London eye, Big Ben e jantar no Thomas Cubitt

Conhecemos todos os detalhes da Tower Bridge na parte da manhã de um dia ensolarado na capital britânica. No final da tarde saímos para conhecer as tecnologias Bosch responsáveis por mover a roda gigante mais famosa da Europa, a London Eye.

O dia em que conhecemos as engrenagens responsáveis por mover as básculas da Tower Bridge ainda estava longe de chegar ao seu final. Já eram mais de duas da tarde quando voltamos ao CitizenM para tomar um banho refrescante antes de nosso Editorial Meeting, uma reunião que realizávamos sempre depois de conhecer os grandes destaques de cada um dos destinos visitados. De banho tomado, texto escrito (vocês podem ler em inglês aqui!) e baterias recarregadas, partimos para um passeio bastante especial, era a hora de conhecer um pouco mais sobre as tecnologias do Grupo Bosch/Rexroth que mantêm em movimento outro grande cartão postal de Londres, a roda gigante London Eye.

Era uma belíssima tarde ensolarada, com céu azul encoberto por poucas nuvens e um calor de raxar. Um cenário bem diferente da Londres cinza e nublada tão característica dos viajantes que por ali passam: era o convite perfeito para obter a vista panorâmica proporcionada pela altitude alcançada pelos bondes da London Eye. Saímos do hotel e não demoramos mais do que 30 minutos em uma agradável caminhada contemplando os prédios que parecem estar costurados e as belíssimas paisagens avistadas desde a margem do Rio Tâmisa

Passeando pelas ruas do centro de Londres
Passeando pelas ruas do centro de Londres

Nos aproximarmos da roda gigante mais famosa da Europa, e eis que nos encontramos em um um parque realmente muito agradável, o Jubilee Gardens, um tradicional ponto de encontro de londrinos e turistas pelas tardes ensolaradas nesta bela capital européia. As filas estavam gigantescas, infelizmente nosso tempo estava cronometrado e confesso que fiquei com vontade de ficar por ali mesmo. Acredito que é neste parque onde está o melhor lugar de Londres para praticar people watching, é cada figura que passava por ali enquanto nos alinhávamos na fila de espera da London Eye!

Não é a toa que este é considerado um dos pontos turísticos mais concorridos de Londres! Felizmente éramos convidados extra-vips e possuímos o direito do passe rápido e livre para a atração. Não demorou muito e já estávamos começando a compreender a amplitude do visual proporcionado àqueles que optam por dar uma voltinha na London Eye, uma vista explêndida sem dúvida alguma!

A roda-gigante mais famosa da Europa: London Eye
A roda-gigante mais famosa da Europa: London Eye

Foi tudo meio mágico a partir daquele momento. Consegui contemplar com meus próprios olhos a grandiosidade da região central de Londres até perder de vista a paisagem metropolitana. Assim que começamos o passeio, olhando sempre para o norte, foi possível ver com perfeição as pessoas se transformando em formiguinhas no Jubilee Gardens, mas a vista sensacional mesmo fica por conta de todo explêndor do Palácio de Westminster, as Casas do Parlamento britânico, encabeçado pelo lendário relógio Big Ben.

Paisagens impressionantes observadas desde as alturas da London Eye
Paisagens impressionantes observadas desde as alturas da London Eye

Voltinha na London Eye (check!); não foram mais do que 15 minutos que ficaram eternizados em minha memória, juntamente com as fotos vídeos e selfies que registramos durante esse passeio. Antes de descer do bondinho ainda foi possível avistar um dos motores com tecnologia Rexroth/Bosch que traciona a roda-gigante da forma mais suave e precisa possível.

Atravessamos o Rio Tâmisa seguindo nosso caminho em direção ao ponto de metrô que nos levaria até o próximo destino nesse final de tarde londrino, o Restaurante The Thomas Cubitt, em uma região mais afastada, porém com ruas de paralelepípedos e edifícios bem tradicionais que podem justificar bem a sua visita a este bairro. Só que antes de entrar no trem, ah, Londres, que dia lindo era aquele :)

Big Ben - Londres - Reino Unido
Big Ben - Londres - Reino Unido

Fiquei ali tentando capturar o melhor ângulo do Big Ben antes que todos sumissem metrô adentro e ainda consegui registrar o incrível contraste da cor azul do céu com os tons pastéis do edifício que ostenta em seu topo um dos relógios mais famosos do planeta!

O Restaurante Thomas Cubitt está localizado na Elizabeth St, ponto de encontro de locais e turistas, tanto que encontramos um pub na parte inferior que estava lotadíssimo e o restaurante, mais reservado, no piso superior. Tudo muito fino, decoração que remetia ao interior de uma típica residência londrina, eis que fomos chegando e já sendo deliciosamente servidos com água (normal e com gás), vinhos ou cervejas à nossa escolha.

E logo que as bebidas chegaram já começaram a colher nossos pedidos. Viajar e conhecer restaurantes tão exclusivos quanto é o Thomas Cubitt e ter a liberdade de escolher apenas um dos pratos é um verdadeiro desafio. Fiquei com vontade de pedir um prato de cada um para fotografar e contar as particularidades aqui para você, prezado leitor, mas já que precisava escolher algo, optei pelo salmão escocês.

Jantar no The Thomas Cubitt em Londres
Jantar no The Thomas Cubitt em Londres

O grande diferencial deste dia, com grandes atividades tais como conhecer o Big Ben, a London Eye e a Tower Bridge, sem sombra de dúvidas foi poder terminá-lo em um excepcional restaurante ao lado de pessoas queridas, com papos descontraídos, uma boa bebida e a certeza de que esta viagem estava somente começando e ainda teria mais 5 países para visitar. Preparados para o próximo destino? Nós não tivemos descanso e já no dia seguinte embarcamos em um longo voo que cruzou o Atlântico rumo à Cidade do Panamá! Enquanto eu termino os posts dessa próxima etapa da viagem, convido você a assistir os vídeos compartilhados logo a seguir, eles complementam brilhantemente a nossa cobertura na terra da Rainha ;)

Assista a alguns vídeos sobre essa matéria


BWE 2014 [ LONDRES ] - London Eye


BWE 2014 [ LONDRES ] - paisagens vistas da London Eye


BWE 2014 [ LONDRES ] - vista de Londres desde a London Eye

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias