10 dicas para economizar mais em viagens aos Estados Unidos

Compartilho dicas valiosas para quem vai viajar aos Estados Unidos e deseja economizar alguns (ou vários) dólares sem deixar de desfrutar do melhor da viagem.

Olha vou te contar um negócio, em época de dólar oscilante, não é mole pra ninguém tentar realizar uma viagem aos Estados Unidos pagando relativamente "barato". Não dá pra se privar das coisas boas é claro, mas eu demorei bastante para aprender que certos comportamentos são mais do que normais para quem visita (e mora) na terra do Tio Sam :D

Tanta coisa que é diferente do Brasil, né?! Lá é comum ver coisas a 1,99 e quando você compra fazem sempre questão de te devolver um centavo. Agora vai comprar numa loja de 1,99 aqui no Brasil pra ver se vai ter esse centavo de volta! Esse é só um dos exemplos que eu poderia citar aqui que ilustram claramente algumas das grandes diferenças entre o maior país da América do Sul e o maior da América do Norte.

Pode parecer difícil viajar pros EUA em época de dólar alto. Confesso que não é nada agradável ter que pagar uns 3 dólares por uma garrafa de água pequena nas imediações de qualquer grande localidade de metrópoles da Costa Leste ou Oeste. É algo próximo aos R$ 10,00 nos dias atuais (cotação de 3,23 + IOFs da vida e taxas adicionais).

Essa matéria foi construída especialmente para você que está planejando uma viagem pros Estados Unidos e precisa economizar um pouco. Quero te mostrar que com algumas mudanças de atitudes você pode salvar vários dólares (que podem facilmente virar milhares de reais), bora lá?!

10 - Visite os brechós, lojas de roupas usadas, ou "thrift stores".

Lojas de roupas usadas: Thrift Stores
Lojas de roupas usadas: Thrift Stores

Vai dizer que nunca entrou num brexó aqui no Brasil!? As "Thrift Stores" são o que há de mais atual nos EUA quando o assunto em questão é renovar o guarda-roupas. E porque não, até mesmo a decoração da casa inteira?! Espalhadas por praticamente todo território estado-unidense, essas lojas podem ser a alternativa ideal para quem deseja comprar roupa de segunda mão, artigos de decoração, presentes, calçados, livros, e até mesmo alguns artigos eletrônicos.

Existem centenas (pra não dizer milhares...) de lojas dessa natureza nos principais destinos dos Estados Unidos. Estando em Nova York, nas imediações do Central Park, você pode conhecer várias lojas que estão localizadas mais precisamente no Upper East Side de Manhattan, pra você ter uma idéia, apenas entre as ruas 72 e 90 você encontrará mais de 15 brechós, você pode tirar um dia inteiro para ficar indo de uma loja para a outra em busca do casaco ideal a preço de banana :)

9 - Roupas de segunda mão na Godwill

Visitar a Godwill para comprar roupas de segunda mão
Visitar a Godwill para comprar roupas de segunda mão

Ainda falando sobre os brechós, eu nunca poderia deixar de citar o nome da Godwill em uma matéria sobre economia para viagem nos Estados Unidos.A "Goodwill Industries International Inc.", ou como popularmente é conhecida, Goodwill, (o que é traduzido para português como "boa vontade") é uma organização americana sem fins lucrativos que oferece treinamento profissional, serviços de colocação no mercado de trabalho e outros programas de inclusão social. Uma das atividades praticadas por eles é a doação de roupas e posterior revenda a preços MUITO acessíveis.

É comum ver executivos bem trajados em busca de uma gravada que combine. Pra ser sincero já vi todo tipo de gente na Godwill, é uma loja que visito frequentemente quando viajo pros Estados Unidos. Além de roupas eles também recebem donativos de eletro-domésticos e artigos para decoração, sendo assim, é comum encontrar todo tipo de quinquilharia amontoada nesses departamentos. Vale muito a pena dar um pulo em qualquer Godwill para economizar na compra de roupas, adquirindo artigos de segunda mão.

8 - Compre eletrônicos na Craigslist

Negociando pela Craigslist
Negociando pela Craigslist

Cara, se você vai nos EUA e nunca negociou na CS, então eu diria que você não pegou o "espírito da coisa". O povo dos Estados Unidos ama usar os classificados para anunciar as coisas que não usam mais. É comum ver milhares de ítens postados diariamente, eu passo horas antes de viajar apenas navegando nas ofertas que o povo posta por lá!

Funciona assim: você entra no site (craigslist.org) para conseguir encontrar a cidade na qual será o seu destino na viagem. Existe CS até pra sua região aqui no Brasil, porém nosso foco é negociar nos EUA, correto?!

Uma vez na página do destino, você é livre para ver todos os classificados publicados, fazer pesquisas e pode inclusive contatar o anunciante. Recomendo o contato sempre direto, via telefone, com bastante cautela, já que esta é uma das maiores fontes de "scamm" (trapaceiros) que você poderia encontrar nos Estados Unidos. É comum ver anúncios para contatar o anunciante via email, ou preços muito abaixo da média, com certeza estes podem ser indícios de anúncios enganosos * USE COM MODERAÇÃO E EVITE DAR CHANCES PARA MALANDROS! *

7 - Tente se livrar do seguro de veículo (e viagem)

Evitando as altas taxas de seguros de veículos
Evitando as altas taxas de seguros de veículos

Para conseguir encontrar com as pessoas da Craigslist e realizar compras de eletrônicos a preços mais acessíveis, você vai precisar se locomover, concorda?! Uma vez encontrada a negociação, é importante marcar um encontro em lugar público, tal como uma cafeteria, ou ainda um shopping center, para ver o produto a ser comprado e executar a transação. Agora como se locomover em tempo hábil? Vai depender de Uber?! Vai chamar um taxi sempre? Vai usar transporte público? Ou vai alugar um carro?! Eu quase sempre opto pela última opção, ainda mais quando a cidade não oferece transporte público rápido e eficiente (descarte NYC e SF ok?!).

Quase sempre o carro alugado tem uma relação entre custo e benefício muito satisfatória ao viajante. Afinal de contas a gente viaja é pra se locomover não é?! Então! Eu gosto muito de ter a liberdade de ir e vir garantida. Com o carro alugado eu tenho a certeza de que posso honrar com compromissos, posso conhecer lugares por conta própria, otimizo a minha viagem grandiosamente, contudo, tudo tem um preço, e o dos carros alugados nos Estados Unidos podem salgar o orçamento da viagem com uma facilidade tremenda.

Recomendo pesquisar bem antes de viajar. Faça pesquisas em vários lugares, use sites de busca nativos (tal como o priceline.com, kayak.com e afins) para conseguir encontrar a melhor cotação da tarifa diária. O valor final de uma locação deve ser considerado pela seguinte expressão: valor da tarifa + valor das taxas + valor do seguro + valor IOF, tudo isso multiplicado pelo preço do dólar comercial no dia que o seu cartão de crédito fechar a fatura. Esse valor vai ser impactado por ítens adicionais que podem ser combinados no ato da contratação do veículo (se você quer um GPS, se quer colocar mais alguém pra dirigir, etc...).

Não tem como fugir do seguro. Caso você tenha um cartão de crédito que cobre seguros internacionais para locação de veículos, então essa pode ser uma carta na manga para reduzir ainda mais o custo da expressão aritmética do parágrafo anterior. Cada centavo vale, concorda? Então se você conseguir tirar no seguro, pode ter certeza que vai salvar no mínimo uns 15 a 30U$ por dia (dependendo é claro de N fatores). É grana a mais pra gastar no que realmente interessa!

6 - Roupas de marca mais em conta: Ross Dress for Less, Tj Maxx e TJX Companies

Compre roupas de marca em lojas de departamentos
Compre roupas de marca em lojas de departamentos

Voltando ao assunto compras nos Estados Unidos, se você não curte muito visitar brechós, se não gosta da idéia de usar uma roupa que já foi usada por outras pessoas, acredite em mim: também é possível economizar muito comprando roupa nova de marca nos EUA. A Ross Stores, é uma cadeia americana de lojas de departamento "off-price" (ou seja, com descontos maiores do que os das lojas oficiais) com sede em Dublin, na Califórnia, operando oficialmente sob a marca, Ross Dress for Less. É o segundo maior revendedor off-price dos EUA, atrás apenas das empresas TJX.

Não tem uma vez que eu tenha ido aos EUA que não tivesse entrado em uma loja da Ross. É uma das redes de lojas favoritas! Como eu gosto de perder horas caminhando entre as araras de roupas de qualquer loja da Ross. Aqui você encontra roupa de marca a preços reduzidos, muito mais barato do que comprar em lojas oficiais.

A T.J. Maxx é uma cadeia de lojas de departamentos americana, que vende a preços mais baixos do que outras grandes lojas similares. Possui mais de 1.000 lojas, sendo um dos maiores varejistas de roupas nos Estados Unidos. Então fique de olho nesses nomes e visite essas lojas antes de ir aos grandes outlets e shopping centers na sua viagem.

5 - Economize na alimentação: Dólar Menu nos fast food's

Comendo em fast food's pagando preço econômico
Comendo em fast food's pagando preço econômico

Agora o tendão de aquiles de toda viagem: como economizar quando o assunto é preencher o vazio que se forma dentro da gente toda hora?! Dá uma fome maluca viajar nos EUA, é tanta coisa gostosa, dá vontade sempre de comer de tudo um pouco. Infelizmente essa parte pode judiar do cartão de crédito, comprar comida por impulso pode ser o grande vilão da viagem, porém eu te ensino duas dicas sobre essa parte para que você possa salvar alguns dólares...

Praticamente toda rede de restaurantes no estilo "fast food" possui o famigerado "dólar menu". Costuma ser uma área meio escondidinha, em algumas lojas é preciso até perguntar se tem, pois eles não costumam expor tanto. No MacDonald's, Burguer King, KFC, Wendy's e praticamente nas maiores redes de comida rápida é possível encontrar esse menu com ítens mais baratos. O basicão é cheese-burguer por 0,99 e refri a vontade por 0,99. Dá inclusive pra usar o wi-fi, ir no banheiro, pesquisar uns preços na Craigslist, fazer uns lances no eBay, checar o limite do cartão kkkk...

4 - Para comer mais saúdavel: vá no Whole Foods

Supermercado de produtos naturais nos Estados Unidos
Supermercado de produtos naturais nos Estados Unidos

Mas quando o assunto é comida saudável, companheiro(a) eu não vacilo, vou direto no primeiro Whole Foods que eu encontro pelo meu caminho. A Whole Foods Market Inc. é uma cadeia estado-unidense de supermercados, exclusivamente com alimentos sem conservantes artificiais, quaisquer alteração nas cores ou sabores, sem a presença de edulcorantes ou gorduras hidrogenadas. Esta foi a primeira rede de supermercados a declarar-se 100% orgânico nos Estados Unidos. Você visita um lugar como esse e paga mais caro, mas come tão bem que acaba voltando sempre! Tem vários tipos de refeições prontas, tal como comida japonesa, italiana, sanduíches, salad bar's, etc...

3 - Economize na água durante a viagem

Compre água no atacado!
Compre água no atacado!

Se a alimentação pode ser o vilão da sua viagem, a água vai ser o coadjuvante no crime. Como é caro beber água engarrafada nos EUA. Eu já paguei até U$ 5,00 em uma mísera garrafa de água e naquele momento acreditei que estava sendo assaltado! Putz, fala sério, pagar quase 20 reais por 300 e poucos ml de água!? Pense que é preciso ao menos uns 2 litros de água diariamente, então estaríamos gastando uns 30 dólares por dia com água?! Bom, vamos pegar mais leve?! O mais leve por uma garrafa de água em certos lugares dos EUA é cerca de U$ 2,00. E vai ser difícil ainda encontrar nesse preço em alguns lugares hein!

Água é um dos insumos básicos para o ser humano, é impossível passar um dia inteiro sem se hidratar, ainda mais conhecendo um destino, sempre é preciso beber bastante água, mais ainda do que o normal. Opte por se hospedar em um lugar que oferece água gratuitamente. Se você possui um veículo alugado, compre um galão de 5 litros e deixe no seu veículo. Leve um cantil e reabasteça-o frequentemente. Use e abuse dos lugares que oferecem água por cortesia, você pode num primeiro momento até pensar que esse é um assunto relevante, contudo aqui fica o alerta sincero de alguém que já viajou muito nessa vida: a água pode ser um dos ítens que vão pesar no final do seu orçamento, então mantenha a inteligência na hora de realizar a sua hidratação ;)

2 - Hospedagem em casas de famílias via Airbnb ou Couchsurfing

Pagando barato e evitando taxas nas hospedagens familiares
Pagando barato e evitando taxas nas hospedagens familiares

Uma das maneiras mais econômicas de realizar a sua hospedagem na grande maioria dos destinos nos EUA está nesta ferramenta. O airbnb democratizou o custo das hospedagens nos EUA. Em cidades como Nova York ou São Francisco, é comum ver diárias começando nos 100 dólares. Entretanto é possível encontrar quartos no Airbnb por até menos da metade desse valor.

Outra alternativa interessante para quem deseja pagar menos (ou simplesmente não pagar) pela hospedagem, é tentar se socializar pelo couchsurfing. É possível encontrar membros desta comunidade virtual em praticamente todos os estados norte-americanos. Eu mesmo já paguei U$ 15,00 por um lindo quarto só meu em uma casa de família na cidade de Las Vegas. Foi uma das melhores hospedagens que já tive. Fui super bem recebido e gastei 30U$ para ficar hospedado por dois dias (o que supostamente foi mais barato do que na minha própria cidade).

1 - Realize atividades que são gratuitas

Em todo lugar do mundo existem atividades sem custos
Ferry de Manhattan a Staten Island: vista grátis!

Essa é a dica chave dessa matéria. Você só vai gastar se quiser, compreende?! Dá pra fazer muito sem pagar nada. Conheça as vizinhanças, visite parques, vá caminhar em shoppings ao ar livre, veja marcos urbanos e históricos, conheça as ruas renomadas e explore a cidade! É sempre possível se surpreender com a viagem sem ter que gastar uma nota para realizar todos as atividades turísticas.

Bônus 1: Viaje para um lugar onde as taxas são mais baratas

Estados com taxas reduzidas tendem a ser mais econômicos
Estados com taxas reduzidas tendem a ser mais econômicos

Pensou que tinha acabado?! Pois é, reservei dois bônus especiais para quem decidiu ler tudo até o final. Quando você for planejar a viagem pros EUA, opte por destinos que praticam taxas reduzidas. Cada estado é livre para praticar as taxas que bem entender, sendo que este valor é somado ao valor total da sua compra no momento em que executa o pagamento.

Sai na frente quem opta por conhecer destinos que não possuem taxas, concorda? Alaska (que possui apenas taxa de 1.6% de vendas local), Delaware, Montana, New Hampshire e Oregon são os Estados que não possuem taxas de vendas sob produtos (sendo que Delaware está a pouco mais de 2 horas de Manhattan/Nova York) . Os estados a seguir não possuem taxas para roupas e calçados: Pennsylvania, Minnesota, Massachussets, New Jersey, New York, Vermont e Rhode Island.

Díficil mesmo é ficar apenas nos que não tem taxas né?! Mas veja que se você viajar para a cidade de Nova York ou Washington DC, poderá visitar facilmente outros destinos que não praticam taxas. Você pode ainda conhecer a Lousiana ou o Texas, que possuem programas de reembolsos de taxas de vendas. Veja como são as taxas de vendas praticadas em alguns dos estaodos mais visitados: Arizona (9.16%), California (8.38%), Florida (6.62%), Hawaii (4.35%), Nevada (7,93%), New York (8.48%).

Bônus 2: Antes de viajar, faça suas compras no e-bay e mande entregar no seu hotel.a

Compras no ebay e entrega no hotel
Recebendo encomendas ao chegar no hotel

Essa também é uma parte bem legal das viagens bem planejadas na minha opinião. Afinal de contas quem é que gosta de perder o tempo da viagem tentando encontrar ítens para comprar. Eu gosto de comprar tudo do conforto da minha casa e quando chego no meu primeiro hotel, lá estão todas as minhas encomendas, apenas aguardando pela minha chegada.

Existem várias soluções de hospedagem que recebem encomendas sem custos agregados. Entre em contato com o lugar que vai se hospedar para ter a certeza de que pode remeter pacotes via internet para serem recolhidos no dia da sua chegada (existem hotéis que cobram por isso). Uma vez confirmado, informe o endereço do hotel em sua conta do E-bay e vá ser feliz! Só tome cuidado com a data de entrega para evitar comprar qualquer coisa que venha a chegar depois do dia que você já partiu.

Espero que tenha gostado das minhas dicas e recomendações. Se alguma das idéias que eu recomendei forem utilizadas, por favor volte até esta matéria e deixe o seu relato nos comentários, será uma grande satisfação ver que alguém conseguiu salvar alguns dólares com as dicas que eu relacionei nesta matéria :)

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias