Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses na Rota das Emoções

Terceira e última parada da Rota das Emoções, viagem que começou em Jericoacoara (CE), passou pelo Delta do Parnaíba (PI) desembarcando enfim no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA). Confira as minhas dicas para a sua viagem em Barreirinhas e nos Lençóis ser um verdadeiro sucesso.

A manhã seguinte à nossa chegada em Barreirinhas realizando o trajeto da Rota das Emoções pode ser resumida por um MIX de vários sentimentos, entre eles a emoção de conhecer um dos destinos turísticos mais espetaculares do mundo e a alegria que tivemos ao pisar naquelas areias para posteriormente nos refrescarmos como crianças em uma grande piscina nas águas das lagoas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O primeiro dia nas terras do Maranhão nos reservou importantes experiências, desde que saímos da cidade de Paranaíba no Piauí bem cedinho e só chegamos a Barreirinhas no final da tarde. Em nosso deslocamento conhecemos vários vilarejos residentes às margens do Rio Preguiças, interagimos com animais silvestres, tomamos banho de rio e caminhamos em dunas de areia branquinha, entretanto o ponto alto desta rota repleta de emoções neste novo estado ainda estava por ser descoberto: era enfim o dia de ir visitar um dos pontos altos da viagem, os Lençóis do Maranhão!

De Barreirinhas ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
De Barreirinhas ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

O passeio começa ainda em Barreirinhas, ponto de partida para a exploração das principais lagoas deste parque nacional brasileiro. Também é possível visitar os Lençóis por outras cidades, tal como Primeira Cruz ou Santo Amaro do Maranhão. Para passar um dia no parque é interessante utilizar a ajuda de um dos guias regionais para não se perder nas paisagens e sobretudo para que ele possa garantir uma boa estadia durante a visitação do seu grupo. Os guias são muito amigáveis, possuem vasto conhecimento na região e podem auxiliar no planejamento do passeio afim de maximizar o tempo nos melhores lugares.

O acesso ao parque só é possível com a ajuda de veículos com tração nas 4 rodas. Primeiramente é preciso cruzar o Rio Preguiças em um ferry que inclusive leva os outros carros, caminhonetes e as Toyotas que fazem o transporte de vários grupos de turistas. Uma vez do outro lado do rio ainda é preciso viajar entre 30 a 40 minutos para chegar definitivamente ao princípio do passeio em mais este Patrimônio da Humanidade.

Lagoa nos Lençóis Maranhenses
Lagoa da Preguiça nos Lençóis Maranhenses

Então conseguiu entender a fórmula básica para chegar nos Lençóis?! Você viaja para São Luís do Maranhão ou Parnaíba de avião (ou para Fortaleza e faz toda a rota assim como eu fiz...). De lá outra viagem para Barreirinhas (que vai ser de ônibus para quem vem de São Luís e pode ser por embarcações para quem está fazendo a rota desde Parnaíba). Uma vez na capital dos Lençóis, ainda é preciso contratar uma empresa de transportes para te levar até o ponto inicial do passeio (registrado pela belíssima montagem de fotos anterior). Veja que para chegar até este ponto ainda é preciso cruzar o rio com a ajuda do ferry e viajar por mais 40 minutos em um veículo 4x4 rompendo por dunas e veias d'água. Todo esforço é brilhantemente recompensado ao avistar essa imensidão de dunas com lagoas esverdeadas extremamente convidativas ao banho!

Espetáculo de paisagem em uma das lagoas dos Lençóis
Espetáculo de paisagem em uma das lagoas dos Lençóis

Quer outra dica para a sua viagem para os Lençóis Maranhenses? Faça uma compra de bebidas, frutas, sanduíches, organize a sua farofa ;) Busque a ajuda de um guia para conseguir se deslocar com a sua tralha toda até a melhor das lagoas. Encontre uma sombrinha e passe o dia desfrutando deste lugar maravilhoso com máximo conforto possível! Busque momentos de sossego! Este é um lugar para relaxar e se maravilhar com a imensidão das paisagens que essas lagoas formam no meio deste grande deserto.AH! E não esqueça de trazer todo o lixo produzido para trás hein!

Como nosso passeio foi com tempo cronometrado, visitamos apenas as principais piscinas naturais desta verdadeira imensidão de dunas e lagoas inter dunares, são elas: Lagoa da Preguiça, Lagoa Toyoteiros, Lagoa da Esmeralda, Lagoa Azul, sendo que esta última era a mais indicada para os mergulhos!

Banho refrescante em uma das lagoas de água doce nos Lençóis
Banho refrescante em uma das lagoas de água doce nos Lençóis

Este é um parque com mais de 150.000 hectares, possui várias lagoas que sequer são nomeadas e que aparecem sazonalmente conforme o nível de precipitação das chuvas trazidas pela estação de cada ano. Apesar de aparentar ser uma região desértica, o clima nos Lençóis possui duas temporadas bem definidas: uma chuvosa, que vai de janeiro a julho, e a outra seca, de agosto a dezembro. As chuvas são as responsáveis pelo controle da umidade e a formação de lagos neste imenso deserto brasileiro.

Belas paisagens no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses
Belas paisagens no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Falando novamente sobre como visitar o parque, outras opções de acesso também por via terrestre incluem as cidades de Humberto de Campos, Primeira Cruz, Paulino Neves e Santo Amaro. Particularmente os 36 km de estrada de areia que separam o acesso ao parque desde a cidade de Santo Amaro fez com que o turismo se desenvolvesse de forma exponencial mais acessível e popular conhecida por nós como Barreirinhas. Seja por qualquer cidade, este é um lugar memorável que de fato deve sempre estar em qualquer relação de principais destinos turísticos do Brasil.

Vista sensacional nos Lençóis Maranhenses
Vista sensacional de um grupo de turistas na Lagoa Azul, Lençóis Maranhenses

Ainda antes de fazer a viagem de volta a Barreirinhas, tivemos tempo suficiente para explorar um pouco mais os arredores da belíssima Lagoa Azul. Por ali é possível "escalar" uma das dunas mais altas, conseguindo assim ter um ponto de vantagem para contemplar um pouco melhor a imensidão deste lugar.

Fim de passeio: apenas algumas horas eternizadas na memória
Fim de passeio: apenas algumas horas eternizadas na memória

A seguir eu compartilho um vídeo com os melhores momentos registrados em nossa viagem de Barreirinhas aos Lençóis Maranhenses e logo depois você pode conferir a galeria com as melhores fotos registradas em nossa viagem pelo Maranhão na Rota das Emoções. Os relatos dessa viagem terminam por aqui, porém você pode ainda aguardar por mais conteúdos exclusivos publicados no Blog Boa Viagem sobre os destinos da Rota das Emoções. Gostou desta web-série?! Então compartilhe esta matéria e deixe seu comentário logo a seguir :)


Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias