De Honolulu ao Palau na Executiva da Asiana Airlines

Depois de experimentar as ilhas do Havaí por 10 dias, embarquei na business class da Asiana Airlines rumo à cidade de Koror no Palau com algumas horas de conexão no Icheon (Coreia do Sul).

Eu confesso: amo voar de executiva. Entretanto não é sempre que eu dou conta ($$$). Já fui parar na executiva em vários voos e por diferentes motivos, alguns deles foram grandes barbadas que consegui aproveitar, outras vezes acabei me dando bem devido a algum atraso qualquer; de fato eu nunca gastei rios de dinheiro para comprar uma passagem na classe executiva, mesmo que não seja tão frequente, é literalmente apaixonante o tratamento que sempre recebi voando nessa classe.

Ainda vamos falar muito sobre Honolulu, Oahu, Waikiki e o Kauai, entretanto as nossas principais experiências nas ilhas havaianas já se encontram devidamente documentadas aqui no blog e você pode conferir todos os posts que já produzi clicando nesse link aqui ó: todos os posts sobre o Havaí. São quase 40 matérias que ilustram com fidelidade todas as aventuras que experimentei em Maui, Oahu, Big Island e no Kauai nas duas viagens realizadas até este impressionante conjunto de ilhas isoladas no meio do Pacífico.

Eu poderia viajar ao menos mais uma vez ao ano para este arquipélago sem conseguir esgotar as alternativas turísticas, contudo acredito que assim como em Fernando de Noronha, este é um lugar que deve sempre estar na mira de qualquer viajante em busca de aventura, diversão e contatos esplêndidos com a natureza. Eu ainda vou voltar, não sei quando, porém finalmente é chegada a hora de partir do Havaí. Para onde?! Como!? Bem, vai lendo que explico com detalhes...

Honolulu a Coréia do Sul na executiva da Asiana Airlines
Honolulu a Coréia do Sul na executiva da Asiana Airlines

Esta foi uma viagem totalmente emitida com milhas Lifemiles. Passei alguns anos acumulando milhas compradas nas promoções de que bonificavam em dobro e consegui em setembro do ano passado executar essa viagem que me levou de Brasília até Lihue no Kauai, passando por Honolulu para embarcar no voo que comentamos nesta matéria, um trecho em business class com uma das melhores cias aéreas do planeta: a Asiana Airlines.

Meu objetivo final desta viagem era conhecer Palawan, nas Filipinas. Estudei durante alguns meses quais seriam as melhores formas para virar o mapa do avesso, tentando encaixar os itinerários para partir de Oahu rumo às Filipinas. Não foi fácil mas de brinde ganhei a oportunidade de experimentar os serviços de alto nível dessa cia aérea pagando valores realmente irrisórios.

A única vantagem que vejo atualmente no programa de milhagem da Avianca, o Lifemiles, é estar diretamente conectado com todas as cias Star Alliance. Com doses cavalares de planejamento, noites perdidas no péssimo site tentando encontrar as melhores oportunidades para me conectar com as Filipinas, eis que encontrei uma micro nação que parecia estar convenientemente localizada ali no meio do meu caminho, se mostrou como a opção perfeita para uma parada de alguns dias. Essa nação se chama PALAU, um dos lugares mais paradisíacos que já visitei na vida e está cravada a apenas duas horas de distância de Manila, a capital filipina.

Asiana Airlines
Asiana Airlines

Eu sequer sabia onde era o tal do Palau. Eu sequer tinha noção do que existe nesse lugar que me fizesse investir alguns dias por ali antes de finalmente conhecer Palawan, entretanto eu tinha uma plena convicção: não havia melhor momento para experimentar essa executiva da Asiana. Com a combinação de milhas + dinheiro (29.500 milhas + U$ 262,00), consegui emitir esse trecho duplo que me levou de Honolulu (mais de 9 horas de voo) até a Coréia do Sul e de lá terminou de me conectar com o Palau (4 horas e pouco de viagem) - tudo isso em um dos níveis mais elevados de qualidade em serviço e atendimento que um viajante como eu poderia receber.

O checkin em Honolulu foi diferenciado, sequer me consumiu 10 minutos. A Asiana não possui sala vip exclusiva no aeroporto de Oahu, entretanto fui convidado a conhecer a sala que é compartilhada com a United. Atendimento de alto nível, canapés e champagne antes do voo partir, aquele sorriso asiático no rosto de todas as aeromoças e logo estávamos voando rumo ao outro lado do planeta.

Refeições na Executiva da Asiana
Refeições na Executiva da Asiana

Qualquer voo que parta de Honolulu com destino à Ásia vai atravessar a barreira do fuso horário internacional. É estranho saber que você está em um dia que é o ontem e a um dado momento do voo, o avião cruza essa linha imaginária e o dia atual passa a ser o amanhã. Um dia perdido, porém uma experiência imensurável saber que estava rompendo para uma viagem que daria a volta ao mundo. Nunca imaginei que conseguiria "bancar" uma viagem dessas a um preço realmente acessível. Foram menos de R$ 3.000 para emitir todos os trechos e dar uma volta completa ao mundo. Para se ter uma ideia, nos valores atuais, apenas esse trecho que realizei na executiva da Asiana custa em torno de R$ 6.000,00 (U$ 2,800).

O voo rompeu de Honolulu na hora do almoço. Para a primeira refeição eu optei por steak. Como eu amo voar comendo steak :D, é claro que também foram servidos alguns canapés que optei por tomar acompanhado por Champagne!

Business Class - Asiana Airlines
Business Class - Asiana Airlines

Na hora do "jantar" que na realidade eram pouco mais de 4 da tarde no horário da Coréia, optei por uma bela salada de camarões, regada sem miséria com azeite balsâmico, eu estava me sentindo como um magnata asiático distante mais de 12.000 milhas da capital brasileira. Não demorou muito até que comecei a ver as gigantescas construções mega organizadas que faziam questão de me alertar: seu voo de executiva está chegando ao final! Felizmente eu teria mais uma perna até Koror no Palau (depois é claro de desfrutar da sala vip da Asiana em Icheon).

Perambulando pelo aeroporto de Icheon na Coréia do Sul
Aeroporto de Icheon na Coréia do Sul

O grande pesar ficou por conta da minha conexão ser tão curtinha (apenas 6 horas) a ponto de que não era possível sair para explorar a capital coreana - a Asiana possui um serviço de city-tour grátis para pessoas em trânsito no Icheon. Eu ainda ei de voltar lá para dar o check nesse destino asiático ;)

O ponto positivo foi poder tomar um belo banho, fazer uma refeição digna e ter direito a vários tipos de bebidas enquanto aguardava o próximo voo. Foi realmente sensacional estar no Icheon por algumas horas.

Vip Lounge da Asiana Airlines na Coréia do Sul
Vip Lounge da Asiana Airlines na Coréia do Sul

Bom, o que eu fiz nesse aeroporto, um pouco sobre o duty free e detalhes adicionais para você também conseguir realizar um voo de business class com a Asiana vão ser assuntos do próximo post dessa série que está prestes a adentrar uma nova nação na Micronésia :), não vá perder hein!


Classe executiva da Asiana Airlines

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias