Fala galera! Tudo na paz?! Eu estou passando por aqui para deixar o relato da minha experiência de viagem em classe executiva na novíssima United Polaris. Eu viajei com a United alguns meses atrás entre o aeroporto de Guarulhos e a cidade de Chicago. Nesta oportunidade eu tive as condições de experimentar a nova classe executiva que a cia aérea está introduzindo na maioria dos seus voos internacionais.

Hoje eu quero te mostrar como foi que transcorreu a viagem, quais foram as amenidades oferecidas e se de fato vale a pena ou não investir nessa experiência viajando com a United Airlines em classe executiva. Antes eu queria contar um pouco sobre como foi a emissão da passagem, quais os procedimentos que eu tive que adotar para conseguir a emissão e também vou dar algumas dicas para você conseguir fazer algo parecido também.

United Polaris

A emissão aconteceu alguns meses atrás, com uma certa antecedência ao dia da partida do primeiro voo. Eu acumulei pontos no Livelo, mais precisamente 50.000 pontos e fiz a transferência com bonificação de 100% para o programa de milhas da TAP, o Miles & Go.

Tomando uma na Vip Lounge da Star Alliance em Guarulhos
Tomando uma na Vip Lounge da Star Alliance em Guarulhos

O custo efetivo desta viagem ficou em R$ 1629,00 mais as taxas (foram 80 euros de taxa de embarque e de emissão). Veja que esse voo vale mais de 10 mil reais fácil se for comprado diretamente no site da cia aérea.

Para encontrar a disponibilidade eu utilizei o site da United e fiz minhas consultas como se fosse viajar com milhas deles. A disponibilidade é bem parecida com a da TAP, bastou encontrar uma tarifa do tipo I para a classe executiva partindo de Guarulhos e posteriormente liguei para confirmar a disponibilidade.

Nova Classe executiva da United

Eu tentei emitir para vários destinos dos Estados Unidos. Sabia que a dificuldade maior seria encontrar o primeiro trecho que parte do Brasil. Eu testei os principais hubs da cia aérea para voos diretos partindo de Guarulhos: Chicago, Washington DC, Newark, Houston.

Classe executiva da United Polaris
Classe executiva da United Polaris

Também tentei me ater a viajar o primeiro trecho com a United pois assim ela seria a “detentora” do meu ticket inteiro, que poderia incluir mais cias aéreas que cobram taxas adicionais como o YQ, taxa de combustível.

Neste caso como o ticket era da United, não houve a incidência dessa taxa, que costuma encarecer bastante a emissão. Mesmo misturando outras cias aéreas, meu bilhete ainda era originário da United e por algum motivo as taxas de emissão recebem a sobre-taxa adicional por consumo de combustível por imposição da cia aérea que faz o primeiro trecho, ou algo parecido com isso.

Espaço na classe executiva da United
Classe executiva da United

Ainda fiquei apreensivo por um bom tempo logo depois de conseguir a emissão, desde que o avião trazia uma cabina antiga, com uma configuração de assentos que não era tão interessante, fiquei de olho no site da cia aérea para mudanças durante várias semanas.

Acontece que bem nos dias mais próximos à partida a United atualizou o mapa de assentos e “vualá”, ali estava a disponibilidade para marcar os assentos na United Polaris, a novíssima classe executiva desta cia aérea.

Visual do meu assento na classe executiva
Visual do meu assento na classe executiva

O avião era super novo, cheirava novo! Na United Polaris ainda existiam outros assentos disponíveis, não estava completamente lotada.

Quando entrei na aeronave e fui para meu assento, percebi que a configuração desta classe executiva era no formato “espinha de peixe”, no qual todos os passageiros têm acesso aos corredores durante todo o voo, sem precisar ficar “pulando” o vizinho.

Interessante perceber que ao optar por um assento individual, localizado nos dois lados da aeronave, próximo às janelas, eu marquei um assento que não ficava “colado” na janela. Se você perceber pela foto anterior, vai entender do que eu estou falando: os números de assento ímpares estão colados na janela, os pares possuem uma mesinha ao lado.

Amenidades na classe executiva

Quando eu cheguei ao meu assento também percebi alguns detalhes importantes que são ilustrados pela imagem a seguir. Sobre o assento eu encontrei uma manta, travesseiro, uma fronha mais grossa para cobrir o assento e também um kit de amenidades da “Star Wars” 😀

Amenidades no voo da United Polaris
Amenidades no voo da United Polaris

O avião ainda estava alcançando a altitude de cruzeiro quando os oficiais de cabine começaram a pegar os pedidos para a refeição principal daquela noite. Eu optei por steak, mas existiam também outras alternativas como frango e peixe.

Logo depois de decolar, ajuste na poltrona para ficar confortável do começo ao fim da viagem
Logo depois de decolar, ajuste na poltrona para ficar confortável do começo ao fim da viagem

Acredito que a melhor parte do voo também estava relacionada com o tamanho da tela e os conteúdos que ali existiam para serem aproveitados durante o voo. Quando as luzes da cabine são reduzidas essa tela fica parecendo um verdadeiro cinema!

Entretenimento espetacular na classe executiva da United
Entretenimento espetacular na classe executiva da United

Aí amigo(a), foi só “Seat back, relax and enjoy your flight!”…

Refeições durante o voo na classe executiva

Logo depois da decolagem, não passaram muitos minutos para servirem a primeira refeição daquela noite. Eu já tinha escolhido o primeiro filme daquela série de 10 horas e 30 minutos de viagem e estava me familiarizando ainda com todas as funcionalidades que eu ia encontrando ao meu redor.

Entradinhas servidas logo após a decolagem
Entradinhas servidas logo após a decolagem

Tudo muito bem servido, os tripulantes eram muito amigáveis, praticamente tudo que nos era servido estava demonstrando o quão nova era mesmo a United Polaris.

As entradas chegaram e logo depois passaram com uma cesta de pães, a propósito existia inclusive um pratinho para colocar pães sem precisar deixá-los jogados em cima da mesa de qualquer jeito. Eu escolhi um pão com alho que estava incrível.

Entradas no voo da United
Entradas no voo da United

Logo depois de mandar ver nessa maravilhosa entradinha, já foi servido o prato principal. Era um steak bovino acompanhado por um “arroz” de quinoa, vagens, pimentões e banana da terra frita.

Prato principal do jantar na classe executiva
Prato principal do jantar na classe executiva

Estava de lamber os beiços! Eu não gosto muito de viajar lotadíssimo, então eu comi até ficar satisfeito e logo passaram retirando os talheres, limpando o assento já oferecendo para arrumar a “cama”.

Hora de dormir: como é o assento da United Polaris

De cama arrumada, eu já estava me acostumando bem aos comandos que poderiam ser aplicados à poltrona. Se você reparar na imagem seguinte, vai ver que tem uns botões iluminados logo abaixo do monitor. É por ali que tudo acontece: você pode colocar o assento em vários modos, inclusive tem tipo um “slider” que quando acionado transforma o posicionamento da poltrona rapidamente.

A melhor forma de fazer uma viagem longa: deitado e dormindo
A melhor forma de fazer uma viagem longa: deitado e dormindo

A viagem literalmente “voou”! Foi super rápido! Eu tentei ver o máximo de filmes que me colocariam mais acordado para desfrutar da experiência da melhore forma possível, mas fui vencido pelo cansaço e dormi profundamente até chegar a hora do café da manhã.

Café da Manhã chegando ao destino final na classe executiva
Café da Manhã chegando ao destino final na classe executiva

Não precisou de ser acordado. Como eu estava muito próximo da “galley” (que é a cozinha do avião), já comecei a perceber a movimentação faltando uns 50 minutos para a chegada ao destino final.

No café foi servido uma “fritata” com bacon, ovos, batatas e um molho de tomate. Além disso também tinham frutas e até um danone heheh

Concluindo, vale a pena viver esta experiência?!

Ao chegar em Chicago eu estava renovado e pronto para encarar o dia que estava apenas começando. O avião tocou o solo nos Estados Unidos por volta das 5 da manhã, fomos os primeiros a fazer a imigração naquela madrugada.

Voando com na classe executiva da United - Polaris
Voando com na classe executiva da United – Polaris

Eu acredito que esta experiência SUPER vale a pena! Enquanto existir a possibilidade de acumular pontos no Livelo, enviar para a TAP e emitir com a United ou Air Canadá, esta vai ser de longe a minha melhor opção para viajar em uma classe executiva para os Estados Unidos.

E aí, gostou do relato?! Já viajou com a United?! Ficou alguma dúvida sobre como eu fiz a emissão ou sobre a viagem? Então não perde tempo, continue rolando a página e deixe seu recado nos comentários que estão vindo logo a seguir. Um abraço e até a próxima!


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
1 comentário publicado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *