Metrô em Nova York: dicas para você se dar bem!

É hora de saber como se dar bem nos metrôs da cidade de Nova York! Antes de ir ao melhores momentos sobre a minha recente viagem á Big Apple, vamos revisar algumas dicas para você ter sucesso absoluto na sua viagem até a capital do planeta.

Antes de ir direto aos pontos principais da minha recente viagem aos Estados Unidos, eu devo falar sobre ele - o Metrô de Nova York! Na realidade é obrigatório iniciar relatando as vantagens e desvantagens de utilizar um dos sistemas de transporte mais tradicionais da capital do planeta.

Durante meus sete dias utilizei intensamente esse método de transporte, que na minha mais sincera opinião, é a forma mais eficaz de se locomover em Nova York. E tudo é muito simples, qualquer brasileiro que não fale inglês, mas que tenha boas noções de direção vai se sair muito bem ao utilizar os trens da MTA (Metropolitan Transport Authority).

Antes de compilar uma relação de dicas básicas para não se dar mal dentro dos metrôs de NYC, é necessário lhe apresentar ao ítem que será seu melhor amigo no corre-corre entre as ruas de Manhattan - o Metrocard. Sinceramente é praticamente impossível se deslocar sem ele. Além de gerar a praticidade necessária para não ficar manipulando dinheiro nos terminais, ele integra tanto serviços de trem no subsolo quanto os coletivos que correm pelas ruas da Big Apple

Metrocard - seu melhor amigo em NYC
Metrocard - seu melhor amigo em NYC

Para adquirir um MetroCard como esse é realmente muito simples. Praticamente em todos os terminais você vai encontrar os terminais de auto-atendimento no compra-se instantaneamente seu acesso em dinheiro ou utilizando cartão de crédito. Os preços variam conforme suas necessidades, mas basicamente existem três classes de cartões que podem ser adquiridos. São eles:

  • Silgle Fare - Este é o passe único, só vale para uma corrida e o custo dele é de U$ 2,50. Este cartãozinho é a forma mais eficaz para corrigir um erro de rota. Caso você for em uma linha contrária á sua intenção, não conseguirá utilizar o seu MetroCard na mesma hora para voltar, então terá que comprar um cartão desse para fazer a corrida enquanto o seu MetroCard oficial (que vai acabar sendo de uma semana ilimitado) volta ao normal
  • Pay-Per-Ride Metro Card - Esse estilo de cartão pré-pago. Você vai recarregando á medida que vai consumindo os créditos. São aceitos valores entre U$ 4,50 e U$ 100,00. Este é um bom estilo de cartão para aqueles que não vão utilizar muito o metro, mas que necessitam de uma forma ou de outra.
  • Unlimited Ride Metro Card - E esta foi a minha opção para os sete dias em NYC, o cartão ilimitado. Ao custo de U$ 29,00 você tem direito a trafegar livremente pelos trens que conectam os bairros de Nova York. Este cartão tem duas modalidades - para uma semana ou um mês (7 e 30 dias consecutivos)

Para meu caso exclusivo, ao qual fiquei apenas por uma semana completa em NYC, acabei adquirindo o passe ilimitado de uma semana já na minha chegada ao país, na saída do Airtrain, na estação E. A facilidade proporcionada por essa metodologia de transporte não tem explicações! É muito legal não ter que se preocupar com os trocados para pegar o metrô quando você está na correria, mas por outro lado, pelo menos comigo, ficava sempre o receio de estar esquecendo o cartão, ou pior ainda, perdendo-o no começo da viagem. E isso não era legal.

Visual do Metro da Times Square
Visual do Metro da Times Square

Antes de se aventurar pelas linhas do metrô de NYC, faço a seguinte recomendação - saiba exatamente onde você está e para onde quer ir. Isso pois se você entra em um trem sem um rumo certo pode acabar parando em um lugar totalmente diferente do desejado. Mais abaixo compilamos uma série de dicas fundamentais para você ter sucesso nos deslocamentos requisitados por sua viagem a NYC. O grande e maior segredo do sucesso está em ter a certeza de em qual estação descer e qual trem vai te levar ao seu destino final. Existem certas que eu sempre caia, tais como o trem expresso, ou ainda pior, um trem que acabava ficando parado por vários minutos por ter sido desativado, mas que no calor do momento você acaba não percebendo que isso aconteceu. As chances de dar alguma coisa errada são sempre muito altas, por isso - olho aberto!

Outro detalhe fundamental que não devo me esquecer de compartilhar é justamente o método de sinalização utilizado em cada uma das estações do metrô de NY. Além de existirem os azulejos da parede sempre delatando o nome da estação, você sempre encontrará placas que te ajudarão a saber exatamente o nome da estação, os números (ou letras) dos trens que passam por ali e inclusive sua rota tradicional.

Sinalização dos metrôs de NYC
Sinalização dos metrôs de NYC

Antes de irmos direto ás referências sobre o tema internet a fora, deixo mais três dicas que me foram essências ao utilizar o sistema de metrôs da cidade de NY. Primeiro - Saiba seu destino pela referência de Up e Downtown. Segundo - de olho se o trem é expresso ou não, pois ele pode parar apenas várias estações depois do seu destino final. A terceira e mais fundamental - se é tarde da noite, a estação e os vagões estão muito vazios, então dê preferência para os que têm mais pessoas - dica que me foi dada por um verdadeiro "New Yorker".

Concluindo, resumão de dicas sobre o metrô de NYC

  • "O básico, que você vai ler em todos os manuais, é o seguinte: as linhas designadas por números têm traçados retos e se atêm a um dos lados da ilha (1, 2 e 3 no lado oeste; 4, 5 e 6 no lado leste)." (Blog do Estadão)
  • "Você não precisa decorar o nome da última estação de cada linha pra ir na direção certa. Lá só existe 2 direções, o norte ou Uptown e o sul ou Downtown." (Cadê o Passaporte)
  • "Acrescento ainda que nem sempre se dá pra descer numa estação e mudar de direção (up ou downtown) depois. Antes de descer na estação, verifique a direção que aquela descida oferece. Senão, terá de sair, atravessar a rua para tomar a direção desejada." (Dica do leitor José Maria no Blog A Janela Laranja)
  • "Em Nova York você não pode se jogar na primeira estação que aparecer. É preciso ter o itinerário definido ainda na superfície." (Viaje na Viagem)
  • "Vale muito a pena planejar seus deslocamentos em Nova York com o mapa do iPhone/iPod/iPad, além de traçar o intinerário, ele te dá exatamente o melhor roteiro utilizando os trens do metrô da cidade." (Luiz Jr. Fernandes do Blog Boa Viagem)

Algumas ótimas referências em outros blogs...

E aí, tem alguma dica importante sobre o sistema de metrô da cidade de Nova York? Pois não deixe de compartilha-las agora mesmo na caixa de comentários logo abaixo! Comenta aí, vai!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias