Hospedagem no Banyan Inn [ Kauai - Havaí ]

Fiquei hospedado por 5 dias no Kauai Banyan Inn uma solução alternativa de hospedagem ao estilo bed and breakfast que se transformou desde o primeiro momento em minha casa oficial na Ilha Jardim.

Depois da longa conexão de 12 horas na Cidade do Panamá, um voo de 7 horas para Los Angeles, uma noite mal dormida no aeroporto e mais um outro voo de pouco menos que 8 horas, eis que havia chegado em Lihue, a cidade capital que é a capital do Kauai no Havaí. Sabem como é, não me importaria o tempo que fosse levar, eu sabia que estava indo para um lugar incrível. Depois de desembarcar no pequeno aeroporto, recolhi minha bagagem e fui até as locadoras de veículo: é praticamente impossível conhecer o Kauai sem um carro alugado, e mesmo com os custos elevadíssimos de seguro, acabei pagando sozinho a fatura de mais de 500 dólares para enfim ter um carro por 7 dias nesta ilha paradisíaca, um custo que acredito ser na realidade um grande investimento aqui para as páginas do blog, sem contar é claro sobre o benefício que esta viagem fez para as minhas memórias!

De carro na mão, apesar do gosto amargo da fatura ainda permanecer na minha fatura, eis que rompi pela Rodovia 50 rumo a Koloa, uma cidadezinha histórica localizada na região sul do Kauai, eu estava indo pra casa :)

Quando ainda estava planejando essa viagem pro Kauai, decidi que seria perfeito tanto para mim como para os leitores aqui do blog se ficasse hospedado em duas alternativas de hospedagem diferentes. Uma mais econômica, alternativa e caseira, outra mais requintada, de alto nível e com a estrutura de um grande resort. Acontece que o Kauai é um destino perfeito para lua de mel, então nada mais justo do que proporcionar aos nossos leitores duas opções de hospedagem que viriam a atender qualquer perfil de casal viajante em busca de seu momento perfeito em terras havaianas.

Ainda não fiz o meu post de introdução ao Kauai, porém acredito que posso ir adiante e relatar primeiramente os resultados das minhas duas soluções de hospedagem, iniciando hoje pelo Kauai Banyan Inn. Este foi definitivamente o lugar que eu mais consegui me sentir em casa nos últimos anos viajando ao redor do mundo. Não poderia ter encontrado pessoa mais agradável do que a proprietária Lorna Hoff, que me acolheu no Havaí com verdadeiro carinho materno! Quando cheguei na viela Mana Hema Place, eu tive que estacionar o carro, mesmo ainda muito cansado da viagem, para registrar a foto inicial da montagem a seguir, imagem que marcou a minha primeira vista das colinas de Koloa no Kauai.

Vista das colinas verdes de Koloa no Havaí
Vista das colinas verdes de Koloa no Havaí e as varandas do Banyan Inn

As outras fotos da montagem anterior foram registradas da sacada do meu quarto no Banyan Inn, o explendor da vegetação me convenceu imediatamente dos motivos pelos quais o Kauai leva o apelido de "Garden Island" (Ilha jardim). Eu só queria descansar, eu precisava realmente descansar! Havia permanecido em trânsito por quase 48 horas seguidas e possuía 7 horas a menos de fuso horário. Antes de qualquer coisa a Lorna me fez sentir em casa, me deu uma visão geral do meu quarto, explicou onde eu a encontraria se precisasse de qualquer coisa e me permitiu obter aquela sensação de como se estivesse literalmente dentro do meu quarto, na minha casa. Eu deitei na cama e dormi por 17 horas seguidas!

Kauai Banyan Inn
Kauai Banyan Inn

Com o sono um tanto quanto leve, acordei algumas vezes pela madrugada com barulho forte de chuva! Eu estava tão cansado que apenas fechei os olhos e torci para acordar pela manhã com tempo bom pois sairia bem cedinho para fazer meu primeiro mergulho com cilindro no Kauai. Quando levantei pela manhã, fui para a sacada e não acreditei no visual do céu, que estava limpando por completo com os fortes ventos no sentido sul-norte da ilha! Conversando com locais descobri que é bem comum encontrar esse clima em toda região sul, fiquei maravilhado ao perceber quão sensacional era um lugar com sol intenso e calor durante o dia e noites chuvosas com clima ameno.


Chegando no Kauai Banyan Inn

A primeira impressão ao subir as ladeiras da Mana Hema é de que estamos entrando em uma área agrícola do Havaí, um verdadeiro setor de chácaras, localizado entre Koloa e o Lawai, um refúgio de paz na correria da rotina diária de uma das ilhas mais paradisíacas do planeta. No outro dia, depois do meu mergulho, voltei para casa e fui novamente recepcionado pela Lorna que me orientou ainda mais sobre o que poderia fazer, quais lugares visitar no sul da ilha e me deixou a par de tudo que tinha à disposição no Banyan Inn, começando pela cozinha completa totalmente por minha conta!

Casa no Kauai - Banyan Inn
Casa no Kauai - Banyan Inn

Geladeira com um freezer que congelava latas de cerveja em 15 minutos. Fogão elétrico, micro-ondas, forno para assar pizzas, cafeteira, talheres em geral. Tudo novíssimo e disponível para que eu pudesse utilizar da forma que fosse mais proveitoso para minha viagem. Ela até fez questão de me ensinar a forma na qual os locais aproveitam a praia: me emprestou uma caixa térmica, barras adicionais de gelo, cadeiras de praia, snorkel, nadadeira e até pranchas de body-board. Mandou eu ir pra praia me divertir e se precisasse de qualquer coisa que bastaria falar para ela com antecedência. Me senti como parte da família!

Amenidades e ôfuro
Amenidades e furo

Eu passei meus dias correndo de uma ponta para a outra dessa ilha, voltando para o Banyan Inn afim de fazer minhas refeições, descansar, recuperar as baterias e tudo não poderia ser mais perfeito! Foram bons momentos comendo poke (peixe cru ao estilo havaiano), bebendo cerveja longboard estupidamente gelada, eu poderia viver no Banyan Inn para o resto da minha vida :)

Fazendo a minha própria refeição no Kauai
Fazendo a minha própria refeição no Kauai

Vários locais me indicavam que o melhor lugar para ficar no Kauai seria em Kapaa, uma cidade que fica localizada na costa leste, exatamente no centro da ilha. Dizem ser o melhor pois com menos de 30 minutos é possível chegar até a Tunnels Beach, uma das praias mais lindas deste lugar, ou ainda com pouco mais de 40 minutos recorrer até o sul da ilha para assistir o pôr do sol na Poipu Beach. Sinceramente eu acredito que a melhor alternativa seja focar no sul e explorar ao máximo a região que oferece as melhores atividades turísticas nesta ilha havaiana, dando frequentes escapadas para leste, oeste e norte.

Pôr do sul em Poipu Beach - Costa sul do Kauai
Pôr do sul em Poipu Beach - Costa sul do Kauai

O Kauai Banyan Inn fica localizado a apenas 15 minutos (dirigindo) de uma das praias mais lindas do Kauai, a Poipu Beach, que poderia até considerar ser o meu jardim dos fundos durante esta estadia na Ilha Jardim. Fiz questão de aproveitar o máximo do meu tempo livre apenas sentado à beira mar para apreciar as cores do céu se transformando com o cair da noite. E quando tinha que voltar pra casa? Ahh, que espetáculo era viver como um local no Kauai!


Chegando no Kauai Banyan Inn

Para mais informações sobre essa solução de hospedagem, preços de diárias, orçamentos e qualquer detalhe adicional, visite o site oficial do Kauai Banyan Inn. A senhora Lorna Hoff fez questão de oferecer as diárias gratuitamente quando soube que iríamos escrever sobre sua guesthouse. Foi um prazer, realmente uma grande satisfação poder estar em casa, mesmo a mais de 15.000 quilômetros de distância do meu país de origem!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias