Mergulho nas Pedras Secas em Fernando de Noronha

Esta é a história de um dos melhores mergulhos da minha vida, realizado no lugar que é considerado por muitos como o melhor ponto para mergulhar em todo planeta. Apresento a você, as Pedras Secas em Fernando de Noronha.

Estamos aqui abordando novamente uma das atividades verdadeiramente mandatórias em toda viagem que realizo a Fernando de Noronha. Acredito que visitar este arquipélago encantado e não se aventurar em um mergulho com cilindro é desperdiçar toda a epopeia. São momentos mágicos estes que nos permitem explorar o mundo marinho de uma região que ainda é tão rica e preservada, tanto em sua diversidade biológica quanto na forma de se explorar o turismo regional.

Tive tremenda satisfação quando cheguei ao Porto de Santo Antônio e vi que éramos apenas 4 pessoas para a saída avançada do dia - isso era sinônimo de sossego em baixo da água! Há tempos venho escutando as histórias de pescadores e dos próprios mergulhadores mais experientes que volta e meia tocam no nome deste ponto como sendo o melhor de todo planeta. Desde o primeiro mergulho que realizei em Noronha que ficava torcendo para dar a sorte de conseguir visitar este lugar, quando finalmente no meu último dia de mergulhos, eis que consegui conhecer as famosas Pedras Secas.

Antes de ir direto ao ponto eu gostaria de contar um pouco das histórias que já escutei sobre este lugar que é considerado sem sombra de dúvidas como um dos melhores pontos de mergulho do nosso planeta.

Cardumes incríveis nas Pedras Secas em Noronha
Cardumes incríveis nas Pedras Secas em Noronha

As Pedras Secas são um conjunto de rochas que alcançam a superfície de um oceano no qual a profundidade é de pouco mais de 15 metros. Há quem diga que ainda nas épocas dos descobrimentos uma embarcação colidiu com essas pedras, naufragando naquele belo lugar. Sorte ou azar dos náufragos, eis que estes ganharam uma residência paradisíaca enquanto o navio naufragado ia lentamente se transformando na residência oficial de cardumes exóticos, tubarões, tartarugas, moreias, lagostas, esponjas e recifes de corais. A propósito os corais teriam tomado conta de toda a estrutura da embarcação, fazendo assim com que ficasse completamente irreconhecível.

Ainda antes de cairmos na água, o instrutor da Altantis Divers fez questão de nos relembrar dessa história ainda enquanto nos introduzia ao briefing daquela manhã. A idéia inicial era que nos reuníssemos no fundo do oceano, evitando assim com que as fortes correntes dispersassem nosso grupo. Rapidamente alcancei as areias do fundo e contemplei uma longíquoa visibilidade que alertava-me do que estava prestes a conhecer com os meus próprios olhos!

O olho de uma raia em mergulho com cilindro em Noronha
O olho de uma raia em mergulho com cilindro em Noronha

Por falar em olho, a foto anterior ilustra perfeitamente um pouco do quão próximo é possível avistar os animais em um mergulho como esse em Fernando de Noronha. A diversidade é simplesmente impressionante. Seguramente este pode ser considerado um dos melhores mergulhos que já realizei em toda minha carreira até então. Uma vez no fundo, com o grupo reunido, eis que o instrutor faz o sinal de fila indiana com as suas mãos e começa a se meter dentro de uma espécie de caverna. O grande problema era conseguir acompanhá-lo no decorrer do percurso, devido à grande diversidade tanto de fauna quanto flora que íamos avistando em nosso caminho.

Uma bela raia entre cardumes de atuns em Noronha
Uma bela raia entre cardumes de atuns em Noronha

Logo depois de passarmos pela caverna, eis que chegamos a uma verdadeira galeria composta por alguns arcos de calcário que sinceramente me lembravam a todo momento o formato da tal grande embarcação que diziam ter sido naufragada aqui há centenas de anos atrás. Os corais fizeram um trabalho excepcional no relevo deste sítio de mergulho, tanto que é possível passar entre os arcos apenas controlando o volume de ar nos pulmões, uma prática típica requerida de mergulhadores com o nível avançado.

Mergulho nas Pedras Secas em Fernando de Noronha
Mergulho nas Pedras Secas em Fernando de Noronha

Em alguns momentos me sentia completamente maravilhado pelas belezas que encontrava ao meu redor, qualquer movimento era cautelosamente analisado pois era fácil passar por uma família de lagostas sem percebe-las em um ambiente que é tão majestoso!

Avistamos várias lagostas ao longo dos dois tanques
Avistamos várias lagostas ao longo dos dois tanques

Este foi de longe um dos melhores mergulhos que já realizei em Noronha, tanto pelo pequeno grupo de mergulhadores já experientes quanto pelo espetáculo de lugar que estava sendo explorado. Boa parte do tempo deixei com que minha câmera filmasse os momentos que ia registrando em minha memória para compartilhar com maior fidelidade com você aqui no blog.

Ainda antes do fim dos 45 minutos mais prazerosos de toda viagem, eis que uma bela tartaruga apareceu e fez questão de sorrir para a minha câmera. É claro que um mergulho nas Pedras Secas não deixaria de contar com essa presença tão ilustre!

Tartaruga em Fernando de Noronha
Turtle Selfie em Fernando de Noronha

Convido-o a assistir aos 15 minutos de vídeo que compartilho a seguir. Estes são os melhores momentos deste mergulho, riquíssimo em vida marinha e com visibilidade sensacional. Vale a pena clicar no play e conferir com seus próprios olhos um pouco do que registrei nesta oportunidade.


Mergulho em Noronha: Pedras Secas e Buraco das Cabras

Serviço

Atlantis Divers Fernando de Noronha
Telefones de contato:(81) 3619-1488 / (81) 3619-1371
Endereço: Vila dos Remédios, em frente a igreja de Nossa Senhora dos Remédios
site: atlantisdivers.com.br | email: info@atlantisdivers.com.br
A Altantis ofereceu um mergulho como cortesia ao Boa Viagem para a realização desta matéria

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias