Fala gente! Tudo bom com vocês!? Eu espero que sim! Dias atrás eu escrevi uma matéria sobre o que fazer no Irã, hoje estou compartilhando com vocês algumas dicas sobre o que fazer em Teerã, a capital do Irã. Olha meus dias andam SUPER corridos e não é que estão cheios de viagem não viu, pelo contrário, estou repleto de muito trabalho. Acaba não sobrando muito tempo pro blog e pra escrever conteúdos muito únicos.

Essa falta de tempo pra escrever novas matérias pro blog também tem outra justificativa bem plausível: estamos reestruturando o Boa Viagem completamente do zero pro seu aniversário de 10 anos! Em breve você vai ter um ambiente mais agradável, limpo, moderno e funcional para continuar a conhecer o mundo com as nossas dicas, não é bem legal isso?! Pois é, então aguarde que muito em breve vai ter blog NOVO SIM! Agora voltemos à programação normal deste post, lhe questionando: o que você faria com uns 2 ou 3 dias em Teerã, a capital do Irã?!

O que fazer em Teerã, a capital do Irã

Você teria coragem de embarcar em uma viagem rumo à capital iraniana?! Teerã é uma megalópole com mais de 7 milhões de habitantes e inúmeras alternativas de passeios, lugares para conhecer, coisas para fazer, dá pra ficar fácil vivendo um mês por ali e fazendo coisas novas todo santo dia!

Hoje vou relacionar algumas das experiências que realizei enquanto estava em Teerã e que de fato acredito serem super fundamentais para toda pessoa que vai visitar essa cidade pela primeira vez na vida. Vamos lá?!

Conhecer a emblemática Torre Azadi, coração de Teerã

O que fazer em Teerã
O que fazer em Teerã: visitar a Torre Azadi, em Teerã

Começamos com um dos mais marcantes marcos urbanos que você vai encontrar nessa capital, a Torre Azadi, um verdadeiro cartão postal de Teerã, construída em 1971 em comemoração aos 2.500 anos do Império Persa. Edificada em dos pontos mais centralizados de Teerã, ela é facilmente reconhecida por todos que precisam chegar até ao Aeroporto de Mehrabad, que faz voos nacionais e está localizado nas imediações centrais desta metrópole.


A torre está situada no centro da Praça Azadi, um lugar amplo, com mais de 50.000 metros quadrados e possui 45 metros de altura, sendo que foi inteiramente revestida por 25.000 placas de mármore branco de Isfahan (outra cidade iraniana carregada de cultura e história). Visitei esse lugar em um final de tarde pegando um táxi da minha hospedagem até lá por menos de 5 reais. Ali a gente ficou por alguns minutos, tiramos várias fotos legais e conseguimos registrar esse momento único de uma maneira bem especial antes de seguir para nosso próximo destino.

Torre Milad

Observatório da Torre Milad, em Teerã no Irã
O que fazer em Teerã: visita ao observatório da Torre Milad, em Teerã no Irã

Depois de conhecer a Torre Azadi, na região mais central de Teerã, pode ser interessante pagar um táxi novamente e seguir caminho rumo a outro marco urbano super necessário para quem deseja planejar direitinho sobre o que fazer em Teerã. A Torre Milad é tão famosa para aquelas bandas do Irã que é mais conhecida como “Tehran Tower” (a Torre de Teerã). Ela é a sexta torre mais alta do mundo – com 435 metros de altura – e antes que você me pergunte: SIM, é possível subir até o deck de observação que fica no topo da torre pagando bem baratinho.

Essa construção é tão grandiosa que para você ter uma noção, o eixo da torre tem 315 metros e existem seis elevadores em lados diferentes que são utilizados para levar os visitantes até o topo. Ali você vai encontrar uma plataforma de observação fechada e uma observação aberta. deck e uma cúpula. Os três andares superiores são dedicados à antena da República Islâmica do Irã. Vale a pena a visita caso você esteja procurando o que fazer em Teerã. Pode fazer frio no topo de observação, então é bom levar um agasalho hein 😉

Caminhar seu rumo pelas ruas do centro de Teerã

Avenida Valiasr
Boa alternativa de imersão cultural é caminhar ao longo da Avenida Valiasr

Eu acho que essa parte foi a mais legal e descompromissada: tirei algumas horas no meu itinerário para escolher uma rua bem movimentada e sair caminhando sem rumos. Existem vários lugares interessantes para fazer caminhadas e conhecer um pouco da rotina da vida real dos cidadãos iranianos. Eu me senti sempre super seguro e tranquilo para percorrer avenidas movimentadas como a Valiasr. Escolhi um restaurantezinho qualquer ao longo do meu caminho para comer um dos melhores kebabs da minha vida, trocamos dinheiro, fizemos amizades, foi bem legal.

Visitar a estação de Esqui Tochal

Tochal no Irã
Uma das estações de esqui mais incríveis do Irã

Agora se você quer mais ação e aventura enquanto visita a capital do Irã, então prepare-se para esses últimos tópicos pois você vai simplesmente ficar apaixonado por Teerã! Em minha visita à capital iraniana, escolhi um dia para ir conhecer a estação de esqui chamada Tochal. Esse é um passeio que merece um post exclusivo aqui no blog, afinal de contas tem toda uma estratégia para conseguir visitar esse lugar e desfrutar ao máximo da experiência. Ali nós encontramos um teleférico aos pés de uma grande montanha nevada que nos levou rapidinho até ao topo da montanha, lugar onde existe uma das estações de esqui mais incríveis do Oriente Médio.

Tanque de guerra próximo ao aeroporto de Teerã

Tanque de guerra próximo ao aeroporto de Teerã
Paramos para ver um tanque de guerra no nosso caminho do aeroporto até o centro

E como não falar em guerra quando escrevemos sobre o Irã, não é mesmo?! Afinal de contas boa parte das notícias que chegam até nós sobre esse país de fato estão quase sempre relacionadas com conflitos armamentistas. Se você achar interessante, quando estiver indo ou voltando do Aeroporto Internacional de Teerã (IKA), você pode negociar com o seu taxista para fazer uma parada e tirar algumas fotos em alguns tanques de guerra que existem no caminho até o centro. Chegar perto de uma máquina como essas é sempre algo que sai da nossa rotina diária aqui no Brasil, né não?!

Conhecer o museu construído onde era a antiga Embaixada dos Estados Unidos em Teerã

Na entrada da antiga Embaixada dos Estados Unidos em Teerã
Na entrada da antiga Embaixada dos Estados Unidos em Teerã

Não poderia jamais deixar de mencionar aqui esse lugar. Acho que de todos os lugares que visitei em Teerã, de fato o passeio que fiz nos arredores da antiga Embaixada dos Estados Unidos em Teerã foi o mais “atípico”. Afinal de contas não é em qualquer lugar do mundo que você encontra uma pintura da Estátua da Liberdade com uma caveira né…, bem diferente! Caso queira ampliar essa experiência, você pode também fazer uma visita ao museu “da conspiração norte americana” que existe funcionando atualmente no lugar da Embaixada.

Concluindo…

Como podem ver, não é só de guerra e ameaças de bomba que vivem os iranianos de Teerã. Pelo contrário, a cidade nos pareceu muito cosmopolita e com alternativas muito interessantes de turismo cultural. Gostamos muito de Tochal, da Torre Milad e Azadi, mas também foi muito legal tirar um tempo pra caminhar sem rumos por Teerã. Espero que você tenha gostado da minha relaçãozinha de coisas para fazer em Teerã. Se você gostou mesmo, então te convido a deixar um comentário logo a seguir. Se conhece mais alguma experiência relevante não deixe também de complementar o post deixando seu comentário na caixa que vem logo abaixo! Abração e até a próxima.


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
2 comentários publicados
  1. Oi!! TD bem??? Luiz gostei da sua matéria sobre o Irã!! Eu meu marido e nossos filhos vamos agora em dezembro , passar 23 dias por lá. Quero saber se vc pode me ajudar?? Já li muitos blogs, guias e mochileiros que estavam pelo Irã . No começo, ficamos muito animados com os preços que falam que é a comida, transporte e estadia . Agora que estamos reservando os hotéis, na média de 3 estrelas, estamos achando que não é tão barato assim, pelo menos a estadia. Não vamos ficar em alguns hostels pq não possuem quarto privado para nós quatro , já que estamos com crianças…. Queríamos pegar um voo de Teerã para Shiraz, mas nós falaram que sai por 80 euros. Vc pagou 20??? Enfim, quero saber o que vc achou do custo da viagem, vc pegou agência ou fez o roteiro independente para hotéis e deslocamentos grandes entres as cidades? Obrigada

    1. Oi Cátia, tudo joia? Obrigado por deixar seu comentário! De fato o Irã foi uma grande surpresa para todos que viajaram comigo, não poderíamos ter gostado mais, o país é de fato muito seguro, barato e impressionante. Nós fizemos tudo independente. Negociamos tudo na hora. Não pagamos nenhum tipo de intermediador para nada. Com relação á hospedagem, pode ficar tranquila em hostel e alugar por quarto. Existem várias redes de hostel no Irã que funcionam super bem (seven hostels por ex.), basta visitar na internet o próprio site do hostel e pedir isso em um orçamento de reserva, vc sequer precisa fazer depósito antecipado, pode pagar tudo na hora. O povo do Irã é diferenciado, nunca deixe de manifestar sua vontade e comprar (ou pagar) exatamente por aquilo que deseja obter, você vai se surpreender com o quanto isso funciona por lá. O custo mais elevado da viagem foi de fato as hospedagens (que girou em torno de 10 a 20 euros por pessoa), fora isso o país é uma piada de tão barato. Eu comprei o voo na hora que desembarquei no aeroporto internacional de IKA, com alguns dias de antecedência, contudo eu vacilei com horários e pensei que o tráfego de Teerã não fosse tão caótico a ponto de conseguir chegar no aeroporto com duas horas antes (grande ilusão!). A saída de emergência foi pegar o dinheiro do voo perdido pra trás e rumar de ônibus mesmo, foi a melhor escolha sem dúvidas, transporte seguro, barato, com internet funcionando em todo caminho e pra fechar com direito a algumas das paisagens mais espetaculares do Oriente Médio. Meu roteiro foi Teerã -> Isfahan -> Yazd -> Shiraz (de onde voei para Doha). Fiz tudo de ônibus, tudo independente, comprando as passagens na hora de ir viajar. Tudo SUPER certo e faria novamente a qualquer hora 😀 Se tiver mais alguma dúvida comenta aí de novo, vai ser um prazer falar mais contigo sobre o Irã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *