Mergulho no Lago Malawi em Cape Maclear

Espantamos o medo de pegar esquistossomose ao visitar o Lago Malawi quando decidímos conhecer a fundo os motivos deste ser o único Parque Nacional constituido por um lago, algumas penínsulas e ilhas que é considerado Patrimônio Mundial pela Unesco.

Depois de muito caminhar pela única rua de Cape Maclear, decidimos que era hora de conhecer o fundo daquele lago. Existem algumas operadoras de mergulho que partem para explorar os entornos do Lago Malawi pela manhã e também na parte da tarde. Sinceramente nessa época do ano foi bem complicado encontrar alguém com estrutura para atender nosso interesse inicial, logo na primeira manhã fomos até um dive-resort para avaliar os custos do mergulho, riscos e vantagens. Foi preciso caminhar, conversar com várias pessoas, até que encontramos um dive-master que se mostrou bem interessado em fazer a gente afundar naquele lago.

Tudo muito simples e de fato funcional. Encontramos esse dive-master em uma espécie de resort de mergulho; compreenda que um resort no Malawi pode ser como um hotel simples da sua cidade às margens de uma das principais atrações da região. Este simpático mergulhador se colocou à nossa inteira disposição para realizarmos dois tanques nas águas cristalinas que estavam ali bem à nossa frente. Mergulhar seria a melhor forma de começarmos a compreender de fato alguns dos motivos pelos quais a UNESCO reconheceu este lugar como um Patrimônio Mundial da Humanidade.

Mergulhando com cilindro no Malawi
Mergulhando com cilindro no Malawi

Descartamos o risco da esquistossomose logo na primeira oportunidade de afundar no Lago Malawi. Eu conversei com vários gringos que estavam por ali de passagem e todos fizeram questão de frisar o medo de pegar esses vermes. Concluimos em grupo que se fosse pra pegar esse parasita, que pegássemos de uma vez por todas e uns lá do fundo do lago. Loucura? Acredito que o risco é alto, entretanto pensamos que desde que houvesse cura, porquê não arriscar? E arriscamos duas vezes passando mais de uma hora e trinta minutos mergulhando nas águas esverdeadas do lago mais importante do sudeste africano.

Mergulho em Cape Maclear - Malawi
Mergulho em Cape Maclear - Malawi

E o que vimos por lá? Não tinham crocodilos, hipopótamos ou qualquer espécie de animal de safari. Tampouco encontrei os famigerados caracóis responsáveis por hospedar o parasita Schistosoma, mas me vi flutuando sob rochas gigantescas, residência oficial de variadas espécies de peixes endêmicos, bem populares nos aquários da região por suas cores vívidas e aspecto bem africanizado. Aqui não foi preciso usar mais do que 2 kilos de lastro, desde que estamos tratando de água doce, dotada de uma facilidade incrível pra afundar mergulhadores. O Lago Malawi acupa uma área com 30.000 km², com 500 metros de elevação, sendo o segundo mais largo, bem como o segundo mais profundo lago do conjunto dos Grandes Lagos do Vale Rift e também é conhecido por Lago Nyasa.

Peixes do Lago Malawi
Peixes do Lago Malawi

Algumas das vantagens em se mergulhar no Lago Malawi? Bem, suas águas claras, mornas e tranquilas proporcionam muito conforto para quem se atreve a afundar no lago. Quase não existem correntezas e apesar das fotos estarem muito verdes - mergulhamos depois das 4 da tarde - a visibilidade costuma ser impressionante! Este é um dos lagos mais ativos do planeta, com uma impressionante capacidade de filtragem e regeneração da qualidade de suas águas, devido justamente à quantidade de fontes naturais que existem debaixo da placa de rochas que forma seu fundo. Este parque nacional consiste-se basicamente por este gigantesco lago de água doce, algumas penínsulas e várias ilhas.

Mergulhando nas cálidas águas do Lago Maláui
Mergulhando nas cálidas águas do Lago Maláui

Com um lago tão precioso quanto este, os nativos de Cape Maclear possuem pesca garantida, desde que comprovamos que este lugar é residência para várias espécies de peixes comestíveis, tais como o Mpasa (Salmão de Lago), Vundu (Bagre), Breem (Tilápia), entretanto comprovamos que os pesacadores locais queixavam-se que dia após dia os resultados da pesca têm sido cada vez menores.

Este Parque Nacional é santuário para espécies biologicamente únicas de peixes coloridíssimos chamados cichlids (ciclídeos), a principal espécie endêmica neste lago. Estes peixes conseguiram se adaptar rapidamente em termos evolutivos, multiplicando-se em várias sub-espécies de forma descontrolada. Hoje contam-se mais de 500 tipos desse peixe registrados, porém acredita-se que existam mais de 1000 espéceis de ciclídeos no Lago Malawi. Valeu a pena ou não valeu? E no fim não pegamos parasita nenhum! Foi um espetáculo!

Confira alguns vídeos sobre essa matéria


Mergulho com cilindro no Lago Malawi


Dive on Malawi Lake


Mergulho no Malawi


Mais um vídeo de mergulho no lago Malawi

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias