Mergulho em Noronha: Ilha Rata e Cabritos

Tive a oportunidade de conhecer 4 pontos de mergulho novos na minha última viagem até Fernando de Noronha, dois deles são tema desta matéria: mergulho com cilindro na Ilha Rata e Cabritos.

Em nossa mais recente viagem até a paradisíaco arquipélago de Fernando de Noronha tivemos oportunidade de realizar dois dias de mergulho com cilindro - 4 tanques no total - em alguns dos pontos para mergulhar que mais são procurados por quem viaja para Noronha afim de ir direto pra baixo da água: no primeiro dia visitamos as profundezas do oceano nas proximidades da Ilha Rata e nosso segundo mergulho mais raso foi um drift-dive (mergulho de arrasto) em um ponto de mergulho chamado Cabritos.

Nós já realizamos vários mergulhos em Fernando de Noronha e boa parte deles já se encontram devidamente registrados aqui nas páginas do blog. Recentemente acompanhamos um grupo de mergulhadores novatos que estavam se batizando para conseguir registrar as impressões de como é fazer mergulho com cilindro pela primeira vez na vida em um destino tão paradisíaco quanto é Noronha e você pode ler esse artigo no link a seguir: Mergulho de batismo em Noronha.

Quem possui um pouco mais de experiência sabe bem que Noronha é um dos melhores lugares para mergulhar com cilindro em território nacional. E foi justamente para esse perfil de viajante que resolvi compilar uma relação com alguns dos principais pontos de mergulho que podem ser explorados em Noronha - pode valer a pena dar uma conferida nesse post antes de seguir com a leitura atual. Bom, mas vamos ao que interessa: como é o mergulho na Ilha Rata?! Vamos primeiro conhecer um pouco da topografia oceânica das proximidades desse lugar...

Visual irado do mergulho na Ilha Rata em Noronha
Visual irado do mergulho na Ilha Rata em Noronha

A Ilha Rata está localizada a noroeste do arquipélago noronhense e pode ser facilmente reconhecida por ser a porção de terra mais distante da ilha principal, sendo também o lugar onde é possível avistar o local onde foi construído o farol de Noronha. Assim como toda área compreendida pelo Parque Nacional Marinho, para mergulhar por aqui é preciso da autorização do Imbico/carteira de visitação do parque nacional.

Atualmente a Ilha Rata não é habitada, o último morador desse lugar foi um dos mergulhadores mais famosos do paraíso, o Seu Júlio Grande, que ali viveu por mais de 30 anos. A história por detrás desta porção de terra envolve muito mistério, desde que esta era a residência dos presos mais violentos que eram enviados para a ilha na época que este arquipélago era uma prisão. Até o ano de 1942, Noronha foi utilizada pela coroa portuguesa como uma cadeia em alto mar onde os condenados viviam a perambular por praias espetaculares afastados do continente pelos 545 quilômetros de oceano que separam Recife da Vila dos Remédios. Já parou pra pensar em quantas histórias não se passaram por esse lugar?! O fundo do oceano na Rata nos rendeu imagens que parecem ter saído de livros de ficção científica...

Visibilidade sensacional em mergulho na Ilha Rata
Visibilidade sensacional em mergulho na Ilha Rata

Nosso mergulho começou de forma tranquila, afundando vagarosamente até pouco mais de 18 metros enquanto nos deslocávamos rodeando o grande paredão de rochas que eleva a Ilha Rata até o nível do mar. A visibilidade a todo momento era realmente espetacular, conseguindo em certos pontos enxergar até 50 metros na horizontal. Cardumes de peixes típicos de Noronha (tal como o budião) estavam presentes constantemente enquanto nos deslocávamos paredão a fora.

Um lugar sensacional para observar lagostas em Noronha
Um lugar sensacional para observar lagostas em Noronha

Boa parte das fendas no meio das rochas borbulhava vida, seja abrigando famílias completas de gigantescas lagostas, passando até a macro vidas que iam de lesmas marinhas até pequeninos crustáceos. Cara mergulho em Noronha como sempre é uma explosão de diversidade tanto na fauna quanto na flora que habita o fundo desse oceano. Nosso primeiro tanque durou um pouco mais de 45 minutos, já incluindo a safety-stop. Paradinha para compensar o tempo de fundo e lá estávamos nós na água novamente, dessa vez em um outro ponto de mergulho, deixamos a Ilha Rata e partimos para um mergulho um pouco mais raso e com um diferencial que foi bastante interessante: utilizaríamos da correnteza entre as ilhas para nos deslocar do Mar de Fora para o Mar de Dentro.

Segundo tanque: mergulho de arrasto - Cabritos
Segundo tanque: mergulho de arrasto - Cabritos

Esse é o tipo de mergulho no qual não é preciso muito esforço. Basta deixar a correnteza te levar e utilizar as mãos para navegar com a força do arrasto. Em nosso caminho conseguimos avistar vários peixes exóticos, cardumes isolados de peixes tropicais e algumas espécies de corais moles, entretanto não é possível parar e registrar fotos pois a correnteza te leva por uns 10 quilômetros de um mar para o outro. Quer saber o que eu mais vi nesse mergulho? Lagostas! Com certeza os tubarões de Noronha estão muito bem servidos :)

Mais lagostas e peixes incríveis
Mais lagostas e peixes incríveis

A seguir eu compartilho com você o vídeo editado desse mergulho com as melhores partes e um pouco do que conseguímos ver de melhor nesses dois tanques esvaziados na ilha rata e cabritos. No próximo post sobre Noronha eu vou relatar a minha experiência em visitar um dos pontos de mergulho mais famosos do planeta: as famosas Pedras Secas - não deixe de acompanhar de perto as nossas próximas atualizações ;)


Mergulho em Noronha: Ilha Rata e Cabritos

Serviço

Atlantis Divers Fernando de Noronha
Telefones de contato: (81) 3619-1488 / (81) 3619-1371
Endereço: Vila dos Remédios, em frente a igreja de Nossa Senhora dos Remédios
site: atlantisdivers.com.br | email: info@atlantisdivers.com.br
A Altantis ofereceu um mergulho como cortesia ao Boa Viagem para a realização desta matéria

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias