Caminhadinha até a Ponta das Caracas e Mirante do Lećo

Mais uma excelente alternativa de passeio econômico que pode ser realizado em Fernando de Noronha - se você foi ao Sueste, antes de ir embora dê um pulinho na Ponta das Caracas e no Mirante do Leão!

Depois de visitar o cartão posta mais fomoso do estado de Pernambuco - a Baía do Sancho, Pico Dois Irmãos e a trilha do Mirante dos Golfinhos, voltei até a Vila dos Remédios para almoçar e descansar um pouco antes de rumar para a próxima aventura! Algumas horinhas depois e estava já angustiado por conhecer um pouco mais do arquipélago de Fernando de Noronha, mas o tempo já estava curto demais para fazer algo realmente interessante, foi quando decidi focar no básico mais uma vez e aproveitar as melhores atrações para a combinação hora X deslocamento.

Meu maior problema era estar sem um veículo alugado - acabava então dependendo do transporte público e da boa ação dos locais para conseguir algumas caronas e adiantar o deslocamento. Voltei para as praias mais próximas, dei uma caminhadinha de leve entre o Cachorro e a Praia do Meio e acabei decidindo voltar até a Vila, e pegar o coletivão de volta ao Sueste - queria muito ver se a visibilidade estava melhor! Cheguei a cair na água, mas novamente a visibilidade não colaborou e como já se aproximava o fim do dia e andar faz parte da vida deste viajante alternativo, então parti para uma caminhada até dois dos pontos mais extremos da ilha - a Ponta das Caracas e o Mirante do Leão.

Chegando na Ponta das Caracas, caminhando desde o Sueste
Chegando na Ponta das Caracas, caminhando desde o Sueste

A entrada para a Ponta das Caracas fica logo antes do Posto da Econoronha no Sueste. Existe uma estrada de terra que leva até esta região do arquipélago, e nessa altura do campeonato estava correndo contra o relógio para conhecer esse lugar, desde que eram 31 de dezembro de 2012 e a noite de reveillon se aproximava rapidamente! Ao chegar na Ponta, a coloração azul vívida do oceano conseguiu impressionar o viajante aqui sem fazer muito esforço!

Oceano azulíssimo e nervoso no fim do último dia de 2012
Oceano azulíssimo e nervoso no fim do último dia de 2012

O mar batia forte na costa de origem vulcânica desta região de Fernando de Noronha. O capim cinza e seco dos campos era o responsável por contrastar a beleza da paisagem. No nível do mar, em dias mais calmos, a maré preenche as lacunas da costa vulcânica formando belas piscinas naturais que possuem seu acesso permanentemente proibidos - um belo lugar para contemplação da natureza em todo seu explendor no ponto mais ao leste do território brasileiro - sabia que ao olhar par o horizonte, depois do toda imensidão do Oceano Atlântico estaria olhando de frente para a Mama África!

Depois de eternizar a paisagem em minha memória, segui para outro ponto lugar incrível em Noronha, que não ficava muito distante ali da Ponta das Caracas - o Mirante do Leão! Este nome foi dado justamente por conta do morro que você pode observar na foto logo a seguir, que se assemelha a um leão marinho deitado, logo ao lado também existe o Morro da Viuvinha, outra formação rochosa característica dessa região.

Mirante do Leão em Fernando de Noronha
Mirante do Leão em Fernando de Noronha

A Praia do Leão é outro lugar muito especial em Fernando de Noronha! Ela é a outra alternativa que as tartarugas marinhas possuem para a desova - durante os meses compreendidos entre dezembro e junho é terminantemente proibido descer na praia após as 18 horas! Entre o começo da noite e o raiar do dia desses meses do ano esta é uma região exclusivamente para o uso das tartarugas - esta é uma área de proteção e pesquisa desses animais pelo Projeto Tamar/ICMBio. Como era fim de dezembro, esperei o sol começar a dar indícios que fosse se pôr e logo chegou o segurança do local. que alertou sobre a proibição e nos despachou para a Vila dos Remédios!

Ótima dica de passeio em Noronha - Ponta das Caracas e Mirante do Leão
Ótima dica de passeio em Noronha - Ponta das Caracas e Mirante do Leão

Mais uma caminhada de meia hora e estava prestes a chegar na BR-363. Sentei no ponto de coletivo e poucos minutos depois estava rompendo ilha adentro rumo á casa de Dona Maria de Gouvêia para descansar, e aproveitar a última noite do ano! O plano do dia seguinte era descer no Sancho e fazer mergulho livre no primeiro dia do ano de 2013, tema da próxima matéria sobre Noronha! Não vai querer perder né?! Não deixe de acompanhar nossas atualizações, seguir e interagir pelas redes sociais e deixar o seu comentário sobre essa matéria na caixa que vem logo a seguir!

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias