Salto de Corumbá de Goiás

Reconheço que conheço mais de outros países do mundo do que do Brasil. Corumbá de Goiás me disse que tenho que conhecer mais do meu próprio país e até por que não dizer do meu próprio estado. Sendo assim, compartilho com vocês dos valores agregados em uma região fantástica do cerrado goiano.

Finalzinho de semana agradável que passei recentemente, tentando dar uma solução para minha árdua crise de abstinência das viagens (a minha última foi em junho/2011 - Miami/USA), cheguei a uma conclusão óbvia! Eu devo conhecer um pouco mais do meu estado, já que não posso viajar pra fora no momento e ainda não tenho planos até o fim do ano, então o jeito é me viarar como posso e foi com essa intenção que parti rumo a Corumbá de Goiás, cidadezinha que fica a pouco mais de 100 km de Goiânia e que tantas vezes passa desapercebida pela graciosidade de uma outra estrelinha do turismo goiano que existe logo ali ao lado: a cidade de Pirenópolis.

Sinceramente eu não devo ser negligente com meu diário de bordo, e confesso que se tivesse um patrocinador fiel, que gostaria muito de publicar mais matérias sobre o Brasil, e até tenho um plano de conhecer todas as capitais do Brasil até a Copa de 2014, mas sem incentivos externos não dá! Imagine quantas publicações interessantes promovendo o Brasil não poderiam surgir por aqui caso eu conseguisse convencer alguém que escrever posts sobre as minhas viagens pode ser algo lucrativo. Seja para mim (eu me sinto feliz viajando e escrevendo sobre minhas viagens) seja para um provável anunciante que Deus enviar (eu posso convencer as pessoas de que vale a pena visitar um determinado lugar, isso, se valer mesmo!).

Planejamentos a parte, reconheço que estou em dívida com as publicações sobre o Brasil e principalemente sobre o meu querido, amado e idolatrado estado brasileiro de Goiás. Eu conheço praticamente uns 50% dessa região do Brasil mas nunca me interessei por escrever as viagens locais. E são tantas as cidades! Eu já até escrevi muita coisa sobre Caldas Novas, o Rio Quente o Hot Park, sobre Goiás Velho e agora chegou a vez de Corumbá! E ainda são tantas as cidades que nunca escrevi um post sobre, tais como Aruanã e o Rio Araguaia, a própria Pirenópolis e é claro sobre a maravilhosa metrópole Goiânia. Bom, um dia eu chego lá e consigo compartilhar tudo que penso do Brasil com vocês!

Chegando na cidade de Corumbá de Goiás
Chegando na cidade de Corumbá de Goiás

No caso de Corumbá de Goiás eu devo confessar que essa foi minha primeira visita á cidade do Salto. É uma vergonha, eu sei! Mas é que eu tenho essa cisma que me acompanha de que viajar pelo Brasil é tão caro que se eu economizo com todas as viagens que posso fazer pelo meu país, eu posso conseguir conhecer um continente inteiro (tal como fiz na América Central). Mas que é desprezível eu falar que vivo em Goiás e que somente agora vim a conhecer essa cidade, isso é! E prometo que devo rever meus conceitos e começar a explorar um pouco mais o meu país e principalmente meu estado.

Visitar Corumbá é entrar em contato direto com o bioma mais charmoso do Brasil - o cerradão de meu Deus! Como é bom apreciar as belezas do cerrado em sua forma mais básica de vida, tomando o tempo necessário que for, principalmente em um lugar como a cidade de Corumbá de Goiás!

As belezas naturais do cerrado goiano
As belezas naturais do cerrado goiano

É engraçado ter tanto amor por um estado sendo que nasci tão distante, em terras gaúchas, mas minha criação e as raízes de minha família sempre foram desse estado e daqui saí para conhecer o mundo, mas tenho que começar a compreender melhor que muitas vezes o que está tão próximo pode ser tão fabuloso quanto algo que está tão distante.

E como esse meu estado é tão mal divulgado turisticamente. Povo só lembra de Goiás quando vai viajar pelo Brasil para conhecer a terra das águas quentes. E fato é que por aqui existem muito mais opções do que esse manancial térmico. Corumbá de Goiás é uma prova do potencial turístico desse estado que não é posto na vitrine, mas que é totalmente usufruido pelos próprios goianos e brasilienses, que amam explorar essa região. Pois saiba que essa cidade fica a apenas 20 kilômetros da famosa Pirenópolis e conta com a estrutura básica para quem quer desfrutar de camping ou até mesmo anima ficar hospedado em pousadinhas econômicas sem tanto luxo.

Salto de Corumbá Camping Clube Hotel
Parque aquático do Salto de Corumbá de Goiás

Mas o que fazer em Corumbá de Goiás?

São várias as opções. Além de visitar a cidade histórica de Corumbá, recomendo muito que você faça o camping no Salto de Corumbá Camping Clube Hotel. Ficando hospedado por ali você terá condições de visitar o Salto, a cachoeira da gruta, fazer rapel, tirolesa, escalada, eco-turismo, trilhas, cavalgadas e sem contar os imensos poços e piscinas naturais que existem rio abaixo.

Uma das cachoeiras mais frias de toda a minha vida foi a cachoeira da gruta (foto a seguir), a água beirava os 10 graus celsius. Como estamos em uma época de fortes secas nessa região, a cachoeira não tinha água escorrendo, apenas o poção profundo de águas cristalinas convidativo para aqueles que não têm medo de água fria!

Cachoeira da Gruta Corumbá de Goiás
Cachoeira da Gruta

Já o Salto de Corumbá é uma das principais atrações turísticas, pela sua beleza natural e selvagem. Caso você venha para essa região não deixe de visitar outros lugares que ficam bem próximos á cidade: Cachoeira do Monjolinho, Tapera Grande, Pai Inácio, Taquara e Pedreira.

Chegar até o topo da cachoeira do Salto de Corumbá não é uma tarefa das mais simples, sendo assim este não é o lugar mais recomendável se você sofre de algum problema cardíaco ou qualquer malécia que te impossibilite de subir por trilhas e pedras até chegar até o topo.


Um lugar humilde mas de uma beleza sem igual. Tão acessível a quem vai a Pirenópolis que seria um grande erro não passar por aqui ao menos para desfrutar da maravilha que é a cachoeira do Salto. Corumbá de Goiás está estrategicamente posicionada na BR-414 conectada diretamente a "Piri" por 20 kilômetros da rodovia estadual GO-225 e não deve ser ignorada em seu roteiro nesse maravilhoso estado em que vivo feliz há mais de 25 anos ;)

A beleza do Salto de Corumbá de Goiás
A beleza do Salto de Corumbá de Goiás

E qual a sua experiência nesse estado tão incrível? Já conhece essa região de Goiás? Já visitou o Salto de Corumbá e a cidade de Pirenópolis? Então não deixe de expressar suas opiniões na caixa de comentários logo abaixo!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias