Passeio de Barco no Palau [Micronésia]

Uma viagem até a cidade de Koror no Palau não estará completa sem que o visitante realize um passeio de barco pelas Rock Islands. Confira nesta matéria como foram as experiências que obtive navegando pelas águas cristalinas destas ilhas.

Enquanto planejava uma viagem de volta ao mundo na qual o principal destino seria nas Filipinas, eis que o Palau surgiu como uma conveniente e paradisíaca alternativa para complementar as minhas experiências em algumas das ilhas localizadas no Oceano Pacífico. No momento em que ainda planejava esta viagem, sequer tinha noção de que estava prestes a incluir nesta viagem simplesmente um dos destinos mais paradisíacos que visitaria em toda vida.

O primeiro grande atrativo desta micro nação que saltou aos meus olhos e ajudou no convencimento de que este lugar seria o ponto alto da viagem foi ficar sabendo que ali existe um lago com bilhares de águas vivas e que é permitido aos turistas mergulharem com esses animais. Além disso, o Palau é a meca para quem ama mergulhar com cilindro, possuindo alguns dos pontos mais impressionantes do planeta. Você pode conferir algumas dessas experiências clicando nos links anteriores...

Outra surpresa foi ter assistido a um dos finais de dia mais espetaculares de minha vida, isso sem mencionar algumas das conveniências que acabei encontrando ao visitar o Long Island Park, localizado na capital do Palau, a cidade de Koror - era como ir passear na pracinha da minha cidade, podendo contar com o bônus de ter aquele oceano mega transparente e repleto de fauna/flora marinha, à minha inteira disposição, entretanto acredite: nenhuma visita ao Palau estará completa sem um passeio de barco pelas Rock Islands.

Passeio de barco no Palau em um dia nublado
Passeio de barco no Palau em um dia nublado

Ainda em meu primeiro e segundo dia o clima parecia não querer colaborar, estava sempre muito nublado, com aquela impressão de que iria cair uma chuva. Fiquei um tanto quanto contido em minha empolgação por estar em um lugar tão remoto: era preciso ver o céu azul! A seguir compartilho um vídeo no qual é possível ver como é a travessia do German's Channel com o céu encoberto por nuvens:


Passeio de barco no Palau com dia nublado

Mesmo sem o céu estar azul, ainda no começo do passeio de barco era possível compreender que este lugar era um tanto quanto diferenciado em relação aos que havia visitado até então: mesmo com o dia encoberto era possível ver os corais no fundo do mar passando em alta velocidade enquanto nos deslocávamos rumo aos pontos de mergulho.

É importante ressaltar aqui algumas dicas de ouro. A número 1 é a seguinte: a melhor forma de ter um passeio de barco no Palau é indo mergulhar! Os preços dessespasseios são quase que equivalentes aos do mergulho com cilindro; quem compra o mergulho acaba ganhando de brinde o passeio de barco! Todas as saídas para mergulhar fazem paradas em algumas praias e lugares para contemplação sem que seja preciso desembolsar nada a mais por isso.

No terceiro dia o céu resolveu mudar de cor. Amanheceu mais azul do que a cor do oceano. Com isso as verdadeiras cores das ilhas e do mar foram reveladas enquanto nos deslocávamos novamente para novos pontos de mergulho.

Rock Islands em um dia de céu azul e sol a pino
Rock Islands em um dia de céu azul e sol a pino

A rotina era simples: sair bem cedinho, navegar por vários minutos até os primeiros dois pontos de mergulho e cair na água. Feitos os dois primeiros tanques do dia, procurávamos alguma praia nas Rock Islands para fazer nossa parada de segurança entre tanques, almoçar e desfrutar um pouco da beleza natural intocada desse lugar no meio da Micronésia.

A todo momento eu era surpreendido pela cor da água e pela possibilidade de conseguir ver os corais lá no fundo, isso realmente marcou a minha experiência no Palau. Enquanto descansávamos antes do último tanque em uma dessas praias paradisíacas, acabei encontrei vários turistas que gastaram o equivalente ao preço de um dia de mergulhos para ficar o tempo todo na areia da praia - a frustração deles refletiu para mim como satisfação em saber que além de optar pela melhor maneira de explorar essas ilhas, ainda estava pagando mais barato :)

Mar de água cristalina e tons azuis lindíssimos
Mar de água cristalina e tons azuis lindíssimos

Outro segredinho que aprendi por lá foi que pode não compensar muito visitar o Palau sem ser mergulhador - é um destino feito para mergulhadores - praticamente todos os passeios são voltados para a rotina dos mergulhos; desde a frequência dos barcos até a qualidade dos guias, são apenas algumas das conveniências construídas para quem também gosta de mergulhar (e mesmo sendo inexperiente vale a pena!).

Quem não mergulhava acabava sempre pagando mais caro e vendo menos lugares. Comprei apenas o mergulho e ganhei de brinde o passeio de barco (essencial para chegar nos pontos), a visita ao lago das águas vivas e de quebra ainda fizemos uma paradinha que durou mais de uma hora em uma das principais praias das Rock Islands. O que saiu por 100 dólares com certeza ficaria mais de 300 fora de um barco de preparado para o mergulho com cilindro.

Praia paradisíaca desfrutada entre um mergulho e outro
Praia paradisíaca desfrutada entre um mergulho e outro

Um fato é certo: a todo momento não acreditava que eu tinha conseguido chegar a uma nação tão distante e com tremendas belezas naturais, até certo ponto inexploradas e tão pouco divulgadas a nível global. Ter a possibilidade de associar as belezas do fundo do mar com as paisagens ofertadas por um passeio de barco na Micronésia é sem sombra de dúvidas a melhor alternativa para explorar a região maximizando o custo/benefício da viagem.

De todos os lugares que conheci, um ficou bem gravado em minha memória, um canal que conecta Koror ao mar externo chamado German's Channel. Ele foi construído pela mão humana, uma grande intervenção na natureza realizada para conectar a capital ao mar exterior, desde que os arredores das Rock Islands mais parecem com uma grande lagoa. Este canal hoje é utilizado como uma estação de limpeza por várias espécies de animais marinhos (principalmente por grandes raias manta!).

German's Channel - Palau - Micronésia
German's Channel - Palau - Micronésia

Paradisíaco, não é mesmo!? A seguir eu compartilho dois vídeos e uma galeria de fotos com os melhores registros dos meus dias passeando de barco no Palau. Agradeço pela sua leitura e convido-te a deixar um comentário manifestando a sua visão sobre esse lugar fantástico!


Resumo dos meus dias passeando de barco no Palau em 15 segundos

 


German's Channel - Palau - Micronésia

Luiz Jr. Fernandes
Autor

Luiz Jr. Fernandes

Analista de TI, empresário, fotógrafo e viajante.
Perfil do autor no , facebook e twitter.

Veja nossas últimas matérias
Clique para ver mais matérias