Fala gente! Tudo bem com vocês?! Espero que sim! Tô passando por aqui hoje para fazer algo inusitado para 2020: escrever no meu blog de turismo sobre um assunto bem legal: viajar depois da pandemia, quando chegará a hora certa?!

Puxa vida, como eu sinto falta daqueles bons tempos onde vivíamos para escrever e viajar (ou seria viajar pra escrever!?) Pois bem, esses tempos já não são mais os mesmos e hoje em dia falar de viajar pode parecer um tanto quando ainda muito precipitado.

Da mesma forma que viajar parece ser algo que ainda não está certo de se fazer, eu também acredito que incentivar a viajar pode não ser o melhor caminho, justamente por isso temos esse hiato aqui no blog no ano de 2020. Poucos posts, porém muito trabalho envolvido do lado de trás do blog, reestruturando ideias, colocando novos comportamentos em prática, tentando alcançar objetivos que por um certo tempo pareciam distantes.

Já é hora de viajar?

Essa é a pergunta que eu mais tenho respondido aos meus amigos ultimamente. A minha resposta tem sido única: depende.

E depende de quê? N fatores né?! A viagem é necessária? É algo inadiável? É mega importante para a vida?! Se essas respostas formarem um sim, então digo ao povo que sim, vá viajar.

Agora pode ser melhor considerar até que ponto o seu envolvimento na viagem com pessoas diferentes vai influenciar a saúde né?! Desde que ainda não temos uma vacina contra o corona vírus, pode ser que em uma viagem “rapidinha” acabamos por estar muito expostos à possibilidade de ser contaminados e trazer a doença pra dentro de casa.

Como fazer para viajar com qualidade e conforto quando não podemos ver o inimigo?

Será que o vizinho no voo está contaminado? Será que posso me contaminar também em um metrô, ou ao me expor indo a um evento qualquer? Pois bem meus amigos e amigas acredito que ainda a melhor opção pode estar em se expor o mínimo possível e manter-se isolado seja onde estiver.

Melhor momento pra viajar depois da pandemia

Acreditamos que dois fatores são fundamentais para que as viagens possam voltar a ser o que eram antes da pandemia, são eles: a disponibilidade da vacina em massa e a completa abertura das fronteiras. Não é possível ir adiante e tentar fazer uma viagem em época de pandemia sem que você tenha a liberdade de ir e vir, para assim conseguir planejar os melhores roteiros e ter PAZ para desfrutar dos destinos que escolher.

O que eu tenho incentivado ultimamente são “micro-viagens” de até uma semana para um lugar próximo, de preferência que não envolva transportes coletivos (vá de carro!), e sempre ficando em um lugar isolado na natureza, sem contato com pessoas do exterior. Essa pode ser uma boa alternativa para conseguir ter uma viagem durante a pandemia sem ter receios ao retornar do destino em questão.

Viajar depois da pandemia pra onde?

Eu tenho uma penca de milhas pra gastar em várias cias aéreas e prometo que vai ser algo bem especial. Eu gostaria muito de fazer o primeiro voo em classe executiva para algum lugar da Ásia ou Oceania, que sabe voltar em Singapura, ou ainda ir até as Filipinas novamente. Tantos destinos ainda por visitar, eu me sinto mais confortável ao pensar que a próxima viagem já está ali na esquina.

Um bom lugar para viajar depois da pandemia: Singapura para ver o Gardens by the Bay

 

 

 

 


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *