Caminhando pelas ladeiras do centro de São Francisco

Conhecer a ponte Golden Gate não era suficiente para uma manhã em São Francisco: queria mais! Parti para a exploração desta metrópole californiana contemplando os monumentos de diversas praças e mergulhando de cabeça na maior Chinatown fora da Ásia!

Pousei na Costa Oeste dos Estados Unidos proveniente de 15 dias entre Oahu, Maui e Big Island no Havaí e estava ávido por conhecer a cidade. Teria apenas 2 dias completos para conhecer ao menos os melhores lugares de São Francisco antes de partir para Las Vegas e posteriormente Grand Canyon. Eu não tinha muito tempo, mas tinha um desejo incontrolável de me perder por aquelas ladeiras e me encontrar novamente na Union Square, onde ficava o hostel que estava hospedado nesta oportunidade.

Depois de conhecer as belíssimas vistas da China Beach, lugar que ficou marcado como onde tive meu primeiro encontro com a Golden Gate Bridge, voltei para o hostel apenas para autorizar que guardassem minha mochila cargueira no quarto assim que a diária começasse a correr, eu não poderia ficar ali perdendo tempo esperando a hora do checkin. Foi ótimo pois a galera do hostel (Union Square Backpackers Hostel - U$ 12.00 a diária) se mostrou super interessada em me fazer ganhar tempo e parti sem preocupar com a hora de voltar para um recorrido sem destino pelas ladeiras de SanFran.

Era uma linda manhã de fevereiro, o céu estava azulíssimo, sem uma nuvem sequer, porém o calor das zonas equatoriais das ilhas havaianas já havia ficado pra trás e uma brisa constante fazia a cidade parecer mais aconchegante do que verdadeiramente fria. Parti para o centro de SF subindo sempre pela Taylor Street, desde que o albergue ficava localizado ali a apenas uma quadra da Union Square. Escalei 5 quadras e me deparei frente a frente com a Catedral Grace. Já era possível enchergar o oceano circundando a Baía de SF desde o topo do bairro de Nob Hill.

Caminhando perdido pelas ruas de São Francisco
Caminhando perdido pelas ruas de São Francisco

Sem fazer muito esforço SanFran conseguiu me impressionar apenas nas poucas horas do princípio desse meu primeiro dia na Califórnia. Que cidade mais amável, que lugares mais lindos, uma arquitetura simplesmente explêndida! Os locais sempre tão amigáveis, fazendo questão de comprimentar as pessoas pelas ruas, incontáveis vistas sensacionais de uma das metrópoles mais importantes do planeta. Foi um prazer indescritível poder parar no meio daquelas ruas e fotografar as belas paisagens que a cidade da baía ofereceu-me naquela linda manhã.

Descobrindo lugares impressionantes em uma das cidades mais descolada dos EUA
Descobrindo lugares impressionantes em uma das cidades mais descolada dos EUA

Depois comecei a descer a California Street, mas apenas duas quadras - eu já estava chegando próximo do lugar que havia planejado visitar logo como uma das primeiras atrações: a Chinatown de São Francisco. Interessante é perceber que um dos primeiros passeios que realizei quando conheci Nova York, foi justamente dar um rolé pela chinatown - eu acredito que lugares que concentram grandes massas de imigrantes em cidades norte americanas são bairros fundamentais para que nós turistas consigamos compreender algumas das essências básicas formadoras de uma metrópole como SF.

No caminho foi interessante perceber alguns detalhes que gostaria muito de ver pelas ruas das grandes cidades do Brasil - não são as belas vistas dos arranha-céus (pois isso temos de sobra) e tampouco esse céu azuladíssimo sem uma nuvem sequer! Falo mesmo é da automatização de determinadas ações presentes no dia a dia de milhares de pessoas, tal como um simples mapa da cidade bem explicadinho nos pontos de ônibus, ainda mais se o próprio ponto fizer questão de alertar a quantos segundos estou do próximo ônibus. Também fiquei atento ao perceber a importância de cada vaga de estacionamento de rua, devidamente regulamentadas pelas moedinhas colocadas nas máquinas marcadoras de tempo - uma revolução que deveria chegar até as ruas de nossas cidades mais populosas.

Detalhes das ruas de São Francisco
Detalhes das ruas de São Francisco

Se por um lado toda essa automação traz um breve controle ao caos urbano, por outro inflaciona vertiginosamente áreas fundamentais para a sobrevivência na metrópole - em São Francisco é praticamente impossível estacionar um carro pelas ruas sem gastar uma boa bagatela de dólares. Estacionamentos rotativos costumam cobrar até 10 dólares a hora (nos mais econômicos é claro)! Encontrar um lugar permitido para estacionar sem custos é praticamente como achar uma agulha no palheiro.

Não foi muito difícil me localizar ao chegar em Chinatown. Para ser bem sincero, bastou perceber a expressão facil das pessoas, ligeiramente mais amareladas do que as encontradas nos arredores da Union Square, com os olhos puxados, de passos e conversa acelerada - eu estava entrando na China em pleno EUA. Sejam vocês também bem vindos a Chinatown!

Chinatown em São Francisco - California
Chinatown em São Francisco - California

Este bairro é composto basicamente por 24 quadras que possuem desde restaurantes típicos, servido de noodles a arroz frito, passando por algumas outras casas de comidas asiáticas (uns tailandêses, outros coreanos e por aí vai...) Mas o forte mesmo no comércio local são os souvenirs, presentes e artigos para decoração. E quando falamos em forte, acreditem: não importa o seu perfil financeiro, seja rico ou pobre - sempre vai conseguir encontrar algo que satisfaça seus anseios consumistas por aqui.

Algumas lojas da Chinatown de SanFran
Algumas lojas da Chinatown de SanFran

Estamos falando simplesmente da mais velha "Chinatown" existente nos Estados Unidos e também a maior fora da Ásia. Estes bairros conseguem manter seus próprios costumes, culturas, crenças, preferências gastronômicas e preservam fortemente a identidade chinesa mesmo em território americano. É interessante também mencionar que este é um dos funís turísticos de São Francisco, conseguindo atrair anualmente mais visitantes do que a própria Golden Gate Bridge. Então já sabe né?! Caso esteja de bobeira pelas ladeiras de SF e esteja procurando um presente exôtico para levar de volta pra casa, basta dar um pulinho na Chinatown e quem sabe reservar um espacinho a mais na bagagem para alguns enfeites tipicamente chineses.

Itens de decoração oriental realmente impressionantes a venda
Itens de decoração oriental realmente impressionantes a venda

Na próxima matéria sobre a Califórnia, vocês vão continuar a caminhada comigo! Eu fiquei enrolado visitando loja por loja ali na Chinatown até o meu estômago gritar avisando que já passavam das 3 da tarde. Rompi caminhando rumo ao bairro de North Beach, onde fiz uma paradinha no meu itinerário para comer em um lugar realmente muito especial. Depois disso segui adiante para apreciar o primeiro por do sol com a ponte Golden Gate preenchendo o plano de fundo. Quer saber mais sobre essa viagem pela Cali? Pois então não deixe de acompanhar nossas próximas atualizações!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias