Polinésia Francesa: 8 lugares que visitei e te recomendo visitar também

Conheça 8 lugares e atividades incríveis na Polinésia Francesa que super recomendo pra quem tiver a oportunidade de viajar para aquelas ilhas paradisíacas!

Olá amiguinhos e amiguinhas que nos acompanham aqui no Boa Viagem, tudo bem com vocês?! Como estão as coisas por ai? Espero que tudo super em paz! Hoje eu escrevo pra vocês sobre 8 lugares que conheci na Polinésia Francesa que de fato foram memoráveis e que recomendo que se um dia tiver a mesma sorte que eu tive, que também faça algo parecido com o que fiz, sem dúvidas não vai se arrepender.

Eu consegui uma vez comprar um ticket pra PPT, aeroporto do Tahiti por meros 900 reais =D até hoje penso que deveria ter comprado uns 10 tickets nesse preço kkkk, bom a sorte bateu na porta uma vez e de fato eu aproveitei pra conhecer um dos lugares que sempre sonhei: fui pro Tahiti, no Pacífico Sul, um dos lugares mais espetaculares que já consegui conhecer na vida. Hoje eu vou compartilhar com você 8 experiências em lugares diferentes das ilhas que são consideradas parte da Polinésia Francesa que de fato valeram super a pena serem realizadas e espero que se você um dia for até a Polinésia e fizer algo parecido, de fato volte até aqui e me conte que foi inspirado em algo que eu mesmo já fiz :D

Polinésia Francesa e algumas das ilhas mais lindas do mundo

As ilhas da Polinésia são de fato algo que parece ter saído de um éden perdido nos confins do nosso planeta. Quando falamos em Polinésia já imaginamos aquelas ilhas incríveis rodeadas por uma lagoa de águas cristalinas explodindo vida selvagem, muitos já logo lembram da mais icônica das ilhas, Bora Bora, mas a Polinésia de fato é infinitamente muito mais do que apenas sua ilha mais conhecida mundialmente.

Polinésia Francesa
Polinésia Francesa

Hoje eu vou contar pra você logo a seguir quais foram as 8 experiências mais marcantes nas ilhas da Polinésia. Conheci Bora Bora, Maupiti, Fakarava e Tikehau, então as atividades que eu vou listar logo a seguir estão diretamente relacionadas a essas ilhas, entretanto sabemos que esse território que chamamos de Polinésia Francesa é ainda composto por outros 5 arquipélagos e 49 ilhas habitadas. Quero muito voltar outras tantas vezes forem necessárias para conhecer o resto né, só que já imaginou quanta grana isso iria requerer!? Quem sabe um dia né...

8 lugares que conheci na Polinésia Francesa que valeram a viagem

Na relação a seguir você vai encontrar atividades, lugares e passeios que realizei por conta própria em algumas das ilhas visitadas na Polinésia Francesa. Não vou aqui me ater a maiores detalhes sobre cada uma das atividades, como custos, como foi que eu consegui fazer, ou qualquer detalhe relacionado a isso, então se você tiver alguma dúvida adicional vou deixar pra responder pelos comentários tá bom!? Vamos lá então, 8 lugares e atividades pra não deixar de realizar em uma viagem na Polinésia Francesa.

Fazer um passeio de barco nas lagoas

Lagoa na Polinésia Francesa
Lagoa na Polinésia Francesa

Se tem algo que lembro bem da minha viagem foi do passeio que realizei na lagoa de Maupiti, a ilha mais próxima de Bora Bora. Esse lugar explode de vida marinha, existe um jardim de corais gigantesco que pulsa vida em abundância super preservado que pode ser explorado por quem visita o lugar. Em meio passeio nessa lagoa consegui realizar tantas atividades inéditas que de fato valeram a pena pela viagem inteira em um único dia.

Caminhar nas praias das lagoas

Praia na Polinésia Francesa
Praia na Polinésia Francesa

A topografia e o relevo das ilhas da Polinésia Francesa são de fato algo inédito em qualquer região do mundo. Você não vai ver tão facilmente ilhas, atóis e lagoas como as da Polinésia em outras regiões do mundo, como por exemplo no Caribe. É algo realmente único! Tendo a oportunidade de conhecer qualquer uma das ilhas, vá direto pra parte mais interessante da viagem, explore as praias, contrate um método de locomoção se for necessário e tome o tempo que for preciso pra curtir as praias que encontram as águas das lagoas. No meu caso em todas as ilhas sempre tinha uma lagoa que era formada por um "anel de ilhas". Em Bora e Maupiti ainda tem a ilhona principal que fica localizada bem no meio do atol, eeiiii isso é algo espetacular e de fato só de estar por ali já era algo pra lembrar pro resto da vida.

Ver uma típica apresentação de danças típicas da Polinésia

Dança típica da Polinésia Francesa
Dança típica da Polinésia Francesa

Uma vez na Polinésia Francesa, não deixe de experimentar sensações e atividades culturais do povo taitiano. Em um dos meus dias na ilha de Maupiti consegui tirar o tempo pra ir a uma apresentação regional de danças típicas da Polinésia Francesa, uma das noites mais interessantes e memoráveis de toda viagem! Tiramos o tempo pra conhecer e contemplar os detalhes dos adornos utilizados pelo povo e conseguimos compreender o quão forte é a energia da dança deles.

Mergulhar em Bora Bora (debaixo de chuva hahaha)

Mergulho na Polinésia Francesa
Mergulho na Polinésia Francesa

Se você for em Bora Bora um dia na vida, não deixe de ir conhecer a parte mais linda da ilha que sem dúvidas está abaixo do nível do oceano. Eu fui debaixo de um toró de água que você de fato poderia até mudar os planos se fosse na sua oportunidade. Eu fui além, mergulhamos sozinhos, um instrutor e eu, foi uma das experiências mais incríveis de toda minha vida. Você pode ler um pouco mais sobre essa experiência clicando no link a seguir: Mergulho em Bora Bora. Agora caso você não seja muito de mergulhar com cilindro, então eu posso te recomendar também fazer um passeio de snorkel em Bora Bora, não vai ser a mesma coisa que o mergulho, mas sem dúvidas você vai ter adrenalina adoidado :D

Pegar uma bicicleta e dar uma volta completa em uma das ilhas

Rodando as ilhas da Polinésia Francesa de bicicleta
Rodando as ilhas da Polinésia Francesa de bicicleta

Isso é algo que eu fiz em todas as ilhas praticamente: andar de bicicleta ao redor de ilhas. Em alguns lugares o transporte local é bem complicado, então a melhor forma mesmo é encontrar uma alternativa de hospedagem que forneça bicicletas por conta. Em quase todos os lugares que me hospedei tinha uma magrela pra pegar emprestado e rodar a ilha sem gastar gasolina. Isso de fato é algo que vale a pena fazer, dá pra explorar no seu tempo, sem pressa, queimando a gordura e se exercitando. Se tiver sede é só parar em qualquer praia e procurar um coqueiro baixo, a água é doce e refrescante.

Escalar até o ponto mais alto de qualquer ilha visitada

No topo de Maupiti na Polinésia Francesa
No topo de Maupiti na Polinésia Francesa

Se você pensa que só de praia, oceano e lagas paradisíacas que sobrevivem os visitantes das ilhas na Polinésia Francesa, então pense novamente, pois existem atividades de aventura que vão além dos recursos marítimos: dá pra fazer altas trilhas, caminhadas e até escalar picos e pequenas montanhas! Em Maupiti eu tirei um dia pra subir até ao ponto mais alto da ilha e obter uma das vistas mais espetaculares que podem ser obtidas nesse lugar.

Explorar piscinas naturais que estão fora do mapa em Tikehau

Piscina natural na Polinésia Francesa
Piscina natural na Polinésia Francesa

Se você quer conhecer lugares diferentes então precisa de ir além do que dizem os guias turísticos e as recomendações que pode encontrar em sites da internet, precisa se enturmar com os locais e fazer valer cada momento da sua experiência. Em Tikehau eu conheci lugares que de fato foram fantásticos, contudo alguns deles foram mágicos. Sequer sei o nome dos lugares, tem que voltar lá e falar com o Patrick e a Eva novamente pra ir até essas piscinas naturais incríveis. A gente ficava brincando de "tobogã" de um lado pro outro do atol, tem base!? Esses lugares de fato sequer possuem um "nome oficial" e pra chegar até eles é preciso estar junto com pessoas experientes, vale super a pena né não!?

Sentir-se como o único visitante em uma ilha como Fakarava

Chegando em um atol do arquipélago de Tuamotu na Polinésia Francesa
Chegando em um atol do arquipélago de Tuamotu na Polinésia Francesa

Acho que eu nunca me senti tão sozinho em um lugar quanto foi em Fakarava. Tinha alguns momentos que eu pegava a bicicleta e pedalava por horas nas estradas da ilha sem ver uma viva alma por perto, é algo impressionante a paz que é possível sentir em um lugar como esse. Acho que por esse motivo as pessoas acabam sendo bem mais amigáveis umas com as outras né, em lugares assim o bicho homem está em extinção! É comum ver as pessoas se cumprimentando quando se veem, afinal de contas são tão poucas que todos se conhecem. Até mesmo os visitantes costumam ser mais abertos para amizades, desde que é um lugar tão inóspito e distante, tão simples, tão diferente das ilhas mais badaladas, isso tudo faz com que as pessoas se transformem, passem a ser mais humanas ainda.

Concluindo..., gostou das dicas da Polinésia Francesa?! Eu poderia citar outros 8, 18, 28, 58 destinos, atividades, ou coisas pra fazer na Polinésia, mesmo tendo ficado tão pouco tempo e ter conhecido apenas uma pequena fração de todo gigantesco território que é composto por esses arquipélagos. Sonhe, trabalhe e realize, bora ganhar a prata e voltar o quanto antes?! Só bora então! Abração e até a próxima!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias