Mergulho livre no Sueste em Fernando de Noronha

Sempre que viajo pra Noronha faço questão de reservar bons momentos para flutuar pelas calmas águas da baía do Sueste, lugar onde é impossível sair da água sem ter visto tartarugas, moréias, tubarões e arraias.

Entre um mergulho e outro em Noronha, a melhor forma de descansar do cilindro é flutuando com snorkel em qualquer uma das lindas praias deste arquipélago que tanto foi abençoado pelas mãos divinas. Há aqueles que não gostam muito de se aventurar no fundo do mar com o scuba dive pois justificam que é possível desfrutar gratuitamente das belezas encontradas no oceano em um simples mergulho livre com snorkel, algo que até certo ponto é grátis em Fernando de Noronha. Eu concordo com essa afirmativa em gênero, número e grau, porém com algumas ressalvas.

Praia do Sueste em Noronha
Baía do Sueste em Noronha e filhote de tubarão nadando próximo à praia.

A grande vantagem do cilindro contra o snorkel é justamente a possibilidade de imersão completa e prolongada no fundo do mar. É possível ir equalizando os ouvidos enquanto submerge-se e ficar por 45 minutos contemplando corais, acompanhando o desfile de tartarugas marinhas, encarando tubarões e moréias, enfim as possibilidades são imensuráveis quando partimos para um mergulho com cilindro, porém há lugares que apenas máscara, nadadeiras e um bom snorkel fazem toda a diferença. Um desses lugares é a Baía do Sueste, verdadeiro berçário e ponto de encontro de diversas espécies de animais marinhos, um dos melhores lugares para praticar snorkel em Noronha.

Mergulho no Sueste em Noronha
Mergulho no Sueste em Noronha

Já visitei o Sueste bem que umas 5 vezes. Todas elas eu sai da água com o sorrisão estampado de ponta a ponta, com aquela felicidade por ter visto mais animais usando apenas o snorkel do que conseguiria ver em um mergulho com cilindro. O grande diferencial neste caso é o lugar, o Sueste é uma baía verdadeiramente mágica em Noronha, entretanto para conseguir desfrutar bem do fundo do oceano e tudo que ele pode proporcionar é preciso ter um pouco de cautela e atenção a algumas dicas básicas...

O mergulho deve sair do centro da praia e seguir margeando o canto direito da baía. O lado esquerdo é proibido para quem está fazendo mergulho livre por ser uma área de proteção ambiental onde diversos animais se reproduzem, eu já vi filhotes de tubarões (vide primeira montagem), raias e até pequeninas tartarugas nadando às margens da areia da praia, então tira-se uma base do tanto que este ambiente possui uma biodiversidade impressionante e merece ser respeitado a todo custo.

Tartarugas e cardumes no Sueste
Tartarugas e cardumes no Sueste

Já publiquei outras matérias sobre algumas atividades que podem ser realizadas no Sueste, tal como acompanhar o trabalho de captura intencional de tartarugas marinhas feito pelo pessoal do Projeto Tamar; o Ilhatur que faz uma parada para snorkel por aqui, ou ainda a prática do mergulho livre com snorkel independente. Qualquer pessoa pode alugar um colete e cair na água sem o auxílio de guias ou em grupos de passeios, entretanto é muito recomendável que os mergulhos sejam feitos em grupos e uma recomendação minha para quem não tem conhecimento sobre o lugar: contrate um guia. Ele vai te levar no lugar exato onde as tartarugas costumam estar, ele vai zelar pela sua segurança, vai te ensinar novas técnicas para flutuar com tranquilidade e com certeza vai fazer com que a sua experiência seja o mais agradável possível.

Tartaruga realizando sua refeição em Noronha
Tartaruga realizando sua refeição em Noronha

Eu já mergulhei várias vezes e gosto de fazer por minha própria conta. Como já conheço bem o lugar, aproveito para reservar o meu tempo e vou explorando tudo muito devagar e com bastante calma, afinal de contas este não é o lugar que deve ser visto na correria. Em qualquer mergulho bem feito neste lugar é possível ver tartarugas com abundância (algo difícil nos dias atuais com cilindro!). O bom mesmo era parar próximo a algumas e ficar observando seu comportamento, como interagem com o meio, como conseguem se alimentar..., são animais realmente impressionantes.

Quando planejar uma viagem para Noronha, a dica quente é incluir o Sueste para um dia completo. Não há restaurantes próximos, porém o serviço de quentinhas do Valdênio poderá com grande satisfação servir-lhe filé de cavala enquanto você desfruta das areias do Sueste. Ah, não se esqueça de pedir os talheres de plástico ;)

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias