Maya Bay em Koh Phi Phi com seu barqueiro particular

Visitamos Koh Phi Phi recentemente e descobrimos uma excelente (e ecônomica) maneira de conhecer a Maya Bay, com direito a barqueiro particular. Visual incrível e fotos espetaculares te aguardam em mais esse post sobre a Tailândia do Blog Boa Viagem.

Já pensou em conhecer a Maya Bay em Koh Phi Phi? E se eu disser que pode ser feito, a um preço realmente econômico e de quebra com seu próprio barqueiro particular! Depois de alguns dias entre viagens, trabalhos e planejamentos, eis que aqui estou eu, com um pequenino espaço de tempo em minha agenda, ao qual opto por escrever mais uma matéria inédita para o Blog Boa Viagem.

Hoje venho escrever sobre um episódio que aconteceu em minha mais recente viagem pra Tailândia, mais especificamente para a paradisíaca ilha de Koh Phi Phi. Era pouco mais de meio-dia e procurávamos um método para ir até a Maya Bay praticar snorkel e apreciar ao pôr do sol.

Maya Bay em Koh Phi Phi por conta própria

Caminhando entre as ruelas de Phi Phi Don, perguntava a mim mesmo qual seria a melhor e mais barata opção para realizar esse passeio. Lembrando do dia que conheci Phi Phi, alguns anos atrás, recordei que naquela época contratamos um tour que levava em um barco do tipo "Long Tail" não somente o meu grupo de amigos, contudo uma outra dezena de turistas de várias nacionalidades, cada um com seu desejo e objetivo pessoal para ser realizado. Eu queria algo novo, e fui à caça!

Barcos Long Tail em Koh Phi Phi Don
Barcos "Long Tail" em Koh Phi Phi Don

Fui parado dezenas de vezes por vendedores de vários tipos: alguns tinham lojas, outros banquinhas, alguns não tinham nada, apenas um anúncio de passeios em suas mãos, contudo eu queria ir ainda além e encontrar a melhor alternativa (e mais econômica) para conseguir desfrutar de bons momentos navegando pelas águas claras de Phi Phi Lee. Foi quando encontrei uma proposta que pareceu de fato muito interessante.

Passeio de barco privativo para Maya Bay em Koh Phi Phi

Estava caminhando com meu grupo (apenas 3 pessoas) em frente ao cais do porto de Phi Phi, quando encontrei vários grupos de barqueiros desfrutando de sombra e água fresca em busca de serviço para "mais tarde...". Pensei que poderia ser uma boa já deixar algo combinado com um deles, afinal de contas o propósito era não ter dor de cabeça buscando algo na correria em cima da hora do passeio (que deveria sair até umas 3 ou no máximo 4 da tarde).

Barqueiro particular nos levando até Phi Phi Lee
Barqueiro particular nos levando até Phi Phi Lee

Conversa com um aqui, regateia com outro de lá, caminha, caminha, caminha. Para. Entra num seven eleven, compra algo pra beber. Sai pra rua. Volta, caminha de novo. Primeiro pra um lado. Depois pro outro. Sente cheirinho de Pad Thai e já queerrrr comer de novo hahahaha... e enquanto isso o assédio rola solto. É gente querendo oferecer mergulho, passeio de trilha, passeio pra isso, pra aquilo, chinês, brasileiro, europeu passam em frente, questionam também, e nisso vamos escorrendo de um lado pro outro, como em um verdadeiro leilão em busca da melhor oferta.

...até que fui fisgado por um barqueiro. Gente boa o cara. Me puxou pro lado, perguntou meu nome, conversou por alguns minutos querendo saber como havia sido minha viagem até então, se tinham me tratado bem, se não tinha me passado nada de mau, afinal de contas, estamos na "land of smiles" e eu de fato queria só sorrisos.

Águas cristalinas nas proximidades de Monkey Cave
Águas cristalinas nas proximidades de Monkey Cave

Ele me fez uma proposta muito boa! Bah, 1.300 Baths (cerca de 40U$ ou 130R$) pra você e seu grupo irem comigo onde quiserem. Vocês apontam e eu sigo. Gostei de cara da proposta, era pouco mais de 30 reais por pessoa para praticamente um tour privativo por Phi Phi Leh, onde segundo ele, poderíamos apontar o caminho e ele faria o melhor possível. Ficamos fechados com esse barqueiro, que sequer lembro o nome, ou o número de telefone, contudo você também poderá encontrar uma boa oferta como essa fazendo da mesma foram que indiquei nos parágrafos anteriores an, a essência de uma boa proposta sempre esteve relacionada com o nível do regateio.

Navegando pelas águas transparentes de Koh Phi Phi
Navegando pelas águas transparentes de Koh Phi Phi

Marcamos de encontrar às 3 da tarde para partir, ali mesmo do cais. Ele inclusive já apontou o barco que era dele, disse que poderíamos trazer qualquer coisa a bordo (tal como uma caixa de isopor cheia da cerva local, Changs...). Foi muito amigável. É claro que pagamento só depois do serviço bem executado né. Então saímos para tomar mais umas batidas de frutas, comer alguma coisa e voltamos pontualmente na hora marcada.

Milky Way - Koh Phi Phi - Tailândia
Milky Way - Koh Phi Phi - Tailândia

Ele perguntou onde queria ir. Eu só apontei para frente. Embarcamos e passamos vagarosamente pela Monkey Cave, seguindo na viagem de poucos minutos que nos levaria até aquela paradisíaca ponta da Tailândia.

Diversão sem quantia em Koh Phi Phi
Diversão sem quantia em Koh Phi Phi

Deslizamos por aquelas águas cristalinas até chegar a uma gigantesca piscina natural que eles chamam por lá de Milky Way. A água tem tons esverdeados, a cor da areia no fundo é tão branca que adiciona seu tom de "leite" na coloração da água, segundo o barqueiro esse era o motivo daquele lugar ter esse nome. Sei lá se era verdade hein, aquele barqueiro tinha a cara de chapadão hahaha, mas ele foi o cara mais paciente que eu já vi na vida.

Paisagem espetacular na Tailândia
Paisagem espetacular na Tailândia

Ficamos ali por vários minutos, se brincar até mais de hora. Pensei que o barqueiro ia ficar meio grilado e apressadão, mas ele de fato parecia estar sobre influência de algum tipo de chá, ou erva hahah, pois ele sentou em sua embarcação, colocou um lencinho na cabeça e ficou ali apreciando a vista e a nossa diversão pelo tempo que foi necessário.

Melhor forma de aproveitar um passeio até Maya Bay
Melhor forma de aproveitar um passeio até Maya Bay

Hora nenhuma ele chamou pra ir embora. Eu fui o último a subir no barco novamente e só quando chegou o momento em que eu falei "Let´s go to another place!", que ele se levantou, perguntou se estávamos okay para ir a outro lugar e com um sorriso no rosto começou a levantar a âncora e ligar aquele motor barulhento.

Outras formas de ir até Maya Bay
Outras formas de ir até Maya Bay

Poxa vida, que visual era aquele! Eu ainda tenho que voltar várias vezes na vida até essa tal de Phi Phi, pois pode ser lotado de turista de tudo quanto é lugar do mundo, mas que é bonita, ah estimado(a) leitor(a), é maravilhosa! Claro que existem outras formas de fazer o mesmo passeio, por até mais tempo do que eu contratei pelos R$ 130,00. Contudo não há nada melhor do que ficar só por conta da diversão, sem precisar se preocupar com mais nada.

Outra embarcação desliza pelas águas cristalinas de Maya Bay
Outra embarcação desliza pelas águas cristalinas de Maya Bay

Outras vantagens de ter seu próprio barqueiro é não ficar naquela paranoia de largar seus objetos de valor no barco enquanto está com a cabeça enfiada naquela água maravilhosa né! Por mais que seja uma câmera, ou até mesmo uma roupa pessoal, a gente às vezes pode ficar meio cismado de deixar tudo no barco e ir direto se entregando à diversão. Nunca se sabe, né! Eu sempre prezo pela minha segurança e tudo isso fez essa opção ser a mais interessante para meu grupo.

Melhores dicas sobre a Maya Bay
Melhores dicas sobre a Maya Bay

Ficava por ali pensando nas vantagens de ter locado o barqueiro enquanto tentava capturar o máximo de imagens que meus olhos conseguiam registrar enquanto seguíamos em nosso roteiro rumo à espetacular Maya Bay. Como era bom voltar a navegar por aquelas águas translúcidas novamente e ver que tudo aquilo ali ainda estava muito bem preservado....

Água azul esverdeada em Maya Bay
Conhece algum lugar com a água do mar tão azul esverdeada assim?

Quanto mais próximos chegávamos de Maya Bay, mais parecia que a água fica cristalina. Parecia ser de fato o momento perfeito para esse passeio. A luz que entrava pelos rochedos iluminava os corais no fundo do mar, céu azul, sol ainda forte mas já descendo e aquela água. Ah que água mais cristalina.

Chegando até a bela Maya Bay
Chegando até a bela Maya Bay

Mais uma vez o barqueiro foi super gentil ao perguntar se a gente ia querer ir até "A praia" (do filme famoso do Leonardo de Caprio), ou se a nossa vibração era por ficar ali no meio daquelas águas cristalinas. E eu lá sou siri pra ficar enterrado na areia!? Tô mais pra peixe hein seu barqueiro!

Ele também frisou a importância de pagar a taxa de preservação ambiental (que se não me engane eram 400Baths), caso fossemos desembarcar na praia. De longe era possível avistar o "vuco-vuco" na praia, repleta de turistas tirando selfies e tentando registrar o momento único de estar na praia mais famosa da Tailândia, contudo meu grupo relutou à hipótese de se entregar ao senso comum e ficamos ancorados a algumas dezenas de metros da praia.


Grupo pequeno, apenas amigos é igual a ter o tempo que quiser pra mergulhar

Segundo o barqueiro, aquele era seu lugar especial para passar os finais de dia. Que lugar fantástico. De fato não era preciso ir até a praia para sentir as boas vibrações que aquele lugar tinha para compartilhar conosco. Mergulhamos por horas naquelas águas cristalinas, praticamente sozinhos no meio daquela lagoa maravilhosa.

Uma prova da transparência desse Mar de Andaman
Uma prova da transparência desse Mar de Andaman

De vez em quando passava um barco, outra hora chegava um e ancorava por perto, mas todos partiam sempre e deixavam o lugar praticamente só pro nosso grupo. Que dia amigos(as), que dia!!

Como ir pra Maya Bay
O barqueiro sequer questionou se queríamos ir embora

Ficamos por ali até o sol ir ficando fraquinho, sem dúvidas ficamos mais de uma hora e meia somente nesse portal da Maya Bay, mergulhando, pulando do barco, tirando fotos, estonteados pela beleza e pelo nível de preservação que ainda existe nesse lugar. De fato eu poderia ficar um dia todo por ali, mas quando percebemos que o sol iria embora, tomamos a decisão de subir na embarcação novamente e tocar adiante, de volta a Phi Phi Don, a ilha principal do arquipélago.

Tonalidades múltiplas de azul nas águas de Phi Phi Lee
Tonalidades múltiplas de azul nas águas de Phi Phi Lee

Aquele azul esverdeado jamais vai sair da cabeça de quem visitou esse lugar. Ficamos muito satisfeitos pelo custo benefício, pela gentileza e segurança do barqueiro que esteve conosco e também por conseguir evitar o senso comum, mesmo que a proposta de ir até "A Praia" fosse irrecusável, às vezes para viver experiências inéditas, precisamos sair da caixa, concorda?!

Voltando para Phi Phi Don
Voltando para Phi Phi Don

Seguimos rumo a Phi Phi Don, assim como outros várias embarcações, fazendo aquela paradinha estratégica no meio do caminho onde dá pra contemplar o pôr do sol. Mais uma vez o barqueiro foi paciente, ancorou o barco e desligou o motor para que pudéssemos apreciar melhor aquela obra de arte da mãe natureza.

Pôr do sol no Mar de Andaman, próximo a Phi Phi Don
Pôr do sol no Mar de Andaman, próximo a Phi Phi Don

De longe foi possível conferir que várias embarcações estavam amontoadas com turistas até a tampa, enquanto no nosso barco, estávamos muito confortáveis, com um barqueiro gente fina, que cumpriu o combinado e nos proporcionou momentos inesquecíveis. Bom pra nós e pra ele, mas melhor ainda pra você, que agora já sabe como fazer a Maya Bay bem feito, quando vamos pra Tailândia?!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias