Mergulhando em Fernando de Noronha com a Atlantis Divers

A principal atividade que atrai turistas até o arquipelágo paradisíaco de Fernando de Noronha é sem sombra de dúvidas o mergulho com cilindro nas águas transparentes que banham este arquipélago. Confiram como foi o mergulho em que visitamos a Caverna da Sapata e a Lajes Dois Irmãos com a galera da Atlantis Divers!

De todas as atividades que podem ser realizadas em Fernando de Noronha, nenhuma é tão buscada, tão almejada, tão responsável pela vinda de turistas até esse arquipélago, considerado um dos paraísos de nosso território brasileiro. Esta é uma das experiências mais prazerosas que nós meros humanos podemos obter em um destino como Noronha. O mergulho com cilindro, ou scuba dive, é uma das práticas aquáticas mais buscadas pelos visitantes deste arquipélago cravado no meio do Oceano Atlântico.

A riqueza e biodiversidade de Fernando de Noronha se revelam em seu máximo explendor para aqueles que optam por realizar ao menos um mergulho com cilindro nas águas transparentes que banham as costas desta ilha. Caso você ainda não possui a certificação PADI para mergulhar com cilindro (open water), você pode realizar o chamado mergulho de batismo e aproveitar da mesma foram as maravilhas do fundo do mar.

Particularmente falando eu acredito que os pontos de mergulho que existem em Noronha são perfeitos para quem já é certificado, tanto pela profundidade em que os bons sítios estão, quanto pela acessibilidade que o mergulhador autônomo encontrará para explorar a região sem a necessidade de um guia acompanhando-o sempre de perto. Eu acordei bem cedo na Pousada da Carmô, logo depois do dia em que fiz o passeio de barco em Noronha, tomei um café da manhã bem reforçado e aguardei a VAN vir me buscar - eu estava ansioso por chegar logo ao Porto Santo Antônio e encontrar a embarcação que nos levaria aos pontos de mergulho do dia: as Lajes Dois Irmãos e a Caverna da Sapata.

Transfer e embarcação da Atlantis em Fernando de Noronha
Transfer e embarcação da Atlantis em Fernando de Noronha

Quando já estávamos bem próximos do primeiro sítio, praticamente ao lado do Morro Dois Irmãos, eis que surgem alguns golfinhos saltitando em frente ao barco. Ao cair na água ainda foi possível escutar o barulho deles acompanhando-nos até o fundo do oceano.

Golfinhos na água antes do mergulho em Noronha
Golfinhos na água antes do mergulho em Noronha

A galera da Atlantis é fenômenal quando o assunto é mergulhar. Os caras atuam há vários anos no arquipélago com embarcações simplesmente impressionantes. A bordo os mergulhadores têm à disposição água potável, snacks e o auxílio dos dive-masters. Na realidade mergulhar com a Atlantis é como participar de um filme. Existem tantas pessoas envolvidas na atividade que você se sente literalmente o protagonista de uma grande aventura. A equipe All Angle de fotografias e filmagens acompanham o grupo fazendo um trabalho excepcionalmente incrível que pode ser adquirido a parte posteriormente.

Preparados pro primeiro ponto de mergulho em Noronha: Lajes Dois Irmãos
Primeiro ponto de mergulho em Noronha: Lajes Dois Irmãos

E quando a gente pula na água em Noronha parece que a sensação é sempre a mesma: estou fazendo parte de um espetáculo. A transparência que permite ver o fundo do oceano aos 18 metros faz com que o desejo de chegar logo no fundo seja intensificado, e é justamente a ordem que a galera recebe logo ao pular na água - ninguém espera ninguém não, o lance é afundar logo duma vez. E uma vez no fundo prezados leitores, eu deixo que as fotos falem por mim mesmo:

Visibiilidade sensacional e cardumes em abundância
Visibiilidade sensacional e cardumes em abundância

Visibilidade mais do que sensacional e uma biodiversidade que impressiona até os mergulhadores mais experimentados pelo mundo a fora. A beleza dos cardumes e de vários peixes exôticos no decorrer do caminho são o convite perfeito à exploração. Quando menos se espera aparecem os animais que realmente queremos ver lá embaixo, os tubarões lixa, as moréias e tartarugas.

Presença de alguns tubarões lixa (Nurse Shark) em Fernando de Noronha
Presença de alguns tubarões lixa em Fernando de Noronha

E não há animal que eu mais goste de contemplar quando estou submerso do que a moréia. No nosso caminho flutuando sob as Lajes Dois Irmãos encontramos uma moréia-verde gigantesca! Esses são animais tranquilos, que não costumam atacar até que se sintam ameaçados, transformam-se em excelentes espécimes para a contemplação. Esta que encontrei em Noronha mais parecia uma gigantesca cobra, que lentamente se arrastava entre as pedras e areias lá pelos 18 metros.

Uma moréia-verde gigantesca na Laje Dois Irmãos
Uma moréia-verde gigantesca na Laje Dois Irmãos

Chuvas de cardumes. Não há como definir o que veio pela frente com outra expressão. Uma verdadeira chuva de peixinhos dourados extremamente brilhantes iluminavam nosso caminho rumo ao fim dos primeiros 45 minutos submersos.

Mergulho em Noronha
Mergulho em Noronha com a Atlantis Divers

Quando já faltava pouco menos de 20% de ar comprimido em meu cilindro, fui logo recebendo o sinal de que o fim estava próximo e que deveria começar a subir vagarosamente, fazendo uma parada para compensar os gases acumulados em meu organismo a menos de 3 metros da superfície. Quando já estava quase iniciando a minha subida eis que a chuva de peixes dourados foi acabando, porém dando lugar a uma belíssima raia que encontramos já perto do fim, completamente enterrada na areia descansando para sua atividade noturna.

Cardumes e raias ao fim do mergulho nas Lajes Dois Irmãos
Cardumes e raias ao fim do mergulho nas Lajes Dois Irmãos

Cardumes e mais cardumes por todos os lados, registrei o máximo de fotos que consegui e comecei vagarosamente a fazer minha subida. Quando alcancei a superfície, eis que encontrei aquela paisagem espetacular do Morro Dois Irmãos todo imponente ali do lado da embarcação - a primeira parte do filme havia acabado, era hora de uma pausa para romper até a ponta mais ao sul da ilha - a caverna da sapata.

Mergulho nas Lajes Dois Irmãos
Mergulho nas Lajes Dois Irmãos

Uma hora depois já estávamos novamente afundando até as pedras que formam um dos lugares que eu sempre quis conhecer em Fernando de Noronha: a Caverna da Sapata!

Indo conhecer a Caverna da Sapata
Indo conhecer a Caverna da Sapata

Um a um os mergulhadores se enfileiram e passam pela apertada fresta existente entre as pedras. Não mais do que breves segundos de aperto separavam-nos da cavernona que reside aos pés da Sapata. Quando superei esse obstáculo eis que fiquei impressionado com o explêndor da grandiosa caverna, residência de meros e raias gigantes, e eis que fomos recepcionados por um dos moradores da caverna! Assim que chegamos lá uma bela raia repousava tranquilamente nas areias frias desta formação geológica. Sem pressa mergulhamos bem próximos e registramos nossa presença fotografando esta gigante dos mares durante vários minutos.

Uma gigantesca raia descansando nas areias da caverna
Uma gigantesca raia descansando nas areias da caverna

O segundo tanque foi um pouco mais raso e também mais curto. Não demorou muito e já estávamos sendo convidados a subir para nossa parada de segurança. Bolhas e mais bolhas indicando que era hora de deixar o fundo do mar de Noronha.

E as bolhas avisam que o fim do mergulho chegou...
E as bolhas avisam que o fim do mergulho chegou...

Depois de muito explorar, era hora de aproveitar o tempo firme para tomar um solzinho e navegar de volta ao porto. Êta vida de mergulhador que me encanta :) Bom, vai para Noronha?! Não deixe de mergulhar com essa galera altamente profissional da Atlantis ;)

Serviço

Atlantis Divers Fernando de Noronha
Telefones de contato: (81) 3619-1488 / (81) 3619-1371
Endereço: Vila dos Remédios, em frente a igreja de Nossa Senhora dos Remédios
site: atlantisdivers.com.br | email: info@atlantisdivers.com.br
A Altantis ofereceu um mergulho como cortesia ao Boa Viagem para a realização desta matéria

Euforonha
Triboju Pousada da Carmô Dolphin Receptivo Atalaia Atlantis Travel Pousada do Zé Maria Pousada da Filó Pousada Estrela do Mar Econoronha e Parque Nacional Marinho Secretaria de Turismo do Pernambuco ICMBIO e Projeto TAMAR

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias