Caminhando sem rumo por Waikiki até ver o sol se pôr

Desembarquei em Oahu ao meio dia e corri para fazer o passeio de submarino em Waikiki. Depois, de buzão, fiz um bate-volta até Lanikai e Kailua. Pra arrematar o dia investi meus minutos finais tomando banho de mar e vendo o sol se pôr novamente na bela vizinhança de Waikiki.

No episódio anterior desta volta ao mundo..., fugi da chuva em Kailua na hora exata! Ainda consegui embarcar no buzão que voltava para Honolulu em tempo de apreciar a partida do sol para o novo continente. Para quem tinha pouco menos de dois dias para desfrutar um pouco mais de Oahu eu estava indo muito bem. Havia desembarcado no dia anterior de um voo que veio do Kauai. Depois consegui chegar a tempo ao passeio de submarino que faria logo na hora do almoço com o pessoal da Atlantis Submarinos, ali mesmo no bairro mais nobre das redondezas, em Waikiki. Depois consegui fazer a viagem de bate e volta, investindo boa parte da minha tarde em Lanikai, para conseguir finalizar meu dia a caminhar pelas areias da praia mais famosa do Havaí.

Já até cheguei a escrever alguns posts sobre Waikiki, mas sabem como é nunca seria pouco escrever sobre Ipanema em um blog que conhece tão bem o Rio de Janeiro, concorda?! Eu tirei o resto da minha tarde para descansar. Larguei a câmera grande e toda minha bagagem no quarto de hotel no qual estava hospedado ali pertinho mesmo, na Avenida SeaSide. Me perdi pelas ruas principais por alguns momentos reconhecendo alguns lugares, detectando algumas novidades e finalmente procurando um lugarzinho para arrematar aquele final de viagem no Havaí da melhor maneira possível.

De volta a Waikiki para desfrutar mais um final de dia
De volta a Waikiki para desfrutar mais um final de dia

Passei em frente à estátua mais fotografada do Havaí (e se pá até dos EUA), do surfista mais famoso de todos os tempos, Duke Kahanamoku - o pai do surf moderno, um dos lugares mais disputados para ter o registro de uma selfie, quase sempre vai ter alguém com o olho puxado no plano de fundo. A melhor hora de fato seria vir muito cedo pela manhã, ou quem sabe de madrugada, pois tirando esses horários, essa estátua estará sempre repleta de gente disputando um espaçozinho para levar a lembrança da passagem por Waikiki. Eu segui meu caminho e só queria fazer como os havaianos, comprar umas cervejas e esconder na minha mochila, encontrar um lugarzinho na praia bem tranquilo pra poder ver o sol caindo devagar rumo ao Ocidente.

Pôr do sol tomando banho de mar em Waikiki
Pôr do sol tomando banho de mar em Waikiki

Pontualmente às 6 da tarde aquela pelotona de fogo tomou conta dos céus seguindo sua viagem lentamente em direção ao Brasil, enquanto eu fui pro mar aproveitar meus últimos momentos antes de zarpar para mais um destino impressionante, dessa vez visitando um novo continente no caminho entre os Estados Unidos e a Ásia. Foi um banho de mar memorável, definitivamente um dos tópicos de qualquer bucket-list: assistir ao sol se pôr, tomando banho de mar em Waikiki, no Havaí (CHECK!).

Final de dia espetacular na praia mais famosa do Havaí
Final de dia espetacular na praia mais famosa do Havaí

Fiquei por ali pensando na vida, em como as coisas podem acontecer, em como podemos planejar viagens espetaculares como foi essa e definitivamente executar esse plano, essa chance de obter novas experiências que além de formar o caráter e a personalidade, formarão aquele ser que eu virei a me transformar durante o resto da eternidade em que minha alma existir. Tremendo isso, concorda?! Eu espero que você também esteja tomando o tempo certo para conhecer lugares incríveis, fazer novas amizades e viver a vida numa boa :)

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias