Continuando com a nossa série exclusiva de dicas para tirar o visto para os Estados Unidos, chegamos agora no momento de revisar os documentos necessários para sua entrevista na Embaixada Americana. Este é um momento muito delicado, que muitos brasileiros infelizmente se enrolam mas que na realidade é bastante simples.

Você não precisa ter casas, imóveis, lotes, carros e uma conta bancária muito gorda em seu nome para ter a certeza que seu visto será aprovado. Muito pelo contrário. Através dos documentos apresentados por você é que vão avaliar a realidade da sua vida no Brasil, seus vínculos com o país e a partir daí dar o aval para seu visto.

Existem vários endinheirados que por um motivo ou outro já tiveram seu visto negado, bem como pessoas simples, sem grandes poderes aquisitivos, que tiveram seu visto de 10 anos aprovados na hora, justamente por estarem sendo fiéis, relatando com transparência a realidade de suas vidas, e isso lhes garante a liberdade de ir e vir como turista internacional.

Não acredite na idéia de que apresentar documentos que não condizem com a sua realidade de vida lhe garantirão a certeza do visto no passaporte. Isso pode sim te garantir a certeza de ter seu visto negado e nunca mais poder tentar tirá-lo novamente. Estamos falando da realidade aqui: não adultere seus documentos para demonstrar que tem vínculos maiores do que possui. Não registre empresas em seu nome de última hora, muito menos adultere documentos como extratos bancários ou declarações de imposto de renda. Com certeza a Embaixada checa todas as informações antes mesmo de te chamar para a entrevista, e é aí que os brasileiros que se corrompem por essas idéias têm seus planos frustados. Mentir definitivamente não é a melhor solução nesse momento.

Os documentos e os motivos de apresentá-los ao tentar o visto dos Estados Unidos

Você deve se perguntar os motivos de tanta burocracia, por que ter que levar vários documentos no dia da sua entrevista e principalmente os motivos de ter que demonstrar sua comprovação de renda e vínculos com o Brasil para obter um simples visto de turismo. E para falar sobre isso temos que voltar um pouco no tempo, antes da crise que afetou o mundo em 2010-2011.

Os Estados Unidos, gigantesca potência mundial, foi objetivo de vida para diversos imigrantes ilegais no decorrer dos últimos anos. Pessoas das mais diversas nacionalidades optaram por transformar suas vidas e simplesmente abandonaram tudo e acabaram imigrando de vez para os Estados Unidos. E muitos deles se foram totalmente ilegais, sem ter ao menos um passaporte. E aí está a origem da necessidade dos EUA em conter esses imigrantes ilegais, impondo rígidos parâmetros para todos aqueles que não têm a nacionalidade americana e desejam adentrar o território e se manter por lá pelo tempo que for.

Documentos para tirar o visto dos Estados Unidos
Documentos para tirar o visto dos Estados Unidos

Muito além disso, as políticas internas americanas exigem que os imigrantes em território estado-unidense se identifiquem pelos tipos de vistos existentes. Tenha a certeza absoluta que você terá sérios problemas para adentrar os Estados Unidos com finalidade de trabalhar portando um visto de turismo (B2).

Em minha recente viagem a Miami cheguei a ouvir um relato de um argentino que tinha um visto B2 e era DJ, iria fazer um evento no território americano, contratado para isso, e quando chegou ao país, não pôde adentrar por estar indo trabalhar. Eles são realmente muito rígidos quanto á política de imigração.

Dos diversos documentos que vamos citar aqui, um se mostrou fundamental – a declaração do meu imposto de renda. Creio que foi o primeiro documento solicitado. Posteriormente me soclitiaram os meus contra-cheques ou pró-labores em caso de ser empresário. E posteriormente meu passaporte e o documento do citibank que comprova que paguei a taxa correta para o visto solicitado. Simples, básico e direto.

Só me solicitaram esses documentos e com eles obtive o visto com sucesso. Vale lembrar que existem recomendações aos montões na internet para que você leve documentos que comprovem sua renda como extratos bancários, extratos de cartões de crédito, documentos de casas, imóveis e afins. Pois para mim não me solicitaram nada. Apenas os documentos mencionados acima.

A taxa para entrevista paga no Citibank
A taxa para entrevista paga no Citibank

Em todo caso, é claro que eu tinha levado todos os documentos que recomendam por aí na internet. Mas realmente não me foram solicitados. Em todo caso, eu recomendo muito que se atenha a levar todos os documentos possíveis que comprovem seu vínculo com o Brasil e que você está somente solicitando um visto de turismo e não vai fazer nada além disso por lá! Sendo assim, a lista completa de documentos que sugerimos que você tenha a tira-colo para a entrevista são os seguintes:

Documentos para tirar o visto dos Estados Unidos

    • Passaporte atual com validade mínima de 06 meses;
    • Passaporte anterior vencido (Se possuir vistos americanos anteriores);
    • Cópia do RG ou Certidão de nascimento;
    • Cópia do CPF (se possuir);
    • 01 formulário DS-160 totalmente preenchido, enviado e impresso para o dia da entrevista;
    • 01 foto 05 X 05 recente (máximo 06 meses/ fundo branco/ sem óculos);
    • Taxa Consular paga no Citibank mediante apresentação de passaporte e comprovante de entrevista;

Se for ESTUDANTE, levar Declaração da Escola dizendo que está devidamente matriculado e cursando a respectiva série; Passaporte de suporte original (passaporte com visto americano válido de parentes ou amigos que estejam viajando com o solicitante). Passaportes Originais com visto válido de parentes em primeiro grau (pai/mãe/irmão/esposo(a)/filhos) mesmo que não estejam viajando com o requerente mas que já possuam visto americano.

Para caso de passageiro que tenha sua viagem sendo custeada pelos pais (e que não conste como dependente no Imposto de Renda), ou sendo custeada por outros parentes, etc., deverá também apresentar a documentação básica acima + CARTA CUSTEIO com firma reconhecida em cartório e contendo o grau de parentesco. Esta complementação é aplicada a todos os solicitantes de baixa renda, dependentes financeiramente ou aqueles que receberam a viagem como presente de parentes.

Documentos de quem está custeando a viagem

  • Cópia do RG e CPF;
  • Comprovante de residência: LUZ e TELEFONE (originais);
  • Extratos bancários dos três últimos meses (Conta corrente/ poupança/ investimentos/ fundos);
  • Última Declaração de Imposto de Renda Completa com Recibo de Entrega Original;
  • Registro de Imóveis ou Escrituras Originais (se possuir);
  • Certificado de Registro de Veículo do solicitante ou da família;

Documentos que comprovam vínculos com o país e renda

  • Empregados: 03 últimos holerites + carteira de trabalho original.
  • Empregadores: 03 últimos pró-labores + contrato social e última alteração contratual + cópia CNPJ + I.R. pessoa jurídica completo.
  • Autônomos: Documentação básica acima + declaração da empresa em papel timbrado informando que o passageiro presta serviços, exercendo a função “X”, desde “X” e que percebe “X” mensalmente ou declaração do contador informando os três últimos rendimentos + cópia carteira funcional (CRM, OAB, CRC, CREA, etc) + contrato de prestação de serviços.
  • Aposentados/Pensionistas: Documentação básica acima + 03 últimos contra cheques de aposentadoria /Pensão.
  • Proprietário de Imóveis: Documentação básica acima + contrato de aluguel + recibos dos três últimos meses.


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook
753 comentários publicados
  1. muito bom seu post..

    tenho um duvida, tenho 19 anos e quero ir aos estados unidos

    faço faculdade somente, não trabalho etc

    oq faço agora? para comprovar vinculoo.

    to com receio. abraço

    1. Olá Rodrigo, primeiramente obrigado pela visita e por seu comentário.

      Realmente é um pouco mais difícil para conseguir o visto na sua situação, vendo que você não tem vínculos estáveis com o país. Eu recomendaria que você tentasse tirar o visto em família, ao menos com seu pai e sua mãe, que devem possuir vínculos mais estáveis com a nação do que os seus. Não vi dificuldade nenhuma para aqueles que tentavam o visto em família e isso pode ser uma boa alternativa para você.

      Não esqueça de compartilhar conosco as suas experiências tentando tirar o visto para os EUA

  2. Olá, tenho 21 anos e gostaria de fazer intercambio de 3 meses nos EUA pela EF. Já tive um visto negado quando tinha 14 para 15 anos (sabe-se lá pq), quando tentei ir à Disney. Faço faculdade, não trabalho e não moro com meus pais, pois eles vivem no interior. Vivo sozinho e quem me sustenta é meu pai. E quem pagará o intercâmbio tbm será meu pai. Já viajei à França e Holanda, além do Chile, Argentina e Uruguai. Tenho um carro em meu nome e me formo só em 2013. Achas que minha situação é favorável a conseguir o visto?

     

    Obrigado

  3. Veja bem Fabrício, o visto B2 é apenas para turismo. O visto para estudantes é o visto F. Você não pode fazer turismo com um visto F, sendo assim, deve solicitar o visto de turismo B2 normalmente na Embaixada Americana.

  4. Olá!

    Primeiramente, parabéns pelo post, excelente!

    Gostaria de alguma dica de como proceder, já que você disse que o primeiro documento que te pediram foi o imposto de renda.

    Preenchi meu DS-160 informando que trabalho como engenheiro e tenho uma renda de R$2500,00. Realmente sou engenheiro e exerço tal função, só que no entanto trabalho para eu mesmo mas ainda a empresa não está no meu nome, só no do outro sócio, mas tiro como salário por mês os R$2500,00. Como tiro da empresa e deposito na minha conta, não declaro imposto de renda, além também do banco nunca ter me informado sobre a declaração no informe de rendimentos.

    Como devo fazer com a documentação???

    1. Olá Felipe, obrigado por visitar o site e um MUITO obrigado por comentar e deixar suas dúvidas.

      Para o seu caso exclusivo Felipe, que não tem como comprovar renda, tenho duas soluções – a primeira é a mais simples: Você pode apresentar sua declaração anual de renda como isento (isso se declarou), caso não exista a declaração, você deve procurar um contador e fazer um documento chamado DECORE, que é nada mais nada menos do que o documento que comprova a renda de autonomos, assim como você. Como eu tenho empresa, mas também trabalho como autônomo, levei esse documento e a minha declaração de renda e tudo deu muito certo. Informe-se com seu contador sobre a emissão do DECORE e qualquer dúvida não hesite em voltar a esse post e deixar seus relatos e experiências pra gente!

  5. Olá mais uma vez, antes da outra dúvida, gostaria de agradecer e muito sua resposta, foi de muita valia para mim!

    Então, falei como meu contador e ele me perguntou se era necessário DECORE para os ultimos 3 meses, pois como ele me explicou, se for mesmo preciso, ficará mais caro, pois eu teria que pagar os impostos referentes aos 3 ultimos meses em cima daquela renda que eu infomei aqui (R$2500,00). Seria mesmo necessário os 3 últimos meses? Você levou referente a quantos meses?

    Mais uma vez, desde já, muito obrigado!

    1. Olá Filipe, tudo bem contigo!? Ficamos muito satisfeitos em ver que conseguimos auxiliá-lo a resolver o problema com a sua maneira de declarar renda (Declaração de Renda vida DECORE para autônomos).

      Bom, posso dar como exemplo o meu caso exclusivo Filipe, apesar de ter empresas em meu nome, também assim como você sou profissional autônomo (analista de sistemas) – eu fiz o seguinte, tirei meu último Pró-Labore, referente ao mês atual, e mais um DECORE referente aos dois meses anteriores ao atual. Fiz isso e realmente deu tudo certo (neim olharam o DECORE, mas foi importante ele estar lá, por comprovar a minha renda por um tempo mais elevado) E sim, se vai levar DECORE de três meses, tem que reter o imposto (que deve ficar um pouco caro pros três meses), no meu caso foi irrelevante pois eu tinha o pró-labore, contrato social e todos os documentos necessários para comprovar as empresas que tenho em meu nome.

      Qualquer dúvida não deixe de consultar-nos e também de voltar aqui depois, com SEU VISTO NO SEU PASSAPORTE e deixar o seu relato de como foi para tirar o visto para os EUA, será um prazer publicá-lo!

  6.  

    Olá, Fabio! Parabéns pelo post!!!
    Eu trabalho para mim mesmo como se fosse um Free lance fazendo reparo de equipamentos eletronicos industriais. Vou levar para a entrevista um DECORE da minha renda que é de R$2500,00 reais + declaração da empresa de q eu presto serviços lá. Tenho ainda uma poupança com R$4700,00 reais, sou formado em engenharia e tenho um carro no meu nome. Minha namorada está desempregada, recebendo o seguro desemprego, faz faculdade (está no 3 ano de 4), tem uma poupança com R$4600,00 reais e tem uma moto no nome dela.
    Gostaria de saber quais as chances de conseguirmos o visto, estamos com entrevista marcada para o dia 22/08/2011.

    Legal, obrigado pelas respostas atá agora!

    Eu gostaria de saber também as minhas chances e da minha namorada de conseguirmos o visto, lembrando que como eu disse aqui eu trabalho para mim mesmo fazendo reparo de equipamentos eletronicos industriais. Como você sugeriu vou levar para a entrevista a DECORE da minha renda que é de R$2500,00 reais + declaração da empresa de q eu presto serviços lá. Tenho ainda uma poupança com R$4700,00 reais, sou formado em engenharia e tenho um carro no meu nome. Minha namorada está desempregada, recebendo o seguro desemprego, faz faculdade (está no 3 ano de 4), tem uma poupança com R$4600,00 reais e tem uma moto no nome dela.
    Gostaria de saber quais as chances de conseguirmos o visto, estamos com entrevista marcada para o dia 22/08/2011.

     

  7. Olá,

    Então, eu e minha namorada já preenchemos sim, está tudo certo para a entrevista, no DS160 informamos que nossa intenção é ficar 1 semana em Las Vegas, e realmente é, a minha dúvida é com relação ao dinheiro na poupança e os vinculos da minha namorada, ela está desempregada, fazendo faculdade, e tem 4600,00 na poupança. Será que os vinculos dela são bons?

    Uma outra coisa, o meu irmão está estudando inglês em Provo há quase um ano, será que isso pode me complicar??? Eu informei no DS-160 que eu tenho um irmão lá como Não-Imigrante. Como devo proceder na entrevista, informar isso logo, ou esperar o Consul me perguntar?

    Bom, são essas as dúvidas, se souber alguma dica ficarei muito contente!

    Desde já, muito obrigado!

  8. Olá, estou de volta para postar os resultados dessa ‘luta’.

    Felizmente foi tudo muito mais simples que o previsto. Me ‘armei’ fortemente de diversos documentos, no entanto não foi solicitado NENHUM!

    A agente consular (mulher, e por sinal até simpática) apenas me fez as seguintes perguntas:

    Para onde vai? [Las Vegas], Já teve visto americano? [Não], O que você faz? [Sou engenheiro], Você é daqui mesmo (Rio de Janeiro)? [Não, Jacareí-SP]

    Logo em seguida disse: ‘Visto aprovado, só pagar taxa do sedex!’

    Nem acreditei…..visto de 10 anos aprovado.

    Para a minha namorada foram as seguintes perguntas:

    Para onde vai? [Las Vegas], Já teve visto americano? [Não], Com quem você vai? [Com meu namorado], Ele já teve visto americano? [Não], Você é daqui mesmo (Rio de Janeiro)? [Não, São José dos Campos-SP]

    Visto aprovado tbm, 10 anos!!!!

     

    Bom pessoal, posso tirar as seguintes conclusões após tudo isso. Tirar o visto americano não é um bicho de 7 cabeças, desde que você seja sincero, esteja com bons propósitos e preencha o DS-160 corretamente, por o que me deu a impressão é que a agente apenas conferia as respotas na hora, com o que foi preenchido.

    Então, para quem ainda vai tirar o visto, se muna de MUITOS documentos, fale sempre a verdade, e fique tranquilo, pois erá dar tudo certo!

    Abraços, e muito obrigado ao Blog Boa Viagem pelas diversas dúvidas tiradas!!!

    1. Olá Filipe! Que legal que tudo deu certo pra vc e sua namorada! Ficamos muito felizes por você compartilhar com a gente do seu sucesso!

      E como é o sentimento de quando a agente consular aprova seu visto e manda vc ir pagar a tarifa dos correios! Eu saí de lá literalmente pulando de alegria!

      Bom agora é ir pros USA amigo! Já tem alguns planos!? Quero muito voltar lá ainda esse ano se tudo der certo para conhecer Los Angeles, Las Vegas e NYC!

      Abração e parabéns pelo vistão obtido!

  9. Gente me ajuda! estou com entrevista marcada para semana que vem,serei eu e meu filho de 13 anos mas como ele e menor de 14 não irá a entrevista apenas eu,eu sou vendedora autonoma,estou cursando terceiro periodo da faculdade de enfermagem,não declaro imposto de renda,mas pago aluguel,colegii faculdade etc,… tudo em meu nome tenho carro financiado em meu nome,não tenho contra cheque nem nenhum contrato com empresa,não sei o q fazer ,se declaro imposto de renda agora e pago multa?ah eu ainda tenho inscrição de cnpj como vendedora de microempreendedora ativo,não sei se isso ajuda ou piora ouvi dizer que se disser q é estudante é ´pior porque eles entendem que estudante não tem condição financeira e podem pedir um custeador ???e meu filho como eu serei custeadora dele seria grande a possibilidade de me pedirem declaração domeu imposto de renda?ouvi dizer que estão aprovando muitos tenho uma amiga q ue tem uma conhecida que levou o visto e disse que esta desempregada,mas meu caso sou eu e meu filho e não sou casada,seria melhor eu dizer que moro com meus pais para não acharem que vou ficar por lá com meu filho??

    1. Acho que deve ser sempre mencionado a verdade.

      Vale muito a pena preservar a verdade em um caso como esses! Seja a pessoa que você é! Com ou sem contas, com contra cheque ou com pro labore de CNPJ, seja você mesmo, leve o máximo de documentos possíveis e que comprovam a veracidade de seu trabalho e seus vínculos no Brasil. Vale muito a pena não omitir informações desde que eles tem condições de verificar a autenticidade dos documentos providos e se não forem autênticos eles podem não lhe conceder o visto e em casos extremos, de falsificação ou alteração de documentos, eles tem até poder de prender.

  10. oi tudo bem,gostaria de saber se eu enfrentaria muito problema pra obter o visto americano,tenho 26 anos sou casado,trabalho como soldador na john deere a 1 ano e meio,meu salário é 1500 reais por mês,moro de aluguel eu não tenho curso superior,não temos casa propria,carro e nem filhos,temos uma moto que esta no nome de minha esposa,gostaria muito de saber quais são as minhas chances de conquistar um visto pra fazer umas comprinhas em miami,muito obrigado

  11. esqueci de mencionar,pretendo viajar sozinho pra não ficar muito cara as despesas com passagens, pretendo ficar 4 dias em miami pra fazer umas compras de artigos para bebe como roupas carrinho etc,eu e minha esposa decidimos que vamos planejar tudo para nosso primeiro filho,então sobre o dinheiro eu tenho 5000 reais de poupança,gostaria de saber quais são minhas reais chances de conseguir o visto,desde já muito obrigado por me ajudar, fique com deus

  12. Olá, primeiramente adorei o blog! Seguinte, ganhei a viagem à Disney de presente de uma tia, vamos eu e minha prima que tem 14 anos, estou indo tbm e principalmente para acompanha-la, porem, qdo vi os doctos exigidos constatei q nao tenho mto como argumentar motivos q me fixam ao Brasil pois sou vendedora autonoma, moro de aluguel em uma cidade e tbm com meus pais em outra (é bem pertinho 24km rss) no passaporte ate esta o endereco da casa dos meus pais, por ser propria, tenho uma consideravel movimentacao bancaria e poupanca, carro, moto e terreno em meu nome, tenho graduacao e pós graduacao (nao sei se isso interessaria em alguma coisa), mas nao sei o que levar para comprovar isso; sera q um decore seria bom?E o que mais? Me aconselhe!

  13. Olá, bom dia! Tudo bem? tenho uma dúvida que está me peturbando e não consigo me decidir. Eu e meu namorado queremos visitar os EUA em fevereiro, porisso vamos iniciar i processo para a obtenção do visto. Mas eu não sei se devemos tirar o visto juntos ou não, pois viajaremos juntos e ele vai estar arcando com minhas despesas lá – mas meu responsãvel financeiro é o meu pai. Eu tenho 22 anos, já fiz intercâmbio nos EUA e na Inglaterra; vou entrar no terceiro período da faculdade e no momento não trabalho; meus vínculos são a faculdade e o carro no meu nome. Já meu namorado tem 25 anos, é advogado, possui escritorio próprio e uma propriedade em seu nome. Gostaria muito de saber se devo ou não tirar o visto juntamente com ele? ou seja, se na questão ‘Are you traveling as part of a group or organization’ devo adicioná-lo ou se devemos solicitar os vistos separamente? Desde já, agradeço a atenção. Priscilla Albuquerque

    1. Olá Priscilla, tudo joia com você?? Agradeço muito pelo comentário! Sobre sua dúvida a minha opinião é a seguinte: Conte sempre a verdade!

      Se vai com o namorado, não tem motivos para tirar o visto separados! Vá com ele! Faça como o Felipe e sua namorada (leia os comentários!) e tirem o visto juntos! Com certeza será aprovado, tanto pelas suas experiências internacionais, quanto pelos vínculos do seu namorado com nossa nação.

      Ah! Não se esqueça de voltar aqui e contar o que aconteceu! Já estou ansioso pra saber se deu tudo certo!

      Boa sorte e BOA VIAGEM!

      1. Olá Luiz, boa tarde! Primeiramente muito obrigada pela prontidão e pela atenção, me surpreendi! já preenchi nossos DS160 comunicando que estamos viajando juntos. Mas tenho outra dúvida: 

        Em 2008 meu namorado foi ao consulado americano solicitar um visto de estudante e teve seu visto ‘não concedido’, que pelo que eu sei é diferente de ser negado. Ele recebeu o passaporte de volta na mesma hora sem nenhum carimbo ou satisfação qualquer do porquê.

        Diante dessa situação, não sei se devo preencher o DS160 dele respodendo SIM às perguntas referentes a visto recusado. Com a sua experiência Luiz, o que você acha? perguntei numa agência de viagens e eles disseram pra não colocar como visto recusado, pois o dele não foi negado. Mas estou insegura e não sei o que responder.

        Fico aguardando! Desde já, obrigada! Abraços, Priscilla. 

  14. Olá! Tenho entrevista marcada em breve, estou aplicando para o visto para visitar a matriz da empresa em que trabalho ano que vem. Tenho carta da empresa me convidando, hotel, passagem aérea, etc. Porém nunca declarei Imposto de Renda pois não atingia o teto. Sempre declarei como ISENTO e a partir de 2005 não declarei mais pois não era necessário fazer de ISENTO. Ou seja, não tenho nenhum documento ref. Imposto de Renda para apresentar…como faço? Abraço e obrigado,

    1. Olá Leonardo! Agradeço por visitar o site e mais ainda por enviar a sua dúvida. Assim como vários outros leitores, mencionaram anteriormente, essa questão do imposto de renda é algo que realmente marca uma fronteira para aqueles que vão tirar o visto, e isso justamente pelo mesmo motivo que você, vários outros milhares de brasileiros também não necessitam mais de declarar a renda pois estão ISENTOS desde 2005. E agora, o que fazer??

      Pois bem, minha opinião é a seguinte. Vá até ao site da Receita Federal e emita um comprovante da sua vida fiscal com o país. Isso já basta, e leve seus comprovantes salariais (holerite) e colete documentos que comprovem seus vínculos profissionais. Com tudo em dias não há motivos para negarem o visto para você. 

      E não se esqueça de voltar aqui para contar o que aconteceu com você depois da entrevista, ok?!

      Agradecido!!

  15. Primeiro gostaria de parabenizar e agradecer a você Luis, pois seu blog esclareceu muitas dúvida que eu tinha em relação a solicitação do meu visto. Bem, é com muita satisfação que eu venho aqui compartilhar com todos a minha experiência nessa agonia que é tirar esse bendito visto. Quando cheguei no guichê hoje pela manha (Recife-PE), o cara me fez bastante perguntas em relação ao meu trabalho, pois como mudei de empresa recetemente com apenas 9 meses, assim, creio eu, o motivo de tantas perguntas. A primeira delas foi pra onde eu ia, quanto tempo iria ficar, se eu iria com alguém, etc. Depois questionou sobre o pouco tempo na empresa atual, e seu eu trabalhava anteriormente, dai como eu tinha 5 anos na empresa anterior, até ai tudo bem (TENSO, NERVOSOOOOOO, kkkkkk) . Depois ele perguntou sobre o meu cargo, quanto eu ganhava, se eu ja tinha viajado pra outro pais, eu respondi que nunca tinha saido do Brasil. No momento em que ele perguntou qual era minha renda, já entreguei pra ele o meu imposto de renda do ano passado, os 3 ultimos contra-cheque e uma declaração da empresa atual e minha carteira de trabalho(que ele verificou se ela tava assinada pelas empresas que declarei no D-160), dai ele verificou tudo. Por um instante fiquei super pessimista achando que seria negado o visto, mas a minha atitude de mostrar os documentos que citei acima, creio eu que foi crucial para ouvir a tão esperada frase, VISTO APROVADO, UFAAAAAA.

    Então o que eu recomendo a todos, levem o máximo de documentação pra entrevista, pois elas vão comprovar o seu vínculo com o Brasil e que você só está indo mesmo pra fazer turismo. Outra coisa, eu percebi que eles se baseiam nas informações que você declarou ds-160, portanto VERDADE ACIMA DE TUDO, quando for preencher esse bendito formulário.

    Ah, e mais uma vez obrigado a você Luis por compartilhar conosco essas informações no seu blog.

  16. Boa noite,

     

    Estou pensando em viajar para os EUA em setembro, irei eu e minha namorada.

    Eu tenho salário de R$ 3.000,00 em carteira e recebo mais R$ 1.800,00 por fora. Minha namorada ganha R$ 1.600,00 por mês. Possuo 2 automóveis(2009 e 2011), 1 apartamento financiado em meu nome, 1 casa de herança dividio com minha mãe e meus 2 irmãos e 1 apartamento dividido com meus 2 irmãos. Minha namorada não possui bens. Em agosto de 2010 fui para o Canadá fazer intercâmbio de inglês por 1 mês. Não tenho nenhuma poupança, pretendo comprar as passagens aéreas com pontos do cartão de crédito e as outras despesas pago com cartão de crédito.

  17. Olá…

    tô meio apavorada com essa estória de tirar o visto…

    tenho as seguintes dúvidas em relação ao preenchimento do formulário, se puder me ajudar fico mto grata:

    1- em 2000 ou 2001, não me lembro bem, tive meu visto não concedido ou negado, não sei ao certo se é uma coisa ou outra pq não carimbaram nada nele (também não me lebro o motivo, só me recordo que o consul falou q eu deveria conhecer outros países primeiro). Eu não tinha um salário bom, fazia faculdade. Vou tentar tirar agora em março/2012. Já se passou mto tempo, tenho q colocar já tive o visto negado? Em caso positivo, qual o motivo q tenho que colocar lá no campo onde devo justificar o porquê q meu visto foi negado? Que eu não comprovei vínculos fortes no Brasil?

    2- quando perguntam qual a renda mensal, eu tenho q colocar o valor bruto ou líquido? tenho um salário bruto de 4100,00 e líquido cai para 3500,00. E sou funcionária pública há oito anos, declaro imposto de renda, tenho veículo, não tenho imóveis, tenho aplicações na poupança. Meu marido é advogado e  não declara imposto. Ele tb tem um veículo e aplicação na poupança. No início de fevereiro ele vai começar a dar aulas numa universidade. O salário em torno de R$ 1.500,00. O que eu devo levar para comprovar uma renda dele como profissional liberal? Pq só 1500,00 eu acho pouco.

    Socorro!!!

  18. Olá,estou com dúvidas na parte de ‘Travel Information’,eu irei viajar com a família da minha namorada,então na parte ‘Are you traveling as part of a group or organization?’ eu devo colocar sim ou não?

    Tava pensando em colocar sim,e colocar ‘viajando com a família de (o nome do pai da minha namorada completo)’

    Ou será que coloco ‘não’ e colocar o nome da minha namorada,do pai dela,da mãe dela e da irmã dela…

    Qual você acha que seria a melhor opção?
    Obrigado

  19. Olá pessoal!

     

    Estarei indo tirar meu visto no inicio de Abril, mais quem esta custeando minha viagem é uma grande amiga da minha familia (quase da Familia) e todos eles ja tem Visto Americano. Gostaria de saber se no dia da entrevista eu tenho q levar os passaportes Originais deles ou somente uma copia???

     

    Obrigado!

     

    HENRIQUE MARINHO

  20. Olá! Obrigado pela materia, está sendo de grande ajuda! Porém tenho uma duvida. Eu trabalho com o meu irmão na loja de colhões dele desde q ela foi aberta, no meio de 2003. Porém, fui ser registrado só agora, em fevereiro de 2012, pois é. Na verdade pedi para ele me registrar ate pq tinha a vontade de ir pros eua. Só que minha entrevista é agora no final de março, e não possuo os 3 ultimos holerites e sou isento do imposto de renda. Como prosseguir nesse caso?

     

    Obrigado!

  21. Muito bom o blog! 
    Minha dúvida é a seguinte: sou recem formado e tenho uma sociedade com um amigo de faculdade, só que só temos um contrato entre nós de sociedade que tecnicamente não é uma razão social e algo do tipo..
    Eu sou registrado como Microempreendedor individual e tecnicamente trabalho como autonomo, emito notas fiscais e etc. Mas não tenho nada no meu nome (tenho 21 anos), e não tenho mais o vinculo com a faculdade. 
    Qual seria a melhor forma de provar que quero voltar?
    Viagem bancada por um familiar ou tentar com o que eu tenho mesmo, no caso meu CNPJ?

    Obrigado desde já! 

    1. Olá Filipe! Que bom que o blog está te ajudando na sua empreitada! Fico realmente muito satisfeito de ver as dúvidas surgindo por aqui, pois tirar o visto é um tema tão polêmico e cheio de dúvidas, que na medida do possível eu vou auxiliando a resolver.

      Pois bem, no meu caso exclusivo, eu levei os extratos bancários dos três últimos meses das minhas contas mas eles sequer foram vistos e tão pouco solicitados no ato da minha entrevista. Isso no meu caso! Veja bem o que eu estou lhe dizendo…, isso não é relevante se você consegue comprovar que tem vínculos aqui no Brasil, que não vai imigrar e que quer ir turistar por lá! Em caso de certas dúvidas eles podem até vir a solicitar que você comprove uma renda em espécie, mas no meu caso não aconteceu, e também não vi solicitarem pras pessoas que estavam por lá.

      Você já chegou a preencher o formulário DS160?

      1. Olá,

        Então, eu e minha namorada já preenchemos sim, está tudo certo para a entrevista, no DS160 informamos que nossa intenção é ficar 1 semana em Las Vegas, e realmente é, a minha dúvida é com relação ao dinheiro na poupança, se eles entenderão que é realmente sulficiente, principalmente pelo fato da minha namorada estar desempregada.

        Uma outra coisa, seria o fato do meu irmão estar estudando inglês lá há quase um ano, e por isso a minha razão também de ir visitá-lo, será que isso pode me complicar??? Eu informei no DS-160  que eu tenho um irmão lá como Não-Imigrante. Como devo proceder na entrevista, informar isso logo, ou esperar o Consul me perguntar?

        Bom, são essas as dúvidas, se souber alguma dica ficarei muito contente! 

        Desde já, muito obrigado!

  22. Olá, Meu nome é Victor tenho 17 anos e vou completar 18 em setembro, eu pretendo ir para Orlando em dezembro com meu cunhado e são duas situações:
    1ª: Eu tenho 17 anos e estudo em Supletivo em dezembro estarei portanto de férias,pretendo passar uma semana em Orlando e terei minha viagem custeada por minha tia que me deu de presente de 18 anos, queria saber se a escola,mesmo sendo em modo supletivo prova vinculo com o Brasil, minha tia que vai pagar a viagem tem casa,carro e uma boa renda e eu também tenho dinheiro na minha conta, uns 10 mil.

    2ª: Meu cunhado tem 19 anos e não trabalha nem estuda e a duvida dele é como ele pode arrumar um vinculo com o Brasil para poder ir, se ele for trabalhar eles vão alegar no consulado que ele não tem muito tempo de trabalho portanto não terá tempo o suficiênte de serviço para poder tirar férias para viajar…e ai o que ele pode fazer?

    Aguardo Resposta

  23. Eu gostaria de ir para nova orleans encontrar um amigo brasileiro que é casado com uma americana, o irmão dela que é americano ofereceu de escrever uma carta se responsabilizando por mim. Tenho 21 anos, tenho 1 filho, faço faculdade, não trabalho e dependo da minha mãe. Gostaria de passar uns dias lá nas férias do meio do ano. Qual a melhor maneira para conseguir o visto? Me ajudem!

  24. hola!!! tenho 21 anos, nao trabalho e nem estudo, moro com a minha vo q tem 77 anos, ela precisa de 1 pessoa q cuide dela e eu sou a unica q posso fazer isso, ela tem imoveis, aluguel e 1 boa renda mensal , ela vai pagar td pra eu ir para a disney sera q consigo o visto?/

    1. Olá! Seria legal você levar os documentos de quem paga a viagem, tal como qualquer comprovante de renda, registro de imóveis e bens, além é claro da declaração de renda devidamente em dias. Você também terá que mencionar que esta será a pessoa quem arcará com os custos da viagem no momento da entrevista e do formulário

  25. olá meu nome é Marcia tenho 22 anos ,não trabalho e ja me formei,estou tentando tirar o visto de estudante ,o que eu devo levar parar comprovar que eu voltararei a pais assim que eu terminar os estudos?

  26. Olá! Tenho interesse em tirar o Visto americano, mas tenho muitas dúvidas…

    Tenho 28 anos, 02 filhos, moro com minha mãe em um apto dela e aliás ainda dependente parcialmente dela também, estou no 3º semestre da faculdade. Trabalho registrada faz 07 meses em uma empresa com um rendimento de 800,00 e sou esteticista autônoma nos horários livres o que me dobra o rendimento citado acima. Minha tia mora no EUA há mais ou menos 16 anos e já se tornou uma cidadã americana ano passado… Não tenho bens em meu nome e não declaro imposto de renda.

    As dúvidas são: Encontrarei dificuldades com a minha condição? A empresa em que trabalho está tendo cortes, consigo declarar renda só com minha renda de autônoma, via contador? Facilita eu dizer sobre minha tia que mora lá?

    Muitooooooooo OBRIGADA!

  27. Olá! Tenho interesse em tirar o Visto americano, mas tenho muitas dúvidas…

    Tenho 28 anos, 02 filhos, moro com minha mãe em um apto dela e aliás ainda dependente parcialmente dela também, estou no 3º semestre da faculdade. Trabalho registrada faz 07 meses em uma empresa com um rendimento de 800,00 e sou esteticista autônoma nos horários livres o que me dobra o rendimento citado acima. Minha tia mora no EUA há mais ou menos 16 anos e já se tornou uma cidadã americana ano passado… Não tenho bens em meu nome e não declaro imposto de renda.

    As dúvidas são: Encontrarei dificuldades com a minha condição? A empresa em que trabalho está tendo cortes, se eu sair antes da entrevista, consigo declarar renda só com minha profissão de esteticista autônoma, via contador? Facilita eu dizer sobre minha tia que mora lá?

    SOCORRO… Me ajudeeeee, please!

    Muitooooooooo OBRIGADA!

    1. Olá Natália, obrigado por seu comentário.

      Bem, seria legal você levar um documento que comprove sua renda autônoma (no caso um DECORE). Basta procurar um contador e ele poderá fazer isso facilmente por você. Sobre sua outra dúvida, já que sua tia mora nos USA, e está legal por lá, então vale a pena mencioná-la no seu DS160, bem como solicitar uma carta convite dela, para que não tenha dificuldades na hora da entrevista. Recomendo também que você leve contigo os documentos que comprovem sua outra profissão, juntamente com os três últimos contra-cheques. Caso sua mãe vai bancar pela tua viagem, então é importante também levar a carta de custeio, devidamente reconhecida firma em cartório, para comprovar que ela quem vai pagar todos os seus gastos. Acho que é isso…, volta aqui depois que conseguir o visto pra contar pra gente como foi? Abração, boa sorte e BOA VIAGEM!

  28. Já ia me esquecendo… Devo levar uma carta de custeio da minha mãe??

    Ela já tem o visto americano e declara imposto de renda…???

  29. Boa noite!

    Minha esposa e eu vamos tentar o visto para fazermos uma viagem à Disney (só nós dois, por conta própria – sem agências ou guia).

    Podemos fazer a entrevista juntos?

    Ou cada um faz separadamente?

    Seria bom se fizéssemos juntos, pois ela não fala nada em Inglês (isso pode atrapalhá-la?).

    Obrigado!

    1. Olá Paulo, tudo joia? Mto obrigado por seu comentário!! Sobre a sua dúvida é o seguinte: como vocês são casados, você deverá especificar no DS160 que vocês farão a viagem juntos. Na hora da entrevista (caso necessário), vocês também irão juntos, e é assim a forma mais interessante, pois a viagem de vocês será em família.

      Sobre a sua esposa não saber falar inglês, não se preocupe, isso não é uma exigência e não vai atrapalhar vocês a tirarem o visto para os Estados Unidos.

      Se tiver mais dúvidas não hesite em voltar aqui pra podermos te ajudar ok!? Ahh…, e ao conseguir o visto, favor voltar aqui também para contar pra gente como foi viu!?

      Abração, boa sorte e BOA VIAGEM!

  30. Olá, sou o Victor e estou de volta, agora com mudança de planos, meu cunhado decidiu não ir mais e eu irei sozinho, uma agencia de viagens de Belo Horizonte declarou que não posso viajar se não tiver idade igual ou superior a 18 anos sem uma permissão dos pais ou responsáveis, primeiro queria saber se isso é verdade e segundo quero saber se eles pedem a matrícula da escola ou se pede por exemplo: Frequencia, boletim ou coisas do genero?
    Segundo que queria saber o seguinte, minha tia que vai pagar a viagem não vai viajar comigo, ela precisa comparecer no consulado comigo para provar que vai pagar ou uma carta com firma reconhecida em cartório já é o suficiente?
    Terceiro, se precisar de uma permissão da minha mãe ainda que eu seja maior, ela tem que comparecer comigo no consulado Norte Americano?

    Aguardo Resposta; Obrigado!

    1. Olá Victor, que legal ver mais um comentário seu por aqui!

      Realmente você vai precisar de um documento que comprove a sua liberação por parte dos seus pais. Caso não queira isso em hipótese alguma, você pode ainda pedir a sua emancipação em qualquer cartório, mas mesmo assim um responsável por você deverá aprovar essa ação.

      Caso você vá viajar a estudos, então antes de tirar o visto deve fazer a negociação com a escola estadunidense que vai te receber. Eles devem te mandar uma carta, que deverá ser apresentada no ato da sua entrevista na Embaixada dos EUA.

      Já que é a sua tia quem vai pagar pela viagem, você deve também mencionar isso em seu formulário DS160 e inclusive solicitar que ela lhe repasse alguns comprovantes de renda (e declaração do imposto de renda também) para que você possa justificar isso no ato da entrevista. Acredito que ela não precisará estar presente com você quando da entrevista, mesmo pois este é um processo individual e não deixariam ela entrar no Consulado para lhe acompanhar.

      Acho que é isso. Lembre-se, a entrevista é individual, não precisa levar nem a sua mãe e tampouco sua tia para comprovar seus meios de viagem. Espero que tenha conseguido esclarecer suas dúvidas. Vale a pena também dar uma estudada mais profunda no site da Embaixada dos EUA, para que não fiquem dúvidas…, e já sabe, qualquer novidade volte aqui para contar pra gente 😉 Abração!

  31. Olá! Adorei o seu blog e suas dicas!

    Bom é o seguinte: Prentendo viajar para os EUA de dezembro 2012 com meu namorado e mais um casal. Quem vai pagar toda a minha viagem é o meu namorado. Sou estudante de direito e termino meu curso esse ano. O que eu poderia fazer para diminuir o risco de ser negado o meu visto e do meu namorado?

    Meu namorado é brasileiro, mas trabalha em outro país. Eu tenho minha colação de grau em janeiro e baile 2 de fevereiro. Será que eu lavando o comprovonte de pagamento do baile ajudaria?

    Desde já agradeço! 🙂

    1. Olá Fabiane, tudo joia?

      Obrigado por sua visita ao blog e por seu comentário! Vamos às suas dúvidas:

      Você deve levar os documentos básicos necessários para você, tal como algum comprovante de renda (se tiver) ou ainda a declaração anual de renda que você faz para a Receita Federal.

      O seu namorado deve também se apresentar na embaixada e levar algum comprovante de renda do trabalho que ele tem vínculos, mesmo que seja em outro país. Caso ele tenha declaração de renda (por ser brasileiro), ele também deverá apresentar esse documento.

      No ato do preenchimento do formulário DS160, você deve indicá-lo como o responsável financeiro de sua viagem. É legal também que vocês tirem o visto juntos, já que a viagem será realizada em casal.

      Acho que é isso…, tem mais alguma dúvida? Caso sim, basta comentar novamente, se não é só voltar aqui pra contar o seu sucesso depois 😉 Abração e ótima viagem aos EUA

      1. Na verdade eu só estudo e nunca declarei imposto de renda, por não ser necessário no meu caso. Será que isso terá alguma influência? Eu e meu namorado vamos tirar o visto no mesmo dia.

        Obrigado pela resposta! 🙂

    1. Olá, obrigado pelo comment…

      Acho que eles devem confirmar se realmente você fez a declaração do ano corrente. Isso comprova vínculos com a sua nação, desde que não tem motivos para omitir sua renda da Receita.

      Em caso de as outras folhas serem relevantes, com informações que valem a pena ser demonstradas, então não há motivos para não levá-las, não é mesmo!?

      Abração!!

  32. Eis-me aqui denovo querendo saber mais algumas coisas, não me leva a mal por tantas perguntas… Só não quero ter nenhuma dúvida no dia da entrevista. Quero saber se alem da minha tia que vai pagar a minha viagem ter que declarar o imposto se eu preciso declarar isenção do imposto tbm???

  33. Meu nome é gabi, eu sou estudante,nao declaro renda nem tenho imoveis ou veiculos em meu nome. quero viajar para disney com meu namorado no fim do ano. Como faço com a questao de documentos??? e será que eu comprar a passagem antes de conseguir o visto tambem corro riscos? eles tem esse acesso? É q encontrei uma promoçao legal. Obrigada e aguardo uma ajuda!!!!

  34. Boa noite Luiz Jr. Li sua matéria e fiquei com dúvida em uma coisa, primeiro preenche o formulário ds-160 ou começa o processo de agendamento da entrevista?

    Obrigada

  35. Luiz, outra pergunta, eu que vou custear minha viagem, só que sou estagiária e recebo 785,00 por mês, mas tenho em minha conta um bom valor para fazer uma viagem de uma semana, eu não declaro renda, como vou mostrar a eles que tenho dinheiro suficiente para custar minha viagem?

    1. Olá Jade! Obrigado por sua visita e principalmente por seus comentários!

      Sobre as suas dúvidas vamos lá:

      1 – é legal que você leve comprovantes da sua renda, que podem ser extratos bancários (costumam pedir até 3 meses anteriorees) e as faturas do seu cartão de crédito, isso pois eu também recomendaria que você levasse por precaução o seu contrato de estágio, que comprova que você tem vínculos com o país e também uma receita financeira.

      2 – Sobre sua dúvida com relação ao formulário ou agendamento, eu recomendo a leitura deste post aqui ó -> novidades na obtenção do visto para os EUA

  36. Luiz outra pergunta… rsss Não tenho bem nenhum em meu nome, tenho como levar documentos dos meus pais? Tipo declarando que tem carro, casa propria, que meus pais tem empresa e etc, queria declarar meus vinculos com o Brasil mas tá difícil, para completar meu estágio assinou na minha carteira de trabalho que meu contrato acaba em janeiro, só que todo estágio tem contrato com poucos meses e eles sempre renovam, vou levar declaração da faculdade e do curso de inglês, só que acho que isso não é suficiente para comprovar meus laços aqui, tem outros tipos de documentos que eu poderia levar? To desisperadaaaaa

  37. Olá Luiz Jr. a alguns meses venho acompanhando seu blog e finalmente ta chegando a hora, minha entrevista é daqui a 20 dias e estou aqui pra dizer que assim que eu fizer a entrevista voltarei para contar com detalhes como foi, me desejam sorte?!?!

      1. estou LOUCO para voltar e relatar como Foi, Obrigado Luiz Jr. por ter me ensinado tanto aqui e por me dar essa força… Confiem galera, todos nos vamos conseguir!

  38. Bom dia! Sou estudante e recebo um pequena bolsa na universidade federal que estudo. fui convidado por um amigo para passar 1 semana nos EUA a turismo (junto com sua família), custeado pelos pais dele. É possível fazer a declaração de custeio por terceiros (sem ser parentes)? Meus pais são de baixa renda, sendo assim não fazem a declaração de IR.

    Agraço antecipadamente.

    Daniel.

    1. Olá Daniel!

      Obrigado pela visita e por seu comentário!

      Bom, creio que não há problemas em outra pessoa custear a sua viagem! A questão é como você vai comprovar isso! Você deve pegar uma declaração formal desta pessoa, com reconhecimento de firma em cartório, comprovando que ela disponibilizará os recursos para você viajar. Vale a pena também levar algum comprovante de renda dessa pessoa. Você também deve fazer o DS160 indicando que vai viajar com esse grupo e de preferência pegue antecipadamente os dados da viagem (local, hospedagem, passeios etc..), e vá na fé meu companheiro! 

      Volte aqui para relatar posteriormente a sua experiência ok!? Grande abraço e antecipadamente já desejo BOA VIAGEM!

  39. Luiz, bom dia!
    tenho diversas dúvidas sobre a viagem para os USA..
    mas, não dá pra tirar todas por aqui, se você tiver um e-mail pra poder conversar mais facilmente, eu agradeceria!!
    enfim, vamos ao que importa..
    vou pros USA, em março/2013
    Orlando/NY/San Diego/LA

    vou levar cerca de 10.000 dólares.. (aprox 20.000 reais) e queria saber se vou precisar declarar mesmo se todo esse dinheiro estiver no cartão pré pago do câmbio..
    e se o governo vai chupar uma quantia desses meus 10k dólares..

    outra dúvida, é:
    o que você recomenda?
    cartão pré pago, levar em especie, ou meio a meio?

    1. Olá Felipe, obrigado pela visita e por seu comentário!

      Muita gente aparece com dúvidas parecidas com as suas – questão de grana, quanto levar, como e principalmente sobre esse lance da tributação de altos valores.

      O que eu faria – gosto de ter várias fontes de grana em uma viagem, justamente para não ter problema se uma delas falhar. Se precisasse levar R$20k aos USA, eu levaria picado da mais variada forma possível…, tentaria dividir entre VTM (tipo uns 60%), cash (uns 20%) e ainda deixaria outros 20% em espécie na conta bancária para saques diretos via ATMs (por mais que eu odeie essa opção, ela ainda é mto útil).

      Fazendo assim você não precisaria declarar que está entrando com U$10k nos USA e teria suas fontes de receita estáveis para toda a viagem 😉

      BOA VIAGEM e não esqueça de voltar aqui pra contar pra gente como foi a sua trip! 😉

      1. Certo, agora ficou bem melhor (:
        e sobre o DS-160, tenho que colocar o endereço dos hoteis em que vou ficar, certo? 
        PORÉM, temos um problema aqui..
        ainda não terminei de pesquisar os hotéis em que vou ficar.. o que eu faço então?

        1. Coloque um que você pesquisou. Isso é só para ter a certeza de que você vai ficar em um hotel. Muitas pessoas preferem ficar na casa de locais, parentes ou conhecidos, creio que é para isso que eles solicitam. Na minha experiência citei um hotel que fiz uma cotação, mas na realidade fiquei mesmo hospedado em outro hotel. 

  40. Luís, meu caso é meio complicado mas veja se tem saída: eu quero pegar um visto de intercambista para fazer um curso de ingles junto ao ccaa escola de linguas, com duração de 30 dias, mas o cara da agencia de turismo disse que não tem jeito por que: morei a vida inteira com a minha avó, não converso com a minha mãe e ela mora longe daqui, e meu pai mora na cidade mas não tem renda o suficiente. minha avó tem imóvel, 2 carros, e recebe aluguel de mais ou menos 2700,00 por mês de um imóvel que era do meu tio que morreu, mas a renda vem pra nós, e este ainda não está no nome da minha avó. e ainda recebe a aposentadoria de 1 salário mínimo. eu estudo numa faculdade federal, faço as aulas inglês, trabalho de carteira assinada com 1 salário. tem chances de pegar? e quais documentos devo levar? o cara da agencia de turismo disse que eles vão pensar que o dinheiro que vem pra conta da minha avó é de alguém que está morando nos EUA, e quer me levar p morar lá tbm. tem chance?

  41. Olá, achei seu site e adorei rsrs

    Me ajude, pela caridade (nordestinês) kkkkk

    Quero ir para Miami, tenho uma tia legalmente lá e ela irá custear minha viagem, meu marido tbm vai comigo mas irá pagar as despesas dele, como vamos ficar na ksa dela é óbvio que teremos menos gastos, o senhor acha que seria necessário dizer que ela vai me custear ou seria melhor dizer que é meu marido que vai pagar toda viagem, já que seria mais gastos com relação a passagem e compras rsrs. Me dê uma luz rs. Penso que se eu disser que ela vai custear, terei que levar vários documentos dela. Vi o modelo de uma carta convite e diz que a pessoa vai custear a outra, poderia ser contraditório ao que eu digo no formulário que meu marido quem vai custear, resumindo tudo…o que devo fazer?

  42. Ola..
    queria uma ajuda sua, por favor.
    Gostaria de saber se a declaracao de imposto de renda ‘e indispensavel.
    Vou viajar com a familia do meu namorado e ele vai custear a minha viagem, porem como sao documentos muito intimos, queria ver se existia a possibilidade de nao levar a declaracao de imposto de renda. Somente extrato bancario, declaracao de bens e da empresa.

     

    Obrigada

  43. Olá Luiz Jr. Sou o Victor voltando aqui depois da entrevista pra contar como foi:
    Bom pessoal eu fui para BH para o CASV, cheguei la 1 hora antes do meu horário e eles me atenderam, Dica; Podem chegar antes porque eles atendem por ordem de chegada, logo a mulher carimbou o meu comprovante e me mandou pra uma cabine, todos extremamente simpaticos e doces, quando cheguei na cabine a mulher me pediu pra colocar as mãos pra baixo e permanecer reto para a foto, deopis de pé, ela me pediu para colocar os quatro dedos da mão esquerda exeto o dedão, a mesma coisa com a mão direita, e depois os dois dedões juntos, assinou no carimbo a data e REGULAR, e fui para o Rio, cheguei no consulado 30 minutos antes da entrevista e logo entrei, entregamos o passaporte para uma mulher em um balcãozinho e ela nos manda para um fila (sentados) para esperar a entrevista, estavam entrando de 4 em 4 pessoas, quando chegou a minha vez ela mandou eu ir com mais 3 pessoas e virar a direita, quando virei tinha outra fila e as cabines da entrevista, quando chegou a minha vez (Gente a entrevista não é nada de 7 cabeças não, super tranquila e SIMPLES) eu me aproximei e a mulher me fez as seguintes perguntas:

    Agente:Oi
    Eu: Oi
    Agente:Tudo bem?
    Eu:Tudo
    Agente:Vai pra onde?
    Eu: Orlando
    Agente: Ja conhece os Estados Unidos?
    Eu: Não
    Agente: Vai sozinho?
    Eu: Não, vou com uma agencia de turismo
    Agente: O que vc faz?
    Eu: Estudo, curso o ensino médio
    Agente: Uma pessoa vai pagar a sua viagem! Quem é essa pessoa?
    Eu: Minha tia
    Agente: O que ela faz?
    Eu: Assistente de Delegacia Sindical
    Agente: Vc me empresta o imposto de renda dela?
    Eu: Sim, aqui esta também a carta custeio
    Agente: Infelismente você não se encaixa nos padrões para ter um visto de não imigrante, tenta em uma proxima oportunidade quem sabe empregado!
    Eu: Ok, Obrigado!

    Bom gente pra mim não deu, fiquei triste mais não fui mal tratado em momento nenhum, foi tudo muito tranquilo mas fica a dica, se você tem 18 anos e seu unico vínculo é o estudo regular não tente, procure mais vínculos porque esse não é o suficiente, daqui 1 ano tentarei denovo porem em Brasilia dessa vez!

    Espero que tenha ajudado de alguma forma com a minha experiência, ficou a imprenssão de que são Muito Educados e que a entrevista é SUPER SIMPLES!

    Mesmo assim Obrigado pelas Dicas do blog! Até daqui 1 anos gente!
    #FUI

    1. Olá Victor! Agradeço por seu relato! É interessante ver o tratamento que o pessoal recebe, sempre são muito cordiais, gentis e só estão realmente dentro do direito de exercer o trabalho deles. Com certeza no futuro vai ter chances visto que só negaram por conta de você não ter vínculo empregatício aqui no Brasil. 

      Agradeço muito por ter se orientado pelo blog e estaremos sempre aqui a disposição para compartilhar os seus momentos em busca de uma BOA VIAGEM! 😀

  44. Olá Luiz Jr. Sou a Mariane , bem meu namorado tentou tirar o visto hj e foi negado . ele e universitario e faz estagio, nao possui veiculo nem imovel, outra coisa a mae dele mora em miami ja tem uns 8  anos , vc sabe o que influencio pra ter sido negado ?? e se colocar que e uma viagem de namorados ficaria melhor???? por que vamos juntos, mas nao sei se seria legal dizer isso .quanto tempo ele pode entrar com o pedido novamente?? 

    Eu vi otimas dicas aqui e vou passar para ele !!! 

    Aguardo resposta !!!!

    1. Olá Mariane! Obrigado por voltar ao blog e deixar o relato do que aconteceu com o seu namorado. Assim como vimos no caso do Victor Malvar, realmente eles fazem questão de que seus vínculos com o Brasil sejam declarados, e a melhor forma para isso é a declaração de renda anual, feita junto a Receita Federal, ela é a prova, mesmo que declare isento, que você possui vínculos com o país e não tem motivos para imigrar ilegalmente.

      Não posso lhe afirmar se o motivo da mãe dele morar nos EUA pode ter sido o resultado da negação do visto, mesmo pois para isso é necessário analisar o histórico da mãe dele, saber se ela realmente está com os documentos em dia por lá. 

      Ele pode entrar com o pedido novamente em um prazo médio de um ano (se não me engane, se sim, salve-me! :D) 

      Espero que o blog tenha ajudado com os detalhes básicos e para qualquer novidade não deixe de passar aqui e deixar o seu comentário.

  45. Olá, estou querendo fazer intercambio para Estados Unidos mas estou com medo de não conseguir o visto, pretendo fazer de 1 mes que será nas minhas ferias do trabalho meu salário é de 1.235,00 ! tenho na poupança  4.500,00 mas até janeiro que é quando pretendo terei mais ! acha que com esses valores consigo tirar o visto? terá facilidade entre o de turismo ou estudante???

  46. Olá li os comentários e sua respostas e vi que vocês dão ótimas dicas. Preciso muito do visto de estudante…vou para São Francisco ..vou me matricular na Kaplan por 2 meses curso intensivo…Tenho um relacionamento de 12 anos mas não fiz nenhum documento…meus pais não tem como comprovar renda…eu juntei o dinheiro para ir e tenho de saldo pra levar $10 mil…sou autonôma só tenho um contrato de sublocação de um consultório ..e posso fazer um decore..mas sempre fui isento na declaraçaõ de impoto de renda e meu noivo apesar de ter renda ..ter declaração do imposto..nós não somos casados…também estou a dois anos matriculada em uma escola de Inglês…o que eu faço me ajude quero mutio estudar inglês…

  47. Estou nervosa amanhã vou no casv, e minha entrevista com consulado é na segunda!

    Estou preocupada pois sou do lar, nâo trabalho, e meu nome sujo.

    Tenho um filho de 3 anos, mas não vai viajar comigo irá ficar com o pai e a avó, meu marido que vai bancar tudo ele tem uma boa situaçao financeira.

    Bom, o que acha? o que devo fazer? Que doc’s levar!

    Help!!!

  48. Olá Luiz, bom dia!

    Adorei o blog….

    Eu pretendo fazer uma viagem para Miami em 2013. Na verdade, é um cruzeiro que terá a duração de 5 dias e já foi comprado.

    Estou ciente que posso ter o visto negado. Mas, infelizmente não tive escolha.

    Atualmente, eu trabalho formalmente com carteira assinada e tenho outra renda como fotógrafa.

    Mas, ainda não declarei Ir pq. é recente estes 2 trabalhos. Começarei a declarar á partir do ano que vem.

    Pretendo fazer a entrevista em novembro, eu tenho a movimentação da minha conta corrente em torno de 3.000 por mês.

    Queria saber se poderia apresentar os extratos dos 3 últimos meses da conta corrente, a carteira de trabalho e os 3 últimos holerites?

    ou só vai para usa quem tem Ir declarado?

    Não possuo carro, nem imóveis em meu nome ainda.

    Será que tenho chances? Por favor, me ajude!

    Tks

     

     

  49. Tenho 18 anos, faço curso pré-vestibular, não trabalho. Ganhei uma viagem para a Disney do meu irmão, ele é farmacêutico e trabalha para o município há alguns anos, ele tbm pretende pedir o visto, pois faremos a viagem juntos. Possuimos um imóvel em nosso nome, contas no banco, mas nossa mãe tem uma renda baixa. Gostaria de saber se eu e meu irmao temos chances de conseguir o visto. Podemos fazer a entrevista juntos? Se sim, seria melhor juntos ou separados? Quais os documentos necessários?. Desde já agradeço.

  50. Pessoal, o prcesso para obtenção de visto está bem mais tranquilo. Semana passada eu tirei meu visto b1/b2, a entrevista nao durou mais q 2 minutos, nao pediram qlq documento (mais eh sempre bom levar).Tirei no Rj, no dia q fui tinham umas 15 pessoas e eu só vi pedindo Docs para comprovação a 1 pessoa os demais tbm nao mostraram nada.

    Para terem ideia, tenho 28 anos, solteiro, desempregado e é a primeira vez q vou aos EUA para fazer uma curso de ingles de 2 meses.

    abraços

    1. Para complementar

      O tipo de visto obtido eh R classe B1/B2 entrada M com validade de 10 anos.

      Ah nao entendi tipo de visto R classe B1/B2, alguem sabe?

  51. Oi Boa tarde. minha duvida.

    Eu tenho um namorado americano que trabalha e mora no chile ele é engenheiro informatico, e eu moro no brasil e estou no 6º periodo do curso de direito, no momento eu não estou trabalhando, mas em janeiro vou comecar a estagiar no forum da minha cidade. Meu namorado esta querendo ir para os estados unidos em dezembro e quer q eu vou com ele..e ele vai pagar toda a minha viagem, como vamos ficar na casa do irmao dele ele me disse q ia pedir o irmao pra mim enviar uma carta convite, o meu namorado esta recente no chile e nao tem conta de banco ainda, e eu aki no brasil nao declaro imposto de renda..e nem minha mae..a minha mae é micro empresaria…mas nao declara imposto de renda. nao temos nada no nosso nome, eu tenho uma moto e estou em um processo de inventario pois meu pai é falecido. gostaria de uma ideia..de quais documentos juntar…pq se é o meu namorado que vai pagar minha viagem eu nao teria que provar renda da minha mãe…o que devo fazer..e outra coisa eu tenho duas viagens para o exterior para o chile que eu fiquei 1 mes..e para madrid..que eu fiquei 9 meses…esse tempo q eu fiquei em madrid me atrapalharia em alguma coisa…aguardo resposta…pleasee..

    1. Oi Jéssica, boa tarde e obrigado por sua visita e seu comentário! Este post está virando uma grande referência para as pessoas que querem tirar o visto justamente pela riqueza dos comentários! 

      Então vamos ao seu caso. Quem paga a viagem é o namorado, natural dos EUA, que trabalha no Chile. Então ele deve prover uma carta de custeio. 

      Sua mãe não vai influenciar nessa situação, visto que quem banca a viagem é o namorado. Como vcs ficarão na casa do irmão dele, então ele deve enviar a carta convite. Já são dois documentos.

      Você deve fazer um levantamento básico de documentos que comprovem alguma renda, tal como extratos de cartão de crédito ou de contas bancárias poderiam ser úteis. No mais são os outros documentos que são solicitados. Creio que não há muito o que tentar inventar, basta chegar lá e relatar a realidade. 

      Acho que é isso. Tem mais alguma dúvida?! Volta aqui para contar como foi?! 

      Abração e BOA VIAGEM!

  52. Olá,

    estou tirando meu primeiro visto de turista. Gostaria de saber quais as minhas chances de conseguir o visto nessas condições:

    -Sou estudante de ensino superior

    -Não tenho emprego

    -Outra pessoa vai custear minha viagem

     

    Que documentos preciso levar e quais as minhas chances de conseguir o visto?

     

    Muito obrigada!

  53. Morei nos estados unidos dos 16 aos 20 com meus pais, fomos com o visto b1 válido por 1 ano e ficamos por lá após o vencimento. Portanto moramos lá ilegalmente por 3 anos. Como eu havia começado o High School meus pais decidiram que iriamos ficar até que eu me formasse e assim que terminei voltamos embora ao Brasil.

    Voltei já fazem 3 anos, hoje estou com 23 anos, pretendo ir aos estados unidos com minha noiva visitar minha irmã e sobrinha de 9 meses que são cidadãs americanas lá..

    Eu trabalho, faço faculdade, tenho carro em meu nome. E minha noiva é autonoma, possui uma casa em seu nome.. Meu pai é quem irá custear nossa viagem e minha irmã irá nos enviar uma carta convite.. Meu pai nao declara IR porém tem um dinheiro suficiente para bancar nossa ida e estadia.

    Você acha que terei algum problema de tirar o visto por ter ficado lá ilegalmente mesmo que era menor de idade?

  54. Oi Luiz, tudo bem? Parabéns pelo blog 🙂

     

    Estou com algumas dúvidas que me geram insegurança ao tirar meu visto para os EUA pela primeira vez, apesar de ter lido todos os comentários aqui e em vários blogs. Mas como você é super simpático e responde os comentários, me senti inspirada a te escrever!

    Sou casada há 3 anos, tenho 26 anos e sempre trabalhei com carteira assinada. Porém faz 2 anos que saí do meu emprego fixo por motivos pessoais. Tenho um CNPJ com meu marido e outros 3 sócios, para poder fazer freelas e dar notas direitinho, QUANDO faço trabalhos assim. A minha renda não é fixa.

    Já o meu marido possui trabalho fixo (apesar de também ser sócio desse CNPJ que citei acima, e fazer tbm alguns freelas às vezes através dele) e ganha 7k de salário.

    Fazemos declaração de IR em conjunto. Antes disso, ele passou um período trabalhando como PJ e nesse ano ele foi declarado como meu dependente (quando eu ainda estava com emprego fixo). Agora a coisa inverteu.

    Resumindo… temos conta conjunta com 30k, moramos de aluguel, o carro é no meu nome, atualmente ele tem emprego fixo e eu não. Vamos juntos pra NY por 7 dias.

    No formulário DS-160, foi falado que eu sou dependende dele, pois sou dona de casa. Que ele tem emprego fixo e vai me custear. Marcamos entrevista juntos (família) para semana que vem.

    Acredita que assim está tranquilo conseguirmos o visto?

    Acha que tem a chance do meu marido conseguir e eu não?

    Acha que eu sendo dona de casa, mas fazendo às vezes freelas pelo nosso CNPJ é algo que devo mostrar? Pois sou sócia e o que cada sócio ganha é conforme suas notas emitidas. Nosso pro-labore é o salário mínimo apenas e os outros ganhos são considerados lucros, sabe?

    Isso não seria confuso?

    Obrigada!

  55. boa tarde!!!!!!

    ve se consegue tirar minha duvida, vou precisar viajar para os EUA pela empresa que trabalho, porem estou com meu nome sujo, isto impede a obtenção do visto.

     

    Paulo

    1. Olá Paulo!

      Obrigado pela visita e comentário! Não conheço neim um caso sequer de negação de visto por conta de alguma pendência no SERASA ou SPC, mas com certeza eles devem ter algum meio de comparar as informações enviadas e saber por exemplo a ficha criminal e acredito que até informações como o crédito na praça.

  56. Primeiramente, parabéns pelo blog!!!

    Estou com medo de não conseguir meu visto, trabalho na empresa do meu irmão há 1 ano e não tenho carteira assinada e recebo em especie (não tenho conta bancaria), quem irá pagar minha viagem é meu noivo.

    Quais documentos devo levar? já fechei meu pacote para o carnaval de 2013 e já tenho hotel e passagem de ida e volta, posso colocar no formulário?

    obrigadaaa

     

    Laine

    1. Olá Laine, obrigado pela visita e comentário! Sobre a sua dúvida é o seguinte: seu noivo, que vai orçar com os custos da sua viagem, deve ser declarado como o responsável financeiro por ela no ato do preenchimento do DS160. Você deve levar seus documentos pessoais básicos (como RG, CPF, comprovante de pagamento da solicitação de visto e afins). 

      Como você já fechou muita coisa então mencione tudo conforme foi fechado! Volte aqui depois para contar pra gente como ficou a sua situação?! Grande abraço, boa sorte e BOA VIAGEM!

      1. Muito obrigada pela resposta rápida…entrei em vários blogs e nenhum foi tão eficiente como vc!!! alias nunca tive resposta de nenhum….Parabéns mais um vez.

        Seria interessante eu levar uma carta da empresa dizendo q trabalho lá? porque como é empresa da minha familia não tenho carteira assinada e nem contrato. E a carta custeio do meu namorado com os holerites e imposto de renda dele tb?….eu declaro isenta, mas mesmo assim levo meu IR?

         

        muitooo obrigadaaaa

        1. Olá! Obrigado por tudo! Nos esforçamos bastante para ser o mais práticos possível para quem viaja e se informa aqui com a gente. Eu acho que você pode até levar um comprovante não oficial de trabalho, mas não será solicitado. 

  57. Ola!!!

    Luiz Jr,

    Por Favor preciso de uma orientação, quero pegar um visto de turista porém a verdadeira  finalidade deste visto é para visitar a familia do meu namorado, nós queriamos casar aqui no Brasil porém irá demorar muito tempo para eu conseguir viajar. O que desejo saber é se no dia da entrevista devo dizer que vou ficar na casa dele e irei visitar seus familiares ou devo informar que vou ficar na casa da minha amiga que é casada com um americano? Obs : Faço estágio num Banco porém meu contrato termina no final do ano, tenho uma quantia depositada na minha conta poupança e também termino a faculdade no final desse ano porém a tese de conclusão do curso será apresentado em Abril ou Maio de 2013. Você acha que tenho chançes de conseguir o visto de turista nessas condições? Muito obrigada por sua atenção.

  58. Oi, encontrei o seu blog por acaso, mas achei muito legal e resolvi esclarecer uma duvida com voce. E o seguinte, tenho registro em carteira de R$1200,00 fixo, mas na verdade ganho R$5000,00, e o famoso por fora. Declaro IRPF, mas isento. No formulario ds-160, ao preencher salary com R$5000,00 vou ter problemas?

    1. Olá amigo, obrigado pelo comentário e visita ao blog. Sua dúvida é bastante interessante! Acredito que o Consulado tem acesso aos dados da Receita Federal, mesmo por motivos de segurança, então eu acho louvável você preencher com o salário declarado. 

  59. Olá boa noite, tenho muitas dúvidas em relação ao visto, bom pra começar eu sou solteira, tenho 2 filhos, moro com meus pais, não tenho nada no meu nome( casa, carro, etc…) funcionária publica municipal, trabalho como agente comunitária de saúde, meu salário bruto é de 995,40 mas com os descontos cai para 915,77 livre, e meu contrato deste serviço vai até março de 2013. Tenho uma outra renda de cabeleireira pois trabalho em minha casa e atendo tbm nas casas das clientes e ganho em torno de 600 reais mensais, as vezes até menos pois trabalho como cabeleireira aos sabados e domingos ou qdo estou de folga no serviço. Não tenho como comprovar essa renda de cabeleireira, a não ser com comprovantes de gastos (cartões de credito, extratos bancários). Penso que minha renda seria muito baixa pra conseguir o visto, será que vou ter problemas com isso? Uma outra questão é se caso eu conseguir é o lugar onde ficar, eu namoro um americano que reside na flórida e no caso eu iria ficar na casa dele, será que teria problemas em falar que eu vou pra casa dele ou eu devo falar que vou pra casa de um amigo do meu pai? estava pensando em pedir uma carta convite para ele, estou com medo de negarem por causa disso…  

  60. BOM DIA. ESTOU COM UMAS DÚVIDAS, GOSTARIA QUE ME AJUDASSE.

    PRECISO TIRAR O VISTO CANADENSE, VOU VIAJAR COM MEUS PAIS E MEU NAMORADO EM DEZENBRO PARA PASSAR UMA SEMANA LÁ, VISITANDO MEU IRMÃO QUE ESTÁ FAZENDO INTERCÂMBIO E VOLTARÁ SÓ EM ABRIL DO ANO QUE VEM.

    EU SOU ENGENHEIRA CIVIL, SAÍ DA ÚLTIMA EMPRESA QUE TRABALHEI EM JANEIRO DESTE ANO. E AGORA TRABALHO COMO AUTÔNOMA. FAÇO PROJETOS PARTICULARES, MAS NUNCA EMITI SENHUMA NOTA. ACABEI DE ABRIR UMA EMPRESA, POIS PRETENDO ME CREDENCIAR NA CAIXA ECONOMICA, MAS PO ENQUANTO AINDA NÃO MOVIMENTEI NADA NA EMPRESA, NÃO TENHO TBM NENHUM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, SÓ MESMO O CONTARTO SOCIAL.

    DIANTE DISSO, COMO EU PODERIA PEDIR O VISTO? SERIA MELHOR FALAR QUE MEUS PAIS ESTÃO CUSTEANDO A VIAJEM? NA VERDADE SÃO ELES MESMOS QUE VÃO PAGAR. MAS AINDA ASSIM, TENHO DÚVIDAS. MESMO ELES FAZENDO A CARTA CUSTEIO E TUDO MAIS, COMO EU PROVAREI MAIS VÍNCULOS COM O BRASIL. ALÉM DISSO TENHO UM CARRO NO MEU NOME. E NOSSAS PASSAGENS DE VOLTA JÁ ESTÃO COMPRADAS.

    COMO EU DEVERIA FAZER?

    OBRIGADA

  61. Ola, gostaria de tirar algumas duvidas, pois estou muito apreensiva. Tenho 44 anos e ja estive nos estados unidos por 3 vezes, inclusive ja obtive visto de 10 anos. So que na epoca era funcionario de um banco e tinha carro. Hj, trabalho com aulas particulares de matematica e vou declarar meu imposto de renda. Comprei em 10x um pacote para Las vegas com minha mãe e vamos juntas passar meu aniversario la. Tenho dois filhos dependentes, uma uniao estavel de 15 anos  e uma conta de poupanca aberta recentemente. Pretendo colocar uma boa quantia ate o momento do visto, levar cartao de credito internacional, a declaracao do IR e as passagens de ida e volta pagas. Quais sao minhas chances?

  62. Olá, estava lendo aqui os comentários e as respostas e já me ajudou bastante..!!!

    Só estou com uma dúvida, vou para os EUA com meus pais, só que eles moram em SP e eu no RJ, seria melhor eu tirar o visto com eles?!!! ou sozinha aqui no Rio?. Pq no caso o meu pai que irá pagar a minha viagem.

    Aguardo contato

    Parabéns pelo Blog..!!!

  63. Boa tarde,Luiz

    Li os varios comentarios e gostaria de esclarecer uma das minhas duvidas.O 1* doc que podem pedir na entrevista é a declaraçao de IR,mas sou isenta,o que posso fazer neste caso?

     

  64. Estou com dúvidas para preencher o formulário….

    Por exemplo, ganho 1200,00 fixo na carteira e o por fora.

    Como faz? se vc coloca que ganha 1,200 no formulário, eles vão negar.

    o que fazer? Posso por a somatória dos 2 valores e levar a comprovação dos valores á parte?

  65. Olá, sou estudante de pós-graduação e presto serviços para uma empresa, onde recebo somente uma ajuda de custo. A empresa irá dar uma carta informando minha situação, mas a minha dúvida é: Preenchi o DS-160 informando minha principal ocupação como estudante, eu devo mencionar que também faço um trabalho com ajuda de custo e colocar o valor dessa ajuda no campo que pergunta meu salário? Ou deixo somente como estudante e falo no dia da entrevista caso perguntarem? Agradeço.

      1. Mais uma dúvida, uma amiga vai comigo, eu devo especificar no campo de viagem acompanhado? Ela vai tirar o visto no mesmo dia que eu.

  66. Olá Luiz Jr boa noite, quero viajar para os EUA como turista e sozinha, mais precisamente na Florida mas tenho muitas dúvidas em relação ao visto, bom pra começar eu sou solteira, tenho 2 filhos, moro com meus pais, não tenho nada no meu nome( casa, carro, etc…) funcionária publica municipal, trabalho como agente comunitária de saúde, meu salário bruto é de 995,40 mas com os descontos cai para 915,77 livre, e meu contrato deste serviço vai até março de 2013. Tenho uma outra renda de cabeleireira pois trabalho em minha casa e atendo tbm nas casas das clientes e ganho em torno de 600 reais mensais, as vezes até menos pois trabalho como cabeleireira aos sabados e domingos ou qdo estou de folga no serviço. Não tenho como comprovar essa renda de cabeleireira, a não ser com comprovantes de gastos (cartões de credito, extratos bancários). Penso que minha renda seria muito baixa pra conseguir o visto, será que vou ter problemas com isso?  O q devo colocar na minha ds 160 o meu salario bruto ou livre, tenho q colocar a soma dos dois salarios juntos.  Uma outra questão é se caso eu conseguir é o lugar onde ficar, eu namoro um Americano que reside na flórida e no caso eu iria ficar na casa dele, será que teria problemas em falar que eu vou pra casa dele ou eu devo falar que vou pra casa de um amigo do meu pai? estava pensando em pedir uma carta convite para ele, estou com medo de negarem por causa disso…  

  67. Olá bom dia Luiz….

    Então, fiz um Decore da minha renda á parte como fotógrafa, sem nenhum problema.

    Foi super simples!

    Aí comecei a preencher o formulário… surgiu uma dúvida bem grande: No campo que vc preenche o valor da sua renda, se eu colocar o meu salário fixo pela empresa onde trabalho com vínculo empregatício, será muito baixa.

    Como que eu faço para juntar com a minha renda de autônoma?

    Eu coloco o valor total dos meus rendimentos e se eles questionarem, eu mostro o Decore?

    Tks…. abraços

    1. Bom dia Tati!

      Obrigado por seu comentário e sua visita ao Blog Boa Viagem. Você já respondeu a pergunta! hehehe 😀 Vai voltar aqui pra contar a  sua experiência na entrevista né?! Faço questão! ABRAÇÃO E BOA VIAGEM!

  68. que rápido…ahhaha

    Eu estou ficando crazy  com está história toda de visto… rsrsrs

    E eu num vejo a hora de voltar e dizer que deu tudo certo!

    valeu

  69. Bom dia.

    Tenho 30 anos, trabalho em uma empresa há 1 ano, não tenho registro em carteira e com meu salario declaro como isento. Meu chefe irá fazer uma carta dizendo que trabalho lá, o quanto ganho e dizendo que depois de 1 ano irei ser registrado e meu salario irá dobra. tenho bens em meu nome e uma poupança de 6 mil reais…quais as minhas chances de conseguir o visto? devo levar uma declaração da agencia dizendo que já fechei a viagem?

    obrigado

  70. Oi Luiz bom dia!

    Estou querendo ir para os EUA no ano que vem e estou com algumas dúvidas referente ao visto. Em 2010 meu namorado e eu tentamos mas negaram o visto pra gente…

    Trabalho de carteira assinada e meu namorado é autonomo e declara renda e tem conta corrente. Gostaria de saber a renda ideal que deveriamos ter para não precisarmos de carta custeio???

    Se caso a gente conseguir o visto, iremos viajar com meu tio e minha tia, e os dois já possuem visto a um bom tempo. Gostaria de saber se é bom preencher no formulário que estamos indo com os dois???

    Pretendo viajar em Junho de 2013. Qual seria a melhor data para fazer entrevista e qual consulado seria melhor???

    Agradeço desde já!!!

    Helga Luma

  71. Bom dia

    luiz veja se tenho chances..

    Sou micro empresario tenho 23 anos’fico com medo por ser novo eles fazer vista grossa e negar’ e ainda nao declarei IR , não possuo bens materias como carro/casa ainda etc.. mais possuo 2 contas bancarias e uma boa poupança..
    Ja meu pai desempregou a pouco tempo, está no seguro”isso conta como vinculo tbm no brasil”???, tabem está com uma boa grana no banco e bens materiais que aprox 300 mil, minha mae é empreededora individual e declara IR, porem não possui conta bancaria..
    queremos tentar o visto juntos , visto familiar está mais facil? vamos ser entrevistados juntos? uma taxa DS160 vai servir pra todos? quais ducumentos que sao exigidos para empresario? se eu tentar sozinho é mais dificil?  me explique por favor , obrigado.

  72. Boas,  òtimo blog Parabéns.

     

    Moro em são paulo casado, estou querendo viajar nas férias com minha esposa mas massachuster, boston.

    Situação:

    Eu, autonomo porem parado há cerca de 4 meses Por causa do Temido ‘TCC’com 1 empresa pretando serviços de técnico de informática só para não ficar zerado, sou sócio de uma empresa que não movimenta nada cerda de 3 anos, por esse motivo nao consegui abrir uma empresa de prestador de servios no caso T-I. tenho uma renda baixa cerca de 1k mês e mesmo assim eu declaro IR, tenho familia em boston legalizados. eu iria para lá.

    minha esposa, trabalha nos mesmo emprego a 7 anos profissão Tesoureira, ganha 3,5k mês, temos carro que eu comprei para ela e está no nome dela casa própria porem terreno apenas com contrato de compra&venda.

    tempo de estádia 15 dias. 

    Carta convite como funciona?

    meu vinculo no meu entender médio, por motivos de não gostar de trabalhar registrado já tive 2 problemas em que eu fui registrado, profissão de ti é muito ingrata si você trabalha na área deve entende.

    é issso ai!!!!!

     

  73. Olá, Luiz. Meu nome é Ruan.

    Minha namorada já comentou aqui quando eu tentei tirar o visto pela segunda vez, e agradecemos pela ajuda. A propósito, ela tirou o dela ontem, e foi muito fácil não pediram nenhum documento. Como o meu foi negado, vou tentar novamente, mas queria saber sua opinião sobre a minha situação.

     

    É o seguinte:

    Na primeira vez que tentei (2011), tentei junto com meu irmão, que é menor de idade. Iríamos só pra turismo, e ficaríamos hospedados com minha mãe que mora lá. O problema é que ela foi pra lá pra trabalhar, acabou ficando ilegal, mas agora já é residente permanente em processo de aquisição da cidadania. Acredito que tínhamos uma situação positiva, porque tanto eu quanto ele estudamos e eu estagiava na época.

    O visto foi negado e alegaram que eu não tinha fortes vínculos com o país.

     

    Tentei pela segunda vez em setembro passado. Dessa vez fui sozinho e disse que tinha perdido o contato com ela. Estou no sexto semestre da faculdade e continuo estagiando, além de ter levado um extrato bancário considerável. Eu disse que ia fazer compras, mas novamente meu visto foi negado por não ter fortes vínculos com o país.

     

    Apesar de dizerem isso, acredito que o que me impede é que minha mãe foi pra lá e ficou ilegal por um tempo. Se for realmente isso, como posso reverter a situação?

    Tenho alguns planos, mas o que você me diz sobre eles?

    -Minha mãe estará aqui no BR mês que vem, então ela poderá trazer os documentos dela provando que está legal lá (social security number e greencard);

    -Tentar em outro consulado que não seja o de BSB;

    -Usar um despachante.

     

    Qual desses poderia ter algum efeito? E você considera mais alguma opção?

    Valeu!

      1. Luiz , tudo bem ?? passando pra te agradeçer , pois foi muito facil na entrevista do meu visto nao requisitaram nehum documento, fizeram algumas perguntas mas so . suas dicas sao as melhores ate ! 

  74. Luiz, o que mais gosto aqui, e a rapidez e a atençao que voce dedica a todos os comentarios. Parabens e continue assim, ajudando muita gente. Um grande abraço.

  75. Luiz, estou praticamente devorando os comentários do seu blog pra ver se existe alguma situação parecida com a minha, mas enfim vou contar minha situação.

    Pretendo viajar pra disney no proximo ano, no caso eu e meu marido. Nós estamos em uma união estável a 7 anos, temos uma casa que está no nome dele (quitada), um carro (financiado), duas motos (uma quitada e outra não), todos esses bens estão em nome dele. Ele é funcionario público, e ate o mês passado, estava com a carteira assinada, porem a empresa perdeu licitação e dispensou os funcionários, agora ficará recebendo o seguro. No meu caso eu sou estudante de curso técnico, não trabalho, e quem vai custear tudo será meu marido.

    A questão é a seguinte, o salário referente ao emprego público que ele tem, é muito baixo (cerca de 1.200 reais) uma vergonha, pois ele estudou muito se formou e só ganha isso na prefeitura, mas voltando, o que vc acha disso tudo? Nós já temos o dinheiro para viagem, ele tbm declara IR todo ano. Será que temos alguma chance? O seguro dele é de +ou – 1.200 reais, e mais o salario da prefeitura. Vc acha que devemos tentar o visto agora? Ou esperar…?

  76. Olá Luiz, boa tarde.

     

    Coloquei no meu formulário que eu mesmo irei pagar minha viagem, mas na verdade quem irá me ajudar (alias quem irá pagar praticamente tudo) é meu noivo. eu ganho mto pouco e não declaro imposto de renda. como posso arrumar este erro? meu noivo irá me fornecer a carta custeio e todos os documentos dele, inclusive vou levar o documento da igreja para mostrar q estamos com o casamento marcado. (iremos eu, meu noivo e 3 amigos). será que terei problemas? quais dicas vc pode me dar para eu ter sucesso no visto…mtooo obrigada Luiz..abraços

    1. Olá Samanta, tudo joia contigo?

      Agradeço por sua visita e principalmente pelo seu comentário! Acredito que no seu caso possa ser mais interessante que realmente você receba a carta custeio do seu noivo e que no seu formulário ele seja referenciado como o financiador da viagem. Dessa forma você não vai precisar correr atrás de fazer uma declaração de renda e terá até mais tranquilidade no ato da entrevista (visto que fará com seu noivo). Eu particularmente já vi casos de casais que foram tirar o visto, que o marido era o responsável financeiro pela viagem e que a mulher sinceramente não precisou abrir a boca na entrevista 😉 Boa sorte, BOAVIAGEM e volte para contar como tudo aconteceu!

  77. Boa tarde meu amigo… na minha opinião o melhor blog sobre visto para os EUA.

    Vamos a dúvida…

    Tenho um filho em outro casamento.

    Eu tenho uma uniao estável à apenas 2 meses.

    Eu e minha esposa seremos entrevistados juntos?

    Queremos passar 1 semana em Orlando.

    Somos funcionários públicos, trabalhamos na prefeitura. Ela há 4 anos e eu há 2 anos e 6 meses.

    Eu ganho apenas 1450,00 reais e minha esposa 1200,00. Ela é auxiliar de serviços gerais, será que tem algum preconceito em relação ao cargo dela?

    Tenho uma moto, um lote e sou microempreendedor individual. Este tipo de empresa é isento de imposto de renda. Só envio, anualmente, para a receita federal quanto gerei no ano anterior. Como este documento enviado no final do ano provo o quanto a empresa gera no ano?

    Minha tia já tirou o visto para os EUA, funcionária pública aposentada, tem uma filho, carro e casa no nome será que é interessante que ela custeie minha viagem?

    Acho que por enquanto é isso…

    UM GRANDE ABRAÇO!

  78. Olá,

    estou com uma grande duvida.

    Estou desempregado a pouco tempo e minha esposa ( união estável ) trabalha numa grande empresa. 

    Ela ganhou duas viagens com direito a um acompanhante, uma para buenos Aires para agora e outra para a Disney. Onde será tudo totalmente custeado pela empresa. 

    Tenho apenas coisas mínimas em meu nome e além do mais estou com o nome restrito. 

    Temos um filhinho de 9 meses.

    te passei todas as informações para você poder me ajudar

    desde já agradeço!

    1. Acredito que o melhor a fazer é reunir o máximo de documentos que comprovem os vínculos que vocês possuem com o Brasil e ir para a entrevista com a certeza de que vai dar tudo certo!

      Assim como no comentário-relato que a Chronus deixou agora a pouco aqui no blog, o que mais vale a pena é contar a verdade, por mais que ela não seja das melhores, assim como no caso da experiência passada do seu namorado ao tentar obter o visto para os EUA. 

      Queria mencionar também que quero muito ver o desenrolar da sua história! Volta aqui para contar pra gente o que aconteceu?! 

  79. Olá Luiz!!!
    Seu blog é mto bom!!!Já peguei várias dicas. 🙂

    vou começar a preencher o formulário e gostaria de tirar algumas dúvidas.

    Na parte da profissão e salário: Nâo tenho carteira assinada e sou sócia, junto com meu pai, em uma empresa prestadora de serviços . Meu pró-labore é de um salário mínimo mesmo(R$622,00), ja que 31% desse valor vai para o INSS. Então coloco esse valor mesmo?? Se questionarem o valor baixo eu apresento extrato bancário??

    Como profissão eu escolho a opção ‘outros’ e coloco ‘sócia em empresa prestadora de serviços’??? (isso em inglês né?).

    Com relação aos vínculos com o Brasil: além de ser sócia na empresa, declaro IR, tenho casa própria, carro no nome do meu pai, conta poupança, corrente.

    O que vc acha…quais as minhas chances de conseguir o visto?

    Desde já, obrigada. 🙂

    1. Olá Juliana, obrigado pela visita e por seu comentário! Nos esforçamos bastante para fazer do BOAVIAGEM um blog de alto nível e de fundamental ajuda para quem está planejando a próxima viagem. Sobre as suas dúvidas é o seguinte:

      Não precisa se preocupar quanto ao valor baixo do seu pró-labore, desde que você é uma das responsáveis legais pela empresa, isso não influencia tanto na importância dos seus vínculos com o Brasil, o que importa é ter o pró-labore e levar com você a declaração de IR. A profissão é essa mesma! Sócia em uma empresa prestadora de serviços. Sobre os bens no seu nome é outra ótima forma de declarar seus vínculos com o país. Acredito que tem todas as chances, agora quero mesmo é ver você voltar aqui para contar pra gente como foi a entrevista 😀 Grande abraço, boa sorte e BOAVIAGEM!

    2. Obraigada Luiz!!!

      Esqueci de uma coisa: o recibo de pró-labore pode ser um recibo simples? (a minha contadora manda por e-mail).Pesquisei tanto sobre o visto e encontrei essa informação: ‘Declaração assinada pelo contador informando o pró-labore dos últimos 03 meses original e com firma reconhecida’. É isso mesmo???

  80.  

    Olá luiz, tudo joia? gostaria de saber se no meu caso uma carta convite da minha mae, seria uma boa altrnativa ??? 
    falei sobre outro consulado porque ja uovi falar que eles nao dao o visto em tao pouco tempo, depois por que podem ficar mal com o colega de trabalho , e ai  o qu vc acha ?? 

    Olá luiz, tudo joia?

     

    Comentei mais embaixo, mas acho que você não viu. Gostaria de saber se no meu caso uma carta convite da minha mãe seria uma boa alternativa. E a carta tem que ser registrada lá ou pode ser aqui?

    Falei sobre fazer a entrevista em outro consulado porque já ouvi dizer que eles não dão o visto se um colega já o negou. Procede?

     

    Valeu!

     

  81. Olá Luiz, parabéns pelo site.

    Luiz, tive meu visto negado (F1) no mês passado, vou tentar novamente este mês, pois já estou com a escola paga (7 meses) parte da acomodação e todas as taxas. na primeira tentativa eu apresentei documentos de um parente que mora no Japão dizendo que ele iria custear minha viagem, porém negaram o meu visto, não sei bem qual o motivo, só me entregaram uma carta (214b) dizendo que fui inelegível. Sou estudante e não trabalho, sai do meu trabalho no final de setembro. Desta vez coloquei meu pai como custeador, você acha que consigo desta vez? tem alguma dica que eu devo considerar? conhece casos de visto de estudante negado, e o desfecho??

    Obrigado.

    1. Olá César, tudo joia né?! Obrigado por seu comentário e sua visita ao Blog Boa Viagem. Não tivemos muitos relatos nesse post sobre visto para estudante, desde que a matéria fala sobre vistos para turistas, mas conheço várias histórias parecidas com a sua. O grande problema na sua situação, pelo que pude perceber por seu comentário, é o método no qual utilizou para comprovar a renda. Acredito que deve ser mais fácil conseguir caso seja um ente de sua família que esteja financiando a viagem. Tente com a ajuda do seu pai, acredito que dessa forma fica mais evidente seu vínculo familiar e o apoio do seu pai para o seu desejo de estudar nos EUA. Ah! E volte aqui para nos contar o que aconteceu! Abração e boa sorte!

  82. Olá Luiz! Muito legal o site, parabéns!

    Tenho uma duvida sobre o visto. Na verdade é sobre como proceder na entrevista e o que falar nesse caso. Vou fazer uma viagem para Miami/ Orlando à turismo, e ficarei lá por 15 dias. Trabalho com carteira assinada ha 2 anos, e farei a entrevista junto com o meu marido. É ai que tenho uma dúvida: no momento, meu marido não está registrado (ele trabalhava no mesmo lugar que eu, e tinha registro, mas aí deciciu sair, ficou 3 meses em outra empresa mas não deu certo, agora, ele voltou pra empresa em que trabalhava antes, mas ainda não foi registrado. Disseram que vão fazê-lo em Janeiro.). O que devemos fazer? Falar exatamente o que aconteceu, e dizer que ele voltou como ‘em experiência’? Ou declará-lo como autônomo? Estou com medo de o visto ser negado por esse motivo =/.

    Muito obrigada desde já!

    1. Olá Heloíze, tudo bem?! Obrigado por visitar e comentar aqui no BOAVIAGEM.

      Com relação a sua situação eu acredito ser mais eficiente se a empresa atual de seu marido tivesse condições de registrá-lo antes da entrevista. Na realidade, eles não vão solicitar a carteira de trabalho, mas necessitam compreender que vocês tem vínculos estáveis no Brasil e que podem pagar pelos seus 15 dias nos EUA. Acredito que se ele comprovar a estabilidade no trabalho, apresentando os últimos comprovantes de pagamento (sejam quais forem), e comprovar que trabalha de alguma forma na empresa atual, pode ser que a situação se tranquilize. O importante é ter em mente o que eles buscam: estabilidade financeira, comprovações de renda e vínculos com o país. Acredito que é mais ou menos por aí! Tem mais alguma dúvida? Estamos aí para ajudar!

  83. Bom dia Luiz,

    Amanhã é o grande dia prá mim… o dia d!

    Estou mto nervosa, acho uma sensação péssima, não sei se passaria de novo!

    Mas…. Vamos lá enfrentar o cônsul, pensar POSITIVO!!!

    BOA SORTE PARA TODOS E AMANHÃ EU VOLTO PARA CONTAR COMO FOI A MINHA EXPERIÊNCIA!

    1. Olá Tati! Que bom que voltou para compartilhar com a gente da sua ansiedade! Tenha calma mulher! É importante estar calma, tranquila e serena como um monge na hora da entrevista haha 😀 

      Estarei torcendo aqui por você viu! Volte para nos contar o que aconteceu! Grande abraço e MUITA BOA SORTE PRA VOCÊ! 🙂

  84. Olá Luiz….consegui meu visto, apesar da minha situação ser complicada não tive problemas, alias não pediram nenhum documento. Quando digo que minha situação é complicada é porque estou somente 9 meses na empresa, não ganho suficiente para declarar IR, sou solteira, e não tenho filhos. Fiz a entrevista familiar (apesar de marcar separados) e eu, minha tia e minha prima tivemos um ok.

    para minha prima ela perguntou onde ela trabalhava e se tinha parente nos EUA, para minha tia so perguntaram qtos filhos ela tinha, se era casada e se tinha parente nos EUA…para mim as perguntas foram em mais quantidade rs…perguntou qtos anos tinha, se fazia faculdade ou trabalhava, quem iria pagar minha viagem (apesar de colocar no formulário que eu msm iria pagar falei q meu noivo iria me ajudar, ofereci os documentos dele para análise mas ela não quis ver) perguntou com quem eu morava e se tinha parente nos EUA…somente isto, não pediu nada e foi muito simpática. 

    Estou muito aliviada… obrigada Luiz pela ajuda, foi muito importante para o sucesso do meu visto.

    abs

    1. AEEE!!! Fico muito feliz quando alguém volta para relatar a experiência e como o BOAVIAGEM ajudou na empreitada de tirar o visto para os EUA! Parabéns Samanta! Agora é aproveitar ao máximo das oportunidades que os destinos desse país tem para oferecer! Visite a nossa sessão que fala sobre os Estados Unidos para conferir os relatos das várias viagens que já realizei para esse lugar fantástico

  85. Oi Luiz, tudo joia? Tô na tensão pré-visto. Mas no meu caso tô aplicando para o Canadá. Eu sei que o post é relacionado aos EUA, mas na pilha que estou,  vi que vc respondeu os comentários de hoje e resolvi te tirar algumas dúvidas com vc.

    Bem, meu pai será meu custeador. Tenho o IR dele, os 3 últimos decore de 4 mil cada, contrato p/ empresa q ele presta serviços…E os extratos bancários de conta-corrente. O problema tah aí nos extratos. É que tipo AGORA não existe uma quantia razoável…porém tem uma boa movimentação de conta.

    Será que vou ter problemas? Vale a pena colocar mais outro custeador, já que para o Canadá pode?

    PS. Vou fazer curso de inglês durante 4 semanas. 

     

    Obrigada!

    1. Olá! Obrigado por visitar e comentar no BOAVIAGEM! É um prazer receber você por aqui! Bom sobre sua dúvida eu acho que isso é mais pilha por conta do momento que está se aproximando! Você parece ter todos os documentos e uma boa estrutura para fazer a viagem! No meu caso não solicitaram os extratos das minhas contas, eu até possuía-os, mas não foi necessário apresentar! Já ouvimos vários relatos por aqui também de pessoas que estavam muito preocupadas por conta de não possuírem uma conta corrente recheada, mas no fim das contas eles acabam não se preocupando com isso, mas acredito que focam na questão da renda. O importante é provar que possui renda e estabilidade no seu país de origem. 

      Acredito que é por aí! Com certeza terá sucesso absoluto no visto para o Canadá! Fica o convite para voltar e contar para o pessoal aqui como foi a entrevista! Grande abraço e boa sorte!

  86. Boa noite!

    Primeiramente gostaria de parabenizar pelo site… bem interessante!

    Agora vamos ao que interessa… =)

    Tive o visto negado ano passdo, na época não estava trabalhando pois havia deixado o emprego em 2009. Na época que tive o visto negado (2010) havia sido aprovado em um concurso mas ainda não tinha sido nomeado e ainda levei a cópia do diário oficial e mesmo assim não passei. Porém, não tinha nada no meu nome. 

    Atualmente, quero tirar o visto para viajar ano que vem, e sou funcionário público desde abril (8 meses). Pelo que lembre eu declarei como isento ano passado também, mas como estou trabalhando a 8 meses, em uma empresa pública, tenho um carro no meu nome, alguma grana na poupança. Hoje apenas 5mil.

    Será que consigo tirar o visto dessa vez?

    Tem alguma sugestão?

     

    Desde já agradeço.

  87. Olá Luiz….

    Estou super feliz de poder dizer que tive o meu visto aprovado hj.

    Chegou ao fim a minha tensão!

    O cônsul em si, não era mto simpático não…..serião!

    Ele me fez mtas perguntas, procurei ser clara e direta com ele! Senti que ele estava analisando realmente se eu estava sendo coêrente com as minhas resposta.

    Perguntas Nível 1:

    Bom dia, é o seu 1° visto?

    é Turismo?  Para onde? quantos dias?

    quem vai pagar a sua viagem? vc vai sozinha?

    vc conhece alguém nos Eua?

    Perguntas nível 2:

    Vc trabalha?

    Documentos: ele apenas me pediu o meu holerite! apresentei apenas 1….

    Perguntou o tempo que eu estava na empresa? ( gelei ) pq. estou a 3 meses e meio.

    Perguntou sobre o meu trabalho anterior…

    Perguntou se eu era formada…. no que?

    Em que área eu atuava?

    Eu disse que tbm era fotógrafa e ele perguntou qto eu ganhava nesta função, qtos eventos fazia por mês?

    Eu disse que ganhava x e era uma atividade recente!

    Perguntas nível 3?

    De novo, vc conhece alguém nos Eua?

    Como é o nome do cruzeiro que vc vai embarcar? qual Cia?

    quando eu já pensei: f… vai ser negado… Ele disse: para colocar os dedos da mão esquerda na caixa verde

    e disse: Seu visto foi concedido, boa viagem! ( frio )

    Vc acredita nisso? não foi simples mesmo… Ele me perguntou muitas coisas para ter certeza que eu não estava mentindo.

    Enfim, foi tenso… mas, valeu!  queria dar um beijo nele rsrsrsrs

    Luiz, tks pelas dicas que foi um super suporte para mim nesta jornada e boa sorte para todos.

     

  88. Olá,

    Já consegui meuvisto para os EUA, porém minha namorada está solicitando agora.

    É melhor informar que irá juntamente comigo, selecionando a informação ‘outros’ e levando meu passaporte juntamente com seus documentos?

    Desde já agradeço,

  89. Nós tivemos nosso visto aprovado recentemente também. Como nós somos noivos, não agendamos a entrevista juntos mas quando chegamos lá, a moça perguntou se era junto e eu respondi que sim. (hihihi) Acabamos entrando juntos na cabine, que aliás não é mais fechada então todo mundo escuta a sua entrevista. A entrevistadora nos fez 3 perguntas: onde nós iríamos, quando seria o casamento e quando foi que eu perdi meu passaporte. Não pediu nenhum documento, nada mesmo. E pronto! 🙂

  90. Olá Luiz, desde que decidi viajar aos EUA estou lendo tudo que aparece com o tema relacionado a visto americano! Vamos lá com a minha duvida, eu tenho uma amiga americana que mora em Maryland bem perto de Washington. Ela me enviou uma carta convite me convidando para ir à casa dela e na carta ela relatou ainda que me levaria a NY por que fica a 4 horas da casa dela. Na sua opnião esta carta convite me ajudará? Pois tenho medo de ter o visto negado, pois minha renda varia todo mês, trabalho como analista de creditos e ganho comissão. Os meus tres ultimos contra cheques que separei para minha entrevista na semana que vem estão com os valores variando entre 1.500 a 1.600. Estou morrendo de medo deles negarem por achar minha renda baixa. Eu ficarei apenas 7 dias lá! Me ajude por favor? Tranquilize meu coração??? rsrs Obrigada!

  91. Olá, casei no começo do ano e desde o ano passado meu esposo está morando na alemanha. Ele foi contratado para trabalhar numa empresa alemã na qual ele já trabalhava em uma das suas fábricas no brasil. Ele trabalha viajando muito e um dos países que ele costuma visitar é os eua. Estou me mudando para alemanha agora em dezembro e gostaria de tirar o visto para aproveitar quando ele for viajar eu poder passear e conhecer os eua como NY, Disney, Las vegas… O meu receio é que com esta minha mudança de país tive que tirar o carro do meu nome e só mantenho uma sociedade de advogados com minha prima, porém as minhas atividades profissionais já estão interrompidas e não tenho mais renda fixa, o meu esposo que irá custear nossa viagem. Juntei alguns documentos dele como visto alemao e dos eua, conta de luz do apartamento, comprovante de renda, mas está tudo em alemão. ´Também vou juntar uma carta de custeio dele mas será que tenho chances?

    1. Olá! Mto obrigado por visitar e comentar no BOAVIAGEM! Acredito que você tem boas chances, mesmo não tendo condições de comprovar vínculos e receita financeira, como seu marido vai ser o responsável pelos investimentos da viagem você pode ter ótimas chances de conseguir o visto. Acredito que é isso: basta reunir alguns documentos básicos, a carta-custeio e explicar os seus reais objetivos ao entrevistador com muita tranquilidade, não haveriam motivos para o visto ser negado. Gostaria muito de saber da resolução da sua situação, se puder voltar aqui em um breve futuro para complementar essa matéria informando sobre o resultado da sua experiência, então faria este blogueiro mais feliz 😀 Grande abraço e boa sorte! 

  92. Meu marido passou pela entrevista no consulado hoje, e tudo correu muito bem! Obrigada pelas dicas todas, no post e nos comentários, que foram muito bacanas no nosso processo de preparação para hoje! a única pergunta que ele ouviu: para onde vc vai, e na sequencia: boa viagem! Mas para que isso acontecesse, preenchemos a DS com muito cuidado, levamos todos os documentos possíveis e imagináveis e ele se manteve muito tranquilo. E realmente, estabilidade conta e muito. As pessoas que pasaram por uma canseira por lá, estavam com emprego novo ou com pouca renda comprovada.

    1. Eu só tenho a agradecer por suas experiências compartilhadas aqui conosco, afinal de contas são elas que enriquecem essa matéria a ponto de tantas pessoas serem auxiliadas e obterem sucesso! Agora fique a vontade para seguir as nossas publicações! Já temos dezenas de matérias sobre os EUA e muito em breve voltaremos para conhecer a costa oeste! Grande abraço e BOAVIAGEM 🙂 

  93. Bom dia meu amigo, tudo bem?

    Mais uma dúvida para você…

    No formulário DS-160 em ‘informações familiares’ tem o item ‘dados do cônjuge’.

    Agora vamos à dúvida…

    Sou divorciado. Recentemente aderi à união estável com outra pessoa. Neste item devo colocar a minha ex (divorciada) ou a atual (união estável)?

    Desde já o meu muito obrigado.

    http://professorlar.wix.com/professorlar

  94. Duvidas, muitas duvidas:

    Boa noite, Luiz, tenho acompanhado seu blog com muita frequencia e amo. Falando serio, e muito legal ter onde tirar duvidas e o melhor, ter ajuda. Gostaria de tirar uma duvida, preenchi o formulario ontem, e me foi questionado se ja perdi o passaporte, respondi que sim, depois me questionou se ja tive o visto americano extraviado ou roubado, ai respondi que nao, pois ja estava vencido ha mais de 15 anos, quando perdi. O que acha? Seria melhor dizer sim as 2 perguntas? Ainda nao enviei. Aguardo resposta, nao me deixa na mao, abraços.

    1. Olá! Obrigado por visitar e comentar aqui no Blog! Fico mto satisfeito por gostar dos conteúdos que publicamos por aqui! Essa sua pergunta é bem interessante viu! Acredito que você deva mencionar que existia o visto no passaporte perdido, desde que com certeza deve existir um histórico do seu perfil viajante e nele constará que você possui esse visto perdido. No caso acredito que não vá influenciar muito na decisão da renovação do seu visto, acho que é mais uma questão burocrática. Tenho um amigo que passou por situação parecida que a sua: teve seu passaporte com visto roubado, e foi necessário declarar isso quando tirou o novo visto. Acho que é isso! Boa sorte com a renovação e volte sempre!

  95. Bom Dia,

    Tive meu VISTO NEGADO infelizmente….mais creio que foi uma questão de sorte.. levei todos docs … mais dei o azar de pegar o consul mais serio, IGNORANTE e exigente de todos um homem por sinal..o cara não dava um sorriso se quer ..onde os outros até brincava com as pessoas e sorria..sem contar que ele mal falava portugues enquanto os outros principalmente as mulheres tinha um jeito mais brasileiro e vi elas aprovando visto toda hora’TODA HORA MESMO!! só ouvia isso ‘Visto Aprovado, Boa Viagem’ e olha que fazia 3 perguntas só e não pedia nada…..bem o cara me pediu tudo só faltou perguntar a marca da minha cueca….logo quando me mandaram pra cabine desse cara eu pensei comigo ‘Fodeu Visto Negado’….. Então pessoal deem sorte de pegar uma consul mulher ou um consul homem de bom humor pq o que eu peguei me enfrentava quando mostrava um doc ele alegava que não era e me deixava doido, tinha que pegar o papel apontar o dedo e esfregar na cara dele só assim ele entendia ve se pode…..mais a sensação mesmo antes de você ter o visto negado é de estar mendigando para entrar nos EUA, coisa que pra quem vai a turismo é ridiculo, não pretendo tentar novamente só vou quando Obama liberar geral hehehe Boa Sorte pra quem vai tentar …

     

    Abç

    1. Olá! Obrigado por compartilhar sua experiência com a gente! Cada vez mais percebemos a necessidade da comprovação dos vínculos com o país como fator determinante para a aprovação do visto pros EUA. Recomendo que não desanime, tente novamente em um breve futuro, com condições mais satisfatórias obterá o sucesso com certeza. Enquanto isso, escolha outro destino e viaje bastante! Temos histórias incríveis sobre vários países da América do Sul, Central, Ásia e África, sem contar os fantásticos e paradisíacos lugares que temos aqui no Brasil. Afinal de contas o que importa nessa vida nossa é saber aproveitar a vida da melhor forma possível!

  96. Luiz, voce anda muito ocupado ou anda viajando? Aguardo anciosa por uma resposta sua nos comentarios. Um grande abraço, me sinto sua amiga, de tanto frequentar seu blog. 

    1. Olá! Obrigado pela visita e comentário, mas mto obrigado principalmente por seguir e sentir tão a vontade no BOAVIAGEM. Estou com muito trabalho acumulado, por isso espero juntar alguns comentários para responder tudo de uma vez só! A tarde volto para dar as respostas dos que já estão por aqui! ;D

  97. Olá… olha eu aqui de novo!!!

    Hoje venho dizer que estou um pouquinho insatisfeita com o processo de retirada do visto.

    Infelizmente, até o momento nada do meu passaporte chegar em casa…. não enviam o e-mail com o rastreio e não respondem nenhum e-mail….

    Dizem apenas que devo esperar o n° de rastreio!

    Gente, é um absurdo…. mta burocrácia, vc tem o visto aprovado e o consulado não libera o passaporte!

    Alguém mais com este problema?

  98. Oi, Luiz, boa noite. Acompanho seu blog faz um tempo, gosto muito das suas dicas. Espero que voce possa me esclarecer uma coisa, preenchi meu formulario ds-160 e fiz o upload da foto e foi aceita, mas quando imprimi o formulario de confirmaçao, a foto nao saiu, e no lugar da foto esta escrito’ photo will be taken at the ASC’. E normal? Li em algum blog que e assim mesmo, mas sera que nao vou ter problemas no CASV? Me de uma luz, por favor. Ate breve e um grande abraço. 

  99. Olá Luiz, tudo bem?

    Estou de volta para dizer que consegui meu visto. Há um pouco mais de um mês eu havia tentado o visto mas foi negado, escrevi aqui no blog contando essa história. Agora, na segunda tentativa, foi aprovado. Gostaria de aproveitar a oportunidade para dizer para aqueles que já tiveram o visto negado para tentarem novamente. Será um custo a mais, mas desistir do sonho de estudar nos EUA pode ser muito pior. Acredito que muitos desistem na primeira tentativa, mas acredito que sempre é válido tentar mais uma vez.

    Então é isso Luiz, obrigado pelo apoio.

    Parabéns novamente pelo blog,

     

    Um abraço.

  100. Pessoal,

     

    primeiramente gostaria de agradecer o Luiz por ter respondido minha pergunta e informar que após ter o visto negado em 2009, semana passada fui novamente e tive o visto aprovado! Assim como o Carlos que postou antes de mim…

    Nas 2 vezes fui em BSB porém agora sou funcionário público, tenho uma renda razoável e facilitou a aceitação.

    Não pediaram para olhar nenhum documento meu, mas caso pedissem estava com TODOS possíveis! 

    Se você já teve o visto negado, continue na luta, mas só aconselho que se não tiver vínculos fortes com o Brasil, mude essa situação e tente novamente assim como fiz.

     

    Valeu!

  101. Ola Luiz Jr. Fernandes, gostaria de contar meu caso, vamos la.

    Minha mae mora em miami a 7 anos ela foi para trabalhar e inicialmente ela ficou la ilegal, hoje ela e possiu os documentos legalizada. Eu já tentei tirar meu visto duas vezes e não consegui uma vez foi em 2009 e agora em setembro de 2012 e nas duas vezes alegaram falta de vinculus com o meu pais. Sou estudante universitaria e faço estagio . Mesmo com essa dificuldade irei tentar novamente esse mês , pedi a minha mae que trouxesse os documentos com ela já que ela vem pro natal mostrando que ela e legalizada , pretendo ir pra passear e conhecer o pais e claroooo a Disney , pedi também que minha mae fizesse uma carta convite e que meu pai que já e separado de minha mae a mais de 7 anos fizesse uma carta custeio também. No formulario DS-160 eu respondi que minha mae mora la e que quem iria custear a viagem seria meu pai . Levarei os documentos que mostra que ela é legalizada e comprovante que estudo e estagio. A e um documnto que a um tempao a traz minha mae deu entrada que era pra consegir meu grencard , mas já desistimos disso mas irei levar. O QUE mais você acha ??? me de um dica para que de certo e ou se tenho chances ??? beijos beijos Obrigada !!

  102. Bom sou aluna de uma universidade federal, e faço estágio na prefeitura recebendo apenas uma ajuda de custo, nunca trabalhai com carteira assinada. Casei a três meses, e meu marido é militar e está numa missão de paz no Haiti. Ele vai tirar férias e iremos nos encontrar e passear nos EUA.  

    A minha dúvida é a seguinte:

    Como não tenho como comprovar renda, teria que fazer uma carta-custeio? O problema é que ele está fora do país e não tem como assinar e autenticar no cartório, e também porque como nos casamos recentemente ainda não sou dependente dele no IR. Quais documentos eu deverei levar para facilitar?

  103. Olá Luiz, gostaria de tirar uma dúvida, pretendo tirar meu visto em setembro de 2013 porém só vou viajar mesmo(caso consiga aprovação) no final de 2014, isso pode influenciar em alguma coisa? Eles solicitam um extrato com dinheiro em conta para a viajem na entrevista? 

    Sou servidor público a 1 ano e estudo em uma universidade federal, será que esses vínculos são o bastante? 

     

    Desde já obrigado, abraços.

  104. Olá,

     Desde pequena tenho o sonho de conhecer a Disney e agora surgiu a oportunidade de eu (27 anos) e meu marido (29 anos) ( somos casados há 6 anos) irmos em março/2013, sei que está um pouco em cima para tirar o visto porém gostaria de saber quais as possibilidades de conseguir o tão sonhado visto: Sou estudante universitária, vou cursar no próximo semestre o último período, não trabalho e vou começar um estágio em um hospital assim que voltar da viagem. Meu marido é Engenheiro, trabalha há 5 anos como engenheiro de carteira assinada, temos casa e carro próprios, tudo no nome do meu marido, nossa renda gira em torno de R$ 6.000,00. Com a chance que temos de conseguir o visto? Ainda não compramos o pacote da viagem por medo de ter o visto negado e gastarmos dinheiro atoa, é válido comprarmos o pacote só para comprovar o dia que iremos ir e voltar e o local em que ficaremos hospedados? Quanto tempo leva para consegurmos o visto ( consigo agilizar tudo para viajar no início de março?).

    Desde já agradeço a atenção!

    beijos!

    Suellen Mello

  105. Olá Luiz minha situação é a seguinte, eu e minha esposa queremos muito ir á Miami e queria sua ajuda, tenho renda confirmada somente por movimentação bancaria e não declaro imposto de renda, moro em casa alugada porém eu e minha esposa mantivemos nossos endereços anteriores nas casas de nossos pais por motivos de correspondências e etc… Sou microempresario desde 12/2012 e ela estará no cursinho extensivo em 2013, o que me aconselha a fazer? Declaro ir agora?

  106. Olá Luiz, estou querendo ir para MIAMI em abr/2013 com minha namorada, eu trabalho na TAM LINHAS AEREAS desde 02/2010, e consigo até uma carta da empresa para me ajudar tirar o visa, acredito que não terei grandes problemas, já que meus colegas não obtiveram. Porém minha namorada não possui renda fixa, movimento em conta corrente, e trabalha de freelance, ou seja não tem carteira assinada, esta com a facul trancada. Ela mora com a mãe dela e o padrasto, ela é enfermeira e ele militar, eles possuem 2 casas proprias, carro, moto. Estamos com medo de ter algum problema para tirar o visa dela, acredito que ela devera falar que vai ter a viagem custeada pelos pais, levar a carta custeio, e a documentação dos pais. Será que isto basta, pq caso contrario ela esta pensando em se rematricular na facul. Oque você acha?

     

    Desde já meu muito obrigado.

  107. Primeiramente, parabéns pela iniciativa do blog!

    É o seguinte: Tenho 25 anos, sou graduada e no momento estudo para concursos públicos e não trabalho. Possuo um visto de estudante válido pois estive nos EUA em set/2011 e fiquei lá por 3 meses. Agora quero tirar o de turista pois estou planejando ir para Orlando com meu namorado (já tem visto) e talvez meus pais também irão (não possuem visto), de qualquer forma, quem irá arcar com minhas despesas é meu pai.

    Minhas dúvidas:

    Devido a minha ausência de vínculos, acredito que minhas chances serão maiores se fizer a entrevista com meus pais, mesmo sem a certeza que eles também irão viajar, procede?

    No caso, estou matriculada em um cursinho preparatório para concurso. Pode ser considerado um vínculo ou é muito vago?

    Se fizer a entrevista com meus pais, devo dizer que meu namorado também irá na viagem ou não?

    Desde já , muito obrigada.

  108. Primeiramente, parabéns pela iniciativa do blog!

    É o seguinte: Tenho 25 anos, sou graduada e no momento estudo para concursos públicos e não trabalho. Possuo um visto de estudante válido pois estive nos EUA em set/2011 e fiquei lá por 3 meses. Agora quero tirar o de turista pois estou planejando ir para Orlando com meu namorado (já tem visto) e talvez meus pais também irão (não possuem visto), de qualquer forma, quem irá arcar com minhas despesas é meu pai.

    Minhas dúvidas:

    Penso na possibilidade de tirar o visto juntamente com meus pais, mesmo se eles não forem viajar.. pois acredito que devido a minha ausência de vínculos a chance de aprovação seja maior, procede?

    No caso, estou matriculada em um cursinho preparatório para concurso. Pode ser considerado um vínculo ou é muito vago?

    Se fizer a entrevista com meus pais, devo dizer que meu namorado também irá na viagem ou não?

    Desde já , muito obrigada.

  109. Bom dia!

    O motivo do meu contato é para pedir algumas dicas…

    Já tive dois vistos negados em 2011, e estou pensando esse ano em tentar novamente, as duas primeiras tentavias de visto eram para estudante, mas dessa vez estou querendo tirar o de turista, já que depois dessas tentativas eu desisti de estudar fora.

    Você acha que tendo 2 vistos negados fica mais dificil para eu conseguir? O que posso fazer para facilitar o processo?

     

    Agradeço desde já!

  110. Olá Luiz,

    tenho 20 anos, sou universitário e tenho uma loja virtual do qual tiro minha renda. Moro com meus pais porém não dependo deles financeiramente. Tenho visto turismo para os Emirados Arabes no passaporte e estive também recentemente na Europa. Pretendo fazer uma viagem para os EUA de aproximadamente 1 mês passando por NYC, Washington DC e Miami. Como documentos levaria uma Declaração da Universidade, Decore dos três ultimos meses, um Orçamento de uma agência de turismo explicando o trecho de minha viagem e extratos bancários.

    Acha que terei problemas para conseguir meu visto?

    Estava pensando também em comprar um intercambio de 2 semanas e pedir um visto F1 pois li que é mais facil de conseguir.

    Acha que esse seria a melhor alternativa?

    Algum conselho adicional?

  111. Olá Luiz.

     

    Pretendo ir para Nova York com uma amiga que já esteve lá algumas vezes, porém minha renda na carteira é de apenas 1 salário mínimo, apesar de na realidade receber bem mais do que isso. Não tenho imóveis em meu nome e já terminei a faculdade.

    Eu poderia dizer que quem custeará a viagem é minha mãe?

    Qual seria a renda mínima para que seja mais fácil conseguir o visto?

  112. Olá..

    Eu e meu namorado estamos querendo paseear em NY, porem meu namorado ja teve visto negado por 3 vezes.. O motivo foi o fato de ter 2 irmão que moram la.. sendo que um já tem cidadania amaricana e o outro esta no processo de green card.. Eu trabalho em empresa privada e nao tenho renda suficiente, meu namorado é autonomo, como praticamente moramos juntos, estavamos pensando em fazer uma declaraçao de uniao estavel e comprovar que vamos ganhar essa viagem como lua de mel dos meus pais.. Será que seria mais facil de conseguir o visto?

    Desde já agradeço.

  113. Pessoal, preciso tirar meu visto de turista e estou um pouco nervosa! Já tive o visto de turista quando era adolescente, claro que já expirou haha, e tirei o J-1 em 2008. Morei em Portugal, tirei o Visto Schengen, viajei para vários países e tudo ok. O meu receio é que eu estou no último semestre da faculdade!! Vou pra NY com meu pai e minha irmã – que também vão tirar o visto americano, mas meu pai tem uma renda boa e minha irmã tem 14 anos, então o deles é tranquilo. Alguém em alguma situação parecida que tenha uma resposta positiva pra mim?! Hahaha! Outra coisa, o que realmente acontece no CASV? Eles pergutnam alguma coisa também? Obrigada! Beijo!

  114. Oi Luiz Jr. e pessoal do blog!

    Pretendo fazer meu visto em inicio de abril com vistas a ir pra Miami por 10 dias em agosto. Sou casada, tenho 32 anos, tenho 1 filho de 4 anos, não trabalho e faço curso de inglês. Porém meu marido tem emprego estável e renda em torno de 6mil/mês. Temos conta conjunta e bens como casa própria, carro e moto. Declaramos imposto de renda onde (obviamente) sou dependente dele. Ele tem visto e já viajou ao EUA há uns 2 anos atrás. Vamos juntos nesta viajem para Miami, porém nosso folho ficará no Brasil. Como avalia minha situação Luiz Jr.? Na tua opinião, quais são minhas chances de ter o visto?

    No aguardo…

    1. Sem problemas, acho que você consegue o visto fácil, mais como seu marido já tem o visto, tira o seu visto e visto para o seu filho, que é a coisa mais fácil, só assim quando eles precisar ir você não vai precisar fazer um e já vai ter. Faça para vc e para o seu filho, perguntando o motivo fala que seu marido já tem e vc e seu filho estão tirando para fazer uma viajem em familia, beijos.

  115. Olá Luiz! Gostaria de tirar umas dúvidas com vc. Fui convidada por um amigo para ir a Miami em Setembro com uma turma de amigos dele. No momento não trabalho com carteira assinada, mas presto serviços jurídicos a uma empresa de um parente. Moro com minha mãe e irmãos. Meu irmão caçula é pensionista federal e em breve minha mãe tbm. O que posso fazer para comprovar a minha renda e os meus vínculos? Peço uma carta custeio ao meu irmão, mesmo sendo caçula? Peço a minha mãe? Ou peço na empresa os comprovantes de pagamento?

  116. Estou querendo fazer uma viagem com minhas filhas,porém estou muitas duvídas. Tive um visto de 10 anos  cancelado na imigração do aeroporto,pois retornei ao EUA após 6 meses da primeira viagem.Apenas fui informada que meu visto estava sendo cancelado,e não estava sendo aceita no país,o agente deixou bem claro que não estava sendo deportada apenas não aceita e que após chegar no Brasil deveria procurar o consulado americano para regularização do meu visto.Fiquei muito decepcionada e não procurei consulado. Isso aconteceu em 2007.

    Minha duvída é se informo que já tive visto cancelado! tenho uma casa em meu nome finaciada e 02 motos e 1 carro quitados. Sou pensionista e trabalho registra com uma renda mensal de 4000,00.

    Minha mãe que tem uma renda de 6.500,00 estará patrocinando a viagem de minhas filhas e eu estarei patrocinando a minha.Qual a melhor forma de solicitar o visto?incluindo tudo como se fosse minha mae patrocinando?já saoube de algum caso parecido?

    Desde já agradeço pela atenção.

  117. ola Luiz parabens pelo blog.

    Eu  sou casada com americano e estou nos estados unidos a quase dois anos, e meu esposo e o sponser da minha mae, no caso ela vai ter que apresentar o nosso importo de renda e o dela tambem?? estou perdida nao por favor me ajude.

     se possivel responder por email caso contrario tudo bem.

    Grata desde ja

  118. Ola Luiz. Pretendo viajar em Julho e ja estou com entevista para o visto americano na proxima semana mas o pessoal do despachange esta me pressionando bastante pois nao tenho como comprovar um valor de 3.000 reais em uma poupanca ou algo do tipo, para levar em forma de extrato bancario ao consulado. Acontece que realmente nao possuo esse valor mas a viagem sera custeada pelo meu pai que possui o valor reservado pra isso, mas nao em conta. Mas tenho Imovel  meu nome, tambem trabalho registrado, mas mesmo assim estou receoso. O que faco? Estou com medo do visto ser negado. Nao sei esse valor e realmente importante a ser comprovado, minha namorada ja tirou o dela e foi super tranquilo. A irma dela tambem e nao pediram comprovacao de renda nenhuma. Obrigada

  119. Olá pessoal, bom estive ausente por algumas semanas, envolvido em várias viagens que vão se transformar em belos posts nos próximos dias aqui no blog e não tive condições de responder todos os contatos assim como já é costume por aqui. Bom, vou começar a responder hoje alguns e com o passar dos dias vamos voltar a normalidade. Tem dúvidas? Receio? Medo de tirar o visto? Deixe aqui que a gente responde/ajuda você!

  120. Olá Luiz.

     

    Trabalho fichado numa empresa com salário na carteira de R$1200,00. Tambem sou micro empreendedor individual, prestando serviço para essa mesma empresa. Porem, nessa atividade, tenho rendimento de R3500,00. Com nota fiscal emitida e declaraçao de mei feita normamente. Acha que essa renda é suficiente. Na minha conta bancária tambem toda essa movimentação.

    1. Olá Jorge, obrigado por comentar e visitar o Blog Boa Viagem. Sobre sua dúvida é o seguinte: de nada vale ter a renda, sem comprová-la e declará-la devidamente via Declaração de Renda anual. Comprovar é fato que você já tem as vias para isso, mas é necessário também declarar essa renda devidamente para a aprovação do visto. Acredito que também já deve ter feito isso, e se sim então é só correr pro abraço! Desde já BOA VIAGEM!

  121. ola luiz,estou querendo tira visto de turista para os estados unidos e queria contar um pouco de um epsodio q aconteceu comigo e sabe se vai complicar e e resoltar na negação do meu visto.

    meu primo é usuario de drogas e ja teve mais de cinco passagens pela policia de menor, e agora ta preço sobre julgamento no presidio da cidade, antes dele ser preso a policia descobriu a casa dele por um informante, e quando a policia chegou ele nao estava, a policia queria me acusar de ser parceiro dele, entrou na casa sem mandato, e me conduziu ate a delegacia, o cara q tava registrando o bo colocou eu e mais duas mulheres q eles pegaram jutamente com uns noias na outra rua, e liberou como condução positiva, dois dias depois eu tive q volta na delegacia pra presta depoimento, e o cara nem quis falar comigo so me perguntou oq eu estava fazendo la e eu disse q estava mexendo no pc, pq sou tecnico de informatica, mas eu morava l, so q com medo de me envolver nisso e ter minha vida destruida falei q tava mexendo no pc, assinei um papel e ele falou pra me ir pra casa, minha duvida é se ele escreveu la oq eu falei, pq todos os vizinhos de la sabem q eu morava la, os papeis q ele me deu ja estava tudo imprimido, ele me recebeu na porta foi em direção a mesa dele falando comigo mandou eu assina e sair, nao deu nem tempo dele sentar, a justificativa dele é q tava corrido aquele dia etal,depois disse meu pai achou melhor eu sair da cidade, e ate hoje estou morando em sp, a dois anos ja, eu sei q nao fiquei com passagem, pq tirei pro trab aqui em sp tres meses depois, e alguns meses eu mesmo consultei.sera q isso vai pegar?

    lembrando q nao tenho envolvimento nenhum com nada, e q fui apenas uma vitima,so q minha preoculpação é q mesmo q eu nao fui declarado culpado por nada e nao tem passagem tem um registro la q tive q prestar declarações. me ajuda nessa duvida
    obrigado, e desculpa pelo erros de português eo imenso texto

    1. Olá Geovany, obrigado por visitar e comentar aqui no Boa Viagem.

      Bom, eu acredito que seu problema seja relevante, desde que não possui passagem pela polícia e consequentemente não deve ter registros em seu nome. Vale a pena tirar uma certidão negativa do seu CPF para ter certeza que não existem pendências, tanto na receita federal, quanto na polícia civil e se não existir registro algum vá em frente: faça um levantamento dos documentos necessários e agende sua entrevista! Volte aqui depois pra contar pra gente como foi que tudo aconteceu!

  122. Oi, 

    Tive o visto negado 2x em SP. 

    A primeira vez em 03/2013 e a segunda 05/2013.

    Na primeira vez não tinha IR. Mas agora declarei 50,000,00.

    Não estudo.

    Tenho 25 anos.

    Estou registrado em 2 empresas, mas são empresas do mesmo grupo.

    Possuo registro de 6 anos no valor de 750,00. 

    E a 3 meses de 2400,00. Somando um total de 3140,00  mensal. 

    Possuo 2 caminhões e um carro no meu nome.

    Na segunda tentativa falaram que minha renda é baixa.

    Tenho chances numa terceira tentativa?

    Pensei em tentar no RJ.

    Obrigada 

    1. Olá Cris! Só tenho a agradecer por sua visita ao Blog Boa Viagem e principalmente por compartilhar com a gente aqui da sua experiência! Bom, sobre teu caso realmente é algo atípico, desde que possui renda suficiente para ter a aprovação! O mais interessante é ver que muita gente com menos renda declarada que você já conseguiu a aprovação logo na primeira tentativa – inclusive já vi relatos de pessoas que conseguem com renda de um salário mínimo! Mas cada caso é um caso exclusivo. 

      Eu recomendaria que você aguardasse um pouco mais para tentar novamente, desde que as informações são com certeza compartilhadas entre os Consulados, então tanto faz se você for tirar no Rio ou em Brasília, eles vão puchar a sua ‘ficha’e consequentemente confirmarão que você tentou outras vezes e foi negado. A primeira foi justamente por conta da falta da declaração da renda, um dos problemas que mais acontecem com quem tem o visto negado, agora na segunda tentativa já deveriam ter aprovado, mas é como disse, cada caso é um caso! Bom, na próxima oportunidade revise bem os documentos, tenha a certeza de estar em dias com as declarações e vínculos com sua nação e tente novamente! Não tem motivos para ser negado um visto para turismo, desde que tem renda suficiente para a viagem. Bom, é isso, espero ter auxiliado! Novidades estamos aqui esperando novamente o seu relato! Um abração!

      1. Alem dessa renda de 3140,00 em salarios levei o contrato e recibos de aluguel de um dos caminhoes que possuo no valor de 4000,00.

        É alugado para a propria empresa que trabalho.

        E tinha toda a papelada certinha e dentro da lei.

        Eles até olharam alguns papeis.

        Apresentei a carta da empresa tbm, dizendo que estava tirando ferias nesse periodo.

        Meu extrato bancario tinha  12.000,00. 

        Onde pode estar o erro?

        Será que é pq não estudo?

        Minha viagem para NY e Las Vegas era agora dia 23/5. 🙁

        1. Oi Cris, não sei onde pode estar o problema, sinceramente você parece ter todos os pontos necessárias para ser elegível para um visto pros EUA, mas com certeza eles devem estar conseguindo encontrar alguma pendência para não te aprovar! Você tem as declarações de imposto de renda anuais em dias não é? Parece ter renda suficiente para conseguir a aprovação! Não existem pendências financeiras ou nome sujo nos cadastros tipo Serasa ou SPC também não é? Eu acredito que é questão de tempo para conseguir a aprovação! 

          1. Declarei IR pela primeia vez agora. Nunca tinha declarado antes.

            Meu nome esta limpo.

  123. Bom dia Luiz, estou com viagem marcada para dia 20 de dezembro de 2013 para nevada las vegas, com meu namorado, que é professor e sócio proprietário.. Estou no meu segundo ano de faculdade e sou estagiária, tenho apenas 19 anos, e ganho um salario min. E quem iria custear minha viagem, são meus pais.

    Queria saber se carro no meu nome irá ajudar na entrevista, e queriamos tirar o visto juntos. E já viajei para europa, dizem que conta muito. Se puder me ajudar, desde já agradecida..

     

    1. Olá Barbara, obrigado por visitar e comentar aqui no Blog Boa Viagem! É um prazer ler e poder te orientar na sua empreitada para conseguir o visto! Sobre a sua situação, parece ter tudo para conseguir a aprovação! Se você ainda não declara renda, então é provável ser mais interessante indicar que seus pais farão o custeio da viagem, sendo assim basta criar um documento no qual seu pai se comprometa a ser o custeador da viagem e anexar os comprovantes e declaração de renda. No meu caso exclusivo, bem como no de muitos leitores que já passaram por aqui relatando suas experiências, o carro não contou muito para auxiliar na aprovação, mas é sempre bom ter um bem material a mais para auxiliar! 

      Só mais uma última dica: faça questão de tirar o visto com teu namorado, desde que vão viajar juntos, pode ser um ponto positivo para sua aprovação! No mais desejo boa sorte e desde já BOA VIAGEM! Deixo também o convite para voltar e compartilhar conosco da sua experiência!

  124. olá, meu nome é ticiane já viajei para os EUA em 2010, só que meu primeiro visto foi negado por eles acharem que não tinha vinculos com o brasil…e em menos de 2 meses tentei novamente e consegui, só que eles me deram o visto de 3 meses rs…preciso tirar novamente pois prentendo ir ano que vem. meu salario não é alto mais tenho renda por fora (alguel). minha pergunta é: na hora de preencher o formulario coloco o valor do meu salario mais o do aluguel? só o extrato bancario é o suficiente? pois o apartamento está no nome de outra pessoa.

    muito obrigada pela atenção!

  125. Primeiramente Parabéns muito boa as dicas para viajantes de primeira viagem como eu…

    Duvida

    trabalho a mais de 2 anos em uma multinacional, quero  viajar nas minhas ferias em outubro vamos lá para minha duvida tenho um salario de R$ 1400,00 e ganho uma variável que fica em torno de R$ 4000,00 a R$ 5000,00 fiz minha declaração de imposto de renda só com os R$ 1400,00, levando o extrato bancário de movimentação sera aceito? no ds160 devo colocar só a renda salarial que esta no contra cheque ou coloco com a variavel? qual melhor maneira de comprovar esta renda?

  126. Olá, sou policial militar e trabalho aos sabados e domingos, porem, de segunda a sexta estudo medicina em outro Estado , onde fico na casa da minha irma. Neste caso, qual endereço de residencia declaro no formulario DS-160 e será que terei problemas para retirar  o visto americano? De que forma posso justificar essa situação, ou será melhor omitir que curso medicina?

  127. Bom dia!

    Eu tenho um tio que mora nos eua a mais de 10 anos, então esse ano ele vai pagar minha passagem para ficar uns 15 dias com ele. Eu sou vendedora trabalho a mais de 3 anos de carteira assinada com sálario de 800,00 e ganho comissão mais não é registrado em carteira qu chega em torno de 3.500,00. Eu não declaro renda…. Minha duvida coloco que tenho um tio que mora lá e vou ficar na casa dele, ou não comento nada sobre ele pois podem pensar que estarei um para ficar não para passaer. Outro solução colocar que meu pai estaria custeando minha viagem. eu já tentei o visto mais já tem bastante tempo foi em 2006 ou 07.

  128.  Olá, bom dia, me chamo Nataly e tenho 20 anos, não trabalho e faço faculdade de Odontologia particular, a mensalidade é de aproximadamente 1,200.00, meu vô é quem paga e quem ira custear minha viagem para Miami que pretendo fazer em novembro desse ano,pretendo ir dia 04/11 e retornar dia 11/11, eu estou como dependente do meu avô no imposto de renda dele, ele ganha bem, é PM aposentado, tem bons cartões de crédito, boa movimenação em CC e é viuvo então ele so tem a mim aqui, um motivo pelo qual eu não iria imigrar pra lá, eu tambem tenho dinheiro na minha CC porque ja trabalhei e juntei para me bancar na viagem,tambem tenho um cartão de crédito que eu sou titular com o limite de 2,100, pago as faturas altas no valor total e bem antes do vencimento, acha que seria dificil conseguir o visto? tenho medo, porque vejo a maioria das pessoas que eles ja negam o visto sem ao menos solicitar nenhum documento e tem o visto negado.

    Muiito Obriigada

    1. Olá Nataly! 

      Primeiramente gostaria de agradecer pelo comentário e visita ao Blog Boa Viagem. Sobre suas dúvidas vamos lá: você possui todos os requisitos básicos para conseguir a aprovação do seu visto estado-unidense! Não tem problema nenhum em você ser dependente financeira do teu avô, mto pelo contrário – assim como você mencionou que ele possui boas fontes de renda e declara tudo certinho, então fica muito fácil conseguir a aprovação – basta indicar no seu formulário de solicitação de visto que ele é seu financiador e anexe aos seus documentos uma declaração de que ele será o financiador da viagem, devidamente assinada por ele e reconhecida em cartório. O mais importante na minha opinião, e com base na experiência adquirida ajudando tanta gente com seu visto, é que eles são bem criteriosos com relação aos vínculos com o país – um quadro que tem-se mostrado estável é daquele cidadão que possui uma renda mínima girando acima de um salário mínimo em carteira, com uma boa estabilidade de alguns anos no trabalho, declarando renda e afins, estes estão conseguindo tirar o visto com facilidade, desde que comprovam que o ideal em ter o visto é exclusivamente para usar em viagens de turismo, mas isso não quer dizer que você mesmo não tendo ainda um emprego fixo não tenha chances, muito pelo contrário! Então vá na fé, acredite que vai dar tudo certo e volta aqui depois para deixar registrada a sua experiência – o seu caso é igual ao de várias outras pessoas que passam por aqui todos os dias!

  129. Olá Luiz!

    pretendo tirar meu visto e tenho algumas dúvidas.

    em Julho vou passar 10 dias na Argentina e não ia tirar o passaporte, já que pra entrar no país hermano basta o RG. mas resolvi tirar pra ter o carimbo né?!! ter o carimbo, mesmo q seja de um país tão fácil pra entrar, no passaporte, ajuda na hora do visto???

    trabalho há 1 ano registrada com salário de 1.200,00! não declaro renda, pq acho q com esse salário não precisa né?

    não falo inglês e nem conheço ninguem nos EUA!

    meu pai tem um comércio e colocou o contrato de locação em meu nome, mas o imóvel provavelmente está no nome do meu avô falecido. vc acha q levo esse contrato na hora do visto?

    1. Olá Faty, tudo bem? Agradeço muito por sua visita e seu comentário!

      Ter mais viagens internacionais comprova que você quer mesmo é turistar nos Estados Unidos, mas acredito que não seja um fator definitivo para a aprovação do visto (no meu caso foi, eu já tinha visitado mais de 15 países >:D)

      Sobre o teu registro, o importante é ter estabilidade, e com certeza, sem dúvidas  declarar renda é importante mesmo que você seja isenta, é um documento a mais que comprova que você não esconde nada sobre sua vida financeira do governo do teu país e temos visto nos comentários e na experiência de quem passa por aqui e comenta que realmente o comprovante da declaração anual de renda é fator decisivo para quem quer tirar o visto.

      Sobre o teu contrato de locação, acredito que seja dispensável, desde que o importante é ter o imóvel no teu nome, no teu caso está no nome do teu avô, então minhas recomendações são: faça tua declaração de renda, anexe os últimos holerites dos pagamentos recebidos, faça uma cotação com uma agência de turismo sobre uma provável viagem aos EUA e parta pro abraço! Esses são na minha opinião os três documentos principais para o sucesso na obtenção do visto! Boa sorte pra você e fica o convite para voltar e compartilhar com a gente dos detalhes sobre a sua experiência 🙂

  130. Olá Luiz, tudo certo?

    Então, lá vai eu entrar nessa jornada de conseguir um visto.

    Estou com medo, ansioso e, meio que bateu um desespero em cima disso.

    Gostaria que me ajudasse.

    É o seguinte, pretendo ir para Las Vegas no dia 1 de dezembro e ficar até o dia 11 de dezembro de 2013. Irá eu e mais 2 amigas. Nós iremos em shows específicos em LV. Já sabemos o hotel que vamos ficar, já sabemos os lugares lá que queremos visitar, etc.

    O problema é que os ingressos esgotam, e eu já comprei 2 antes do visto, e preciso comprar mais 2, mas agora quero esperar o visto.

    Bom, eu faço faculdade, curso o 3º ano de Direito; sou estagiário no fórum (conciliador) desde fevereiro de 2012, porém, eu ganho 750, mas não declaro nada, não recebo holerite, apenas depositam o dinheiro na minha conta e fim; tenho carro no meu nome; eu com o dinheiro que junto pagarei minha viagem, porém como ganho pouco e não declaro nada, certamente colocarei e direi que meu pai quem custeará minha viagem.

    Como proceder? Posso falar que é realmente meu pai que vai pagar a viagem? Acha que terei problemas em não declarar esses 750? Devo mencionar que ganho 750? A, claro, não sou registrado. Existe uma opção para que minhas 2 amigas façam a entrevista juntos comigo? Se sim, é aconselhavel?

    O que você acha, o que me aconselha?

    Estou muito tenso com isso tudo já =(

    Obrigado, desde já!

    1. Olá Paulo Henrique!

      Muito obrigado pela visita e por comparilhar com a galera aqui sobre a sua experiência. Você não precisa temer ou ficar ansioso por algo que é tão simples quanto tirar qualquer outro documento no Brasil (quiçá democrático haha), mas bem, vamos lá ao seu caso:

      …fico satisfeito por ter escolhido Vegas como primeiro destino nos EUA, sinceramente eu não gostei muito da cidade, mas uma vez em Vegas não fique apenas na metrópole, vale a pena conhecer os arredores ok?!

      Seus ingressos não podem ser refundados e devolvidos em caso do visto falhar? É como comprar o ticket de avião sem ter o visto pregado no passaporte, você corre o risco de ter que pagar algumas tarifas mas acaba conseguindo reaver a grana.

      Bom Paulo, sobre suas dúvidas com relação ao cargo financeiro, declarações e afins, eu acredito que o mais interessante seja você mencionar que seu pai vai custear a viagem, pegar a carta-custeio com ele, mas mencionar também que você trabalha e conseguir a devida declaração com seu patrão, ele pode conseguir isso facilmente com um contador e isso é um documento importante para a papelada que você vai apresentar. Sobre tuas amigas serem entrevistadas com você, pode ser interessante marcar a entrevista na mesma data/hora e no ato da retirada informar ao pessoal que recepciona no Consulado que vocês estão indo viajar juntos para que assim os entrevistem todos como um grupo, pode ser algo benefico desde que suas amigas também possuam documentos em dias 😉 

      Quero saber o que vai acontecer com o seu caso, convido muito para voltar a comentar depois ajudando a incrementar essa matéria com a sua experiência! Abração e desde já BOA VIAGEM! 😉

  131. Olá Luiz, boa tarde!

    Bom, pretendo ir para Orlando (Disney) eu 22 anos e minha prima 18 anos, estamos começando a guardar dinheiro, pretendemos viajar somente em janeiro/2014.

    Não tenho cartão de crédito nem conta poupança, movimento somente minha c/c, não declaro imposto de renda meu salário é de R$ 1.700,00 e sou registrada a mais de 1 ano na mesma empresa, minha prima esta trabalhando como estagiaria.Nós que vamos custear nosssa viagem será que conseguimos tirar o visto?

  132. Olá Luiz boa noite!tenho uma cunhada que mora nos EUA há 14 anos casada com americano,esse ano meu marido q era irmão dela faleceu,e ela quer mi dá de presente uma viagem pra lá,para passar o natal com ela,vou ficar na casa dela,eles vão pagar a passagem,sou pensionista,tenho muita vontade de conseguir esse visto,gostaria q vc mim desse alguma dica e quais procedimentos devo tomar.Mto obrigada

  133. Bom dia! Primeiramente quero parabenizar pelo blog, já me ajudou bastaaante! =)

    Minha entrevista está marcada para daqui 10 dias. Estou organizando a documentação, e como será meu  pai que pagará minha viagem estou com dúvida na documentação:

    O imposto de renda (o dele é feito pela internet) pode ser impresso e reconhecer firma?

    Levarei a declaração da minha mãe tbm, o dela quem faz é o contador, posso levar xerox e reconhecer firma? Nem o contador sabe, acredita?

     

    Levarei o contrato social da empresa da minha mãe tbm para constar que trabalho em empresa familiar, e o contrato pode ser xerox tbm?

     

    Desde já muitoooooo obrigada!

     

     

     

  134. ja tive 2 vistos para os EUA …estou tirando o terceiro essa semana e nunca passei por entrevista …admito que estou nervosa , pois quero muito dar uma passeada por lá…Tenho 47 anos e náo trabalho…moro com meus pais em apartamento próprio…não declaro Imposto de Renda e minha viagem está sendo custeada pelo meui irmão que e Advogado de um grande Time de Futebol…vamos fazer uma viagem em família e gostaria de saber se por ter 2 visas americanos tenho facilidade de tirar o terceiro?

    1. Olá Cristina, obrigado por visitar e comentar aqui no Blog Boa Viagem. Bom, acredito que você tem excelentes condições de conseguir o visto pela terceira vez! Com certeza a renovação do visto além de ser um processo mais tranquilo acaba sendo recorrente desde que você já tem bons antecedentes no relacionamento com o turismo dos EUA e toda burocracia envolvendo vistos, permissões e datas limites. 

      Com relação a sua viagem em família, seria legal se outras pessoas que vão viajar com você tentassem solicitar o visto juntas (apenas se for o caso é claro). E sobre o custeio da viagem basta pegar uma declaração com teu irmão, juntar teus documentos e partir pro abraço! Bom eu só tenho a desejar BOA VIAGEM pois acredito que suas chances são altíssimas de ter o visto renovado (já ouvi falar inclusive que tem gente que não precisa sequer fazer a entrevista de novo!) Bom um grande abraço e aguardo você aqui de volta no blog para contar sua experiência 😉

  135. Olá, Luiz! Acabei de descobrir seu blog e ele já está me ajudando bastante, porém, tenho insegurança com relação a alguns aspectos:

    1)Minha mãe é funcionária pública estadual concursada e recebe 730 reais no contra-cheque. Minha mãe, por responsável por irmão especial, recebe a aposentadoria dele, no valor de 678, o que totaliza 1400 reais. Ela também começou a vender confecções (autônoma) há uns 5 meses e está lucrando cerca de 3 mil reais/mês. Falamos com um contador e ele aconselhou que minha mãe fizesse declaração do IR, mas colocar apenas os 1400 reais, a casa e o carro que são no nome dela. O contador disse tb que pode fazer uma espécie de recibo para constar os 3 mil da venda das confecções. Tem problemas se o valor do IR for os 1400, mas colocar a soma de tudo (R$ 4400) no formulário? Ele falou tb que o ganho referente às confecções só precisariam ser feitos ano que vem, ou seja, minha mãe não estaria agindo de maneira ilegal quanto ao valor declarado no IR, isso é verdade?

    2) Tenho uma tia (irmã da minha mãe) que vive legalmente nos EUA. Quando eu for preencher o formulário, vai aparecer a opção ”tia” pra mim? Pra minha mãe eu já sei que aparece a opção ”irmã/irmão”, mas para mim aparece a opção ”tia/tio”?

    3) No formulário não iremos colocar que ficaremos na casa da minha tia, mas sim em hotel, pq minha tia é casada e nós não queremos tirar a privacidade dela. Isso de a gente ter parente lá e colocar que vai ficar em hotel interfere em alguma coisa?

    4) Estamos pretendendo agendar a estrevista agora para julho (entre o meio e o final do mês) e devemos fazer a declaração do IR na próxima semana, isso será problema?

    Desculpe por ter perguntado tanto, mas é que sempre surgem dúvidas. Agradeço muito se você puder responder!

  136. Fiz minha entrevista no Consulado Americano no dia 11/06/2013….Meu visto foi concedido mas até agora meu passaporte não chegou…Alguém sabe me explicar??

    1. Olá Cristina, obrigado por visitar e comentar aqui no blog. Bom eu não sei dos motivos pelos quais está acontecendo essa demora toda pra enviarem seu passaporte. Já checou nos correios se não existe nenhuma correspondência pra vc? Volta aqui pra contar o que aconteceu tá bom?

  137. Olá Luiz, pretendo tirar meu visto americano embreve, so que estou com uma duvida, meu salario é de apenas 780,00 (baixissimo) e meu noivo sendo empresario autonomo gira em torno de 2500,00 ele declara IR eu não por ser isenta, eu tenho em poupança 2 mil reais até o momento, minha renda baixa atrapalharia a aprovação do meu visto? Seria melhor eu dizer que ganhei a viagem da minha mãe de presente? a renda dela é melhor e declara IR tbm. Outra questão eu e meu noivo podemos apresentar a mesma conta bancaria (não é conta conjunta) com o investimento para a viagem? eu teria que ser em contas separadas?

    1. Olá Bia! Obrigado por comentar aqui no blog! Fico mto satisfeito qdo as pessoas compartilham suas experiências por aqui! Pois bem, eu não creio que você deva desistir de tentar o visto por conta da renda baixa, a propósito já vi várias pessoas com renda menor que a sua tendo seus vistos de turismo aprovados. Conheço N casos de pessoas que possuem emprego fixo e renda de até um salário mínimo que alcançaram o sucesso! Então acredito que o seu caso está bem tranquilo heinn! Sobre declaração de IR, ela é realmente um documento essêncial para conseguir o visto! Temos visto muitos relatos também de pessoas que não conseguiram o visto por não ter a vida com a receita em dias! Agora com relação a quem banca a viagem, creio que não tem problema algum de vocês apresentarem a mesma fonte de recursos para a viagem, principalmente pois alegarão que a viagem será a turismo e em casal! Bom, acredite, confie pois tem tudo pra dar certo! Quando agendar seu visto e for na entrevista volte aqui no blog pra deixar o seu relato! Agradeço mto pela visita e espero ter conseguido esclarecer suas dúvidas! Grande abraço!

      1. Obrigada pela sua atenção Luiz, me auxiliou bastante, vou fazer meu IR esse ano, mesmo com atraso e pagar a multa, percebi que esta documentação é super importante, tbm tenho vínculos no Brasil faço faculdade, pós, trabalho de carteira assinada e até lá terei uma boa quantia em poupança, creio que não terei problemas.. Voltarei para relatar minha experiência. Até

  138. Olá Luiz, Bom, eu tenho muita vontade de tentar tirar o meu visto, porem fico com receio de não conseguir por não ter muito rendimento. Eu tenho 23 anos faço faculdade de Administração, estou no 6º período, e sou estagiaria, meu salário chega a 800,00. No caso moro com minha avó que é pensionista, ela é isenta no IR. Ela chega a ganhar 3.000,00. No caso teria que colocar que ela iria custear minha viagem. Você acha que eu tenho chances? que documentos levaria???

    1. Olá Luiza, agradeço pelo comentário e por sua visita ao Boa Viagem! Seguinte… acho que você tem uma boa renda para conseguir o visto, o importante da receita é que ela possa ser comprovada e a estabilidade que seu trabalho lhe provê, mas no seu caso exclusivo pode utilizar tanto da sua receita quanto incluir sua avó como a financiadora da viagem… Os documentos são os mesmos básicos, mas no caso da sua avó deve levar a inscrição dela no INSS e no mínimo os três últimos comprovantes. Se for colocar sua avó também terá que fazer um termo no qual ela se compromete a custear sua viagem. Acho que é isso apenas, se tiver mais dúvidas volte a postar um novo comentário! Agradeço mais uma vez por sua visita/comment! Abração e boa sorte!

  139. Oi Luiz, estou um pouco nervosa quanto a minha entrevista. Preciso do visto americano apenas para fazer uma escala, vou para cancun e meu voo faz escala em Dallas… Vou viajar com meu namorado e os pais dele, que estão financiando a viagem. Não tenho carteira assinada pois sou estagiária. Tenho contrato assinado pela empresa, mas como eles só validam de seis em seis meses tenho medo do consul ver que o contrato atual vence antes da viagem. Ainda estudo, mas me formo na faculdade em dezembro, também antes da viagem.Minha entrevista é daqui a uma semana.Você acha que eu tenho muitas chances de ter o visto negado?!E o que eu posso levar ara a entrevista para aumentar as minhas chances de ser aceita?!

    1. Olá Lorena, obrigado por visitar e comentar aqui no Boa Viagem! Seguinte, não há motivos para ficar nervosa tá bom, é um processo bem simples, apesar de parecer um tanto quanto burocrático, mas é só levantar os documentos certos e acreditar que vai dar tudo certo. Você deveria ter verificado antes de comprar o voo sobre a necessidade da escala nos EUA, sem o visto você sequer embarcará no avião! Mas acredite que vai dar tudo certo, você pode até alegar esse motivo para conseguir com mais facilidade o visto. Alegue que seu destino final é Cancun, levando seu eticket como documento de comprovação, inclusive na hora da entrevista quando for questionada do destino, alegue que só vai fazer a conexão nos EUA e de lá voará a Cancun como destino final, isso pode facilitar um pouco o adentramento, mas é importante levar também os docs dos pais do teu namorado e uma carta-custeio junto com a papelada, só por segurança,pois acredito que sequer vão te questionar sobre esses docs. Bom, espero que tenha ajudado você…, volta depois pra deixar teu relato tá bom! Grande abraço pra vc e teu namorado, boa sorte e SUCESSO!

  140. Olá gostaria de uma informação. Pretendo viajar com meu companheiro para NY no final do ano que vem e gostaria de saber se primeiro, podemos agendar a entrevista juntos, pois vivemos em contrato de união estável homoafetiva registrada em cartório. Desde já agradeço a atenção e prometo escrever novo post quando concluir os tramites do visto para contar minha experiência.

  141. Olá, primeiramente parabéns pelo blog. Bom, eu tenho 23 anos e faço faculdade integral, portanto não trabalho. Porém meu pai vai custear a minha viagem. Ele é funcionário público e tem o salário bruto de 9.000 reais. Eu já comprei as passagens e reservei o hotel. Você acha melhor eu levar esses comprovantes para a entrevista, ou não? Outra coisa, eu vou em outubro, vou ficar 10 dias. Escolhi essa época por conta de ler em muitos lugares que é a melhor época para viajar para Disney, por causa das filas e etc. Será que o cônsul vai implicar pelo fato de eu faltar aula? Será que é difícil conseguir o visto por eu não trabalhar, mesmo sendo o meu pai o Sponsor? Obrigada desde já!

  142. Olá Luiz, em dezembro do ano passado postei algumas duvidas que tinha e como tive a entrevista no cônsul hoje gostaria de compartilhar, cheguei por volta das 7 da manha e meu horario era as 08 e fui atendido as 7:45. Entrei junto com minha esposa e o cônsul me perguntou sobre meus ganhos e tempo de empresa e rendimentos, para minha esposa perguntou sobre seus estudos e nada mais, visto concedido! Levei 10 kilos de documentos e não me pediram nada! Agora é só viajar. Abraço e obrigado pela ajuda espero que ajude alguém

  143. Olá, Luiz! Bom dia. Muito bom o seu post e com certeza irá nos ajudar muito, porém tenho uma dúvida. Como meu rendimento não é maior que o solicitado para declaração do IR, será que terei algum problema levando apenas o holerite dos últimos 3 meses e extrato bancário? Lembrando que também sou estudante universitário e quero passar férias nos EUA. Desde já agradeço!!

    1. Oi, César! Desculpe eu me intrometer, mas gostaria de dizer minha opinião sobre teu caso. Minha mãe tb é isenta da declaração do IR, mas mesmo assim optamos por fazer a declaração só por questão de ”segurança” e para termos um documento a mais. Pagamos a um contador para fazer a declaração e levamos. Minha mãe não precisou pagar nenhuma multa e no final das contas nem foi preciso apresentar o IR. Eu já ouvi dizer que através do seu nome e cpf, o consulado tem acesso sobre sua declaração. Eles não sabem quanto nem o que vc declarou, sabem apenas que vc declarou por conta dos seus dados. Não sei se essa informação procede, mas caso proceda, vc não irá se prejudicar se fizer a declaração e terá um documento a mais. Espero ter ajudado e boa sorte!

      1. Obrigado por responder, vou tentar fazer dessa forma só não sei se dá tempo suficiente, pois pretendo ir no consulado em outubro no máximo! Mas vou procurar saber a respeito.

        1. Acredito que dará tempo sim, César. O contador que contratamos fez em uns 4 dias… Boa sorte e se eu puder ajudar em alguma coisa, será muito gratificante!

  144. olá Luiz Jr. Fernandes, quero viajar em janeiro 2014 e tentar meu visto em novembro. Minhas dúvidas são: Posso levar um extrato da minha poupança ou é obrigatório ser conta corrente? Para solicitar o visto já tenho que ter minha passagem comprada e hotel reservado? Tenho emprego fixo (4 anos), meu salário na carteira é R$1000,00, mas sou consultora de vendas e retiro uma renda de + R$ 2000,00 de comissão. Além disso trabalho com prestação de serviço em buffet, e tenho esses pagamentos depositados na minha poupança, é suficiente para fazer uma Decore? Adorei seu blog. Abraços

  145. Olá Luiz conforme prometido estou voltando aqui para contar minha experiência no consulado. Bom tivemos nosso visto aprovado hoje 10/09 e foi muito tranquilo todo o processo. O cônsul fez apenas algumas perguntas como: C: estão indo para onde? Eu: NY C: o que vocês são um do outro? Eu: somos companeiros, vivemos sob contrato de união estavél. C: tem filhos? Eu: não C: em que trabalham? Nos: meu companheiro é gerente comercial e eu sou autônomo C: moram em casa própria ou aluguel? Eu: aluguel C: jã visitaram outros países? Nos: sim C: quais? Nos: Chile, França C: seus vistos foram aprovados! Pronto, não nos pediu nem um documento se quer, e olha que eu fiquei com muito medo porque sou autônomo e por isso tinha feito uma declaração de IR na semana passada. Enfim gostaria de agradecer as dicas aqui do blog e diser a quem ainda vai passar por essa maratona de obtenção de visto que de respostas firmes na hora da entrevista que com certeza não iram te pedir nada de documentos, claro que é bom estar preparado. Obs. O consulado do Rio estava cheio e não vi ninguém com visto negado, algumas pessoas precisaram apresentar documentação mais no geral é bem tranquilo. Espero ter ajudado! Abços.

  146. Ola, muito boa as dicas que eu vi, e espero que vc possa me ajudar também. Entao estou tentando tirar um visto de estudante, para estudar ingles por 4 meses, quem esta custiando minha viagem é a minha tia. Quais documentos devo levar e quais perguntas podem ser feita na entrevista. Obrigado!

  147. Olá Luiz, tudo bom? Andei lendo mas fiquei com algumas dúvidas, gostaria de ver se poderias me ajudar. Eu pretendo tirar o vista esse ano ainda. Minha conta é conjunta com a do meu pai, preciso levar os documentos dele tb? Possuo tanto a conta conjunta como uma separado (porém quase sem movimentação). Não tenho a declaração de renda (Isento), como eu poderia proceder nesse caso? Tenho carteira assinada. No momento estou fazendo EAD com provas 3 vezes por semestre apenas, deveria incluir ou deixar apenas a minha graduação finalizada? Tenho apenas um terreno em meu nome, sem casa em cima, será que vale também ou contam apenas imóveis com residência? Você começa a ler e cada vez fica mais ansioso, por causa do temido não. Mas no geral, boa dicas e ótimas respostas aos comentários. Abraços.

  148. Ola Luiz!!! Minha noiva e do Maranhao, e eu moro legalmente nos USA, amanha e o Dia da entrevista dela em Sao Paulo, ela esta vindo passear. Ela mora com os Pais dela, e separada e tem um menino de 3 anos. Tem algum problema dela morar com os Pais? Ela trabalha para o municipio ha 1 ano e tambem trabalha como autonoma, fizemos o decore e Estamos legais perante a receita federal. Será que ela tem chances? E ela vem sozinha!!!!

  149. Olá, eu tenho 16 anos e sou estudante, fui emancipado ah uns 5 meses e pretendo ir visitar parentes nos USA eu gostaria de saber se no dia da entrevista meus pais são obrigados a me acompanhar ou eu posso ir só ja que sou emancipado, eu tenho uma empresa em meu nome com um bom giro financeiro e meu pai tem outra com um giro maior, eu gostaria de saber se eu devo falar que meu pai irá bancar ou eu mesmo. Grato

  150. Boa tarde! Pretendo viajar p NY mais não tenho mtos documentos que prove meu vinculo aqui no Brasil, recebo seguro desemprego faco curso. E quem vai custear minha viagem é meu irmão que tem empresa no nome dele. Será que consigo o visto??

  151. Olá! Li seus posts mas ainda tenho dúvidas. Eu trabalho e ganho em carteira R$1.000, por ser uma renda baixa e tbm não tenho IR, achei melhor ir atras dos documentos de alguém responsável. Tenho algumas perguntas: se os ultimo extratos bancários estiverem com valor negativo, vc acha que consigo o visto? Meus pais moram em uma cidade e eu moro em outra, o aluguel e a energia está no nome do meu pai, preciso de documentos comprovando isso também? Obrigada.

  152. ola, eu e meu noivo pretendemos passar a lua de mel em cancun e miami, porem estou com medo da entrevista com o consulado(minha entrevista esta marcada junto com a do meu noivo para dia 22/07/2014),pois minha renda é de 915,00 em carteira , trabalho a 2 anos nesta empresa. coloquei que quem iria custear minha viagem sera meu noivo, que ganha 3,500 reais como funcionario publico. sera que teremos nosso visto aprovado tendo em vista a nossa renda? posso citar que tb iremos a cancun(já que cancun nao precisa de visto)? to nervosa e com medo( ja compramos as passagens e reservamos o hotel, mas como vimos em outros sites de dicas , nao colocamos que ja temos a passagens.)

    1. Você pode levar seus dados escolares, mas acredito que eles não serão suficientes para provar seus vínculos com o Brasil. Vale a pena muito levar os dados da sua tia, com as informações dela, e tentarem tirar o visto todos juntos, justificando que é uma viagem em família que com certeza não terão problemas.

      No caso do seu cunhado, seria interessante ele ter a declaração de renda dele em dias, e se já trabalhou alguma vez, levar os últimos contra-cheques. No mais, declarem que vão viajar em família, e tirem o visto todos juntos, para a mesma viagem, creio que vai dar tudo certo. Dando ou não, está convidado a voltar para relatar o que aconteceu! Abração e boa sorte!

    2. Olá, tudo joia?! Agradeço por visitar e comentar aqui no blog. Bom, eu já vi casos de pessoas com menos renda que você terem seus vistos de 10 anos sendo aprovados, porém já vi outros tanto que também tiveram seus vistos negados. O importante acima de tudo é conseguir comprovar vínculos com o país, assim como você o fará ao levar seus comprovantes de renda. É importante que seu noivo leve a declaração de renda anual realizada junto à Receita Federal e vocês podem sim citar que o destino final é Cancun, já que podem comprovar com uma simulação da viagem (feita via internet em qualquer site de viagens) Eu acho que é visto na certa, mas em todo caso desejo toda sorte do mundo e peço que vc volte aqui para contar qual foi o resultado da sua tentativa 😉 Abração e boa sorte!

  153. Olá Luiz, preciso esclarecer uma dúvida. Estou viajando a turismo com minha namorada para os EUA, e no DS160 a coloquei como companhia de viagem, porém marquei a opção ‘Friend’. Na hora da entrevista, acha melhor falar que ela é minha amiga ou contar a verdade, que é minha namorada? Devo ‘sair do armário’ para o Oficial Consular ou melhor ficar quieta? Tenho medo de ter o visto negado por causa disso. Obrigada.

    1. Olá Mayara, tudo joia?! Agradeço muito por visitar o blog e principalmente por seu comentário! Não acredito que você necessite de ‘sair do armário’ para o Oficial. Só se não quiser. Pode muito bem ir como amiga se você for se sentir confortável com isso. Agora caso o conforto para a entrevista vir assumindo seu relacionamento, então o faça! De modo que o que eu gostaria de recomendar a você é justamente isso: o mais importante é estar tranquila, dizer a verdade e comprovar seus vínculos como país. No mais é boa viagem e voltar aqui no blog depois para contar o que aconteceu na sua experiência. Seu visto não vai ser negado por assumir seu relacionamento afetivo com toda a certeza. Abração e boa sorte!

  154. Oi Luiz, Tenho algumas dúvidas: 1) sou advogada mas estou estudando para concurso, portanto, não estou empregada. Quem pagará a viagem será minha tia, então se eu levar a documentação que vc citou eles não criarão problema? 2) eu e minha tia (que pagará a viagem) iremos juntas para tirar o visto. Como funciona: fazemos a opção ‘Família’ e somos entrevistadas juntas ou vamos separadas? Obrigada!

  155. Olá Luiz! Sou casada tenho 18 anos , estudante , do 3 ano do ensino médio, sou autônoma e ganho 3.000 . Meu marido ganha 1.800 na carteira. Será que consigo o visto?

  156. Luiz, tudo bem? Em primeiro lugar gostaria de dizer que gostei muito do blog. Gostaria de tirar uma duvida. Meu namorado e eu queremos ir para orlando em setembro de 2015. Ele e eu trabalhamos com contabilidade, obde ele recebe 1.500 por mes e eu 2.055. Ele concluiu a faculdade no primeiro semestre de 2014 e participa do programa fies, isso pode ajudar a comprovar vinculo? Eu termino a faculdade nesse semestre, ano q vem ambos estaremos livres para pagar o pacote de viagem e juntar o dinheiro necessario para se manter la. Nós mesmos iremos custear a viagem ja q moramos com nossos pais e outras despesas eles que arcam e tenho receio do visto nao ser aprovado por renda. O q vc acha? Acha necessario q algum colocar q algum parente vai custear a viagem para facilitar? Obrigada

  157. Oi Luiz, td bem? Amo seu blog.. E ele que tem me encorajado a tirar meu visto. Mas confesso está desesperadaaaaa. Sou funcionária pública concursada há 2 anos e ganho apenas R$700,00 líquido no holerith, o prêmio que ganho não vem no holerith, ele cai na minha conta corrente. Sou casada há 3 anos. Pago aluguel, tenho um empréstimo bancário em 44 parcelas no valor de R$500,00. Pago faculdade R$400,00 de mensalidade (estou no 4º semestre de Administração). E estou em pane.. pq não declaro imposto de renda, já que meu salário é baixo. e tenho, como vc pode ver, dívidas maiores que meu salário (no holerith). E eu mesma que vou pagar minha viagem, e vou viajar sem meu marido, vai ir eu e mais três amigas. Sendo que duas delas, sempre vão ao EUA, tem visto garantido.! Seja sincero comigo, você acha que eu tenho alguma chance de consegui meu visto, sendo honesta e falando somente a verdade? Grataa!

    1. Oi Anne! Obrigado por amar o blog 🙂 Eu amo escrever ele! Bom, sobre tua dúvida, teu medo na realidade né, teu grande receio, bem, eu acho que você deve primeiro tomar um chá de camomila e sentar pra ler esse comentário. Já vimos relatos aqui no blog de gente que tirou o visto com apenas um salário em carteira. O valor do salário não influencia obrigatoriamente na aprovação ou não do visto americano. Eu acredito que o importante é comprovar os vínculos com a nossa nação e que você é capaz de arcar com os custos da viagem. Bom, não existe a necessidade de mencionar na sua documentação que você tem contas que somadas ultrapassam a sua receita mensal, porém você pode se dar mal lá nos EUA sem grana, sinceramente é impossível fazer uma viagem, por menor que for, no mais barato dos baratos gastando menos de U$ 2.000,00. Contando é claro com os custos da hospedagem, deslocamentos e atividades turísticas esse valor para ser sincero é uma grande barbada para qualquer viagem de uma semana aos EUA. Então primeiro, antes de tirar seu visto, tente se preparar financeiramente para fazer a viagem. Não vai ser legal chegar em NYC por ex e não poder comprar um hot dog pois tá com a verba mega arretada 😉 Bom, superada a questão financeira, eu acho que seria legal você também preparar sua documentação e fazer uma simulação desta viagem com suas amigas em uma agência de turismo séria! Anexe aos seus docs e vá com fé em Deus que dará tudo certo 😉 Volta pra contar é claro né? Quero muito saber da evolução do seu caso! Abração e obrigado por compartilhar

      1. Oi Luiz, então.. eu acho q não expliquei bem.. No meu holerith consta que ganho R$700,00 líquido, porém minha renda é mais que isso, já que tenho um prêmio incentivo que cai a parte e não é declarado no holerith. E estou juntando R$ há 1 ano pra essa viagem. E meu medo mesmo, está no meu holerith, que é o que posso usar pra declarar minha renda. certo? e que vínculo posso ter com o brasil? não tenho casa própria, não tenho carro no meu nome. aliás não tenho anda no meu nome. rs o q tenho de vínculo, é meu marido que ficará aqui me esperando, meu emprego, já que sou concursada e minha faculdade. mais nada rs E isso é o suficiente? Obrigada por me responder, conforme vou lendo alguns depoimentos, vou me calmando, mas ao mesmo tempo vou ficando em pane, já que a maioria das pessoas de baixa renda que conseguem o visto, conseguem pq alegam ter um patrocinador. O fato de eu viajar com duas amigas que tem visto e vão sempre pra os EUA me ajuda em alguma coisa?

  158. Olá Luiz, primeiramente obrigado por ter criado um local tão útil na internet, show de bola, parabéns!! Luiz, tenho 25 anos e minha namorada 20 anos, trabalho em uma empresa há 4 anos e no meu holerite possuo o salário bruto de (R$ 4.000,00) – (recebo mais dinheiro por fora do holerite também). Faço faculdade (terceiro semestre), possuo carro em meu nome e moro com meus pais. Minha namorada apenas estuda (quarto semestre – via FIES) e eu que irei pagar toda a viagem (ela recebe pensão do pai), ou seja, ela somente tem esse vínculo no Brasil. Queremos ir para Nova Iorque agora em dezembro e ficar por 10 dias e conhecer os principais pontos turísticos, museus, estátua da liberdade, conhecer a neve!! Minha dúvida cruel é como devo proceder para fazer a entrevista? Queria muito que fizéssemos juntos para ficar mais claro que iremos juntos, estou sem rumo e com muito receio, pode me ajudar e dar dicas de como proceder e o que fazer para dar certo (docs e etc?). Muito obrigado!! Abraço!

  159. Ola. Vou fazer meu visto junto com meu namorado o qual tenho uma união estável a 5 anos. Não trabalho e nem estudo no momento. Sou dona de casa. E meu namorado me declara dependente dele no IR a 3 anos. Será que isso me ajuda a ter o visto concedido?

  160. Ola Luiz, boa noite! Em 2009 tive uma briga de transito e fui levado a delegacia, la a delegada me deu voz de prisão, porem foi estipulado uma fiança em que paguei e sai em menos de uma hora da delegacia, no processo fui absolvido, inclusive com determinação de ter meu nome tirado dos registros do tribunal de Justiça, tendo devolvido até o valor de minha fiança. Devo mencionar esse contra tempo no meu Ds 160.? O consulado consulta os registros da policia Civil. sou Funcionario publico a 20 anos e eu e minha esposa possuimos uma renda de 7000, 00 mensais. Temos apartamento e carro no nosso nome.

  161. Olá! Tenho a seguinte dúvida: já possuo o visto de turista e já estive nos EUA este ano. Agora estou participando do programa de au pair e terei que tirar o J-1. Gostaria de saber se o fato de já ter o visto de turista e já ter estado no pais facilita a aprovação do J-1, dificulta ou não faz diferença. Atualmente não trabalho registrada, tenho apenas um contrato de prestação de serviços para apresentar na entrevista. Isso irá me prejudicar muito? Obrigada!

  162. Olá Luiz, vc é um fofo, e as informações que vc posta são excelentes! É o seguinte, sou docente de uma universidade, funcionária pública, e ganho por isso R$ 4.100,00, tenho Holerite para comprovar.. Além disso ganho por fora mais R$ 2.000,00 (tenho apenas extrato bancário para comprovar ). O que vc sugere, que eu declare apena 4.100, ou devo declarar 6,100,00…e caso ele pergunte, apresento Holerite e tb extrato do banco???? Por favor me ajude!!!! Um grande abraço

  163. Ola bom dia! Vivo na Espanha com residência legal, tenho 2 filhos Brasileiros e 2 Espanholes, eu e meu marido temos só a nacionalidade de Brasileira! Queremos visto para levar as crianças a Disney! Por eu estar aqui na Espanha é mais complicado pedir o visto?

  164. Olá! Gostaria de tirar uma dúvida: sou estudante e quero viajar com o meu noivo no final do ano que vem, temos entrevista marcada em 07/11. Como estagiária ganho pouco, apenas 1200, é contrato. Não quis colocar meu namorado como pessoa que vai me bancar porque eu e ele somos apenas noivos ainda, nada no papel. Coloquei que eu mesma bancaria minha viagem, vamos fazer a entrevista juntos, na verdade eu vou pagar com o que tenho e ele vai me ajudar bastante. Iria dizer isso na entrevista mas acho que nem terei essa oportunidade. Agora estou achando que não vão aprovar o meu. Ele ganha bem, declara IR e tem 3 contra-cheques de empresas diferentes, provavelmente terá o visto aprovado. Já eu… Me arrependo de não ter colocado que ele me bancaria. Estou com medo de ser negada. Qual a sua opinião? Há alguma chance já que vou fazer entrevista com ele na condição de noiva?

  165. Olá Luiz, Meu nome é Laura tenho 18, bem eu tenho uma namorada que mora em Boston e ja estou tirando meu passaporte e meu próximo passo sera conseguir meu visto americano que eu acho q nao sera nda facil, eu trabalho mais nao tenho carteira assinada nao tenho muito dinheiro na minha conta bancária e ja me falaram muitas coisa, que eu tenho q apresentar conta bancária tenho q apresentar passagem de ida e volta tenho q comprovar q pelo menos eu estudo ou trabalho p eles ter a certeza que vou voltar, mais enfim eu tenho medo de ser negada e nao conseguir tao cedo marca outra entrevista por favor vc poderia me dizer qual é a melhor coisa que ue possa fazer para que eu consiga ter meu visto ? Desde já Obrigada e amei seu blog 🙂 Bjs

  166. Luiz, gostaria de saber se o fato de estar em débito com a receita federal é um empecilho para ter a aprovação do visto americano? PS- Minha declaração de imposto de renda está certinha, todo ano é feita, o problema está na efetuação do pagamento. Desde já agradeço a atenção.

    1. Olá Eduardo, obrigado por visitar e comentar no blog, é um prazer receber a sua visita! Eu sinceramente não sei se os consulados possuem acesso direto aos sistemas federais, tal como da receita, da PF ou afins, eu acredito que devam ter, mas sinceramente não sei! Então eu recomendaria a você tentar quitar o débito antes de tentar o visto…, isso se for algo possível, caso contrário eu gostaria de ver você de novo no blog para contar se deu certo mesmo com o débito… Abração chefia e boa sorte!

  167. Luiz, gostaria de saber se o fato de estar em débito com a receita federal é um empecilho para ter a aprovação do visto americano? PS- Minha declaração de imposto de renda está certinha, todo ano é feita, o problema está na efetuação do pagamento. Desde já agradeço a atenção.

  168. Olá Luiz, Boa tarde! Eu, minha esposa e minha filha de 10 anos estamos solicitando o visto americano. Já agendamos visita ao CASV e consulado para este mês, e agora estou juntando toda a documentação recomendada. A minha dúvida é a seguinte: não temos uma data definida ainda para a nossa viagem para Orlando, pois precisamos conciliar as minhas férias com as férias da minha esposa e as férias escolares da minha filha. Por este motivo, preenchemos no DS-160 que pretendemos viajar em Junho de 2016. Agora estou preocupado, pois acho que coloquei uma data muito distante. Você acha que isso pode ser um fator negativo para a concessão do nosso visto? Pretendo dizer no dia da entrevista que a nossa viagem poderá ocorrer antes, desde que consigamos conciliar as férias. O que você acha? Grande abraço, Jean

  169. Boa tarde! Gostaria que me ajudasse em várias dúvidas. Lendo esse blog, vi que é ótimo para tirar dúvidas. Quero ir pra Atlanta, levar minha filha para um passeio turístico . Lá mira meu primo há 14anos. Dou funcionária pública há mais de 14 anos e sou isenta ao IR. Só eu não pretendo ficar lá muito tempo. Pq só posso passar com uma filha, sendo que eu tenho 3filhos. Estou no último período da faculdade de matemática. E meu salário não é muito bom. Tenho casa própria e carro e um pequeno terreno em meu nome. Será se vão exigir mais o que ??

    1. Olá, obrigado pela visita e por deixar seu comentário. Você quer ir para uma cidade que está disputando o topo da minha lista de destinos desejados nos EUA 🙂 Leve os comprovantes de renda, mas já que é isenta do IR, ao menos leve o comprovante de isenção. É bom anexar a escritura dos imóveis, pode fazer uma boa diferença mesmo que você tenha um salário não muito grande (já vimos gente ganhando o mínimo e tendo o visto aprovado…) Qualquer dúvida volta e compartilha com a gente que vamos tentando te ajudar, tá bom?! Abração e boa sorte!

  170. Boa noite. Cai na besteira de declarar no formulário que tinha parente nos EUA, e ainda coloquei o endereço de onde pretendo ficar, fiz isso na intenção se não mentir para não entrar em contradição. Tenho vínculo aqui no Brasil, filhos, marido , trabalho e faculdade, mas receio que isso atrapalhe a concessão do meu visto.. Será? Obrigada

    1. Oi Milly, tudo joia?! Obrigado por comentar e compartilhar conosco de sua aflição. Eu sinceramente acredito que se os seus parentes estão lá em uma condição legal, então não haveriam motivos para que você tenha qualquer receio. Você poderia começar a se preocupar caso eles estejam em uma condição ilegal, mas não sei até que ponto isso poderia prejudicar seu objetivo de ter o visto dos EUA aprovado. Eu sempre recomendo a todos que visitam o blog para que não mintam, e realmente é a melhor forma de agir em qualquer circunstância que a vida nos coloca. Acredito que vc fez o certo ao optar por não mentir/omitir informações do consulado estadunidense, porém não sei até que ponto poderá te prejudicar no caso de seus familiares estarem em qualquer situação ilegal. Espero ter sido claro e ajudado 🙂 Volta pra contar o que aconteceu? Gostaria muito de acompanhar seu caso. Abração, tenha fé e boa SORTE!

  171. Luiz boa tarde, amei seu blog. meu caso é um pouco diferente dos que vejo aqui, é a segunda vez que estou tentando, pois na primeira vez fui negada, ela disse que não costava que eu estava trabalhando( formulário preenchido por um amigo) e acho que também pelo fato de meus pais ser autônomos. Bom como já comprei minha passagem, vou tentar o visto novamente daqui duas semanas e estou com medo e ansiosa, mas estou levando todos docs que comprovem meus vínculos apesar de não ter carro e nem casa em meu nome. aguardo suas dicas obg

  172. Luiz boa noite, muito bom seu blog. Gostaria de saber qual seria o melhor procedimento para agir no seguinte caso: Sou servidor publico, tenho renda comprovada, porém, pretendo ir a washington em fevereiro de 2015. Sou divorciado e hoje em dia estou em união estável à 5 anos. Nessa viagem que pretendo realizar irei ficar na casa de amigos e a minha atual esposa não vai. Minha pergunta: Eu falo que tenho uma união estável ou que sou divorciado pelo fato da minha companheiro não poder ir nessa viagem?

  173. Luiz, Parabéns. Pude me orientar perfeitamente com suas informações. Em contra partida conheço pessoas que fizeram a entrevista e são egoístas na hora de repassar as informações, assim como onde fecharam a viagem e dicas para quem viaja a primeira vez. Acho que pensam assim: Não tem onde cair morta e quer visitar a Disney kkkkkk. Grande abraço e obrigada por clarear as dúvidas de pessoas que você nem conhece. Pessoas do bem como você merecem o meu aplauso.

  174. Bom dia Luiz e leitores, Neste último final de semana, eu e minha família estivemos em São Paulo para tirar o visto. A visita ao CASV estava agendada para o Domingo, e a entrevista no Consulado para a Segunda-Feira. No CASV foi muito tranquilo. Apesar da grande fila para acessar o prédio, levamos cerca de 01 hora para sermos atendidos e deixarmos o local. Neste dia apresentamos os passaportes, folhas de confirmação do DS-160 e agendamento, tiramos foto e cadastramos a biometria. No CASV tem um aviso no guichê de atendimento, para que você não esqueça de levar a fotografia 5 x 5 ou 5 x 7 no Consulado. Eu levei e não foi necessário, mas pelo que me disseram, a foto que você tira no CASV pode não aparacer no sistema do Consulado, caso ocorra alguma falha técnica. Então é bom levar… No Consulado, eu fiquei impressionado com a quantidade de gente. Acho que tinha pelo menos mil pessoas no horário em que estávamos lá (primeiro horário da Segunda-Feira). Meu horário estava marcado para às 08:20 e chegamos lá com uma hora de antecedência. Saímos do local às 09:10. Apesar de tanta gente, o processo é muito bem organizado e acaba se tornando rápido. As entrevistas ocorrem em guichês, então da fila eu conseguia ouvir algumas perguntas que eram realizadas para as pessoas que estavam lá: – Qual é a sua relação de parentesco com essas pessoas que estão aqui com você? – Para onde você vai viajar? – Qual a sua profissão? – Quanto você ganha? – Entre outras… Para nós foram feitas apenas as duas primeiras perguntas, e tivemos o visto aprovado. Aliás, não percebi ninguém que teve seu visto negado. Acho que é isso… foi tudo muito tranquilo. Abraço, Jean

  175. Olá, Estou precisando tirar o visto para viajar com meu esposo e filho, meu esposo ja tem visto anteriores vencidos porque ja estou nos estados unidos e viajou varias vezes e vivemos em união estável sem comprovação de documentos e no momento estou apenas com renda de aluguel de imovel proprio e meu esposo vai custear a minha viagem, na hora que perguntarem se trabalho como posso informar se minha viagem é presente dele.

    1. Oi Augusta, obrigado pela visita e seu comentário. Você pode indicar que o seu esposo é o responsável financeiro por sua viagem e levar todos os documentos dele, inclusive anexar uma carta-custeio. Acredito que assim vai dar tudo certo 😉

  176. Olá, gostaria de saber sua opinião, sinceramente, sobre quais as minhas chances de conseguir o visto americano: Sou formado em direito, possuo OAB, mas atualmente somente estudo para concursos na carreira juridica, não trabalho. Irei viajar com meus pais, provavelmente faremos entrevista juntos. (eles irao custear) Nunca declarei renda. Obrigado.

  177. Oi Luiz, tudo bem?Achei seu blog em pesquisas pela internet e acredito que não foi por acaso…Deus faz as coisas certas nos momentos certos!!!Parabéns pelo blog e por tirar/compartilhar de todas as dúvidas e aflições sobre visto.Seu trabalho é diferenciado, por isso peço a Deus que te ilumine sempre, sempre!!! Vamos a minha dúvida…acabei de sair do meu emprego (dia 06/11-último dia trabalhado) e estou tentando tirar o visto para EUA, porém esta viagem é somente a passeio, pretendo e vou voltar pro meu Brasil, mas você vê algum problema se informar que estou trabalhando ou eles tem acesso a dados da caixa (como PIS, FGTS entre outros) para confirmar se atualmente estou sem vínculos empregatícios?Sou casada, tenho casa própria, curso faculdade e meu pai já possui o visto. Então o que você acha, informo que trabalho ou não? Muito obrigada pela disponibilidade e atenção. Fique com Deus!! Att,

  178. Olá luiz, estou indo essa semana fazer a entrevista no consulado, eu trabalho e estudo, más eu nao tenho conta no banco, portanto nao tenho extrato bancario. Será que isso vai causar algum problema?

  179. Olá, Luiz! Em fevereiro estarei me formando em Relações Internacionais por uma universidade federal e um dos meus grandes sonhos sempre foi conhecer Nova York, e pretendo realizá-lo em breve. No entanto, estou um tanto temeroso quanto a emissão do visto, pois estarei terminando a faculdade (ou já recém formado, pois não sei exatamente quando irei ao consulado) e, além disso, não trabalho. No entanto, meu pai – que é quem custeará a viagem – tem uma boa renda na empresa em que trabalha há quase 30 anos e, além disso, já é aposentado. Você acha que terei problemas com a emissão do visto? Obrigado!

  180. Oi Luiz voltei com nova dúvida, agora para preencher o formulário; na opção ‘informações sobre experiências profissionais e acadêmicas’; como relatei no comentário anterior estou desempregada, mas estou cursando psicologia e passei para o 10º período, qual opção devo colocar, estudante, do lar ou bussinnes? Minha dúvida é, quando coloco estudante, não me dá opção de preencher minhas experiências anteriores e quanto a custear minha viagem, serei eu mesma a custear, utilizando parte do meu acerto. E o visto será de família, eu e meu marido, ele atualmente trabalha e tem renda de R$1800,00. Qual melhor opção de preenchimento do meu formulário? Obrigada mais uma vez e tudo de bom pra você!! Grá

  181. Olá Luiz… Será que você poderia me tirar uma dúvida?? Vou essa semana para minha entrevista… Estudo Comércio Exterior e trabalho em uma empresa de Importação e Exportação como Auxiliar de Vendas… Viajarei com o meu irmão, porém, o mesmo já tem o visto! Quem está custeando minha viagem é minha irmã… Porém, a conta dela é conjunta e o extrato está saindo apenas com o nome do meu cunhado acima e não o dela… Terá algum problema???

    1. Oi Patrícia, que bom ler seu comentário. Que legal o seu ramo de atuação, sempre pensei que poderia dar certo nessa área (já que gosto tanto de países, viagens, geografia em geral). Bom, sobre sua dúvida, eu acredito que você pode ficar tranquila pois tem grande chance de conseguir o visto: você sequer vai precisar levar o extrato bancário da tua irmã, basta levar o comprovante de renda e de declaração da renda à receita e ponto final. Se ela for autônoma, solicite a ela um DECORE do contador. Se for empresária o contador também pode fornecer um comprovante de renda. Se for carteira assinada aí é só levar os 3 últimos contra-cheques. Se tiver alguma dúvida volta pois é um prazer ajudar. Caso contrário fé em Deus, boa sorte e volta pra contar pra gente como foi a sua entrevista ok?! Abração e boa sorte!

      1. Obrigada por ter tirado minha dúvida! Minha irmã é Biomédica e trabalha registrada sim, além disso, estou levando imposto de renda com recibo de entrega, holerites e outros documentos. Espero que dê tudo certo mesmo!!! Muito obrigada… Amanhã volto aqui para dizer como foi minha entrevista. Abraço

  182. Boa tarde! Amanhã vou ao CASV e quinta à temida entrevista consular. Bem, tive visto de 10 anos que venceu em 2012. Tenho duas entradas nos Estados Unidos e uma na Argentina. Sou Coordenadora de logística em uma empresa do ramo de petroleo, cuja rendsa liquida mensal e de 6200. Tenho carro quitado, uma casa e um aaprtamento no meu nome Tenho carteira registrada com o mesmo salario do contra cheque, declaraçao da empresa e do curso tecnico dizendo que me formo em abril de 2015. Irei à Disney com meu filho. Tenho IR e fui funcionaria publica por uase 10 anos. Será fácil essa concessão de visto? Estou ansiosa, pois frustar o sonho de meu filho será muito triste!

    1. Oi Glaucia, grande satisfação em ler e responder teu comentário. Sobre as suas dúvidas, creio que você já está com os pés dentro da Disney!! 🙂 Você tem todos os pré-requisitos necessários para conseguir a aprovação do visto: tem um bom salário e vínculo comprovável com o Brasil, possui imóvel em seu nome o que é mais do que uma comprovação importante de vínculo com a nação e o objetivo da sua viagem é bem plausível para a conquista do visto. Eu sugiro que você faça um orçamento com alguma agência de turismo e anexe isso como um comprovante na sua papelada (não precisa comprar nada antes de ter o visto aprovado hein!) Isso prova a sua boa fé de levar teu filho na Disney e acredito que o Consulado não teria qualquer tipo de objeção visto que a sua causa é tão sensata! Bom, espero que dê tudo certo, acredito muito que o seu visto vai ser aprovado. Tenha muito boa sorte e espero que você volte para contar como foi a entrevista, será um grande prazer acompanhar o seu caso! Abração, fé em Deus e boa sorte!

  183. Boa noite Luiz. Bom , tenho apenas 17 anos, e meu namorado tem 23, eu ainda trabalho como menor aprendiz na Brasal, e ele trabalha com o pai dele, Só que ele não é fixado e o pai dele não abriu firma ainda, meu namorado tem carro em seu nome, e mora com os pais ( casa própria) Eu ja moro só com minha mãe e de aluguel . No entanto quem vai viajar só vai ser eu e meu namorado se Deus permiti que de tudo certo, Mais nos dois juntamos um dinheiro e esta em uma poupança, pois abrimos juntamente para irmos viajar e esta no nome dele, e vamos viajar em dezembro. O problema é, ate dezembro irei fazer 18 anos , ja vou ser de maior, o que vamos fazer em relação a documentação ? Seria melhor, da o conselho para o pai dele firmar a empresa ? Poderia tirar o visto alguns meses antes da viagem ? Me ajuda . Aconselhe a gente para fazer o possivel para aprovar nossos visto, e a entrevista é realizada em porotugues ne ? ! Obrigada

  184. Olá Luiz e galera que segue o Blog… Tudo bem?! Bom, como disse ontem que voltaria, voltei até aqui para contar pra vocês como foi minha entrevista hoje! Confesso que fiquei bem nervosa na hora que cheguei, mas depois foi passando o nervosismo e então quando realmente entrei no consulado, já estava bem tranquila! Mas, vamos ao que interessa… Minha cabine foi de número 03 e o rapaz que me entrevistou era bem simpático! (Usarei C para o rapaz do consulado, e E para mim). C ; Bom dia E ; Bom dia C ; Passaporte por favor (e então dei meu passaporte para ele) C ; Patrícia, coloca pra mim por favor os quatros dedo da mão esquerda. Coloquei os dedos. C ; Prontinho… Quantos anos você tem? E ; 20 C ; Você vai viajar com seus pais? E ; Não, com meu irmão. C ; E o que você faz? E ; Trabalho e estudo C ; Estuda onde? E ; Universidade Nove de Julho C ; E trabalha com o que? E ; Sou auxiliar de vendas C ; Mas a empresa é do que, roupas? E ; Não… peças para tratores e motores a diesel C ; E quem vai custear sua viagem? E ; Minha irmã C ; Hum… e quanto tempo você trabalha nessa empresa? E ; 7 meses registrada C ; E no total? E ; Total de 8 meses C ; Ah sim.. E o que faz sua irmã? E ; Ela é biomédica C ; E seus pais o que fazem? E ; Meu pai é falecido, e minha mãe é autônoma, presta serviços C ; E pra onde você vai? E ; Orlando, Disney C ; E vai ficar quanto tempo? E ; 8 dias C ; Humm… e você tem parente ou conhece alguém nos Estados Unidos? E ; Não C ; O que você estuda? E ; Comércio Exterior C ; E qual semestre você está? E ; Estou no segundo semestre, fui para o terceiro. C ; Seu visto foi aprovado… Tchaau E ; Obrigada, tchau. Confesso que fiquei tensa com tantas perguntas, mas, no final deu tudo certo!! Ele não me pediu nenhum papel!!! E realmente eu tive a prova de que, essa entrevista realmente não é um bicho de 7 cabeças, huahaua.

  185. Boa Noite! Pretendo viajar para Miami em março a convite de meu namorado e dos pais deles que já programaram, porém sou a única que não possuo visto. Sou isenta de IR por receber 1800,00 reais, mas fiz a declaração apenas para declarar a isenção. Trabalho numa Universidade por 4 anos e faço graduação em ciências contábeis. Os pais do meu namorado irão custear a hospedagem e alimentação, porém o restante será por minha conta. Como posso apresentar o formulário? Seria melhor pedir para meu tio me custear? Na entrevista informo que os pais dele irão pagar a hospedagem e meu tio as demais despesas? Fico no aguardo ansiosa!! Obrigada

    1. Olá Camila, agradeço por sua visita e por compartilhar sua dúvida aqui no blog. Sempre sou muito melindroso com relação ao assunto de custeio de viagem, acredito que os resultados são mais positivos quando declaramos a nossa própria realidade e não precisamos depender de ninguém para saldar com as questões financeiras, entretanto cada caso é um caso. Eu recomendaria a você incluir no seu formulário que a viagem será realizada com sua família e que parte dos custos também serão bancados pelo seu tio, mas isso não te isenta de também incluir que você possui os recursos necessários para a viagem… Faça também se possível um orçamento da viagem para anexar nos seus documentos, indicando que irá viajar em um grupo grande. Acredito que já tem uma boa chance do visto ser aprovado, vou ficar torcendo por você. Quando conseguir fazer a entrevista lhe convido a retornar ao blog para compartilhar a sua experiência. Grande abraço, boa sorte e vamos que vamos!

      1. Luiz, Não posso falar a verdade que vou com a família de meu namorado? Minha família não possui visto e creio que eles perguntam isto, com quem vai e se já possui visto. Fico no aguardo e obrigada!

  186. Olá Luiz! Tenho 31 anos, sou divorciada, não tenho filhos e estou com minha entrevista marcada para próxima semana. Pretendo visitar Miami. Trabalhei como sacoleira uns 3 anos mais ou menos e em setembro me registrei como microempreendedora, abri minha loja. tenho um saldo razoável em minha poupança, e movimento de conta corrente também razoável. Faço faculdade de Administração. Em sua visão e experiência, quais chances tenho?

    1. Uma duvida que tenho e esqueci de mencionar, todos os papeis que provam minha renda, faculdade, empresa etc. Quando eu responder as perguntas relacionadas, eu só apresento se eles me pedirem? Com relação aos extratos bancários quais são de maior valor, os de caixa eletrônicos ou impressos da conta na internet? Obrigada!

    2. Oi Eliana, tudo joia?! Agradeço muito por visitar e compartilhar sua experiência comigo e com os leitores aqui do blog. Sobre sua dúvida acredito que se conseguir juntar todos os documentos direitinho vai ter total chance de aprovação, entretanto dá uma lida nos comentários do blog para ver que existem casos parecidos com o teu e que pode ser interessante prestar bem atenção aos documentos que vai levar. Como microempreendedora individual tem duas opções para comprovar sua renda e a declaração dela (via decore ou extratos de holerites mensais), não se esqueça que boa parte do peso na aprovação do visto vai para a declaração de renda. Espero que dê tudo certo viu! Abração e boa sorte

  187. Boa tarde, estou dando uma lida em vários blogs e gostei bastante deste, parabéns pelo trabalho 🙂 ! agora vamos ao meu caso, é o seguinte.. estou planejando viajar com minha namorada para ORLANDO em Setembro de 2015 e fico 2 semanas lá (já tenho as datas planejadas 2509 há 11/10)… ela ainda não tem visto, ela vai mudar de casa então falei pra ela esperar se mudar, acertar documentação da casa e tudo mais para só depois fazer o visto, então ela vai tirar só em março. Minha entrevista esta marcada para a 2° semana de janeiro e a minha condição é a seguinte, tenho 21 anos e trabalho na mesma empresa há 4 anos (2 dele como estagiário e 2 como registrado) sou estudante de engenharia e estou no 3° ano, minha profissão é Vendedor Técnico, ou seja, além do ganho registrado eu também sou comissionado, minha renda mensal varia em torno de R$ 3.000,00 até R$ 3.500,00, deste valor apenas R$ 1200,00 é registrado em carteira e o resto é comissão que recebo todo mês direto em conta… no meu formulário eu coloquei minha renda como R$ 2.000,00 e coloquei em OBS GERAL que como sou vendedor recebo comissão em vendas o que eleva meu ganho para XX,XX… pretendo levar todos os documentos possíveis para a entrevista (Hollerites, Extrato bancário, declaração da faculdade, contrato da faculdade, carteira de trabalho e até cartões comerciais da empresa que trabalho) posso ter algum problema com isso ? pois no meu holerite a renda teoricamente é baixa e maior parte do meu ganho eu recebo direto em conta. outra duvida minha é que no DS-160 na parte de escolaridade ele não deixava eu preencher se ainda ESTOU ESTUDANDO e sim o que já cursei, como ensino médio e escola técnica… porém no DS-160 li varias vezes e não encontrei em nenhum lugar local para colocar que minha condição atual é que estou cursando ensino superior… posso ter algum problema com isso também? Desde já obrigado 🙂

  188. Boa noite! adorei seu blog, eu e meu marido somos aposentados.. e queremos viajar ..sera que conseguimos tirar o visto americano juntos temos uma renda de 3800 reais obgada e no aguardo

  189. Olá! Tudo bem? Parabéns pelo seu Blog! Várias dicas muito legais!!! Eu gostaria de ir visitar um amigo nos EUA e viajar por lá por uns 3 meses. Acabei de me formar (2a graduação), porém, tenho 35 anos e ainda estou sem emprego fixo. Será que é provável o meu visto ser negado?

  190. Olá Luiz, sou Elbert, educador físico, trabalho em uma escola e em uma academia, ganho cerca de 2 mil reais por mês, estou querendo passar 10 dias em miami, presente da minha avó, sou formado em é. Física licenciatura e estou cursando o 7 período de bacharelado. Bom, coloquei que minha avó vai pagar minha passagem, ela tem terra, cria gado e vende leite, atividades rurais, mas ela não declara imposto de renda (e vi que eh mt importante isso), não sei se a renda dela passa de 3 mil, mais Ela me disse que eh isenta, eu queria saber de vc oq levar dela no dia, quais documentos, e queria saber se o imposto de renda tira em qualquer contador? E tb depois de detalhar, oq vc acha da minha situação, boa ou ruim? Abrac

  191. Oi Luiz, Sou a Raiza, e pretendo fazer uma viagem com meu namorado e sua familia para Califórnia! Gostaria de saber se na entrevista para o consulado eu consigo fazer a entrevista junto dele e da familia ou terei que fazer sozinha já que não temos uma união estável?

    1. Luiz, no caso as faturas do cartão de crédito é para quê? Seria bom uma fatura com valor alto ou baixo? E a receita financeira é o quê? Desculpa as perguntas, muito obrigada

      1. Recomendo que leve as faturas mas todas as vezes por precaução, pois eles nunca pedem, mas é uma forma a mais que você tem de comprovar renda, de mostrar que você tem como custear pela viagem e tem vínculos com o Brasil. A receita seria o comprovante do seu salário (de sua fonte de renda) 😉

    2. Oi Raiza, tudo joia?! Obrigado por visitar e comentar aqui no blog. É sempre importante fazer a solicitação do visto junto com o grupo que você está viajando. Isso caracteriza a viagem como turística e te dá forças no ato da entrevista para comprovar a papelada e conseguir a cereja do bolo. Se for só vc e o namorado, peça pro seu namorado fazer a declaração e te relacionar como a pessoa que vai viajar com ele, e na sua a mesma coisa…, no ato da entrevista vocês vão ser entrevistados juntos e isso vai ajudar demais na aprovação, entretanto lembre-se das questões de como fazer para comprovar as rendas declaradas 😉 Abração e boa sorte!

  192. Sou cadeirante e aposentada por invalidez , sou casada e sem filhos e quero tirar o visto em março , devo dizer no formulário e no consulado que tenho uma irmã que mora ilegal no EUA a 9 anos? Me ajude por favor!

    1. Olá Paula, tudo joia? Obrigado por visitar e compartilhar suas dúvidas. Eu sinceramente não gosto de recomendar que as pessoas omitam informações no ato da solicitação do visto. Mesmo pois hoje em dia os sistemas são tão conectados que acredito que é fácil eles conseguirem qualquer tipo de informação sobre a vida dos solicitantes. Por isso eu recomendo sempre para não mentir no DS160, não omitir dados, pois eles descobrem e negam de imediato. Eu não sei até que ponto a situação da sua irmã possa complicar a sua vida no ato da solicitação, entretanto acredito também que declarar isso já é um passo para que eles te neguem o visto, isso caso sua irmã tenha realmente a ‘ficha suja’ do lado de lá. Não estou recomendando, mas acredito que declarando essa informação você pode comprometer o sucesso da sua solicitação… Qualquer nova dúvida não deixe de comentar novamente. Abração e boa sorte!

  193. ola Luiz joia eu sou estudante de letras,me formo esse ano e gostaria de visitar novayork,estudando um e adquirindo um pouco mas d e conh ecim ento sobr e o ingl es enriquecer o meu curso,ja trabalho na area como professora d ingles, e gostaria d saber o q dvo fazer para meu visto nao ser negado e como comprovar minha renda

  194. Ola, tenho 22 anos, sou estudante de Direito, não trabalho, meu pai é falecido e moro apenas com minha mae. Tenho 2 tias e uma prima da minha mae que moram lá, todas tem green card, são cidadãs americanas … Quero passear nas minhas férias de julho. E minha tia-avo que irá custear minha viagem. Ela já tem o visto, e provavelmente ira comigo. Devo dizer que tenho parentes lá? Já que são legais … Terá algum problema?

    1. Olá Jade, obrigado pelo seu novo comentário! 

      Sobre como declarar seus vínculos com o Brasil – acho que você não deve se preocupar tanto, não há motivos para o desespero! Acho que se você está receosa por não conseguir comprovar que tem como custear a sua viagem, poderia indicar uma outra pessoa, tal como seus pais, como os financiadores, seria uma ótima solução e você teria como levar os documentos deles de comprovação de renda para não ter nenhum perrengue! Lembre-se, o mais importante é manter a calma e ter a certeza de que você pode sim entrar nos USA.

  195. Luiz, sou o Elbert, denovo rs, rapaz, marquei minha entrevista pro dia 27 agora, e dps de confirmar o Ds160 (uma agencia q fez pra mim) percebi que uma palavra no Ds ficou em portugues (…Professor of school…) nao foi a palavra teacher e sim Professor, apenas isso, mais a mulher me disse que nao tem nada haver so isso, mesmo assim fiquei em duvidas, vc acha que é melhor eu cancelar e mudar a entrevista e fazer outro Ds ou nao, nao tem nada haver? abraç

  196. Boa tarde Luiz. Me chamo Felipe e estou pretendendo tirar o visto para viajar esse ano. Queria tirar umas duvidas com você e ficaria muito feliz se você me respondesse. Então… tenho 20 anos,minha unica ocupação é estudante (faço engenharia na Ufes), nunca trabalhei. Meu pai é servidor publico e minha mae é aposentada. A renda dos dois juntos da 3K. No caso quem iria pagar minha viagem era meu avô (aposentado, ganhando 2,5K por mes e com mais de 100 mil na conta bancária). Pelo fato de meu avô e nao meus pais estarem bancando a viagem eu teria mais dificuldade ? Você acha que eu deveria tirar o visto juntamente com outra pessoa da minha familia (ex: meu pai) para facilitar? Estou pretendendo ir com minha namorada e a familia dela. Eles tem parentes que moram lá nos EUA. Falar que tem parentes la e que vai visitar eles seria um ponto negativo? No caso de estudante como eu, que nao trabalho, a falta de vinculos é meio que obvia ne…porque é meio dificil conciliar trabalhos e estudos, principalmente engenharia… O que você acha sobre meu caso? Obrigado!

  197. Olá Luiz, primeiramente parabéns pelo blog, as suas informações e dicas me ajudou muito mesmo. Vamos lá, Me chamo Talita e tenho 18 anos quero tirar o visto pro EUA, pretendo ir pra Florida passar 20 dias com a familia do meu namorado, a irmã dele mora lá a 7 anos, quem vai pagar a viagem serei eu mesma meu salário é de 2.200 como recebi o convite bem em cima da data estou correndo contra o tempo pra conseguir tudo, eu não tenho um valor significativo na conta porem consigo juntar uma grana boa até o mês da viagem (agosto). Será q consigo o visto mesmo sem uma quantia gorda na conta? eu vou pagar tudo porém meus pais irão me dar a passagem de ida e volta, terei que falar q a viagem é custeada? Aguardo ansiosamente sua resposta 😀

  198. Fala Luiz, blz ? Cara, não tenho uma renda considerável, e nem uma poupança gorda. Com isso será que fica difícil ter meu visto aprovado? Outra dúvida… Quem vai pagar minha passagem é uma amiga que vive lá. O ideal seria, eu pedir á ela, uma declaração que vai custear, ou melhor é, eu comprar em meu nome a passagem? Obs: Vou ficar apenas um mês, de férias.

  199. Olá Luiz como vai? Então ´pretendo viajar no final de julho, ainda irei tirar o passaporte e visto, preciso saber se posso ir como turista ficar lá por 5 meses e antes de vencer o visto retornar? e também se o visto for negado eu posso tentar novamente?

    1. Oi Débora, tudo bem?! Obrigado pela visita e por deixar o seu comentário. O vencimento do visto costuma ser de 6 meses a 10 anos. O que vencerá com 6 meses para qualquer prazo de validade de visto, é a sua permissão de entrada. Ao cruzar a fronteira você receberá um carimbo no passaporte que virá com o prazo permitido para esta viagem em particular. Então é necessário que você volte antes dessa data expirar. Se o visto for negado é bom dar um prazo antes de tentar novamente (algo como 6 meses)… Qualquer dúvida não deixe de comentar novamente tá bom!? Abração e boa sorte!

  200. Ola Luiz! Gostaria de saber se vale a pena tentar tirar o visto mesmo com baixa renda tenho casa propria mas e pela caixa e temos uma moto tbm queria ir eu e meu esposo e filha .e nao declaro imposto de renda posso declara mesmo com baixa renda?

  201. Boa tarde!! Vou tirar o visto, para viagem turismo daqui a dois meses, a minha duvida, eu trabalho por contrato na prefeitura, encerrou em dezembro, e ira iniciar em março, a partir desse mês q serei registrada e terei meus holerites, e nos documentos necessários pedem os3 últimos holerites, será q terei meu visto negado??? iremos viajar com amigos, minha irma ira tb ela q custara minha viagem e ira tirar o visto junto comigo, ela tem todos os documentos necessários inclusive declaração de imposto de renda. Será q conseguirei com apenas um holerite??? Desde já agradeço

    1. Também estou cursando uma pos graduação e tenho um dinheiro na poupança para viagem, sera q isso ajudará???

  202. Boa noite Luiz! Parabéns pelo blog, muito bom! Tenho uma duvida: eu e meu namorado estamos planejando uma viagem para Orlando. Quando preenchi meu formulário, coloquei meu salário mensal acima de 4 mil, já no caso do meu namorado, que possui uma renda bruta na carteira de 1500 reais, abriu mais algumas páginas de informações adicionais sobre escolaridade. Isso é normal? Além disso, apesar dele ganhar 1500 reais na carteira, ele ganha comissão. É preciso mencionar isso no formulário? Pois isso eleva a renda mensal dele No aguardo pela resposta. Obrigada

  203. olá, Compramos uma promoção para o Rock in rio las vegas. Porém estou no seguro desemprego mas ja tenho um trabalho previsto para quando acabar. Estou indo com meu namorado e mais 5 amigos. Será que consigo o visto?

  204. Olá Luiz! Parabéns pelo site! Muita coisa que a gente fica em dúvida dá pra entender por aqui. Meu parceiro está indo para Brasília no dia 19 de fevereiro para tentar o visto americano. Ele é autônomo (cabeleireiro) e não declara imposto de renda, sendo que a renda dele é de aproximadamente R$ 3000,00 reais. Você acha que o DECORE juntamente com o extrato bancário seriam suficientes pra obtenção do visto? Ele faz engenharia civil (segundo período) e possui FIES. Com ele também estará a cópia do meu visto, alegando que estará viajando comigo para turismo. Desde já agradeço!

  205. Olá, sou a diullyth tenho 13 anos, minha mãe estar querendo fazer os nosso passaporte, que no casos é eu a minha mãe e meu padrasto e o meu irmão de 9 anos , a minha mãe trabalha como Gerente administrativo, o meu padrasto ele é até bom de situação, nós temos duas motos no nosso nome ,uma casa e uma data nós temos chance de passar na entrevista, no visto americano.

  206. Olá Luiz preciso saber se tenho que levar escrituras de casas e lotes e veículos que esteja na IR, ou não pois la já está falando o que tenho né???

    1. Oi Lucy! Tudo joia! 

      Como foi a sua entrevista?! Deu tudo certo?! Espero que sim! Não se esqueça de voltar no blog para contar a sua experiência e assim ajudar as outras pessoas que também tem dúvidas!

      Obrigado!

  207. Oi Luiz meu nome e angelita vou tentar o visto em maio e gostaria de uma informação …sou empresaria tenho carro mas n tenho casa propria pois morro c minha mae q tem problemas cardiacos…quero levar meus filhos a disney em julho…sera q consigo? q documentos devo levar? q comprove meu vinculo c o brasil…desde ja agradeço

  208. Luiz, primeiramente gostaria de te parabenizar pelo blog, fino demais!!! Acho que meu caso é diferente pelo que eu comparei com os outros comentários, infelizmente tive um visto negado mês passado, embolei na entrevista. Daqui 6 meses mais ou menos vou tentar o visto de novo, desta vez vou me preparar melhor! Eu e uma amiga vamos para Disney, vamos tirar o visto juntos e etc, quem irá custear a viagem dela será o pai e a minha o meu tio. Eu tenho 18 anos, trabalho de carteira assinada, mas o meu salário é muito baixo R$900,00, faço alguns serviços autônomos para uma imobiliária como captador de imóveis e consigo tirar uma renda maior, R$2500,00 ao mês, consigo comprovar isso com o contador, faço faculdade de ciências aeronáuticas e faço curso de piloto no aeroclube da minha cidade nos finais de semana (vida muito corrida rs) Então Luiz, minha dúvida é o seguinte, eu deixo a opção que meu tio ira custear a viagem (Ele é militar, tem IR, ganha R$4098,00) ou coloco que eu mesmo vou pagar? Não tenho IR, minha conta bancária tem um bom dinheiro que faria que eu declarasse o IR, estou com muita dúvida em relação a isso 🙁 Pode ser sincero viu? Valeu brother!

  209. Mt bom o texto! Tenho uma empresa no Brasil, a mesma consta restrições bancárias , queria ir a passeio com meu esposo e 3 filhos. Será que terei problema?

  210. Oi Luiz, tudo bem? Sei que você já respondeu várias perguntas sobre visto com namorado, mas minha dúvida é um pouco diferente. Meu namorado é funcionário público. Eu tinha emprego fixo até o final do ano, mas a empresa declarou falência e demitiu todos. Estávamos decidindo a viagem e no meu DS160 declarei que ele iria pagar minha viagem para mim. Ele também não tem visto, e tem condições para arcar para nós dois. Estudo em uma Federal, tenho dinheiro no banco, tenho imóveis. Mesmo assim estou muito ansiosa, pois não temos vínculo sanguíneo, somos apenas namorados. Namoramos há 7 anos, imprimimos várias fotos. Nossa intenção era noivar na viagem, mas como eu fiquei desempregada, desisti. Prefiro ter estabilidade antes.. Temos passagem de ida e volta, a viagem é para a Disney.. Temos ingressos dos parques, reserva de hotel.. Tudo pago. Marcamos a entrevista juntos. Ainda assim fico com medo. Você acha que é possível conseguirmos nossos vistos?

    1. A pergunta ficou meio confusa, claro que a possibilidade de conseguir os vistos existe de qualquer maneira, o que eu queria saber é se o fato dele estar pagando minha viagem e não termos ‘laços sanguíneos’ pode influenciar, fico muito ansiosa a respeito disso.

  211. Ola sou aposentado por invalidez e tenho baixa renda o meu único vínculo é a minha filha e meus pais mais como estou ganhando essa viagem sera que eu vou conseguir

  212. Luiz.Gostaria de saber o que devo fazer.Me encontro indignada, pois não consigo ter meu visto aprovado para visitar minha filha e netas nos EUA.Acho um absurdo uma mãe e vó não ter direito a este visto.simplesmente negado 3 vezes,alegam que não tenho vínculos pra voltar ao meu país.Sendo que tenho meu marido filha neta e trabalho aqui como autónoma.Em nenhum momento penso em ficar lá.Minha filha é casada com americano tem 2 filhas, ta legalmente lá.O que devo fazer.

    1. Olá Lucy, tudo joia?! Agradeço muito por sua visita e comentário. Que coisa mais chata essa sua situação, realmente fico indignado com essas fronteiras e formalidades que impedem com que possamos ver os entes queridos que vivem em outra nação. Enfim isso são formalidades porém devem ser devidamente respeitadas como a soberania que cada nação tem sob seu território. Tenta organizar um pouco mais a vida da sua empresa, você disse que é autônoma e isso pode ter pesado um pouco nas decisões do Cônsul, entretanto acredito que tem mesmo tudo que é necessário para conseguir o visto. Espere também um pouco mais, dê uma janela de tempo entre uma tentativa e outra… Qualquer dúvida volte aqui e deixe um novo comentário, será um prazer te ajudar a entrar nos EUA legalmente. Abração e boa sorte!

  213. Ola, tive 3 vistos americanos em pptsja vencidos, dois b2 e um c1, fui muito aventureiro depois dos 15 anos, eu chegava na embaixada e nao me.pediam nada pois meus ppts eram muito carimbados, hj com 32 anos e a mais de 5 que nao saio do pais quero passear la denovo, mas fiquei inseguro de ir tentar tirar, tenho 12 entradas la

    1. Olá Maximiliano, obrigado pela visita e comentário. Eu estou com mais ou menos isso também chefe, e o bom é que meu visto é em um ppt e praticamente todos os dois estão semi lotados, fica fácil entrar…, porém é bom como sempre reunir a papelada correta pra revalidar o visto e partir para as pistas novamente 😉 Abração e sucesso nas novas empreitadas

  214. Olá, Luiz. Tirei várias dúvidas pelo seu site. E gostaria muuuuito que ajudasse. Estou pretendendo viajar pela primeira vez e é para os EUA, pretendo passar uma semana em Orlando, na Disney, tenho 18 anos, terminei o ensino médio já, mas ainda não estou cursando nenhum curso, pois ainda estou esperando ser chamada. Pois meu curso é bastante concorrido rsrs. Não trabalho tbm, no caso isso é como não ter vínculos com o Brasil??? Meu pai irá custear minha viagem, é como um presente de 18 anos… Ele é funcionário público, casado com minha mãe, temos a escritura de nossa casa e carro no nome dele e ele sempre declara imposto de Renda, mas não ira viajar comigo, irei viajar com meu irmão mais velho que trabalha aqui e já foi três vezes desde o ano passado para os EUA, então no dia da entrevista irei levar todos os documentos de meu pai que comprovam que ele tem vínculos com o Brasil, irei levar a carta de custeio que ele vai dizer que vai custear toda minha viagem, ida e volta, e irei com meu irmão tbm, mas ele não entra pq já tem visto, mas levarei a xerox do passaporte dele que mostra que ele já foi três vezes pra lá. Então, estou com muito medo de não conseguir, pois ainda não estou na faculdade e nem trabalho, meu único comprovantes são os do meu pai, que é meu financiador, e a carta que ele fez pra mim. Você, acha que é muito difícil de conseguir e eles provavelmente me dêem visto negado??? Ate mesmo se eu já fizer as reservas de passagens (ou não vai mudar em nada ter as reservas de passagem??) POR FAVOR, ME AJUDE E OBRIGADA!!!! Ps:( mesmo sendo de maior já, ainda sou dependente dos meus pais e moro com eles, e isso não seria o bastante para provar que moro aqui. Pois acabei o ensino médio e sou muito nova ainda para me virar sozinha e sou totalmente dependente deles! O que comprova que não tenho como me manter lá fora!!

    1. Olá! muito obrigado pelo comentário: a sua dúvida pode ser a mesma de vários outros leitores e para nós é um prazer poder ajudar na sua empreitada.

      Veja bem, você deve decidir se deseja tirar o visto para estudar ou para turistar na Califórnia – o processo para a obtenção do visto estudantil é um pouco mais complicada, desde que você deve comprovar que realmente já está em processo de negociação com a instituição de ensino em questão. 

      Sobre a sua comprovação de renda, o decore está de ótimo tamanho. O contador tem condições de emitir um decore de três meses anteriores e acredito que este documento pode ser exatamente o que você precisa. Vale a pena também levar um extrato das suas contas, bem como os extratos dos seus cartões de crédito, caso seja necessário você terá condições de mostrar que realmente tem o financeiro controlado para uma viagem como essa.

      Assim sendo, defina se deseja fazer turismo ou realmente se sua viagem será exclusivamente com o objetivo de fazer turismo e opte pela opção que melhor lhe encaixar no preenchimento da papelada.

      Acho que é isso, se ficou alguma dúvida estamos aqui para tentar respondê-la com sucesso! Grande abraço e boa sorte na decisão!

    2. Oi Laienna, tudo joia?! Obrigado por visitar e deixar seu comentário no blog 🙂 Vou tentar te auxiliar na medida do possível. Você está no caminho certo! E você tem o maior vínculo no BR que é seu pai :)) Não se preocupe an, vai dar tudo certo… Você não deve reservar as passagens. Faça uma simulação, um orçamento de uma viagem pra Disney em alguma agência de viagem (com tudo, hotel, os passeios que você quer fazer e os traslados). Fala que vai ser uma viagem com o seu irmão, que já tem o visto e tenha firmeza em suas respostas na entrevista que é sucesso na alta 😉 Volta aqui pra contar hein! Abração e se tiver alguma dúvida deixe um novo comentário!

  215. Oi Luiz, tudo bem? Gostaria que você me ajudasse na seguinte dúvida: meu noivo já teve o visto negado duas vezes. Na primeira em 2006 e a segunda em outubro de 2014 quando eu também fui com ele e renovei o meu visto de turista. Ele tem 28 anos, cursa o penúltimo período de Ed Fisica e trabalha numa empresa onde ele ganha R$ 900.00 de salário fixo mais comissão que não vem no contra cheque dele. Como bens ele tem um carro. Desta última vez que ele tentou ele recebeu aquela carta padrão que não demonstrava vínculos suficientes. Ele quer muito conseguir o visto, você acha que ele deve tentar uma 3 ª vez com essas condições? Como noivos será que se ele colocasse que eu bancaria a viagem, seria mais fácil já que ganho mais de 8 mil reais? Obrigada!

    1. Luiz, a mãe dele também tem o visto de turista e ela é aposentada. Ela também poderia custear a viagem. O que achas?

  216. Ola gostaria da opiniao de vcs que entendem desse assunto tenho 24 anos moro com meus pais trabalho e tenho renda de 1300 estudo ed.fisica e tenho apenas uma moto em meu nome ja tenho o dinheiro da viagem guardado no banco 15mil pretendo ir visitar uma tia e um tio que moram em deltona na florida e ja iria aproveitar e conhecer a disney para mim so gastaria o dinheiro das passagem lah eles irao pagar o resto gostaria de saber na entrevista se deve falar o real motivo da viagem ir visitalos eles ja estao no pais a 18 anos e so a dois anos atraz conseguiram o greencard nao sei oq fazer gostaria da opiniao de vcs outra coisa vi ke um fator determinante e a declaracao de i.r mais eu nao ganho renda aponto de precisar declarar agradeco desde..e aguardo respostas

    1. Luiz!! muito Obrigada pela sua atençao mais uma vez tem sido de grande ajuda essa semana irei na entrevista orbigada e sim pode deixar que eu volto para falar se deu certo bjsbjs 

    2. Luiz meu padrasto ira custea a viagem , tem algum problema nesse caso ??? eu nao tenho trabalho fixo, sou autonoma , presciso de um DECORE?? Obrigada !! bjsbjs 

    3. Oi Davi, tudo joia cara? Obrigado por visitar e deixar seu comentário compartilhando as dúvidas que tem sobre o visto. Eu sempre apoio as pessoas a falarem a verdade acima de todas as coisas. Não vale a pena omitir os motivos da viagem, da mesma forma que não seria legal esconder os motivos de visitar parentes que vivem por lá. Mas isso não exclui a lógica de que visitar pessoas que estão ilegais por lá pode ser um fator determinante para não ter a aprovação do visto. Sinceramente não sei até onde um fator influencia no outro, entretanto é melhor estar cauteloso na hora de preencher o DS. A declaração de renda é fundamental pois é o documento legal que comprova que está em dias com o fisco nacional. Eu até chego a recomendar a várias pessoas que tirem esse documento antes, mesmo que não sejam obrigados… Qualquer nova dúvida volte a comentar, será um prazer ajudá-lo na empreitada 😉

  217. Vivo de renda de imóveis da família,minha conta é conjunta com meu marido mas não sou casada legalmente.Tenho dois filhos e o motivo do visto seria levá-los pra conhecer a Disney.Como devo proceder e provar a minha renda que é depositada mensalmente e anualmente?Neste caso fica mais difícil pra mim?Meu marido já foi para os Estados unidos e quando venceu seu visto lhe deram outro,mas eu é as crianças nunca tentamos.

  218. Boa tarde! Estou planejando passar o aniversario da minha filha na disney em outubro. sou funcionaria publica municipal efetiva. nao declaro imposto de renda. trabalho apenas 1/2 periodo e meu salario bruto é +- 1600,00 E nao declaro IR. meu marido é micro empreendedor (MEI) Tem firma tudo certinho. mas nao sabemos ao certo o quanto ele ganha. ele nao declara IR. mas o contador dele disse q se quizer pode fazer a declaração de IR dele como isento e tbm o IR da empresa dele. acredito q ele ganhe +- 5.000 a 6.000. Temos casa propria, carro, moto, minha filha estuda em colegio particular. o contador disse também q consegue pro labore pra ele. quais medida devemos tomar pra conseguirmos o visto?ele deve fazer o IR pessoa fisica dele mesmo sendo isento e apresentar junto o da juridica. Porque o Ir dele como fisica daria menos do que ele ganha realmente. Obrigada Nick

  219. Luis muito Obrigado por responder as duvidas do outro post, pesquizando achei uma tal de carta convite que ate precisarei para passar na imigracao… Meus tios moram a 20 anos nos eua e estao com a situação legalizada se eu pedir uma carta convite oficializada em cartorio americano ira ajudar na hora da entrevista e sobre o imposto de renda mesmo eu sendo isento posso declararo mesmo assim? Para ajudar na entrevista

  220. Luis!!! Parabéns pelas dicas!!!Um dos melhores sites de consulta de informações para visto! Help me?! Eu sai do meu trabalho, a mais ou menos 20 dias, então resolvi fazer um intercâmbio no início do mês de maio, com duração de um mês, aperfeiçoar o inglês e buscar uma vaga no Brasil . Irei tentar o visto de estudante para Atlanta, Possuo carro , estou pagando taxas de um apartamento, tenho uma reserva que daria para me manter lá e em maio também começarei a receber o seguro desemprego. Minha dúvida são….consigo declarar o seguro no formulário como renda?Ou não coloco renda? Se colocar no formulário que estou desempregada as chances aumentam muito para a resposta negativa? Pela sua experiência, acredita que, eles já vendo essa informação nem vão querer ver outras ? e por fim…sendo visto de estudante seria mais fácil de obter do que o de turismo no meu caso?Aiiii

  221. Ola Luiz,tudo bem? Estou querendo ir na California visitar meu namorado. Ele é brasileiro e mora lá a trabalho. Porem ele vai custear minha viagem e eu não declaro imposto de renda. Na verdade estou com medo que eles pensem que eu pretendo ficar morando lá e me neguem o visto. O que eu posso fazer pra correr menos risco? Obrigada

    1. Olá Renata, obrigado pela visita e comentário. Bom é necessário que você verifique a situação do seu namorado, se está legal no trabalho e tudo mais. Você também deve provar que tem estabilidade financeira e social aqui no BR para que eles não impliquem com os motivos da sua viagem…, acredito que pode vir a dar super-certo caso consiga levantar toda papelada e preencher o DS da forma correta! Qualquer nova dúvida volte a comentar, será um prazer lhe auxiliar!

  222. Luis!Obrigada pelo retorno!Ja fiz a matricula na escola, estou no aguardo do I20. O problema é que já realizei a homologação , já foi dada baixa na carteira e o meu holerite de não está completo no mês de março (período quando sai)Aí ficaria complicado, pois se pedirem a documentação não teria como comprovar vínculo no emprego Tenho 30 anos, meu pai é aposentado e minha mãe Dona de casa, mas recebe uma previdência, porém a renda é baixa. Devo colocar eles como meu suporte financeiro ou uma vez que em poupança eu tenha condições de me manter lá coloco no formulário que estou desempregada e tento Sei que cada caso é um caso, mas já ficou sabendo de alguém que colocou no formulário desempregado, sem veículo conseguir visto de estudante?

    1. Oi Tai, tudo joia?! Obrigado por visitar e comentar aqui no blog novamente…, pra ser sincero já vi alguns casos parecidos com o seu sim, acredito que você pode até indicar sim que seu pai é um dos financiadores e que tem cash disponível pra pagar pela viagem, entretanto dois documentos são chave: a declaração e a comprovação da renda, caso não tenha como declarar a renda, acredito que a melhor forma é encontrar outro financiador para a trip. O visto de estudante acho que pode ser um pouco mais complicado pois depende de negociações prévias com instituições lá dos US…, vc precisa ter alguma coisa já organizada com o lugar que vai te receber para o estudo compreende?! Qualquer nova dúvida volte a comentar! Grande prazer em te dar umas dicas pra conseguir viajar 😉

      1. Olá Bianca, tudo joia?!Obrigado pela sua visita e principalmente por seu comentário!
        Sobre a sua dúvida é o seguinte: você deve verificar qual o seu objetivo:  como você não tem condições de comprovar sua renda, e também com certeza não deverá ter IR declarado, então valeria a pena analisar com bastante cautela a sua situação. Você acredita que a sua viagem poderá ser realizada junto com seu namorado? Ele tem nacionalidade brasileira? Caso você vá ficar na casa de seus famliares pode ser uma boa alternativa solicitar uma carta-convite, já que este documento enfatizaria que você estaria indo a turismo visitar alguns parentes. É bom também ter certeza que a situação da imigração dos seus parentes é tranquila para não ter surpresas na hora da entrevista. Acho que consegui responder as suas dúvidas com sucesso, senão, faço questão de que você deixe um novo comentário na matéria para poder ajudar você melhor! Ah, e não se esqueça de voltar aqui para contar como foi na entrevista!

  223. Ola luiz tudo bem estou querendo tirar meu visto como turista tenho todos meus documentos trabalho minha carteira é a sinada só não tenho conta no banco. Eles pedem um estrado banqueiro como eu faço

    1. Voltei aqui pra contar que conseguimos o visto!

      Levei uma pasta com todos os documentos que você puder imaginar:

      DECORE dos 2, IRPF dos 2, Contrato de aluguel 2012 e já 2013 renovado, DASN, Contrato da empresa, Saldo/Extrato bancário da conta conjunta de 6 meses (carimbado pelo banco), Documento do carro (e até nota fiscal dele!), Certidão de casamento, Carteiras de identidade, Conta de luz, Conta de telefone, além, claro, dos passaportes e confirmação do DS-160.

      Foi em Brasília: Chegamos lá 30 minutos antes e ficamos na fila até começarem a liberar as pessoas. Lembrando que deixamos bolsa, celular e tudo mais no carro. Só levamos a pasta com documentos. Como somos casados e agendamos a entrevista juntos (como família), fomos sempre juntos. Na entrada já mostramos nosso DS-160 e passaporte, para confirmarem o agendamento. Passamos pelo detector de metais e entramos.

      Ao chegar no salão, tem uma recepção onde mostramos novamente nosso DS-160 e passaporte. Já começaram perguntando o motivo da viagem (turismo), qual nosso relacionamento (casados). Coletaram DS-160 e passaporte, entregaram senha e um papel com instruções. Nessas instruções dizia que deveríamos esperar nossa senha ser chamada e levar para o guichê de entrevista apenas a pasta preta que nos derem depois. Demais documentos só deveriam ser mostrados SE pedissem.

      Pois bem, sentamos e esperamos. Lá dentro tem banheiro e lanchonete com água, lanches, sucos, café e muuuuuuita gente na espera.

      Uns 30 minutos depois chamaram nossa senha. Levantamos e já ficamos na fila para os guichês. Entregaram a pasta preta com nosso DS-160 e passaporte dentro. Os guichês são estranhos: não tem cadeira pra gente sentar, ficamos em pé mesmo e ouvimos o que o consul entrevistador fala, por microfone, através da caixa de som. Então da fila dá ouvir as outras entrevistas, por isso ficamos bem atentos no que estava rolando. O que perguntavam, o que pediam de documentos (vários), quem era aprovado (a maioria), quem não era, etc. Isso até me acalmou um pouco, pois me preparei mais para o que seria feito.

      Então chegou nossa vez! Fomos juntos ao guichê, atendidos por uma mulher com sotaque gringo (acho que todos eles têm). Passamos a tal pastinha preta por baixo do vidro, como explicaram. Ela perguntou: É a primeira vez de vocês nos EUA? Sim. Qual o motivo da viagem? Turismo. Trabalha com o que? (pro meu marido) Trabalha com o que? (pra mim) Respondi dona de casa. Ela sorriu. Digitou um pouco e disse que nosso visto foi aprovado e receberemos em casa em 2 semanas, junto com os passaportes.

      E foi isso. A tão temida entrevista durou 2 minutos e não pediram NENHUM documento 😀

      Não sei explicar o motivo da aprovação tão rápida, já que não pediram nenhum documento na hora. Mas tenho certeza que fazem uma enorme busca com base nos nossos dados informados no DS-160 antes mesmo da entrevista, então no momento já sabiam muito sobre a gente, especialmente sobre nossa renda. E como não viram problemas, nos aprovaram.

      Então foi assim 🙂

  224. Boa noite, eu estava com planos de estudar nos EUA, porém meu visto não foi aprovado e também não negaram, alegaram somente que na tenho vinculos com o Brasil. Trabalho a 6 meses em Angola e tenho meu visto de trabalho aqui, consegui tirar por aqui o meu visto b1/b2. Mesmo assim quero tentar estudar lá, o que eu devo fazer pra conseguir tirar meu visto de estudante ?

  225. Olá Luiz, Um dúvida, minha viajem vai ser custeada por um amigo e não e parentesco meu só amigo meu, tem algum problema isso? Tenho que comprovar alguma coisa?

  226. Quero daqui 1ano e meio ir pra Disney com meu marido e minhas 2filhas de 7 e 8 anos … Eu e meu esposo somos autônomos tenho uma renda de 1900 e meu esposo de 2500 não tenho casa no meu nome… consigo tirar o visto?

  227. Ah posso colocar uma amigo com uma condição finceira boa falando q ele q esta pagando minha viagem? Conseguiria o visto?

  228. Boa Tarde Sr.Luiz Jr.Vi algumas questoes no seu blog e achei interessantes.Bem,minha duvida ‘e a seguinte:Sou corretora de imoveis e trabalho no ramos a mais de 3 anos,porem hoje tenho um contrato de 3 anos com uma imobiliaria que vencera em 2016.Minha renda fica em torno de 5 mil,porem no contrato,consta que recebo 2.500.Sempre declarei IR com isenta,e nao tenho nenhum bem no meu nome,so o contrato de aluguel que esta no meu nome e pago 1.100 reais mensais.Recebo holerites e nem tudo vai pra minha conta.Sera que teria algum problema em conseguir meu visto,seria o meu e dos meus filhos de 15 e 13 anos…

  229. Boa tarde, meu marido saiu do emprego no final do ano passado e foi selecionado para um estágio na Califórnia. Toda a documentação e intermediação do visto está sendo realizada por uma agência credenciada no governo americano. Eu sou funcionária pública, somos casados no papel há mais de dois anos, temos imóvel e carro próprio e eu ficarei aqui durante o período do estágio dele (3 meses). Será que vão encrencar com o fato de ele não estar empregado no momento? Temos recursos mais do que suficientes para bancar a viagem e já viajamos, pros EUA e pra vários países da Europa, a turismo, nunca excedendo os períodos dos vistos. Obrigada!

  230. Oiee Luiiiiz, tdo bem? Antes de mais nada gostaria de lhe parabenizar pelo site, estou fazendo pesquisas na net a mais de 4 meses me preparando para viajar a Disney com meus filhotes e meso ja sabendo de toda documentacao dei uma olhadinha no seu e foi incrivel sua organizacao e clareza a respeito do assunto, pois achei tdo isso q vc colocou em uns 20 sites kkkk, informacoes q eu achava prdidas e separadas vc deixou tdo simples e claro, parabens! Bem, no meu caso e um pouquito mais dificil pois tenho dois filhos d pais diferentes e pesquisando na net, vi q tem uma opcao deles assinarem uma autorizacao q ja fica anexada no passaporte, vc poderia me ajudar mais a respeito desse assunto pf? E eles tem q estar presentes no dia q for tirar o passaporte ou so a carta ja da? E mais uma duvida…como e agendado o CASV? (na vdd n sei nem o q e isso) Obrigada por compartilhar c a gente suas experiencias e seus conhecimentos

  231. Olá Luiz, tenho 26 anos e desde os 18 sou sócio de composição de capital em uma empresa com a esposa de meu tio. Possuo 1% da empresa e isso não me dá rendimentos relevantes que possam ser comprovados. Sou formada e trabalhei como freelancer, porém hoje apenas estudo para concursos, então fica impossível de comprovar renda. Qualquer coisa que se faça na empresa precisa da minha assinatura, como compra de veículos, abertura de conta, etc. O contador da empresa me indicou que eu colocasse que minha avó vai pagar por minha viagem, tendo em vista que moro com ela e seu salário/pensão bruto é considerável. Minha duvida é se o fato de eles verem através do meu CPF que possuo uma empresa e a viagem vai ser paga por outra pessoa pode atrapalhar a concessão do visto. O que você acha? No caso de eu colocar que sou estudante como o contador indica, lá aparece um espaço para colocar endereço da escola, telefone, só que agora não estou mais matriculada no cursinho, apenas estudo com o material que já possuo. Você acha que seria arriscado colocar o endereço e telefone do cursinho que estudei? Outra pessoa já me indicou que eu poderia colocar que sou empresária e colocar a empresa como custeadora. O que você acha mais válido? Muito obrigada!

    1. Esqueci de dizer que o visto é o de turismo e que planejo ir a Florida, ficar na casa de uma amiga americana por 20 dias.

  232. oi Luiz tudo bem? Tenho 23 anos, ouvi dizer que essa é a idade de ‘risco’ pra tentar o visto, pois o cônsul pode achar que quero tentar a vida lá, isso procede? E além do mais minha renda na carteira é de 1.691,00, trabalho á 4 anos nessa empresa. Se acaso proceder, devo colocar que quem vai custear a minha viagem é meu namorado? ( ele tem 31 anos, tem participação na sociedade da empresa que ele trabalha, declara imposto de renda, e a renda é bem mais alta que a minha, e tbm vai tentar o visto dele). Li em um site que isso de custear viagem só funciona no caso de crianças e adolescentes, será que se eu citar que ele vai custear a minha pode ser um ponto negativo? É melhor eu declarar a minha renda, ele declarar a dele, e declarar tbm que somos namorados e vamos juntos? me ajuda! Muito obrigada

    1. Olá Nathalia!Obrigado por seus comentários e sua visita!Pois bem, acredito que você deva sim preencher os dados do seu trabalho, e no dia da entrevista você pode levar essa carta que o pessoal da empresa propôs fornecer. Pode ser interessante também verificar com o seu pai a disponibilidade dele custear a viagem e assim você conseguiria dele a carta-custeio: um documento importante e que lhe insentará da preocupação de declara a sua própria renda. E por último, vale a pena sim indicar que sua amiga vai viajar com você no ato, e de preferência seria legal também se vocês fossem juntas tentar o visto. Acho que é isso! Se tiver mais dúvidas deixe um novo comentário e terei prazer em esclarecê-las!

      1. Olá novamente Luiz Jr. e agradeço por me responder.

        Surgiram mais algumas dúvidas. Minha ocupação principal realmente é estudante, porém faço esse trabalho pra conseguir uma ajuda de custo. Seria tipo um estágio remunerado.

        Dúvida 1: Eu estudo em um faculdade que se localiza em outro estado, porém, faço aula em um polo na capital. Qual endereço devo colocar na DS-160? Porque o polo, normalmente, se localiza em outra escola que empresta o espaço pra minha faculdade.

        Dúvida 2: Eu devo então colocar o valor da ajuda de custo ou só comentar que faço esse estágio no espaço reservado pra descrever nossos feitos?

        E eu ganhei essa viagem do meu pai, então ele vai fornecer todos os documentos certinho, só estou com receio de como preencher a DS. Minha amiga vai comigo no mesmo dia pra tirar o visto também!

        Agradeço mais uma vez pelas respostas!

  233. Boa tarde luiz , sou novo por aqui adorei o blog parabéns 😀 , tenho uma duvida , eu e minha mãe estamos querendo ir para miami no fim deste ano , só vai eu e ela mais quem custeara toda a viagem será meu pai, tenho 21 anos moro com eles não estudo apenas tenho renda comprovada de R$1.200,00 , minha mãe tem renda comprovada de R$900,00 e meu pai é aposentado com renda de R$4.000,00 , carro e casa própria , tenho que colocar ele como custeador e fazer uma carta ?? ou só minha renda junto com a da minha mãe ja comprovam vinculos com o brasil?? me responda pfv desde ja agradeço

  234. Boa tarde Luiz,ja estive no seu blog outra vez e me tirou as duvidas que eu tinha,porem me surgiu mais uma. Meu marido tem green card,porem nao somos casados no civil,so vivemos juntos ha 9 anos.Quando eu for preencher o DS160 e por o meu conjuge pode aparecer pra eles que meu esposo tem Green Card? Duvida cruel,ou sera que preencho como solteira…No aguardo

    1. Olá Valéria, boa noite e obrigado por seu comentário e sua visita!

      Mais uma dúvida sobre como declarar a renda. Realmente isso é muito complexo para pessoas que assim como você, possuem algum tipo de renda informal, que não possui declaração legal. Eu recomendaria que você realizasse um DECORE, com qualquer contador da sua cidade, a fim de declarar legalmente o seu trabalho como autônoma. Com esse documento você pode aumentar o valor declarado da sua renda e assim consequentemente ir com mais tranquilidade para a entrevista. Você também deve declarar que possui o outro emprego, visto que nesse você teria como comprovar os rendimentos através do seu contra-cheque. 

      Você deve optar a forma na qual vai para os EUA. Acredito que se você considerar a possibilidade de falar que possui o namorado e que está indo para ficar na casa dele, pode ser uma grande faca de dois gumes: por um lado pode ser bom pois terá a carta-convite (e precisará solicitá-la ao seu namorado), por outro o pessoal do Consulado poderá interpretar que você deseja abandonar a nação e ir morar com ele na Florida. Eu sinceramente não gostaria de opinar na sua situação, já que parte do auxílio para uma questão pessoal, mas acredito que quanto mais sincera você for, mais fácil vai ser. Qualquer nova dúvida não deixe de comentar novamente na matéria! Agradeço pelo comentário e volte sempre!

      1. Muito obrigado querido, valeu pelas dicas, por via das duvidas vou colocar na minha ds 160 que vou para casa de um amigo, ele vai me dar a carta convite, penso que seria a melhor opção. O que vc acha, vale a pena dizer que vou a casa de um amigo

        1. Acho que pode ser uma boa alternativa. O que eles vão analisar mesmo são seus vínculos com o Brasil, eles não querem que você imigre com visto de turista, entende? Comprovando o seu vínculo financeiro e trabalhista então acredito que as chances já são muito boas de ter o visto aprovado 😉 Vai voltar aqui para contar o que aconteceu né! Não se esquece! Quero mto saber se deu certo ou não! Bjão e boa sorte!