Rota das Emoções: Jericoacoara, Delta do Paranaíba e Lençóis Maranhenses

A convite do SEBRAE dos estados do Ceará, Piauí e Maranhão, viajamos para Jericoacoara para participar do 3º Salão de Turismo da Rota das Emoções, com direito a uma prévia dos principais destinos deste roteiro pelo Nordeste do Brasil.

Tenho o prazer de anunciar a abertura de uma nova série de matérias aqui no blog. Uma série brasileiríssima por sinal, que trata de destinos esplêndidos em território canarinho. Recebemos com grande alegria o convite do SEBRAE para participar do 3º Salão de Turismo da Rota das Emoções, evento que ocorreu entre os dias 25 e 27 de junho em Jericoacoara/CE. Bom este era apenas o primeiro dos destinos que estaríamos prestes a visitar, desde que após o Salão da Rota procedemos a realizar uma rápida viagem de degustação dos principais lugares visitados por quem faz a rota, espalhados pelo Ceará, Piauí e Maranhão.

Nos próximos dias compartilharemos aqui nas páginas do blog algumas das principais impressões e experiências obtidas voltando a visitar o Ceará com oportunidade de esticar a viagem até os outros dois estados vizinhos. A viagem não poderia ter começado de melhor maneira! Viajei praticamente o dia todo partindo bem cedinho de Goiânia (meu hub principal aqui no Centro-Oeste), chegando em Fortaleza quase no final do dia. Me colocaram em um hotel pertinho da Praia de Beira Mar, mas saí correndo logo depois de ter realizado o checkin pois queria ver o sol se pondo no oceano. Quando cheguei na praia tive uma prévia do espetáculo diário que contemplaríamos ao final de cada dia na Rota das Emoções.

Início da nossa viagem pela Rota das Emoções em Fortaleza - CE
Início da nossa viagem pela Rota das Emoções em Fortaleza - CE

Fortaleza é uma cidade incrível. Comida boa e barata. Muita gente bonita caminhando pelo calçadão da Beira Mar, vários grupos se exercitando na praia, inúmeras alternativas de entretenimento - um hub perfeito no Nordeste que merece retorno frequente para quem gosta de explorar o Brasil. Já na noite de chegada nos preparamos muito bem para a viagem do dia seguinte que iria nos colocar diretamente nas areias de Jeri ainda em tempo de almoçar!

Foi realmente inexplicável voltar a Jeri depois de alguns anos e ver que o desenvolvimento ainda parece que vai demorar a chegar por lá. De diferente apenas a pracinha do centro que foi construída, algumas novas pousadas, várias alternativas de diversão e persistindo inábalavel a duna do pôr do sol, sem dúvidas um dos principais destinos dos visitantes deste vilarejo depois das 5 da tarde.

Dois dias em Jericoacoara - Ceará
Dois dias em Jericoacoara - Ceará

Ficamos em Jeri apenas por duas diárias. Foi como lambuzar o mel na boca de todos antes de partirmos. Que lugarzinho sensacional. Deus conserve até que as minhas próximas gerações ainda possam ter também o privilégio de caminhar descalço nas suas ruas de areia sem medo de se cortar. Foi bom ter passado dois dias por lá (apesar de poder passar 2 meses facilmente...), pois conseguimos processar dois pontos espetaculares para assistir ao pôr do sol. O primeiro eu dei a prévia na montagem a seguir. O topo da duna é espetacular. É lindíssimo notar como ficam coloridos de dourado céus, terra e mar! Ainda aproveitamos para assistir ao espetáculo diário da praia principal e ter a visão privilegiada de todo mundo que estava lá no topo da duna. No próximo post eu prometo contar todos os detalhes sobre o Salão da Rota das Emoções e principalmente os grandes destaques nesta viagem até Jeri.

Para quem tinha que percorrer 14 cidades ao longo de quase mil quilômetros em 6 dias o tempo era artigo de luxo, preciosidade mesmo, cada segundo era desfrutado da maneira mais intensa possível e logo pela manhã do terceiro dia rompemos para o Piauí, parando nas principais cidadezinhas que encontrávamos em nosso caminho e conhecendo os principais hotéis da região.

Um dia no Delta do Parnaíba - Piauí
Um dia no Delta do Parnaíba - Piauí

O ápice da viagem no Piauí aconteceu na cidade de Parnaíba, onde ficamos por uma noite para contemplar o pôr do sol no Delta, tomar banho no rio, ver caranguejos serem agarrados com as mãos pelos guias locais e ainda por cima contemplar a bela revoada dos guarás, salpicando o céu com sua coloração avermelhada.

Nosso tempo urgia e logo na manhã seguinte partimos novamente para a última fase desta breve degustação de destinos nordestinos. A bola da vez era o Maranhão. Viajamos pelo litoral entre praias desertas até à foz do Rio Preguiças que nos serviu como via de acesso até a bela cidade de Barreirinhas, portão de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, um lugar que sempre esteve no topo dos meus destinos mais desejados em território brasileiro.

Outros dois dias para chegar e partir de Barreirinhas e os Lençóis Maranhenses
Outros dois dias para chegar e partir de Barreirinhas e os Lençóis Maranhenses

Sem explicação caminhar por aquelas dunas de areia branca e encontrar lagoas paradisíacas prontas para refrescar o calor escaldante da região. Foram apenas alguns dias que nos fizeram apaixonar ainda mais por cada um dos destinos visitados. Aguarde um post sobre cada um desses destinos para os próximos dias aqui nas páginas do blog, vai ser de tirar o fôlego!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias