Floresta dos Macacos em Ubud na Ilha de Bali

Uma das principais atrações da Ilha de Bali, o Santuário Sagrado Floresta dos Macacos atrai visitantes de todas as partes do planeta até a cidadezinha de Ubud - uma verdadeira preciosidade turística em um dos destinos mais paradisíacos do planeta.

Além de conhecer um pouco mais sobre a cultura balinense, o roteiro que foi traçado nos levando de Denpasar a Ubud tinha como principal objetivo conhecer essa preciosidade turística da Indonésia: o Santuário Sagrado da Floresta dos Macacos, que fica localizado justamente em uma área de floresta nativa devidamente preservada. São mais de 500 macacos que habitam este santuário, que leva por nome completo a seguinte expressão: Padangtegal Mandala Wisata Wanara Wana Sacred Monkey Forest Sanctuary, gigantesco né não?! Pois por aqui vamos chamá-lo apenas de Monkey Forest, ou em belo português Floresta dos Macacos.

Um pouco de história

De acordo com a filosofia Hindu Balinense, paz e liberdade só serão obtidas em nossas vidas apenas quando nós respeitarmos e observarmos os 3 relacionamentos harmônicos conhecidos como Doutrina Tri Hita Karana, são eles:

  • 1 - Os deuses abençoam a vida, a natureza e todo seu conteúdo;
  • 2 - A natureza oferece o sustento para as necessidades/atividades dos seres humanos;
  • 3 - Os seres humanos tem a obrigação de estabelecer uma estrtutura tradicional de vilas para constuir templos em adoração, e suporte a várias cerimônias, fazer oferendas diárias e preservar a natureza, resolvendo seus problemas juntos.

Essa doutrina pode ser observada em especial durante várias cerimônias hinduistas. Duas delas, muito especiais, acontecem na Floresta dos Macacos - a Tumpek Kandang, onde as pessoas fazem oferendas especiais para a florestas e seus animais em geral e Tumpek Nguduh, onde planatas são também adoradas e possuem seu momento de celebração.

Acordamos bem cedo para aproveitar o dia com um café da manhã no mínimo especial..., uma espécie de massa doce feita de banana (que mais parecia um belo omelete verde), acompanhada por côco ralado e leite condensado! Ao chegar na Floresta, já no estacionamento vários macacos da espécie Macaca fascicularis ou Macaco do Velho Mundo já estavam por ali recepcionando os visitantes. Esta é a espécie predominante e eles vivem commpletamente livres! Não há cercas ou muros para lacrar o acesso dos animais, então aguarde uma recepção bem calorosa!

Santuário Sagrado da Floresta dos Macacos
Santuário Sagrado da Floresta dos Macacos

A TV BOA VIAGEM esteve presente e registrou a nossa chegada na Floresta dos Macacos:


Primeiras impressões logo ao chegar na Floresta Sagrada

Logo na chegada os visitantes são convidados a adentrar uma nova dimensão - macacos estão livres por todos os lados, esculturas típicas do hinduismo, com animais endeusados e uma vegetação intensa e exuberante constituem o visual da Floresta dos Macacos. Os nativos em seus trajes típicos, as estátuas de diversos animais, inclusive um gigantesco macaco marcam as impressões de quem visita esse lugar pela primeira vez.

Alternativa de passeio turístico em Ubud - Bali - Indonésia
Alternativa de passeio turístico em Ubud - Bali - Indonésia

Os incensos persistem queimando constantemente até a próxima hora de uma nova oferenda ser depositada aos pés dos ídolos dentro do parque. Os macacos tiram rasantes das cabeças dos visitantes e se mostram bastante amigáveis, tudo para conquistar o prêmio em forma de alimento repassado pelos turistas. Esses macacos são chamados de Macacos Balinenses e também eram constantemente chamados de macacos da cauda comprida. A população de macacos é bem variada: grande parte são jovens, mais da metade, o outro quarto da população é compreendido por fêmeas e eles se organizam em grupos que optam por diferentes áreas da floresta para viver, costumando sempre migrar de local, dependendo da hora do dia.

Oferendas a deuses hindus, e macacos, muitos macacos!
Oferendas a deuses hindus, e macacos, muitos macacos!

É normal ser surpreendido por conflitos entre os grupos de macacos que se afrontam em busca da conquista territorial (mesmo que tão temporária!). Foi interessante também perceber que esses grupos de macacos se formam justamente ao redor das fêmeas, e boa parte da disputa territorial também acaba sendo por conta de um belo conflito sentimental.

Mas muito além de visitar esta floresta para ver florestas, os turistas procuram mais: existem templos sagrados, pontes suspensas ao estilo do game tomb-raider, estátuas/ídolos e aquele ar transcendental a todo passo que é dado adiante! Existe um rio que corre no meio da Floresta e uma ponte suspensa construída com pedras, belamente adornada pelas raízes e galhos das árvores que se debruçam formando uma passagem na cabeçeira da ponte, como ilustra a foto a seguir:

Ponte ao estilo tomb-raider na floresta sagrada dos macacos
Ponte ao estilo tomb-raider na Floresta Sagrada dos Macacos

A TV BOA VIAGEM não deu trégua e passou por lá pra fazer uma entrevista/passeio guiado...


Uma caminhada pela floresta dos macacos

A Floresta dos Macacos não é apenas um importante componente na rotina diária e na vida espiritual de Ubud, mas encontra-se como um dos principais locais para programas especiais de pesquisa e conservação por parte do governo da Indonésia. A manutenção e gerenciamento de lugares especiais como este atrai a atenção de pesquisadores ao redor do planeta! As interações entre esses macacos e os seres humanos são pauta de enquetes e estudos aprofundados de pesquisa.

Macacos comilões e preguiçosos
Macacos comilões e preguiçosos

Os guias do parque fazem questão de sempre frisar a importância de respeitar a floresta e o tratamento/contato com os macacos desde que os turistas estão ali como convidados no habitat natural desses aniamis. Outro ponto importante é sempre manter-se nos caminhos pavimentados pois os macacos podem se mostrar muito agressivos se sentirem que sua área privada está sendo invadida. Como é permitido aos visitantes alimentarem os animais, os guias também fazem questão de orientar os visitantes a deixarem as frutas para que eles comam com suas próprias mãos, evitando assim qualquer eventualidade (mordida, arranhão e afins)

Belas esculturas na floresta dos macacos em Ubud - Bali - Indonésia
Belas esculturas na floresta dos macacos em Ubud - Bali - Indonésia

Existem três grandes templos no interior da Floresta dos Macacos em Ubud, o Templo Pura Dalem Agung, o mais proeminente deles, localizado na porção sudoeste da floresta, outro templo, chamado de Pura Prajapati era o templo onde funerais e cremações eram realizados, já o terceiro templo Holy Bathing Temple tem a forma de três mandalas, a Utama área para os bons de espírito, a Madia Mandala apenas para discipulos das divindades, onde é localizada a piscina sagrada e a Nista Mandala um lugar especial para banhos de seres humanos. Além dos templos, há ainda dois cemitérios para os macacos que vão partindo desta vida para a eternidade.

Ubud, Bali - Indonésia - monkey temple
Templos, estátuas e cemitérios na Floresta dos Macacos

Nossa viagem continuou logo depois desse fantástico passeio. Continuamos a caminhada na ilha de Bali por vários campos de arroz seguindo diretamente para o norte da ilha - nosso próximo destino foi Tulamben - era preciso conferir a beleza balinense no fundo do oceano ;)

Mais informações!

Mandala Wisata Wenara Wana
Jalan Monkey Forest, Padangtegal
Ubud, Bali, Indonesia (80571)
Telefone:+62-361-971304, 972774
email: info@monkeyforestubud.comx
site: www.monkeyforestubud.com
Aberto diariamente das 8:30 até as 6 da tarde.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias