De jangada até as piscinas naturais em Porto de Galinhas

Convido-os a realizar comigo um dos passeios mais procurados por quem viaja até Recife e posteriormente vai até Ipojuca: passeio de jangada até as piscinas naturais que se formam quando a maré baixa em Porto de Galinhas

Meu último dia em Porto de Galinhas foi extremamente rápido, porém proveitoso. Isso pois eu ainda preferi aproveitar alguns momentos curtindo a praia, visual e piscinas do Best Western Solar antes de seguir adiante para as programações do dia. Iriamos num primeiro momento nos reunir para fazer um passeio de jangada para visitar as piscinas naturais.

Na praia do centro de Porto de Galinhas é possível encontrar vários agenciadores que se prestam ao serviço de negociar os passeios de jangada com os turistas. Na realidade eles oferecem vários pacotes e por ali é possível encontrar ofertas para vários outros tipos de passeios, tal como o aluguel de buggy para ir até a praia de Muro Alto ou ao Pontal de Maracaípe. É bom também tentar resolver isso com a maior agilidade possível em sua visita para evitar o assédio dos ambulantes.

Praia de Porto de Galinhas
Praia de Porto de Galinhas

Fato é que na maré baixa, os mais aventureiros simplesmente não vão precisar usar os serviços dos jangadeiros, pois é possível ir nadando até as piscinas naturais. O legal do serviço deles é que se você estiver em um grupo grande é possível então combinar para que eles te levem para outros lugares e assim podem explorar as melhores piscinas para banhos e mergulhos com snorkel. E enquanto estava navegando sentindo a brisa do mar, fiz questão de gravar um vídeo para compartilhar a real sensação ;)


Deslizando com a jangada pelas piscinas naturais em Porto de Galinhas


Chegando nas piscinas naturais de Porto de Galinhas

Fato é que esse é sem dúvidas a principal atração de Porto de Galinhas. Existem várias vantagens que fazem com que os turistas decidam por conhecer essa região, desde a facilidade em chegar até nas piscinas, as águas que são tipicamente mornas e calmas e até certo ponto o auxílio dos jangadeiros, que fazem um trabalho importante de conscientização para a preservação das espécies e instrução aos visitantes. É bom levar uma garrafa com água, bastante protetor solar, óculos de sol (e mergulho!) e também um calçado adequado para caminhar nos corais.

Jangadas levam para passeios nas piscinas naturais
Jangadas levam para passeios nas piscinas naturais

Quando o jangadeiro atraca a embarcação lançando a âncora ao fundo do mar, ele convida para uma caminhada sob os corais para contemplarmos as piscinas naturais que são formadas pela maré baixa, ficando completamente tomadas por peixes da região. Essas piscinas ficam a apenas 200 metros da costa, são somente 5 minutos na jangada e chega a hora da diversão!

Basta ser conduzido pelo fluxo das pessoas que estão visitando as piscinas e se ater aos caminhos desenhados pelas cordas no chão. Os chinelos são imprescindíveis, tanto para não machucar os corais quanto para não se ferir nas pontas e ouriços que existem nos caminhos. As piscinas maiores, que contem grande quantidade de peixes não ficam liberadas para banhos, mas existem lugares melhores para isso. Um ponto de parada obrigatória para fotos é uma formação nos corais que lembra o mapa brasileiro.

Mapa do Brasil desenhado pelos corais de Porto de Galinhas
Mapa do Brasil desenhado pelos corais de Porto de Galinhas

E na hora de alimentar os peixes é bom utilizar apenas as rações fornecidas pelos jangadeiros, e ficar esperto, eles são realmente famintos, assim como vocês podem conferir no vídeo logo a seguir:


Peixes das piscinas naturais de Porto de Galinhas

Já visitou essas piscinas? E aí o que achou? Conta pra gente nos comentários logo a seguir! Abração e até a volta a Porto de Galinhas!

Luiz Jr. Fernandes viajou para Porto de Galinhas - PE a convite da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG), Secretarias de Turismo do Pernambuco e Ipojuca.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias