PICS e o trabalho desenvolvido pela Econoronha

Atualmente existem dois Postos de Informação e Controle (PIC) em Fernando de Noronha: um na Baía do Sueste e outro no Sancho. Conheça um pouco melhor o trabalho realizado pela concessionária Econoronha em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) no arquipélago noronhense.

Um dos grandes diferenciais existentes em algumas das principais praias e baías de Fernando de Noronha é a presença estruturada de um órgão gestor da prestação de serviços de apoio à visitação pública e cobrança de ingressos para acesso ao Parque Nacional Marinho. Seu nome? ECONORONHA.

E não confunda por favor a requisição de ingresso para a entrada no Parque Marinho com a saudosa TPA (Taxa de Preservação Ambiental), regulamentada pelo Governo Estadual do Pernambuco. Enquanto a primeira apenas coordena o acesso nas baías do Sueste, Sancho/Golfinhos e outros lugares pertinentes ao Parque, a TPA é a tarifa que é cobrada por dia que o visitante permanece no arquipélago, ou seja, dois valores distintos porém que se mostram necessários para o constante trabalho de preservação do ecossistema-natural realizado em Noronha.

Boa parte das pesquisas científicas, desenvolvimento de atividades de educação ou interpretação ambiental, recreação e contato com a natureza é gerenciado por essa concessionária, uma empresa 100% brasileira, com tecnologia única na administração de serviços turísticos e com experiência de sobra, desde que também compete ao grupo ao qual a Econoronha faz parte, gerir a exploração turística do mais importante parque nacional brasileiro: o Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná e também o Parque Nacional da Tijuca no Rio de Janeiro.

Posto de Informações e Controle Sueste - Econoronha
Posto de Informações e Controle da Econoronha na Baía do Sueste

Todos os visitantes que chegam na Baía do Sueste são recepcionados pela estrutura da Econoronha. Logo ao chegar em qualquer um dos postos de informação (existem dois atualmente: um no Sancho outro no Sueste), o visitante deve informar seu CPF ou apresentar o ingresso do Parque Marinho para que seu acesso à praia seja garantido. Também é exigida a apresentação do ingresso para todos aqueles que partem para qualquer tipo de passeio ou mergulho desde o Porto de Santo Antônio.

O Posto de Informações e Controle (PIC) presente no Sueste possui uma série de facilidades para os visitantes de Noronha, entre elas estão: banho de água doce (para tirar o sal depois do banho de mar), mesas e cadeiras, lanchonete com bebidas e lanches rápidos, área para locação de equipamentos de mergulho e colete salva-vida, banheiros privados e uma lojinha com souvenirs.

Loja de souvenirs, lanchonete e estrutura para visitantes do Sueste
Loja de souvenirs, lanchonete e estrutura para visitantes do Sueste

Não há nada mais importante em um belo destino do que a esturutra proporcionada por uma concessionária contratada para promover acessibilidade aos visitantes de lugares como o Sancho ou o Sueste. É impagável chegar todo salgado depois de alguns mergulhos e poder tomar um banho com água doce para tirar o sal, e de quebra comprar uma bebida bem gelada. Os preços são um pouco mais elevados do que se adquirisse os produtos direto no Mercadinho da Mãezinha, porém são uma salvação para os desavisados que vão curtir uma das melhores praias do Brasil sem comprar uma garrafa d'água ou protetor solar.

Posto de Informações e Controle da Econoronha na Baía do Sancho
Posto de Informações e Controle da Econoronha na Baía do Sancho

Além de fornecer apoio aos turistas que visitam Noronha, a Econoronha também é fundamental em executar o trabalho de preservação do patrimônio natural e consequente aproveitamento do potencial de visitação do Parque Nacional Marinho. Além do mais a população local é brindada por novas oportunidades de emprego e consequente aumento de arrecadação por parte do Governo Federal. As lojas de conveniência possuem profissionais qualificados para prestar qualquer tipo de apoio aos turistas, esclarecendo dúvidas e gerenciando o controle de acesso aos pontos mais visitados e devidamente protegidos deste arquipélago.

Além de vender diversas recordações, camisetas, chaveiros, chinelos e canecos com inscrições sobre o paraíso, também é possível adquirir um squeeze que pode ser recarregado no Sancho e no Sueste (ao custo de R$ 3,00 a recarga), ação esta que busca evitar o avanço na quantidade de lixo gerado no Parque Marinho proveniente de garrafas PET, que outrora também servirão como uma bela recordação.

Loja de souvenirs e estrutura para visitantes da Baía do Sancho
Loja de souvenirs e estrutura para visitantes da Baía do Sancho

Depois de me despedir dos PICs do Sueste e do Sancho enquanto ainda realizava um ILHATUR com o pessoal do Receptivo Atalaia, tive também a oportunidade de conhecer outras facilidades construídas pela Econoronha em vários pontos deste arquipélago, uma delas é a pequena recepção existente na Praia da Caieira (como na foto a seguir). Também existe a mesma estrutura construída na Praia do Leão, além de tantas outras trilhas, placas e sinalizações espalhadas nas mais diversas localidades do paraíso.

Estrutura receptiva construída pela Econoronha na Praia das Caieiras
Estrutura receptiva construída pela Econoronha na Praia das Caieiras

A ECONORONHA trabalha incessantemente junto com a parceria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) executando ações típicas de preservação da natureza, fomentando e executando diversos tipos de programas de pesquisa, proteção e gestão de Unidades de Conservação Federal assim como é Fernando de Noronha.

Serviço

ECONORONHA e ICMBIO
Onde comprar seu ingresso?! Simples:
1 - Centro de Visitantes do ICMBio – Al. do Boldro, s/n, Boldró (das 8h às 22h);
2 - Quiosque na praça Flamboyant ao lado da Cia da Lua - (das 8h às 22h);
3 - PIC Golfinho/Sancho – Mirante dos Golfinhos e Sancho (das 8h às 18h30m);
4 - SITE OFICIAL: parnanoronha.com.br
Valor: R$ 150,00 para estrangeiros e R$ 75,00 para brazukas :)
Validade do ingresso é de 10 dias corridos e pode ser pago em dinheiro ou cartões de crédito
A entrada no Parque Nacional Marinho foi uma cortesia da ECONORNHA ao Blog Boa Viagem

Euforonha
Triboju Pousada da Carmô Dolphin Receptivo Atalaia Atlantis Travel Pousada do Zé Maria Pousada da Filó Pousada Estrela do Mar Econoronha e Parque Nacional Marinho Secretaria de Turismo do Pernambuco ICMBIO e Projeto TAMAR

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias