Viajar Sozinho, já chegou a sua vez?

Vantagens e desvantagens de se viajar sozinho existem aos montes! Essa é uma barreira que todo viajante um dia vai ultrapassar! Conheça aqui no Blog Boa Viagem algumas dicas e recomendações para sua viagem solo.

Seja por necessidade, incompatibilidades diversas, ou por falta de parceiros, um dia chega a vez de todo viajante colocar o pé na estrada e trilhar seus rumos por si só. Prós e contras a parte, é necessário comentar que existe todo um prazer em se viajar sozinho. Conhecer gente nova, visitar os lugares que você deseja, quando pelo contrário, ao se viajar em grupos é sempre necessário ter plebicitos e discussões para saber o que fazer onde ir o que aproveitar. Por um lado é bem tentadora a idéia de poder comer o que quiser, quando quiser, se hospedar da forma que lhe convir, optar por suas próprias vontades sem que suas atitudes e decisões possam vir a ser influenciadas por terceiros.

É claro que existem certas dicas e recomendações que todos os viajantes solitários devem encarar como realidades. Que tal então se, em primeiro lugar, enumerássemos as principais motivações que fazem com que mochileiros de todo o mundo se obriguem a partir sozinhos, para que posteriormente, possamos falar um pouco mais sobre as principais dicas e recomendações inteligentes que devem ser analisadas com cautela por aqueles que pretendem se lançar ao viciante e irrevogável prazer de viajar by yourself ;)

  1. Neim sempre você tem a compahia certa para a viagem certa!
  2. Horários e obrigações profissionais incompatíveis entre os prováveis companheiros de viagens;
  3. Questões financeiras e a disponibilidade de arcar com os custos da viagem. Uma viagem, principalmente de mochilão internacional, tem um custo sensívelmente interessante e diretamente proporcional às disponibilidades e condições de gasto de cada um dos viajantes. Há que entrar em acordos;
  4. Incompatibilidade de personalidades entre as pessoas que poderiam vir a fazer viagens com você, solidão e problemas com relacionamentos pessoais;
  5. Vontade de desfrutar de momentos únicos, indescritíveis e altamente pessoais para refletir na forma na qual anda a vida, rever prioridades, planejar novos realizações pessoais;

Não existem opções exatas! O fato é que as necessidades que cada pessoa tem são singulares e fazem com que cada um de nós tenhamos visões totalmente diferentes do que está a nossa volta. Viajar sozinho está diretamente vinculado com o rompimento de barreiras, com a renovação da mente, e superação de desafios. Interessante seria viver nos remotos tempos dos descobrimentos, vivendo como foram os desbravadores daquela época que se lançavam por suas vidas a viajar por terras longíquas em busca de entendimento daquilo que chamavam de lar: havia a necessidade por descobrir o planeta Terra.

Atualmente é fato que grande maioria das pessoas que viajam ou vão a prazer ou a trabalho. O turismo de lazer com all-inclusives e fast foods é a tradução do significado de viajar para grande parte das pessoas que estão ao seu redor. Sabia disso?! Vários te taxarão como louco quando você comunicar que vai viajar sozinho. Muitas pessoas não compreenderão o sentido e a sua idéia de liberdade e crescimento pessoal quando você falar: "Vou viajar sozinho".

Viajar sozinho na atualidade é um grande clichê. Você está sozinho no sentido de não ter pessoas que são próximas a você, cumprindo toda ao seu lado trajetória, voltando para a sua origem junto com você e vivenciando de todos os momentos que serão só seus ao viajar sozinho. É impossível fechar os olhos para todas as oportunidades que se tem viajando por si mesmo. Sendo assim, vejamos o que podemos aproveitar como recomendações para os viajantes que embarcarão em alguma empreitada sozinhos pela primeira vez

1 - Conheça seu destino como a palma de sua mão

Busque informações na internet e em livros sobre o seu destino. Conheça os principais lugares, saiba onde está o aeroporto, principais pontos turísticos, rodoviárias e terminais, shopping centers, ruas principais, boates e bares badalados e principais albergues e hotéis que agradem ao seu bolso.

2 - Vasculhe redes de relacionamento e conheça algumas pessoas da região que você vai visitar

Ei!, não custa nada procurar no orkut e fazer contato com alguma pessoa do lugar que você vai visitar. Eu mesmo já fiz muitos amigos assim, via internet, pesquisando nas principais redes de relacionamento por pessoas que fossem nativas dos lugares que fosse visitar por alguns dias. E foram experiências únicas e indescritíveis. Assim você terá amigos e pessoas conhecidas para se relacionar quando chegar no seu destino. Quanto maior for o tempo que você for gastar em uma determinada cidade, mais tempo você deve investir na procura de vínculos relacionais no facebook, twitter, orkut, myspace e etc...

3 - Tenha a tecnologia ao seu lado!

Um dispositivo de internet móvel quebra muito o galho se você utiliza muito a internet. É interessante ter um notebook ou até mesmo um iphone/ipod/ipad em suas viagens para que você possa responder a contatos do local que está, manter contatos com suas redes de relacionamento e comunicar a familiares/amigos sobre as suas andanças.

4 - Viajar sozinho custa caro!

Mas vale a pena pois você pode dizer exatamente para onde vai o seu dinheiro, sem influências ou encargos adicionais. Se você quer entrar em um bar e tomar uma cerveja, você entra e toma quantas quiser, vai embora, paga a conta e é feliz. Para viajar sozinho a um modo econômico você deve saber tendenciar seu orçamento e balancear a forma na qual investe seu dinheiro com o passar dos dias. Se você vai em uma boate sozinho, se empolga, conhece locais, se diverte e torra muita grana, vai ter que se privar no dia seguinte de uma city tour paga, ou de ir conhecer um lugar mais interessante. A idéia é saber como gastar e onde gastar para que o custo permaneça acessível mesmo estando sozinho.

5 - Expanda seus níveis de comunicação

Viajar sozinho é uma experiência fundamental para o aumento da comunicação pessoal. Só você acaba buscando aproveitar mais as pessoas que conhece, o que faz com que você crie mais relacionamentos de qualidade para sua vida.

6 - Hospede-se em albergues, hostels, hostals, guesthouses e afins

Veja bem, quem já se hospedou em um bom albergue sabe muito bem que são recintos propícios para criar vínculos de amizades internacionais sólidas! Já fiz diversos amigos ao redor do mundo, de várias nacionalidades, só por estar hospedado no mesmo hotel e saber falar inglês e espanhol! Dividir um quarto com dez, doze e até por que não cinquenta desconhecidos é algo tradicional nos países europeus, asiáticos e está virando uma realidade na América Latina há anos! OS custos são bem mais acessíveis para aqueles que estão sozinhos, as possibilidades de novas amizades, convites para eventos e passeios turísticos são altíssimas se hospedando em albergues. Cozinhe sua própria comida! Conheça novas pessoas! Aproveite seu tempo em lugares desconhecidos e viva a vida intensamente em uma viagem onde as fronteiras são estabelecidas unicamente por você!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias