Uma ótima notícia para brasileiros que vão viajar para os Estados Unidos: o governo federal brasileiro informou recentemente que a partir da segunda-feira (07/02/2022) estará disponível para brasileiros o “Global Entry”, programa de entrada nos Estados Unidos que permite dinamizar o processo de entrada evitando filas no setor de imigração dos aeroportos.

Contudo esta nova forma de ingressar nos Estados Unidos não altera a exigência de visto nem mesmo a forma de obtê-lo, apenas dinamiza a entrada de brasileiros que já possuem visto e estão devidamente inscritos neste programa.

Global Entry / Lombard St. em São Francisco
Global Entry / Lombard St. em São Francisco

Global Entry

Este “Global Entry” funciona como um programa do governo norte-americano que agiliza a liberação mais rápida no momento em que os viajantes chegam nos Estados Unidos. Sendo assim, os trâmites para imigração acontecem com maior rapidez e disponibilidade do que os métodos tradicionais de imigração.

Este é um programa que foi criado e é administrado pela CBP – Autoridade de Aduanas e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos. Hoje apenas 11 países fazem parte deste método de entrada nos EUA.

Como participar do Global Entry

Para fazer parte do Global Entry, os cidadãos brasileiros interessados neste método de entrada nos Estados Unidos devem seguir os seguintes protocolos:

  1. Fazer a inscrição na plataforma do Global Entry (basta acessar este link aqui)
  2. Pagar uma taxa de inscrição no valor de 100 dólares (que não são reembolsados caso não seja aceito);
  3. Cumprir o processo de registro e prévia avaliação;
  4. Ser aprovado pela CBP dos Estados Unidos;

Em síntese: este é um programa do governo dos Estados Unidos que agiliza a liberação rápida no controle de passaporte, algo que acontece no momento em que chegamos aos Estados Unidos. Uma vez com o Global Entry aprovado, o processo de liberação da entrada nos EUA acontece de maneira rápida, utilizando quiosques automáticos.

Podemos considerar que este é o processo que “fura-filas” no momento da chegada aos EUA, quando vários aviões podem ter desembarcado simultaneamente, gerando filas enormes no controle de passaporte.

Concluindo

Não deixa de ser uma melhoria tremenda para os brasileiros que estão de viagem marcada para os Estados Unidos. Sem dúvidas existe uma certa demora no momento em que chegamos a um novo país devido ao controle de passaportes. Ter o Global Entry é uma facilidade para o viajante, que fura filas e obtém a permissão para adentrar nos Estados Unidos de forma mais rápida e eficiente.

E você, já foi aos EUA!? Conhece o método tradicional para fazer a imigração? Pode contar pra gente um pouco sobre como é o controle de passaportes na chegada?! Você concorda que o Global Entry vai facilitar a vida dos viajantes brasileiros nos EUA? Pois não deixe de comentar logo à seguir! Grande abraço e até o próximo post.

Autor
Luiz Jr. Fernandes
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.