Gosto do sentimento que reside em meu interior enquanto estou em deslocamento. É uma sensação meio que indescritível e não vou tentar fazê-lo logo aqui! Certo é que sempre que existe a oportunidade de me deslocar, sou tomado por um contentamento repentino, motivação explêndida que já me fez conhecer 21 países e uma boa parcela do meu Brasil. Na semana passada quando fui a Brasília, minha viagem de ida demoraria cerca de 50 minutos. Mas como assim?! Já havia me acostumado a fazer esse trecho entre GYN e BSB em no máximo 20 minutos! Acontece é que desta vez eu estaria prestes a embarcar em um Cessna 208 Caravan, um monomotor turbohélice da Se7e Linhas Aéreas, e pela primeira vez na vida 😀

Eu reconheço que já fiz várias viagens e é realmente uma vergonha assumir que nunca voei em aviões que não fossem Boeing, Airbus ou Embraer. A experiência foi sensacional! Ainda no checkin, apresentei meus documentos, fui rapidamente atendido e logo estava no novo puxadinho do Santa Genoveva, a espera da chamada para o embarque, que aconteceria 9 da manhã. Eu não esperava que eu fosse o único passageiro desse voo. Foi então que 1 minuto antes das 9 da manhã, foi chamado meu nome completo, convidando para o embarque. Levantei com minha bagagem, todos me olhando e parti em direção ao avião.

Sete Linhas Aéreas - voo para Brasília
Embarque no avião da Sete Linhas Aéreas: voando para o DF

Foi um voo muito tranquilo! Recepcionado diretamente pelo comandante, fiquei a vontade para sentar em qualquer um dos 9 lugares que estavam a disposição na aeronave. Não ultrapassaríamos a velocidade dos 300km/hora, foi fácil concluir os motivos do voo demorar um pouco mais! Também percebi que voaríamos mais baixo, e teria ótimas oportunidades de registrar fotos aéreas de Brasília logo na chegada!

Haviam jornais a disposição, o que me entreteu facilmente durante os primeiros 30 minutos, e logo logo as paísagens já alertavam: Brasília estava próxima! Preparei minha câmera fotográfica para registrar o máximo de imagens que conseguisse. O avião faz a volta na Capital Federal para pousar no sentido sul – norte da pista do aeroporto, ou seja, demos uma volta na cidade, e fui agraciado pela bela vista da Ponte JK.

Vista Aérea da Ponte JK
Vista Aérea da Ponte JK

A Ponte Juscelino Kubitschek liga o Lago Sul à parte central de Brasília, através do Eixo Monumental. Ela se transformou em um ícone da Capital Federal Brasileira! Na montagem a seguir podemos contemplar um pouco mais do Plano Piloto! É fácil observar a Asa Norte e Sul, e o que seria a “cabeça” do avião no projeto desta cidade impressionante!

Ministérios e Plano Piloto
Os Ministérios e a “cabeça” do Plano Piloto

Também consegui registrar uma imagem das costas do Congresso Nacional do Brasil e os prédios dos Ministérios. Valeu a pena voar de Se7e não é mesmo?! Não percam muito mais sobre Brasília nas nossas próximas atualizações!


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
1 comentário publicado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *