Praias em St. Barth: Gouverneur, Saline e Shell Beach

Destinos caribenhos estão diretamente relacionados a praias de areia branquinha e visual de tons multiazulados no oceano. Conheça 3 das praias mais lindas da ilha caribenha de St. Barth (São Bartolomeu) e encante-se com a beleza de Gouverneur, Grand Saline e a Shell Beach (Praia das Conchas).

Sem dúvidas uma das grandes motivações dos viajantes que optam por descobrir as belezas de St. Barth (São Bartolomeu) está na satisfação adquirida ao desbravar algumas de suas belíssimas praias. Não diferente de tantos outros adeptos de praias caribenhas com areia branca-talco e mar com tons azuis que vão do esmeralda ao bebê, também viajei para St. Barthelémy com grande desejo de me encantar pelo charme de algumas das praias mais lindas do mundo, só queria encontrar a praia com aspecto mais convidativo e investir o dia em um dos esportes mais praticados por quem visita esta ilha: passar tempo na praia, tomando um bom vinho, comendo alguns queijos e embutidos franceses.

Antes de mais nada acredito que é válido deixar registrado que para conhecer algumas das melhores praias de St. Barth definitivamente é preciso ter à disposição um método de locomoção independente. Como o transporte coletivo é muito infrequente e o preço do táxi é bem salgado, a opção mais interessante é ter um carro alugado para fazer que o controle da viagem esteja na sua mão. Existem 15 praias que são indicadas para banho nesta ilha, poderia gastar um dia em cada uma delas, entretanto tive que concentrar meus esforços para conhecer as mais populares e deixar outras como excelentes motivos para o retorno a este destino paradisíaco no Caribe.

Praticamente todas as praias possuem seu nome iniciado por "Anse de..." e hoje vou compartilhar com você alguns dos detalhes absorvidos durante minha experiência conhecendo 3 das mais notáveis praias que estão localizadas do lado mais protegido da ação dos ventos pelo próprio relevo desta ilha; são elas: Anse du Gouverneur, Anse de Grand Galet (Shell Beach - a praia das conchas) e Anse de Grand Saline, muito popular entre naturalistas. Também deste lado é possível conhecer a Anse du Colombier, porém acabei deixando-a para a próxima oportunidade.

Anse du Gouverneur

Esta é uma das praias mais afastadas da capital de São Bartolomeu, a cidade de Gustavia. Caso não esteja com um veículo alugado, é possível combinar com um taxista para que ele lhe deixe e lhe busque em Gouverneur; outra alternativa interessante ao carro alugado pode ser se preparar para conhecer este lugar com o auxílio de uma moto ou uma scooter alugados. Existem grandes ladeiras para conseguir chegar à praia então não recomendo tanto utilizar bicicletas, mesmo que possa ser feito com a ajuda das "magrelas". No caminho é possível obter vistas panorâmicas como a da foto a seguir:

Rumo à Praia de Gouverneur em St. Barth
Rumo à Praia de Gouverneur em St. Barth

Além da distância que é necessário percorrer para chegar em Gouverneur, pode ser interessante levar um kit básico para passar o dia na praia, não há nenhum tipo de facilidades, vendedores ou qualquer tipo de amenidade para o turista que visita este lugar. No meu caso em particular dei muito azar pois esta acabou sendo a maior frustração de toda viagem. Eu havia lido relatos de vários viajantes mencionando a beleza do lugar E NÃO DÚVIDO EM HIPÓTESE ALGUMA que seja realmente maravilhoso, mas infelizmente neste período do ano que visitei St. Barth, um fenômeno natural fez com que boa parte das praias que eu visitei estivessem completamente tomadas por algas marinhas.

Gouverneur, uma das praias mais incríveis de St. Barth, tomada por algas
Gouverneur, uma das praias mais incríveis de St. Barth, tomada por algas

Não sei se por ação do aquecimento global, ou por alguma particularidade específica do clima local, essas algas estão como praga por praticamente todo mar do Caribe. Foi possível avistá-las da janela do avião, como bolhas de óleo no meio do oceano, respigadas por boa parte do trajeto que fizemos desde Miami até St. Maarten. Relatos também foram registrados em Cancun, Playa del Carmen e em vários outros destinos caribenhos. Para termos uma noção real do problema, acabei fazendo questão de registrar em vídeo o momento ímpar da frustração ao pisar nas areias do lugar que deveria ser um dos mais lindos desta ilha e estar completamente tomado pelas algas.


Sobre algas e uma das praias mais lindas de St. Barth

Fiquei pouco menos de 20 minutos em Anse de Gouverneur e parti para uma praia mais próxima de Gustavia. Ao menos eu precisava encontrar um lugar que fosse possível entrar na água. Com esse tanto de alga na praia era praticamente impossível entrar no mar sem se sapecar nas algas.

Anse de Grand Galet - Shell Beach

Já que eu estava procurando um lugar mais perto da capital, então acabei optando por conhecer a "Praia das Conchas" logo depois de ver Gouveneur tomada por algas. Dessa vez queria ver se encontrava um lugarzinho para ver o fim do dia, tomar um banho de mar e relaxar nas areias da praia. Só fui perceber o significado do nome desta praia depois de pisar na areia, aliás, nas conchas da Shell Beach.

Praia das conchas em St. Barth, próximo a Gustavia
Praia das conchas em St. Barth, próximo a Gustavia

Praia curtinha, completamente tomada por conchas. Deitei-me em um lugar ao sol, amontoei um monte de conchas como se fosse um travesseiro e por alguns instantes fiquei por ali em uma espécie de "spa natural" que massageava minhas costas, meu pescoço enquanto refrigerava minha mente com o barulhinho das ondas. Nesta praia a infraestrutura para o turista está garantida, desde que aqui está localizado um dos restaurantes mais conceituados da ilha, o DO BRAZIL. Uma caminhada pela praia e meus pés também estavam massageados, fiquei na vontade de ter o snorkel e nadadeiras à mão para conhecer os corais, mas como o dia já estava chegando ao final decidi encerrar meu tour neste dia por ali mesmo.

Shell Beach, uma praia com conhas no lugar das areias
Shell Beach, uma praia com conhas no lugar das areias

A propósito, conseguiu ver as algas de novo na praia das conchas? Espie a última foto da montagem anterior: desta vez elas foram recolhidas mas também estavam lá aos montes.

Para quem está viajando com crianças não tem praia melhor! Pode até ser mais interessante visitar o Grand Cul de Sac e Marigot Bay, duas das praias conectadas ao Le Guanahani, só que mesmo assim acho que a Shell Beach merece uma visitinha por todos aqueles que estão desbravando St. Barths sem correria. Agora a melhor praia deste lado da ilha (na minha humilde opinião), acabei deixando para o final, mesmo sendo a primeira que conheci! Lhe apresento, Grand Saline!

Anse de Grand Saline

Uma praia deserta, distante e de um azul infinitamente intenso. Assim eu poderia resumir a Grande Salina! Um lugar realmente espetacular, uma daquelas praias selvagens que parecem ter saído das histórias de um Caribe não divulgado turisticamente em nossa região. Desta vez consegui ter um pouco mais de sorte com relação às algas. Elas estavam se acumulando aos montes, separando as areias da praia das águas do mar. Dessa vez foi só dar um pulo sob a barreira de algas e se jogar nas águas incrivelmente transparentes de mais esta praia paradisíaca caribenha.

Saline, a praia Salinas, água cristalina!
Saline, a praia Salinas, água cristalina!

Outra praia sem qualquer tipo de estrutura e longe da civilização de São Bartolomeu. Mesmo assim há um lugarzinho para estacionar e uma plaquinha pintada em cerâmica indicando o lugar. Essa é a praia preferida para quem gosta de fazer nudismo ou então para as turistas francesas que curtem fazer topless. Acredito que esta foi a praia com ondas que possuía o mar mais transparente que tive a oportunidade de conhecer em St. Barth.

Salinas, água espetacularmente cristalina, mas também com muita algas
Salinas, água espetacularmente cristalina, mas também com muita algas

A grande vantagem é que por ser uma praia grande e afastada das principais cidades desta ilha, acaba sempre mantendo aquele aspecto de paraíso particular, sentimento comum em boa parte dos turistas que se aventuram por estas bandas do planeta. A seguir compartilho com você algumas das melhores fotos que registrei desbravando esses lugares. Gostou desta matéria? Deixe um comentário logo a seguir dizendo qual foi a praia que você mais gostou!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias