Sancho, Pico Dois Irmãos e a trilha para o Mirante dos Golfinhos

Logo depois de mergulhar de snorkel no Sueste, fiz questão de ir direto ao ponto e conhecer as paisagens pelas quais Fernando de Noronha se transformou em um dos destinos mais desejados do Brasil - a Baía do Sancho e o Pico Dois Irmãos - viaje por esses lugares conosco conferindo mais essa matéria do Blog Boa Viagem.

Depois de mergulhar por algumas horas na Baía do Sueste, esperei o coletivo chegar para voltar até a Vila dos Remédios. Eram pouco mais de 10 da manhã quando o coletivão chegou, paguei a taxa e sentei em uma das primeiras cadeiras. Uma galera chegou e sentou ao meu lado ocupando as 4 primeiras poltronas ao meu lado. Eu não sabia os motivos de querer voltar para a vila, sendo que ainda era tão cedo. Foi quando eles mencionaram o lugar mágico e perguntaram para o motorista se a parada estava próxima. Imediatamente cancelei o retorno e troquei o horário do almoço pelas boas-vindas á praia mais bonita do Brasil. Como o objetivo era conhecer o máximo com o mínimo de tempo, sem abrir mão da qualidade da visita, desci no lugar indicado e comecei a caminhar pela trilha de estrada de terra.

Sinceramente ainda não tinha fome, levei uns amendoins e um lanchinho básico para a hora que a fome apertasse e literalmente encarei a estrada de chão que me levaria até o posto do Sancho. A caminhada não é tão leve para os momentos que o sol está a pino, mas fui aproveitando as sombras que as poucas e secas árvores faziam questão de deixar. Uns 15 minutinhos e estava entrando na sede da Econoronha que regulamenta a entrada dos visitantes na Baía do Sancho. Como já havia comprado meu passe no Sueste, não precisei adquirir nada, apenas uma garrafinha de água com gás para a caminhada que ainda prometia ser longa.

Comecei a percorrer a breve centena de metros de plataformas que liga o posto de atendimento até o mirante do Sancho um tanto quanto acanhado, não acreditando que em alguns minutos eu seria apresentado pra praia mais incrível do Brasil. Eu confesso que fui meio com um "pé atrás", mas quando cheguei no mirante, lá estava aquele cartão postal, tão difícil de ser descrito em palavras...

A mais bela praia brasileira - Baía do Sancho em Noronha
A mais bela praia brasileira - Baía do Sancho em Noronha

Os azuis se misturam com essa cor marrom claríssimo das areias da praia que geram uma explosão de misturas de cores quando as ondas quebram. É claro que fiquei instigado a chegar até a praia e dar um belo mergulho naquele mar transparente, mais pra isso eu precisava de ter uma refeição descente e acima de tudo - eu precisava de uma tarde toda para conseguir aproveitar bem do potencial desta baía, tomando o tempo necessários para conhecer melhor os detalhes que só encherga quem predispõe a se lançar ao mar munido de uma máscara e snorkel.

Fato é que quanto mais o tempo passava, menos eu queria caminhar. A paisagem meio que possui um poder sobre seus visitantes, impede as pessoas de seguir adiante devido a sua beleza explêndida! Realmente contemplei poucos lugares no mundo tão bonitos quanto essa região em Fernando de Noronha.

Paisagem impressionante! Essa é a praia mais linda do nosso Brasil
Paisagem impressionante!? Essa é a praia mais linda do nosso Brasil!

Apreciei por vários minutos, vi a escadaria gigantesca, estrategicamente posicionada no meio das pedras e pensei que seria melhor antes falar um oizinho para a segunda paisagem mais marcante desse arquipélago á deriva no meio do Atlântico, a Baía dos Porcos e o Pico Dois Irmãos.

Continuando pelas plataformas, seguindo o caminho pelo lado direito de quem está chegando ao Sancho, me coloquei a caminhar novamente até encontrar o Forte de São João Baptista dos Dois Irmãos, ou ao menos o que restou dele - um monte de pedras em um lugar privilegiado - com vista para duas das mais belas paisagens do território brasileiro. De um lado a Baía do Sancho, do outro os Picos Dois Irmãos a Baía dos Porcos e parte da costa norte de Fernando de Noronha.

Pico Dois Irmãos, outra paisagem famosa do Brasil
Ao ladinho do Sancho está o Pico Dois Irmãos, outra paisagem famosa do nosso Brasil

Como ignorar a formosidade desse lugar? Fiquei sentado ali por horas hipnotizado pela formosidade que é tudo nesse lado da ilha, desde a cor das areias, passando pela beleza da cor do oceano chegando até as formações rochosas que fazem questão de constrastar a paisagem com seus tons escuros. Um breve momento para o fotógrafo, viajante, empresário, blogueiro, turista e ser humano Luiz Jr. Fernandes pensar na vida e vislumbrar inspiração para o resto do ano de 2013 que ainda não havia chegado (essa hora devia passar do meio dia do dia 31/12/2012).

Baía dos Porcos, a prainha mais próxima dos Picos
Baía dos Porcos, a prainha mais próxima dos Picos

Esse é um lugar mágico, tanto acima quanto abaixo do nível do mar. Se a beleza é realmente estonteante na paisagem ilustrada pela montagem acima, o que aguardar em uma visita ao fundo desse oceano? Infelizmente mergulhar na Baía dos Porcos vai ficar para a próxima oportunidade, inclusive quero fazer um mergulho com cilindro na Laje Dois Irmãos, um lugar de altíssima atividade marinha, tanto em se tratando de fauna, quanto flora. Depois de fotografar bastante, peguei a trilha voltando e fui caminhando até o Mirante dos Golfinhos, que estava a alguns kilômetros dali (uns 2 km se não me engane!) - uma caminhadinha nada fácil com o sol a pino e sem água (e com o estômago vazio), mas estava ali para conhecer o kit e não voltaria para a Vila dos Remédios sem visitar todos os pontos.

Alguns minutinhos depois estava chegando no mirante, e já de longe consegui avistar alguns golfinhos bem na superfície. Este é o tipo de lugar que eu deveria ter visitado nas primeiras horas do dia, essa é a dica de ouro desse mirante - chegue antes dos primeiros raios de sol para ver dezenas de golfinhos saltando para as suas lentes! Mais uma experiência que realizarei na viagem de volta a Noronha!

Trilha pro Mirante dos Golfinhos, eles costumam sempre estar por lá!
Trilha pro Mirante dos Golfinhos, eles costumam sempre estar por lá!

Completei o tour caminhando no sentido contrário da minha chegada e em mais alguns minutos eu estava no posto de controle da Baía do Sancho. Já passavam das duas da tarde, comprei mais uma água, voltei caminhando pela mesma estrada de terra e peguei uma carona que me deixou na vila, totalmente "varado de fome". Pedi uma quentinha e fiquei ali perplexo com a beleza dos lugares que havia visitado em apenas uma manhã bem aproveitada em Fernando de Noronha - um lugar para se voltar várias vezes durante a vida ;)

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias