México, Cancun e minhas primeiras impressões

Logo ao desembarcar no México, minhas primeiras impressões não poderiam ter sido melhores: povo feliz, amigável, respeitoso e muito atencioso. Quer saber mais detalhes? Continue lendo...

Já é tradição aqui no Blog Boa Viagem relatar as primeiras impressões dos destinos que visitamos. Nesta viagem ao México, na qual cheguei por Cancun também não vai ser diferente. A primeríssima impressão que ficou logo ao entrar neste país foi a amabilidade e alegria na qual a grande maioria das pessoas te recebe. Nunca em toda minha vida cheguei a adentrar uma nação com tantos agentes de aduana simplesmente felizes. Exatamente isso, prezado leitor, o povo mexicano parece, em um primeiro momento, ser um povo muito alegre, amigável e respeitoso. Todas as pessoas às quais me relacionei até o presente momento foram incríveis, me tratando sempre com tanto respeito e felicidade, que até acredito ser por conta do maravilhoso destino que eles têm aqui em suas mãos.

Seria então por conta de Cancun e Riviera Maia? Será que este é o motivo do povo aqui ser tão camarada? Sinceramente não quero acreditar! Tenho tido a certeza que este povo é assim em todos os lugares que você vá em território mexicano - e é claro que existem exceções a todas as regras. Mas acreditem, aqui nesta região do México você sempre é recebido por um sorriso no rosto, até mesmo pelas pessoas que não tem motivos tão aparentes para serem felizes.

E para um primeiro contato com um novo país nunca visitado não poderia ser melhor. Antes mesmo de chegar até aqui já havia percebido essa felicidade e respeito via internet ao contatar alguns parceiros para viabilizar a realização dessa viagem. Um deles, o hostal Chacmool, foi o que nos hospedamos na noite passada, um lugar centralizadíssimo em Cancun e que terá um post dedicado exclusivamente a eles. O legal de ter ficado lá foi justamente o fator localização. Eles estão no Parque de Las Palapas, região central e perfeita para quem quer conhecer essa cidade além da Zona Hoteleira, que aliás, acabei deixando para minha volta na semana que vem. Como meu dia era curtinho, cheguei em Cancun logo anoitecendo, resolvi dedicar a noite a explorar a região, conhecer um pouco dos costumes locais e saber como os locais interagem além da rotina badalada. Queria conhecer a Cancun dos pais de família nativos, das pessoas nascidas e criadas nesta cidade e não existiu lugar mais oportuno para ficar. Como minhas baterias estavam muito desgastadas (cerca de 24 horas entre conexões e deslocamentos para chegar a Cancun), sabia que não conseguiria aproveitar uma noite muito movimentada, então, procurei algo para comer e fiquei por ali mesmo.

Pessoas reunidas em pracinha do centro de Cancun
Pessoas reunidas em pracinha do centro de Cancun

E falando em comida, como estão muito bem servidos os mexicanos. Fartura inigualavelmente vista em poucos países. Comida boa e barata. Farta-se aqui com 50 pesos (cerca de 3 dólares). Agora sim consigo entender a barriguinha desse pessoal que vive por aqui.

Apenas um exemplo do estilo da comida daqui
Apenas um exemplo do estilo da comida daqui

Quando chega a noite, essa pracinha é tomada por carrinhos gigantes de controle remoto que podem ser alugados para crianças brincarem. Estava uma verdadeira festa! Famílias mexicanas unidas, brincando em uma noite de quinta-feira com seus filhos de uma forma tão natural e saudável que chega a dar inveja por não conseguirmos ver cenas como as da foto a seguir em vários lugares do nosso Brasil.

Crianças e brinquedos na praça por todos os lados
Crianças e brinquedos na praça por todos os lados"

 

Sobre o #ArribaTour

Esta foi uma excursão solitária realizada entre 23 de maio e 6 de junho do ano de 2012. Nesta oportunidade visitei as cidades mexicanas de Cancun, Playa del Carmen e Cozumel. Foram firmadas diversas parcerias entre este blog e algumas instituições do segmento hoteleiro do México. Experimentamos, com o objetivo de fazer as revisões dos seguintes hotéis: Quetzal Hostel e Hostal Chac Mool em Cancun, Hotel Lunata em Playa del Carmen e Mi Casa en Cozumel. Aos administradores dessas instituições, ficam nossos mais sinceros agradecimentos, por ter-nos recepcionado gentilmente sempre com o seu melhor! Todos os custos com diárias foram cortesia dos hotéis.

Após explorar o México por 7 dias, embarquei em um voo para os Estados Unidos (Fort Lauderdale), e desde esta cidade, em parceria com a Mobility - locadora de veículos, seguimos com nosso tour em uma incrível viagem de ida e volta até Kissimmee, cidade vizinha a Orlando. Aproveitamos nossa viagem a essa região dos Estados Unidos para conhecer o SeaWorld Parks, que também gentilmente ao conhecer nosso intinerários nos enviou os convites para seus parques sem custos adicinais de entrada.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias