Muitos passeios turísticos que já realizei na minha vida possuem boas estruturas e condições para se desfrutar bem do trajeto. Essa viagem que fiz a Chivay conseguiu superar grande maioria dos passeios que fiz. Nunca fui de gostar muito de fazer esse tipo de passeio no qual você vai até uma agência de viagens e compra o pacotão, incluíndo estadia e transporte, e parte rumo a seu destino em uma van lotada de gringos que você nunca viu na vida. E essa viagem foi justamente assim, tinha gente de todo lugar do mundo, desde velhos até crianças. Até então eu já havia feito um passeio mais ou menos assim apenas para visitar as torres del paine, no Chile. Mas a vida está sempre a nos ensinar, e concluí no fim dessa viagem ao Colca, que sim, um passeio turístico pode vir a cair muito bem quando o tempo é restrito e faltam condições para conseguir realizar tudo por conta própria.

Depois de ter visitado Arequipa e Chivay eu tive a certeza de que realmente tinha feito uma boa escolha, optando pelo tour que me fez dormir uma noite em Chivay . Quando planejei minha viagem ao Peru, acreditava piamente que apenas um dia para o Canyon era o suficiente. Eu estava enganado.

Fiz o motorista da van parar em praticamente todos os mirantes dessa estrada que vai aos confins do Canyon del Colca. E em cada parada eu me supreendia. Vários dos turistas da van neim se davam ao custo de descer para tirar uma foto da paisagem, quando eu queria vários minutos de parada a cada mirante para apreciar de paisagens únicas como as das fotos a seguir.

Visão geral de Chivay - Canyon del Colca
Visão geral de Chivay – Canyon del Colca

Chivay pode ser avistada bem de longe de um de vários de seus mirantes. Esta cidadela é a capital da província peruana de Caylloma que fica no estado de Arequipa. Chivay está a uma altitude de cerca de 3.635 metros no lado ocidental da Cordilheira dos Andes, esta que é a parte alta do Canyon del Colca. E não pense você que as atrações dessa cidade devem ser muito restritas pois não são! Nas proximidades de Chivay está localizado os banhos termais chamados La Calera. Vários turistas visitam esta região exclusivamente por conta dessas piscinas termais, e eu fui um deles. No próximo capítulo dessa série vocês serão convidados a conhecer a estrutura desse clube de águas quentes construído em meio ás montanhas dos Andes.

Mirador da cidade de Chivay - Canyon del Colca - Arequipa
Mirador da cidade de Chivay – Canyon del Colca – Arequipa

Além dos banhos termais, Chivay também é famosa por ser base de apoio para aprofundar-se na cultura Quechua e indo além, é aqui que está um dos mirantes mais interessantes do Peru, o mirante do Condor, ponto alto da viagem que você verá também nessa série de matérias sobre o Colca. Assim como Chivay, existem vários vilarejos espalhados pela vasta região do vale do rio Colca. Se você visita o Peru, saiba que este é o próximo destino no roteiro daqueles que estão nos arredores de Cusco e Puno.

Existem várias cidadezinhas dentro do Canyon
Existem várias cidadezinhas dentro do Canyon

Com o decorrer de milhares de anos, o homem passou a ocupar as redondezas do Colca, e o resultado dessa ocupação é claro e evidente nos dias atuais das civilizações latino americanas, em especial ao povo peruano. Adentrar esse território foi como uma experiência de regresso no tempo. A simplicidade do povoado é seu charme principal. E logo no portão de entrada dessa cidade uma criança com sua ovelha de estimação me alertou que essa é a realidade, e que estávamos no ano de 2011, mesmo parecendo que a tecnologia do século XXI e a vida cosmopolita das metrópoles não passariam por ali tão cedo.

Portão de entrada em Chivay
Portão de entrada em Chivay

As ruas são em sua grande maioria de terra mesmo, sem asfalto. Quando muito importantes, como as ruas do centro da cidade, aí sim encontramos uma fina camada asfáltica facilitando a vida dos turistas e locais. As paredes são de pedra e o clima seco e desértico. A terra é branca e as casas são as mais simples que já vi em todo o Peru.

Humilde e impressionante - essa é minha definição para Chivay
Humilde e impressionante – essa é minha definição para Chivay

Impressionante e humilde, assim como o rótulo da foto acima acusa. Se busca um lugar com muitos luxos, este não é o melhor destino a escolher. Chivay é para aqueles que desejam complementar surpreendentemte a experiência peruana adquirida em Cusco e Puno. Os cactus estão presentes até mesmo no topo dos muros, se estão ali para segurança ou enfeite eu não sei. Só sei que a visão da foto a seguir marcou a minha visita a Chivay .

Ruas da cidade de Chivay no Canyon del Colca
Ruas da cidade de Chivay no Canyon del Colca

A humilade de Chivay é complementada pela beleza da Cordilheira que está sempre imponente preenchendo os fundos de praticamente todas as fotos feitas nessa região.

Ruas simples, casas de pedra e um visual maravilhoso nos arredores de Chivay
Ruas simples, casas de pedra e um visual maravilhoso nos arredores de Chivay

O marco abaixo está localizado na praça de armas e marca o lugar de onde em 1981 partiu a expedição estudantil polaca que em 33 dias dentro do vale do Colca, confirmaram que realmente o Colca é o Canyon mais profundo do mundo, com 4,160 metros, sendo que o Grand Canyon nos Estados Unidos é o mais largo Canyon do planeta, mas não tão profundo quanto o Canyon del Colca.

O Canyon mais profundo do planeta
O Canyon mais profundo do planeta

E desde Chivay, fica fácil compreender o quanto o Colca é responsável por expandir a tal da verdadeira experiência peruana tão falada aqui no Blog Boa Viagem. Além de relevo e vegetação únicos nesse país, é nessa região que podemos observar boa parte da riqueza existente na fauna peruana. No capítulo anterior você viu vicunhas, lhamas, flamigos, completamente livres em seu habitat natural. Hoje você verá condores, lhamas e um povo amável e acessível aos contatos imediatos provocados pela exploração turística da região.

Condor, Lhama e garoto na cidade de Chivay
Condor, Lhama e garoto na cidade de Chivay

Tudo isso movido pela força da atividade agrícola peruana. Frutas, verduras, legumes e folhas de coca são produzidas em larga escala na região do Canyon del Colca, sempre cultivados com a potencialidade proporcionada pelas terraças, que já foram mencionadas por aqui também.

Comércio dos camponeses em Chivay - frutas, verduras, legumes e folha de coca
Comércio dos camponeses em Chivay – frutas, verduras, legumes e folha de coca

Vestidos em trajes típicos, os habitantes da região estão sempre dispostos a conseguir alguns trocados para serem fotografados. Raras são as excessões! Os meninos da foto a seguir, por exemplo, estão vestidos em trajes femininos! Eles praticavam uma dança típica na qual o homem se veste de mulher para conseguir amizade com as pretendentes.

Aspecto dos nativos que habitam o Canyon del Colca
Aspecto dos nativos que habitam o Canyon del Colca

A beleza das mulheres, em seus trajes típicos encanta qualquer turista. Ainda mais se a peruana possui um condor em suas mãos. Fotos a um sol com um condor nativo do Canyon del Colca são muito econômicas e ficarão para sempre marcadas para a posteridade.

Una foto por un regalito - Tire uma foto para a posteridade por míseros soles.
Una foto por un regalito – Tire uma foto para a posteridade por míseros soles.

É sempre bom ter algumas moedas de soles para os regalos. Nessa região as pessoas parecem ser treinadas para conseguir a subsistência financeira extraída da exploração turística. E é como eu disse! Quando eu poderia ter um condor na minha cabeça, e ainda ser fotografado? Incrível, único e ficou marcado. O Colca é fantástico!

Rios entre montanhas gigantescas. Terraças totalmente cultiváveis á beira de precipícios profundos. Lugares que com certeza a sua mãe não deixaria você ir se conhecesse antes! Assim é o Canyon del Colca. Paisagens impressionantes em um lugar fabulosamente simples e supreendentemente maravilhoso. Meu estoque de adjetivos se esgota facilmente ao falar dessa região do Peru.

O visual do Canyon del Colca
O visual do Canyon del Colca

Paisagens como as das fotos acima estão disponíveis diariamente para todos aqueles que investirem os 70 soles investidos por mim para conhecer essa fantástica região do Peru. Lugares inóspitos estão aqui! Sem tirar os meus pés do chão eu conseguia tocar as nuvens. Sensações indescritiveis registrei na minha alma ao visitar o Colca.

As terraças de produção agrícola no Canyon del Colca
As terraças de produção agrícola no Canyon del Colca

As montanhas geladas da foto abaixo foram registradas logo ao cair do amanhecer em Chivay. Direto do último andar do meu hotel eu consegui ter uma visão panorâmica da cidade e de toda a região em uma das melhores horas do dia para se fotografar. O frio da altitude, os ares da cordilheira e o sentimento de estar em um lugar tão fantástico também conseguiram registrar ótimas sensações não só em minha alma, mas como também em minha vida pessoal. Ter a oportunidade de visitar lugares como Chivay, e ter a disposição de se sentir renovado a cada amanhecer são experiências fundamentais para a vida de um viajante como eu. Os primeiros raios daquele amanhecer me fizeram ter a certeza de que eu havia feito a escolha certa ao adquirir aquela passagem promocional da LAN.

Visão geral da cidade de Chivay no Canyon del Colca
Visão geral da cidade de Chivay no Canyon del Colca

Nos próximos episódios dessa espetacular visita ao Canyon mais profundo do planeta, vamos falar um pouco mais sobre o que fazer em Chivay! Da experiência que tive nos banhos termais e o ápice da viagem – a visita ao mirante do Condor, onde você literalmente encosta as suas mãos nas nuvens sem tirar os pés do chão. E você? Já visitou o Canyon del Colca? Tem alguma dica imperdível para essa região tão fantástica do Peru? Então você está intimado a deixar um comentário na caixa abaixo!

Autor
Luiz Jr. Fernandes
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
1 comentário publicado
  1. Adorei ver as fotos e ler tudo sobre o passeio. Parabéns! Vou ir a este lugar em julho, daqui a dois meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.