Passeio de barco no Lago Malawi em Cape Maclear [parte 2 de 2]

Depois de almoçar, mergulhar com snorkel no Lago Malawi e apreciar um pouco da vida selvagem nos entornos de Cape Maclear, o guia Isaac nos levou para conhecer um lugar de onde é possível dar pulos de até 4 metros das pedras cravadas nas cristalinas águas deste Grande Lago do Rift Valley

O peixe grelhado com lenha nativa do Parque Nacional Lake Malawi estava sensacional. Realmente muito delicioso! O escaldado de batatas preparado com a água do lago então nem se fala de tão suculento que ficou. Eu fiquei ali carregando aquela dúvida sobre pegar parasitas por comer aqueles alimentos, mas quando eu observava aquela cor transparente da água ali diante dos meus olhos, eu sequer cogitava que teria algum problema em comer todo aquele banquete que o Isaac havia preparado com tanto zelo.

Com a barriga cheia descansamos à sombra de baobás até que o sol amenizasse o calor. Nós iríamos precisar do estômago menos cheio para a próxima atividade. O Isaac disse que conhecia um lugar perfeito para pular das pedras, tipo fazendo cliff diving, saca? Era no máximo uns 4 metros de altura, suficientes para provocar calafrios na espinha antes de pular.

Aproveitando as águas cristalinas do Lago Malawi
Desfrutando das águas cristalinas do Lago Malawi

Quando o guia mencionou os detalhes desse lugar, nós mal esperamos ele lavar todos os utensílios que utilizamos para nosso almoço e já estávamos no barco novamente, ávidos para explorar um pouco mais a região. Ele dizia constantemente que conhecia outros lugares incríveis no Lago Malawi, porém um pouco mais distantes (a.k: queria mais grana...), nos atemos a apenas fazer mais essa atividade para depois voltarmos a Cape Maclear com o objetivo de fazer uma caminhada entre os locais e conhecer melhor o vilarejo.

E quando chegamos nessa pedrona o visual do lago era sensacional! Dava para ver as outras pedras no fundo do lago enquanto o Isaac subiu no lugar de onde saltaríamos para fazer a demonstração inicial. E eu fui logo em seguida:

Cliff Diving no Lago Malawi
Cliff Diving no Lago Malawi

Nosso guia defendia a hipótese de que o Lago Malawi é um dos mais ativos lagos do planeta, com uma capacidade impressionante de se regenerar. Segundo ele, nunca havia pego qualquer tipo de parasita e chegava a beber a água do lago para mostrar pra gente que essa história de epidemia de esquistossomose é apenas um boato. Eu não teria coragem de beber daquela água, mas sinceramente, você ficaria acanhado em mergulhar em águas tão cristalinas, com medo de pegar um parasita?

As cristalinas águas do Lago Malawi
As cristalinas águas do Lago Malawi

Depois de dar belos pulos e divertir aos montes, entramos novamente na nossa embarcação para voltar até Cape Maclear. Antes de chegar ao Guecko Lodge, o Isaac parou (estrategicamente) em um lugar da vila onde deixaria todo material que utilizou durante nosso passeio (tal como pratos, panelas, caixa de isopor, talheres em geral). Instantaneamente surgiu a bandinha local, com um monte de instrumentos e até dançarinos cantando músicas de sua própria autoria pra gente.

A bandinha de Cape Maclear
A bandinha de Cape Maclear

Não me contive. Tive que descer do barco e dançar um pouco com essa turminha. Com apenas um violão, alguns vasilhames e tampinhas de garrafa fazendo a percussão esses caras arrebentaram, tocando músicas que falam do seu vilarejo de uma forma tão animada que foi impossível não bonificar a eles no final com alguns trocados. E se você curtiu essa matéria, pode conferir os vídeos que gravei durante o passeio pelo Lago Malawi e principalmente comprovar que os meninos realmente arrebentam logo a seguir:

Confira alguns vídeos sobre essa matéria


Bandinha de Cape Maclear - Malawi


This guys from Cape Maclear roooocks!


Diversão no Lago Malawi


Cliff Jumping Lake Malawi


Pulando no Lago Malawi

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias