Olá pessoal, tudo joia com vocês?! Por aqui tudo excelente! Hoje eu venho compartilhar com vocês algumas informações sobre a reabertura das Maldivas para o turismo internacional. Este é um dos poucos países do mundo que atualmente está aceitando que visitantes desembarquem com o propósito de explorar o turismo.

Como eu visitei este país alguns meses atrás (e estou de olho pra voltar muito em breve), tenho acompanhado de perto as notícias relacionadas à reabertura do país por completo, afinal de contas ninguém mais aguenta ficar dentro de casa né não!?

Reabertura das Maldivas para o Turismo Mundial

Considerada como a dona de algumas das ilhas mais lindas do mundo, a economia das Maldivas depende quase que 100% do turismo. É uma questão de sobrevivência para eles que o turismo volte a funcionar, mesmo em épocas de pandemia.

O site do órgão de turismo das Maldivas traz informações muito atualizadas sobre a situação de cada ilha neste momento. Eu tenho acompanhado frequentemente o site deles, até mesmo para compreender como estão as coisas por lá.

Reabertura das Maldivas - Dhangheti
Reabertura das Maldivas – Dhangheti

Como viajar até as Maldivas em tempos de pandemia

Enquanto a maioria das nações do planeta fecharam as suas fronteiras e proibiram a entrada de voos internacionais, as Maldivas foram um dos poucos países a flexibilizar suas medidas de prevenção, liberando a entrada de turistas já há alguns meses.

Para conseguir entrar nas Maldivas atualmente é preciso ficar atento à uma série de requisitos, a seguir compartilho com você algumas das mais recentes requisições do Governo das Maldivas para o “novo normal“:

1. Tenho que fazer uma reserva antes de chegar de férias?

Sim! Você deve ter uma reserva confirmada em um estabelecimento turístico registrado.

Lembre-se de que todas as suas férias nas Maldivas devem ser reservadas no mesmo hotel, exceto para fins de trânsito. Você também precisará de uma reserva de hotel confirmada para o seu visto de turista.

2. O processo de visto mudou?

Os vistos de chegada ainda estão disponíveis para todos os turistas e extensões de visto estão disponíveis para todos os turistas de longa duração. Para obter o seu visto de turista gratuito de 30 dias na chegada, você deve fornecer:

  • Uma reserva de hotel confirmada, reservas financeiras suficientes e passagem de volta confirmada.
  • Formulário de Declaração de Saúde x 2 (na chegada e antes da partida)

3. Qual é o processo de preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante?

A Declaração de Saúde do Viajante (THD) deve ser preenchida e enviada por todos os visitantes duas vezes – 24 horas antes do seu voo para as Maldivas e mais uma vez antes de partir das Maldivas.

Você pode enviar o formulário eletronicamente via http://imuga.immigration.gov.mv

4. Terei que fazer um teste COVID-19?

É obrigatório que todos os turistas apresentem um resultado negativo para um teste de ácido nucleico (teste PCR) para Covid-19 na chegada a partir de 10 de setembro de 2020.

A amostra para o referido teste deve ser colhida no máximo 96 horas antes da hora programada de saída do primeiro porto de embarque com destino às Maldivas. No entanto, esteja ciente de que bebês com menos de um ano de idade estão isentos dos requisitos de teste mencionados acima.

Pessoas com histórico de contato com um caso suspeito ou confirmado de COVID-19 nos últimos 14 dias e / ou pessoas que tenham febre ou sintomas respiratórios, como tosse, dor de garganta, falta de ar nos últimos 14 dias, não devem viajar para as Maldivas.

5. Que tipo de testes serão feitos antes de eu poder ir para o meu hotel?

Todos os turistas passarão por verificações de temperatura não intrusivas e triagem na chegada às Maldivas.

Você também pode ser escolhido para um teste PCR COVID-19 aleatório pelas Autoridades de Saúde das Maldivas. Este é um teste voluntário.

6. Terei que pagar se for escolhido para um teste aleatório?

Não, se for escolhido para teste aleatório na chegada, o governo das Maldivas arcará com os custos do teste.

7. Tenho que ficar 14 dias em quarentena antes de começar minhas férias?

Não, os turistas que não apresentam sintomas COVID-19 não são obrigados a entrar em quarentena na chegada às Maldivas.

8. Devo usar máscara?

Sim.Todos os turistas devem usar máscaras faciais no aeroporto, durante as viagens domésticas e em todos os espaços públicos fechados.

9. Como saberei as práticas de distanciamento social a seguir no aeroporto?

Todas as diretrizes de distanciamento físico são claramente marcadas com informações de distância visíveis e marcações de piso nos terminais de passageiros. Instalações de higienização e higiene das mãos também estão disponíveis em todo o aeroporto.

10. Como irei chegar ao meu hotel?

Um representante de seu hotel estará no aeroporto para ajudá-lo com o voo doméstico ou traslado ao hotel.

11. Existem serviços médicos disponíveis no meu hotel?

Sim, todos os empreendimentos turísticos em operação nesta fase terão acesso a serviços médicos, estoque de EPIs bem administrado e gerente de segurança COVID-19.

12. Posso visitar uma ilha diferente durante as férias?

Não, nas atuais circunstâncias, o turista deve se hospedar no estabelecimento reservado antes de sua chegada. Viajar para outras ilhas ou para a capital, a cidade de Malé não é permitida.

13. Existe alguma forma de estadia em trânsito?

Os representantes dos estabelecimentos turísticos irão ajudá-lo a tomar providências especiais para qualquer pernoite em trânsito. Para sua segurança, existem hotéis designados para trânsito.

14. O que preciso saber se estiver viajando para as Maldivas para um safári?

Um turista que reserva um safári deve passar toda a duração de sua estadia no safári. Eles não devem desembarcar em um resort ou em uma ilha habitada.

15 – Tenho que fazer um teste COVID-19 antes de poder deixar as Maldivas?

Você pode decidir se deseja ou não ser testado antes de sua partida. Se desejar fazer um teste COVID-19 antes de sua partida ou a qualquer momento durante sua estadia, este poderá ser providenciado por seu representante de hotel.

Além disso, durante a triagem de saída, se algum turista tiver febre ou sintomas sugestivos de COVID-19 nos últimos 14 dias, ele deverá se submeter a um teste de PCR para COVID-19.

Para efeito de localização dos contatos, é importante que o turista informe o estabelecimento turístico, se o resultado do teste COVID-19 é positivo após o regresso ao destino proveniente das Maldivas.

16. O que posso fazer para ter uma experiência de férias mais segura na Reabertura das Maldivas?

É encorajado que todos os visitantes instalem o aplicativo de rastreamento de contato das Maldivas ‘TraceEkee’ (App Store / Play Store) antes de chegar ao país para nos ajudar a garantir sua segurança e a segurança de outras pessoas enquanto você aproveita suas férias.

Reabertura das Maldivas
Reabertura das Maldivas

Concluindo, vale a pena visitar as Maldivas em épocas de pandemia?!

Visitei as Maldivas em uma época em que não existiam tantas restrições para ir e vir. Nós conseguimos reservar hospedagens durante as nossas estadias e não foi preciso comprovar a reserva de todas as hospedagens.

Nós também conseguimos visitar ilhas locais que estão fora do roteiro mais turístico, o que foi excelente. Esta prática não é incentivada neste momento, é importante perceber que se você está planejando uma viagem para as Maldivas em épocas de pandemia, pode ser que você tenha que ir direto para a ilha escolhida e ficar por lá até o momento de partir.

As Maldivas são espetaculares, sem dúvidas alguns dos lugares mais lindos do mundo estão ali. Vale a pena visitar mesmo em tempos com tantas restrições?! Eu acredito que não. Você não vai querer visitar aquele lugar com tantas restrições…

 


Autor
Luiz Jr. Fernandes
Sou um analista de sistemas, fotógrafo, autor deste blog e viajante profissional. Já conheci mais de 70 países em todos os continentes do mundo. As minhas matérias são 100% exclusivas, inspiradas em experiências reais adquiridas nos destinos que visito. Obrigado por ler e acompanhar o meu trabalho.
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *