Bom, vamos recapitular tudo que aconteceu no último mês de janeiro? Então vamos lá! No dia 8 de janeiro eu embarquei em um voo super econômico da LAN desde a capital federal do Brasil até Lima, a capital do Peru. Com cartão de embarque em mãos, me fui só rumo a uma viagem de 17 dias perambulando entre as principais cidades e atrações turísticas do Peru. E digo que foram 17 dias intensos e aproveitados até o último minuto da viagem. Tão intensos e econômicos me foram esses dezessete dias completos em território peruano que quero me dedicar, com tempo, para poder expressar o máximo da realidade nas linhas destas publicações.

Pois bem, depois de embarcar em Brasília no dia 08 de janeiro, cheguei ao Peru exatamente ás 11 horas da manhã já em horário peruano (3 horas a menos que Brasília). Depois de desembarcar no Aeroporto Internacional Jorge Chávez, em Lima, no distrito del Callao, consegui um taxi muito barato através de um amigo do couchsurfing. Este taxi, que me custou apenas 30 soles, me levou até o distrito de Miraflores, onde ficaria hospedado por 2 dias completos no Loki Hostel, até chegar a segunda-feira dia 10 de janeiro pela madrugada, onde embarcaria em um voo da TACA rumo a cidade de Cuzco. É claro que teremos detalhes meus estimados leitores! Em posts futuros vou detalhar um pouco mais as primeiras impressões de Lima e Miraflores, falar um pouco mais sobre as praias de Lima, sobre as comidas, compras de artesanatos, e muito mais! Pois bem, já em Cuzco, visitei todos os sítios arqueológicos dentro da cidade, fiz um city tour que me levou a outros sítios mais distantes, e visitei outros dois sítios especiais por conta própria, além é claro de ter visitado Ollamtaytambo e o Vale Sagrado, Aguas Calientes e Machu Picchu, os Moray e as Salinas de Marasal. Depois de desfrutar de seis dias na cidade de Cuzco, comprei um ticket muito barato da Power, cia de ônibus peruana e rumei para a cidade de Puno, às marges do famoso e mais alto lago navegável do planeta: o Lago Titicaca. Fiquei por ali apenas por um dia, visitei as Ilhas Flutuantes de Urus, comi uma ótima pizza, e no dia seguinte, diretamente a seis horas de buzão novamente rumo a cidade de Arequipa.

Chivay - Arequipa - Peru
A cidade de Chivay no meio do Canyon del Colca – Arequipa

Na cidade branca eu visitei o Canyon del Colca, e a impressionante cidade de Chivay. Pude apreciar algumas das paisagens mais perfeitas que meu olho já pode apreciar por ali! A forma na qual os pré-inca cultivavam, com terraças, persiste até os dias atuais e será um tema que também vamos explorar bastante aqui no blog nos próximos dias. Arequipa é linda, perfeita e tive o prazer de cortar as Linhas de Nazca da minha viagem e desfrutei por 4 dias nesta cidade para depois viajar por 12 horas até a cidade de Ica, para ver o Oásis Huacachina e depois voltar a Lima para meu retorno ao Brasil.

Já viu que tem muita coisa pra vir por aí! Então fiquem ligados nas próximas publicações do blog e nas novidades que estamos preparando exclusivamente para todos vocês que acompanham e curtem o Blog Boa Viagem.

Autor
Luiz Jr. Fernandes
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.