Fazendo safari na região das Victoria Falls

As Cataratas Vitória estão localizadas em uma região de fronteira entre Zâmbia e Zimbábue que possui uma particularidade única no planeta: esta é uma região de parques nacionais, reservas florestais e safari parks privados, excelente para conseguir vir os 5 maiores animais mamíferos livres na natureza.

A viagem que nos levou desde a cidade de Bulawayo até a principal atração do Zimbábue foi realmente longa porém bastante recompensadora. Sem dúvidas optamos pelo melhor quando decidimos voar direto para Harare e sentimos claramente o progresso da imersão cultural no decorrer de nosso itinerário até as Victoria Falls. Foram dois dias completos para chegarmos até às Cataratas. Em nosso caminho conhecemos bem a capital do país, a simpática Harare e realizamos experiências das mais diversas naturezas, visitamos parques com leões, conhecemos as Colinas de Matobo, visitamos feiras e não poderiamos sinceramente ter obtido melhores impressões deste primeiro país da roadtrip no Sudeste da África. Enfim Victoria Falls.

Esta é uma região especial em todo continente africano, justamente por ser uma fronteira quádrupla. Aqui Zâmbia e Zimbábue dividem a fronteira através de uma ponte que cruza o Rio Zambezi. Mais alguns quilômetros adiante está definitivamente a fronteira quádrupla, entre Zâmbia, Botsuana, Zimbábue e Namíbia, no caminho para o Chobe National Park (em Botsuana). Uma região distinta no planeta, um grande conglomerado de reservas florestais, parques nacionais e propriedades privadas que proporcionam várias atividades vinculadas aos safáris. Em nossa primeira manhã na cidade de Victoria Falls acordamos 5 da manhã para fazer um "game drive" no Stanley & Livingston Private Game Reserve.

Stanley & Livingston Private Game Reserve no Zimbábue
Stanley & Livingston Private Game Reserve no Zimbábue

Esta é uma propriedade privada de 6.000 acres localizada a apenas alguns minutos da fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe. Eles realmente casam a "fome" com a "vontade de comer", desde que boa parte dos turistas que viajam até as Cataratas Vitória necessitam viajar muito para realizar um Game Drive mais amplo (o mais próximo é no Chobe), necessitando pernoitar no local, quase sempre elevando consideravelmente o valor necessário a ser investido para a atividade. No caso do serviço oferecido pelo pessoal da Stanley & Livingston, os viajantes podem contar com a conveniência de ficar hospedados em Victoria Falls, sair para a atividade e voltar a seus hotéis depois do safári depois do meio-dia. Bom, chega de lero lero e vamos direto ao que interessa. O que podemos ver neste lugar!?

Animais em Safari Privado nas Victoria Falls
Animais em Safari Privado nas Victoria Falls

A resposta é simples: depende da sua sorte. Certo é que eles tem o BIG FIVE, os cinco maiores mamíferos, os mais poderosos e mais violentos animais selvagens. Eles estão ali, livres, porém pode ser difícil encontrá-los em apenas um tour de 6 horas. Justamente por isso que os viajantes com o objetivo de ver os 5 maiores acabam prologando o tour nessa região até o Chobe, pernoitando alguns dias por lá em busca das fotos e da experiência inexplicável que é ver esses bichos livres, passando às vezes até do lado do seu veículo. Como saimos muito cedo, acabamos encontrando o melhor lugar dentro do parque para quebrar o jejum com direito a bolachas, chá, leite e café, porém ainda teríamos um café da manhã reforçadissimo por volta das 10 da manhã.

Contemplação de aves em parada para café matinal
Contemplação de aves em parada para café matinal

Quem desejar ver o Big Five por ali, também pode combinar uma noite no Ursula's Camp ou se hospedar no Safari Lodge, propriedades que estão dentro do Stanley & Livingston Private Game Reserve, pois sinceramente é necessário contar com bastante sorte para conseguir ver todos esses animais em apenas 6 horas de passeio. E quanto mais longo, mais cansativo fica o safári, desde que é preciso paciência e tolerância com os terrenos acidentados. Eu consegui ver vários elefantes, boa parte deles livre na natureza e alguns servindo de montaria para o pessoal que trabalha no parque. Vi também muitos rinocerontes, alguns deles até descansando tranquilões no meio do nosso caminho.

Elefantes e rinoceronte nas Victoria Falls
Elefantes e rinoceronte nas Victoria Falls

Também foi possível avistar de perto muitas zebras, uma infinidade de babuínos lotando os galhos das árvores, aves exôticas e algumas espécies de antílopes. Acho que o ápice deste safari foi quando paramos em uma área onde realizaríamos o café da manhã e encontramos uns 20 elefantes juntos, alguns livres, outros com selas, aquilo foi realmente impressionante! Outro momento bem intenso foi ao encontrar um grupo de rinocerontes em nosso caminho, dá um certo receio pois animais como esses podem virar um carro como o que estávamos com bastante facilidade.

Café da manhã mega reforçado em Safari Park privado nas Victoria Falls
Café da manhã mega reforçado em Safari Park privado nas Victoria Falls

Antes de partir para nosso último recorrido, fizemos a parada intermediária para o café. Um senhor café da manhã. Pão de forma assadinho na hora acompanhados por ovos fritos e salsichas caseiras. Um mix de batatas e carne moída acompanhavam a parte gorda da minha refeição. Para acompanhar um suquinho natural de caju e a vista para um riozinho tranquilo que refrescava nosso início de manhã. Satisfeitíssimos, deixamos o local e partímos para a próxima atividade, finalmente íamos conhecer as Cataratas Vitória, uma das mais espectaculares cataratas do mundo.

Serviço

Stanley & Livingston Private Game Reserve
O ZTA (Zimbabwe Tourism Authority) e a Stanley & Livingston patrocinaram proveram todo suporte necessário para a realização dessa atividade (tal como transfers e a custos relacionados ao safari privado).


Safari Park privado nas Victoria Falls

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias