Nas alturas do Empire State Building em Nova York

Meu dia em Nova York havia começado de forma explêndida: cruzei a Ponte do Brooklyn caminhando e fiz um picnik no Brooklyn Bridge Park. Meu próximo destino seria simplesmente o observatório no topo do Empire State Building. Quem será que tem a melhor vista? Top of The Rock? Empire State? Confira as minhas conclusões em mais esse post sobre a capital do planeta :)

Meu dia de turista em Nova York estava longe de chegar ao fim. Eu havia acordado cedo e decidi cobrir boa parte de algumas atrações que julgava há tempos serem bem importantes para meu currículo de viajante experimentado na Big Apple, então comecei com uma caminhada matinal pela Ponte do Brooklyn, seguido de um picnik no Brooklyn Bridge Park, com uma das melhores vistas panorâmicas de Lower Manhattan.

Eu decidi que antes de voltar para casa ainda teria que dar uma voltinha pelo Chelsea Market, esticando esse passeio com uma caminhada pela High Line, mas antes disso eu tinha um compromisso marcado para as 3 da tarde: conhecer o topo do Empire State Building. Essa era outra atividade que há tempos encabeçava minha bucket list de NYC, porém finalmente havia chegado o dia de experimentar algumas das melhores vistas desta grande metrópole norte-americana.

Vista desde o topo do Empire State Building
Vista desde o topo do Empire State Building

E há quem prefira focar os esforços em questão de vista nas alturas apenas conhecendo o topo do Rockefeller Center, desde que uma das principais paisagens que podem ser observadas de lá, é justamente o topo do Empire State Building. Eu acredito que a vista do Top of The Rock também é mais interessante para quem deseja apreciar o Central Park e os edifícios ao redor, porém ambas as experiências são distintas e caso você tenha a oportunidade não deixe de fazer as duas!

No meu ponto de vista, o grande diferencial entre as duas atrações é o posicionamento estratégico de cada uma delas. Ao optar por conhecer a vista do topo do Empire State Building, o visitante estará em um ponto de vantagem para observar toda zona sul de Manhattan, incluindo o Distrito Financeiro, Lower Manhattan e inclusive o novo edifício no Marco 0 do World Trade Center.

Edifícios de Manhattan observados do topo do Empire State
Edifícios de Manhattan observados do topo do Empire State

É também olhando para o sul da ilha de Manhattan que os visitantes conseguem avistar bem ao longe a Estátua da Liberdade, as principais pontes que conectam o Brooklyn e o Queens, além de ter a vista especial de um dos edifícios mais antigos da Big Apple, o Flatiron Building, que tem esse nome pelo seu formato triangular que lembra um ferro de passar roupas. As pessoas lá em baixo se tornam do tamanho de formigas para quem possui uma lente com zoom potente no observatório do Empire State Building.

Pessoas do tamanho de formigas desde o topo do Empire State Building
Pessoas do tamanho de formigas desde o topo do Empire State Building

Eu também confesso que esperava um pouco mais da vista voltada para Uptown, The Bronx e até mesmo para o Central Park, mas estava consciente de que não seria tão boa quanto o Top of The Rock, já que o Empire State se localiza na Quinta Avenida com a Rua 34, e o parque mais famoso da cidade está 25 quadras acima, na Rua 59. Acredito que este edifício deve ser visitado não somente pela vista, mas principalmente pela história ostentada pelas colunas de concreto desse mega arranha-céu.

Turistas apreciam a vista do Empire State
Turistas apreciam a vista no topo do Empire State

Fiz esse passeio a convite do departamento gestor de marketing e comunicação do Empire State Building, foi algo super rápido, não demorei sequer 30 minutos no topo do edifício, o tempo urgia e eu ainda queria caminhar sem pressa pelos trilhos da antiga linha de trem mais descolada do planeta, o parque High Line, um grandioso jardim cultivado em meio aos resquícios de uma linha de trem desativada.

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias