques de SF até chegar à Golden Gate Bridge
Pelas ruas e parques de SF até chegar à Golden Gate Bridge

Dirigimos por horas sem derramar uma gota de suor. Acredito que essa possa ser a fórmula verde para a revolução que o serviço de delivery tanto necessita nas grandes metrópoles. Foi possível subir as ladeiras mega-inclinadas da cidade de São Francisco a uma velocidade muito estável, as bicicletas rodavam de uma maneira excepcionalmente macia e nos instigavam a percorrer cada vez mais quilômetros e vencer as barreiras impostas pelo tráfego metropolitano.

Paisagens impressionantes na Baía de São Francisco
Paisagens impressionantes na Baía de São Francisco

Nós passeamos pelas principais ruas de SF recebendo dicas ao vivo com a galera da New Whell que nos acompanhou nesta agradável manhã de domingo. Quando conseguimos nos distanciar um pouco mais da zona central, vencemos várias milhas percorrendo o trajeto entre parques e áreas verdes até nos encontrarmos com as paisagens impressionantes ao redor da baía rumo ao principal objetivo de nosso passeio: cruzar a Ponte Golden Gate utilizando o poder de tração das e-bikes. As paradas eram frequentes pois afinal de contas estávamos também desfrutando das maravilhosas paisagens reservadas aos exploradores da cidade que vive ao lado da baía.

Nosso trajeto completo foi de 41.5 milhas e o poder de duração da bateria dessas bikes realmente nos surpreendeu. Ainda possuía uns 35% de energia depois de ter pedalado por mais de 30 milhas, o que é realmente satisfatório se considerarmos que a tecnologia de última geração das baterias existentes nesses motores consegue recarregar 100% da energia ficando plugado por apenas 2 horas na tomada, o que é realmente muito rápido em se tratando do porte da bateria em questão.

Não há melhor forma para desfrutar da cidade do que uma volta de bike
Não há melhor forma para desfrutar da cidade do que uma volta de bike

O sistema elétrico proporcionava um impulso impressionante sempre que eu precisava encarar uma subida mais acentuada. Para salvar a energia eu sempre fazia a redução de marchas tentando resguardar ao máximo o poder da bateria para o final do dia, quando evidentemente estaria mais cansado e iria precisar um pouco mais da resposta dos motores em minhas pedaladas. O ponto alto do passeio foi sem dúvidas quando pegamos a faixa exclusiva para ciclistas em direção à Golden Gate, a adrenalina supitava por todos os poros do meu organismo.

Cruzando a Golden Gate de bicicleta
Cruzando a Golden Gate de bicicleta

Uma paradinha no meio da ponte para aquela foto clássica que não tinha feito até então e seguimos cruzando a ponte rumo a alguns dos principais mirantes das redondezas. Fiquei um pouco temeroso quando vi o tamanho da subida, mas regulei a velocidade máxima e coloquei o motor a toda prova. Foi muito engraçado passar por ciclistas profissionais em alta velocidade subida acima sem derramar uma gota sequer de suor na camiseta.

Vista sensacional em um tour pela Golde Gate Bridge
Vista sensacional em um tour pela Golden Gate Bridge

Nosso tour ainda continuou por vários outros pontos turísticos de São Francisco, porém esse post vai sendo finalizado por aqui. Eu devo frisar que essas bicicletas elétricas podem ser a revolução no serviço de entregas para vários tipos de instituições, já pensou entregadores de pizza em Sampa? Ou ainda o serviço de correios (que até hoje utiliza ciclistas para suas entregas), poderia ser uma forma verde de economizar tempo e multiplicar a produção. A seguir você pode conferir algumas cenas que foram captadas pela minha GoPro durante todo o percurso, foi realmente uma experiência memorável.


Pelas ladeiras de SF em bicicletas movidas a motores elétricos Bosch

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias